Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Os Riscos à Saúde das Bebidas Energéticas


Visitante Helcio Sabatella

Post Destacado

Visitante Helcio Sabatella

Você é Fã de Bebidas Energéticas?

O que o motivou a comprar o sua primeira bebida energética? Foram os comerciais, depoimentos de atletas, ou a novidade de uma outra categoria de bebidas “esportivas”? Independentemente do que você tem de beber para lhe dar disposição, os equívocos com as bebidas energéticas são abundantes, enquanto os riscos para a saúde são amplamente ignorados. Novas pesquisas estão lançando uma luz sobre o quão bebidas energéticas afetam a nossa saúde.

Não são uma bebida esportiva!!!

As bebidas energéticas não são bebidas esportivas. Um nome mais apropriado para elas seria o de bebidas estimulantes, como elas normalmente têm pelo menos um estimulante em sua lista de ingredientes. O estimulante principal é geralmente cafeína, embora elas também possam ter outras, como guaraná, erva-mate e taurina, por exemplo. As bebidas energéticas, como bebidas desportivas podem também ser fortificadas com vitaminas e minerais e podem também conter uma mistura de ervas e outros aditivos.

Enquanto bebidas desportivas geralmente têm eletrólitos adicionados a elas, tais como sódio, potássio e magnésio,as bebidas energéticas pode tipicamente ter um teor de sódio semelhante, mas geralmente não contêm o potássio e magnésio que ajudam na hidratação. O Açucar das bebidas energéticas tendem a ter o dobro da quantidade de bebidas esportivas,numa porção de 340 ml aproximadamente ,Red Bull com 28 gramas contra 14 gramas em um Gatorade.

Sem muita por favor!!!

Embora a cafeína é conhecida por estar no seu café, chá, e alguns refrigerantes, o seu conteúdo é consideravelmente elevado em bebidas energéticas. Na verdade, de acordo com uma reportagem no Jornal da Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva, o teor de cafeína em bebidas energéticas é de “três a cinco vezes a concentração de um refri.” Embora a cafeína é conhecida por melhorar o foco e o humor, a “energia” que as as bebidas fornecem não são confirmadas cientificamente além dos efeitos da infusão de açúcar no sangue que a cafeína causa e que cai de 30 a 60 minutos após a ingestão. Enquanto um estudo separado confirmou que uma bebida energética pode aumentar ligeiramente a potência muscular máxima, a quantidade necessária para melhorar o desempenho seriam de 3 mg por quilograma ou cerca de 210 mg para um atleta de 70 kig. Qualquer quantia menor não mostrou efeito. No entanto, a cafeína não mais poderia ser prejudicial.

Reais Riscos para a Saúde

A dose moderada de cafeína atual é entre 200 e 300 mg por dia. Isso significa que apenas uma bebida de 340 ml por dia poderia limitar níveis seguros. Mais de 500 mg por dia não é aconselhável, pois está associada à irritabilidade, nervosismo e taquicardia. As bebidas energéticas encontrados podem elevar a pressão arterial, bem como batimentos cardíacos irregulares. Ao revelar suas descobertas a pesquisa fez com que os médicos a informem os pacientes com “hipertensão, problemas cardíacos, e diabetes a não beberem estas.

Isso faria com que cerca de 40% dos adultos nos Estados Unidos, respondendo por aqueles com diabetes diagnosticado e não diagnosticado, doença cardíaca e hipertensão em risco. As crianças também estão em risco. Entre 30% e 50% das crianças relatam consumir bebidas energéticas. Um artigo em Pediatria alerta para os efeitos potencialmente adversos e graves de bebidas energéticas para as crianças como não mais que 100 mg de cafeína por dia é recomendado para crianças.

Cárie

No entanto, outro estudo revela que as bebidas energéticas podem contribuir para a cárie dentária. A perda de peso do esmalte após a exposição a bebidas energéticas foi significativamente maior quando comparado com bebidas esportivas devido aos níveis mais elevados de acidez titulável e quanto tempo leva a saliva para neutralizar o ácido na boca. O efeito foi duas vezes mais do que com as bebidas esportivas. A perda do esmalte pode levar ao aparecimento de cáries. Enquanto bebidas esportivas e bebidas energéticas mostraram perda de esmalte, apontamos o fato de que “a susceptibilidade individual para ambas as cáries e erosão dos dentes varia de acordo com o comportamento de uma pessoa e higiene dental, dieta, estilo de vida total e genética. De qualquer maneira, os resultados do estudo são alarmantes quando acrescentado aos outros riscos à saúde associados com bebidas energéticas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 semanas depois...
Madrugão suplementos

Não jogue dinheiro fora

Compre suplementos bem mais baratos com o cupom de desconto do FISIculturismo.com.br

Clique aqui para obter seu cupom

usei uito vulcano para estudar na epoca da faculdade pois o unico horario disponivel para estudar era na madrugada...nesse periodo ficava off nos treinos...

 

porém..quando fui experimentar o mesmo vulcano para treinar, como pre treino..ele nao me rendeu nada...só me deu disposição nos primeiros 30min de treino...depois foi um total fail

 

muito boa materia...e olha que ja vi gente em academia andando pra cima e pra baixo com latinha de TNT kkkkkkkkkkkkkkkk

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 mês depois...

quando eu bebo energético é em festas(raramente), pq geralmente a comanda é uns 50 consumado e uns 40 morto, dai sempre pego consumado pq vale mais a pena, tomo umas água e umas duas doses de redbull, não tomo pra ficar pilhadão, tomo pq gosto do gosto.. fdoifaihfofoihs, mas se for analizar tem muitas coisas que a gente come e toma que são mais prejudiciais que o energético

 

acho pior tomar 7 copos de refrigerante na semana do que um de energético

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 5 meses depois...

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
×
×
  • Criar novo...