Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Miojim

Mais Repetições menos peso, mais peso menos repetições?

Avalie este tópico:

15 posts neste tópico

olá a todos,

tipo malho a 7 meses e gostaria de saber se eh melhor eu fazer mais repetiçoes com menos peso, ou menos repetiçoes com mais peso.. já que eu estou inchado mais pouco definido, fazendo mais repetiçoes com menos peso eu poderia alcançar algum tipo de definição ?

postem suas opinioes ae! valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Esqueça essas baboseiras todas. Uma boa definição se resume a duas palavras:

DIETA e AERÓBICOS

Se quer ganhar músculos em prioridade coma tudo que contenha carbos e proteínas e baixa gordura. Se quer secar de preferência a proteínas e pouco carbos e se acostume com os aeróbicos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
olá a todos,

tipo malho a 7 meses e gostaria de saber se eh melhor eu fazer mais repetiçoes com menos peso, ou menos repetiçoes com mais peso.. já que eu estou inchado mais pouco definido, fazendo mais repetiçoes com menos peso eu poderia alcançar algum tipo de definição ?

postem suas opinioes ae! valeu

Do ponto de vista fisiológico, quanto mais próximo do metabolismo aeróbio, mais se oxida gordura.O ideal mesmo é um trabalho cíclico que utilize grandes grupos musculares(corrida, bicicleta,etc) para melhorar a definição.Mas vc pode enfatizar ainda mais esse trabalho utilizando-se dos pesos, valendo-se de um maior nº de repetições, de séries, menor carga e menor tempo de descanso entre as séries.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
olá a todos,

tipo malho a 7 meses e gostaria de saber se eh melhor eu fazer mais repetiçoes com menos peso, ou menos repetiçoes com mais peso.. já que eu estou inchado mais pouco definido, fazendo mais repetiçoes com menos peso eu poderia alcançar algum tipo de definição ?

postem suas opinioes ae! valeu

Quer definir?Aerobicos e dieta! Sai dessa besteira que menos caraga e + repeticoes farao vc definir, isso so vai lhe trazer uma bela catabolizacao!Mantenha o treino com carga e poucas repeticoes, faca aerobico pelo menso 3x semana 30 minutos e procure uma dieta boa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Aveia e Messias,

Digam aos fisiculturistas em fase pré-competitiva (onde eles buscam a máxima definição muscular), que eles estão treinando errado ao realizar sessões com menor carga, maior nº de repetições e menor tempo de descanso entre as séries.

É preciso entender que a definição muscular não envolve apenas perda de gordura ( que é de efeito geral), mas envolve também o aumento do glicogênio, vascularização, e principalmente água dentro das fibras( todos de efeito localizado). Se quisermos que esses efeitos locais ocorram em determinados grupos musculares, é preciso trabalhá-los de forma específica, e isso é obtido em sessões de treino onde se proporciona ao músculo de forma específica um trabalho predominantemente aeróbio que é viabilizado quando se utiliza um maior nº de repetições, uma menor carga e um menor tempo de descanso entre as séries.

Se quiserem, leiam este site que eu julgo ser bastante esclarecedor:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Como a página não abriu, o artigo está transcrito abaixo:

DEFINIÇÃO MUSCULAR ...

Um dos motivos de maior preocupação entres os fisiculturistas é a definição muscular, pois é um dos itens que fará a diferença no resultado em uma competição e é um dos assuntos que mais causam dúvidas em relação à alimentação, principalmente.

Antes de iniciar o tema sobre a definição muscular é conveniente salientar alguns pontos importantes:

O sistema muscular é formado pelos músculos esqueléticos (estriados), cardíaco e lisos. Seus elementos anexos são os tendões, fácias, aponeuroses, vasos sanguíneos e pelas fibras nervosas. Os músculos são a parte contrátil e os elementos anexos formam um sistema de alavancas. O tecido muscular é constituído de 75% de água, 20% de proteínas e 5% de

minerais, glicogênio, lipídeos e de compostos nitrogenados não protéicos

(Creatina, ATP e ADP).

Para nosso assunto interessa-nos os tipos de fibras musculares envolvidas no exercício, existem dois tipos básicos de fibras : as brancas de contração rápida (CR) que é recrutada preferencialmente nas atividades de curta duração e alta intensidade (anaeróbicas) e as vermelhas de contração lenta (CL) que é usado preferencialmente nas atividades contínuas e

prolongadas (aeróbicas). A principal função do músculo esquelético é a contração e para isso é

necessário energia.

A geração de energia para a atividade física provem do ATP (adenosina trifosfato) que é sintetizado por duas fontes básicas: processo anaeróbico alático e lático e processo aeróbico. O processo que nos interessa neste caso é o processo anaeróbico alático e lático, pois são predominantes nas atividades de curta duração e alta intensidade, como no caso do fisiculturismo.

Estes processos são considerados anaeróbicos porque gera energia de forma rápida, a partir de processos de reações químicas que não necessita da presença de oxigênio:

Anaeróbico alático - é um processo que não utiliza a glicose, portanto não produz ácido lático. o substrato utilizado e a creatina fosfato (CP). as reservas de CP nos músculos são esgotadas em aproximadamente 10 segundos.

Anaeróbico lático - produz ácido lático, pois utiliza a glicose a partir de transformações do glicogênio muscular. a degradação incompleta da glicose (a glicose é o único combustível metabólico para a glicólise anaeróbica) produz ácido lático que está relacionado com a fadiga

muscular.

Os dois processos juntos fornecem energia para aproximadamente 3 minutos de atividade extenuante (o caso de exercícios com pesos).O crescimento muscular e a definição dos músculos em resposta ao treinamento com pesos é decorrente do aumento das fibras musculares e o aumento significativo da concentração de glicogênio, ATP e CP dentro das

células. O treino com pesos envolve principalmente as fibras de contração rápida (CR) e em menor quantidade as fibras de contração lenta (CL). Esse tipo de treino produz dois tipos de sobrecarga:

Tensorial: que é a tensão surgida durante a contração dos músculos durante o exercício.

Metabólica: que é resultante dos processos de produção de energia dentro das células.

Para o entendimento do processo de definição muscular deve-se ter estes conceitos acima descritos bem assimilados.

A sobrecarga metabólica estimula o aumento do acúmulo de glicogênio e água dentro das células e o resultado desse aumento é a consistência do músculo mais firme e tonificado.O acúmulo de água é resultante do aumento da ressíntese de glicogênio muscular depredado durante o treino e que ocorre no período de recuperação após atividade, este acúmulo pode triplicar em uma pessoa treinada em relação a um sedentário. Cada grama de glicogênio sintetizado há produção de 3 gramas de água, daí este acúmulo maior de água. Para definição

muscular utiliza-se repetições mais altas, cargas menores e intervalos mais curtos para se conseguir uma tonificação e vascularização ideais nos músculos.

Este tipo de treino é conhecido como treinamento de resistência muscular localizada. No treino de definição muscular as proteínas contráteis e os compostos de energia (ATP, CR e glicogênio) aumentam , mas essa resposta não prejudica o desempenho nas atividades de força e potência.

Em resumo, não altera a composição básica de fibras musculares ( CR e CL ) mas sim a consistência do músculo pelo acúmulo de glicogênio e água, principalmente.

Na alimentação deve-se ter em mente alguns princípios:

Consumir carboidratos complexos (batata, macarrão, arroz, cereais em geral esuplementos a base de maltodextrina) importante para a ressíntese do glicogênio muscular e hepático.

Diminuir consideravelmente o consumo de sal, pois retém os líquidos nos compartimentos extracelulares dificultando a definição.

Evitar neste período o consumo de alimentos gorduras e frituras, mas manter a ingestão de pequenas quantidades de azeite de oliva para o fornecimento de ácidos graxos essenciais.

Utilizar proteínas de alto valor biológico em quantidades normais, evitando as que são acompanhadas de muita gordura como a bovina. consumir peixes (atum em salmoura, por exemplo) carnes brancas e suplementos protéicos.

Consumir uma quantidade moderada de verduras e frutas para manter o fornecimento de fibras, vitaminas, minerais.

Manter o consumo de adequado para evitar desidratação e suas conseqüências. Não há estudos que comprovam os benefícios da redução hídrica para a definição muscular.

Enfim para uma definição muscular deve-se ter uma rotina de treino e alimentar bem planejada e se possível com orientação do professor de educação física especializado e do nutricionista. Fonte : www.integralmédica.com.br

BOA SORTE !!!

VOLTAR À PÁGINA INICIAL

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Aveia e Messias,

Digam aos fisiculturistas em fase pré-competitiva (onde eles buscam a máxima definição muscular), que eles estão treinando errado ao realizar sessões com menor carga, maior nº de repetições e menor tempo de descanso entre as séries.

É preciso entender que a definição muscular não envolve apenas perda de gordura ( que é de efeito geral), mas envolve também o aumento do glicogênio, vascularização, e principalmente água dentro das fibras( todos de efeito localizado). Se quisermos que esses efeitos locais ocorram em determinados grupos musculares, é preciso trabalhá-los de forma específica, e isso é obtido em sessões de treino onde se proporciona ao músculo de forma específica um trabalho predominantemente aeróbio que é viabilizado quando se utiliza um maior nº de repetições, uma menor carga e um menor tempo de descanso entre as séries.

Se quiserem, leiam este site que eu julgo ser bastante esclarecedor:

Opa bom dia, prazer. Bom, respeito sua opiniao e é claro o artigo tb, porem, fica sempre muito complicado utilizarmos como padrao ,tanto para hipertrofia como para definicao, fisiculturistas profissionais. E como comparar o desempenho de um motor comum e um "envenenado", se e q me entende? :wink: .

Mantenho minha posicao em relacao a definicao muscular, o segredo esta na dieta e na disciplina de treinoxaerobicos, aumentar as repeticoes e diminuir a carga nao acrescentam nada a esse processo, sempre lembrando que nao podemos esquecer do fator genetico de cada individuo que faz muitissima diferenca.

Valew :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Opa bom dia, prazer. Bom, respeito sua opiniao e é claro o artigo tb, porem, fica sempre muito complicado utilizarmos como padrao ,tanto para hipertrofia como para definicao, fisiculturistas profissionais. E como comparar o desempenho de um motor comum e um "envenenado", se e q me entende? :wink: .

Mantenho minha posicao em relacao a definicao muscular, o segredo esta na dieta e na disciplina de treinoxaerobicos, aumentar as repeticoes e diminuir a carga nao acrescentam nada a esse processo, sempre lembrando que nao podemos esquecer do fator genetico de cada individuo que faz muitissima diferenca.

Valew :D

Fala, Messias !

Minha posição não é conflitante com a sua, visto que os exercícios aeróbios e a manutenção de uma dieta equilibrada são os ingredientes

que agem de forma primária na diminuição da gordura subcutânea, possibilitando a melhora da definição do tecido muscular que está logo abaixo desta camada de gordura. Apesar disso, o grau de definição muscular atingido graças a um percentual baixo de gordura pode ser MAIS ENFATIZADO a partir de um treinamento específico com pesos. Desta forma, assim como os fisiculturistas competitivos e bombados fazem, qualquer atleta que já tenha atingido o percentual de gordura ideal, mas não se sinta satisfeito com o grau de definição já obtido, PODE SIM incorporar benefícios adicionais advindos desse treino específico, que pode ser realizado por um período determinado (num esquema de periodização), para que se atinja o pico de definição muscular numa época específica do ano (por exemplo, no verão). É importante salientar que eu estou me referindo às pessoas que já atingiram um % de gordura baixo, pois do contrário, um treino desse tipo seria ineficaz, visto que a gordura extra impediria a visualização da melhora do tônus proporcionada por esse tipo de treino. A explicação fisiológica, como já expliquei, é que ao se utilizar um maior nº de repetições, menor carga e menor tempo de descanso entre as séries, se propicia um maior acúmulo

de água e maior vascularização dentro das fibras, o que melhora o tônus e a definição da musculatura. Claro que tudo depende também da genética. Se vc tiver a curiosidade de pesquisar mais sobre o assunto, poderá ver que pessoas treinadas e com um baixo % fat, podem melhorar a sua definição com um treino desse tipo.

Um abraço,

torque

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

nao existe isso de mais repeticoes vai te definir... p vc fikar definido, vai depender da sua hipertrofia muscular e de seu percentual de gordura... nao adianta vc ter uma puta hipertrofia e ta com 20% de fat... a kestao de repeticoes, o ideal seria vc fazer o teste de fibras p saber qual o seu tipo de fibras, e saber o numero ideal de repeticoes, extraindo assim o maximo de seu treino....

nao adianta tenta krescer os musculos (hipertrofia) e perder gordura ao mesmo tempo, nao da certo.. faz um de cada vez. eu prefiro crescer p depois secar! faloww

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
nao existe isso de mais repeticoes vai te definir... p vc fikar definido, vai depender da sua hipertrofia muscular e de seu percentual de gordura... nao adianta vc ter uma puta hipertrofia e ta com 20% de fat...

Será que está tão difícil assim de entender? Ninguém vai ter definição com 20% fat. Agora, se vc tiver 10-13% de fat poderá, se tiver uma boa hipertofia, ter uma boa definição. Nessas condições em que o contorno das fibras podem ser melhor visualizados, pode-se melhorar ainda mais

o grau de definição com um treino específico que privilegia a vascularização e a água intramuscular. Não vou mais falar sobre esse assunto, quem tiver interesse, pesquise e estude mais sobre ele, ok?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Eu concordo com mein bruder Aveia e com o Messias, pois não tem lógica se treinar de forma diferente com relação ao tempo de tensão contínua na fase de definição etc. e com relação a falarem que bodybuildings profissionais usam essa técnica é errado, pois Dorian Yates NUNCA fez essa MERDA de muitas repetições na faase de definição, e Mike Mentzer também NUNCA fez isso, e eu poderia escrever parágrafos sobre isso.

Pois onde está a lógica em se fazer mais repetições nessa fase? Não existe, pois se isso for feito um efeito cosmético irá ocorrer, porém mais tarde esse efeito desaparecerá, mas o stress imposto não desaparecerá e o tempo de tensão além do normal afetará as fibras musculares e consequentemente a hipertrofia, e só um completo idiota dará ênfase a mais repetições nessa fase, pois nessa fase(pre-contest) se dá mais ênfase a dieta e aeróbicos e principalmente aeróbicos de alta intensidade.

Sobre esse aspécto Arthur Jnes já pesquisou e destruiu esse velho e degenerado MITO de se fazer mais repetições nessa fase. Se tiverem dúvidas leiam os NAUTILUS BULLETINS lá vocês encontrarão Arthur falando sobre esse aspécto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Eu concordo com mein bruder Aveia e com o Messias, pois não tem lógica se treinar de forma diferente com relação ao tempo de tensão contínua na fase de definição etc. e com relação a falarem que bodybuildings profissionais usam essa técnica é errado, pois Dorian Yates NUNCA fez essa MERDA de muitas repetições na faase de definição, e Mike Mentzer também NUNCA fez isso, e eu poderia escrever parágrafos sobre isso.

Pois onde está a lógica em se fazer mais repetições nessa fase? Não existe, pois se isso for feito um efeito cosmético irá ocorrer, porém mais tarde esse efeito desaparecerá, mas o stress imposto não desaparecerá e o tempo de tensão além do normal afetará as fibras musculares e consequentemente a hipertrofia, e só um completo idiota dará ênfase a mais repetições nessa fase, pois nessa fase(pre-contest) se dá mais ênfase a dieta e aeróbicos e principalmente aeróbicos de alta intensidade.

Sobre esse aspécto Arthur Jnes já pesquisou e destruiu esse velho e degenerado MITO de se fazer mais repetições nessa fase. Se tiverem dúvidas leiam os NAUTILUS BULLETINS lá vocês encontrarão Arthur falando sobre esse aspécto.

Opa, voltou ao forum?ahahaha tava sumido, bem vindo e concordo com o que disse. :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Fala, Messias !

Minha posição não é conflitante com a sua, visto que os exercícios aeróbios e a manutenção de uma dieta equilibrada são os ingredientes

que agem de forma primária na diminuição da gordura subcutânea, possibilitando a melhora da definição do tecido muscular que está logo abaixo desta camada de gordura. Apesar disso, o grau de definição muscular atingido graças a um percentual baixo de gordura pode ser MAIS ENFATIZADO a partir de um treinamento específico com pesos. Desta forma, assim como os fisiculturistas competitivos e bombados fazem, qualquer atleta que já tenha atingido o percentual de gordura ideal, mas não se sinta satisfeito com o grau de definição já obtido, PODE SIM incorporar benefícios adicionais advindos desse treino específico, que pode ser realizado por um período determinado (num esquema de periodização), para que se atinja o pico de definição muscular numa época específica do ano (por exemplo, no verão). É importante salientar que eu estou me referindo às pessoas que já atingiram um % de gordura baixo, pois do contrário, um treino desse tipo seria ineficaz, visto que a gordura extra impediria a visualização da melhora do tônus proporcionada por esse tipo de treino. A explicação fisiológica, como já expliquei, é que ao se utilizar um maior nº de repetições, menor carga e menor tempo de descanso entre as séries, se propicia um maior acúmulo

de água e maior vascularização dentro das fibras, o que melhora o tônus e a definição da musculatura. Claro que tudo depende também da genética. Se vc tiver a curiosidade de pesquisar mais sobre o assunto, poderá ver que pessoas treinadas e com um baixo % fat, podem melhorar a sua definição com um treino desse tipo.

Um abraço,

torque

Opa, entendo, esse assunto e muito polemico, existe um mito em relacao a como alcancar definicao, mas esse topico vai ajudar muita gente.

Um abraco :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

iae bombados :lol: zuera

tipo valeu a todos ae pela ajuda.

pela media q eu to tirando das opinioes ae, essa parada de definiçao eh tudo genetico neh? po.. meu braço tah parecendo um toco de palmito, n digo q esta grande (apesar de estar hehe) to falando q tah redondo sem nenhuma definiçao, e meu percentual de gordura eh de 14%, o meu instrutor disse que eu preciso fazer uma super dieta, e deixar a agua um pouco de lado...vai ser meio dificil hehe

tipo.. meu braço eh mto volumoso saca.. mais quando eu forço o biceps ou o triceps eles quase n aparecem, todo mundo achando q eu to tomando bomba, :cry:

eu to 100% satisfeito com o resultado do meu treino.. mas gostaria de umas definiçoes eheh :lol: sera q eu posso alcançar essas definiçoes ou eh tudo uma questao genetica, ?? valeu a ajuda

um abraço a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
iae bombados :lol: zuera

tipo valeu a todos ae pela ajuda.

pela media q eu to tirando das opinioes ae, essa parada de definiçao eh tudo genetico neh? po.. meu braço tah parecendo um toco de palmito, n digo q esta grande (apesar de estar hehe) to falando q tah redondo sem nenhuma definiçao, e meu percentual de gordura eh de 14%, o meu instrutor disse que eu preciso fazer uma super dieta, e deixar a agua um pouco de lado...vai ser meio dificil hehe

tipo.. meu braço eh mto volumoso saca.. mais quando eu forço o biceps ou o triceps eles quase n aparecem, todo mundo achando q eu to tomando bomba, :cry:

eu to 100% satisfeito com o resultado do meu treino.. mas gostaria de umas definiçoes eheh :lol: sera q eu posso alcançar essas definiçoes ou eh tudo uma questao genetica, ?? valeu a ajuda

Todo mundo pode, alguns com mais rapides e melhores resultados, outros nem tanto, e ai que entra a bendita genetica!

Nao tem formula milagrosa, se vc nao baixar seu fat% vc nao melhora a definicao muscular.

Um abraco. :wink:

um abraço a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Gostou? Compartilhe!