Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Isometria!


Ricardo-BA
 Compartilhar

Post Destacado

Madrugão suplementos

Não jogue dinheiro fora

Compre suplementos bem mais baratos com o cupom de desconto do FISIculturismo.com.br

Clique aqui para obter seu cupom

Bom, achei meio estranha a sua pergunta... na verdade isometria seria qdo vc trabalha músdculos indiretamente. Vc vai aumentar a isometria a medida q a intensidade aumenta (HUH HIT!!). A maior parte dos fisiculturistas, por exemplo, não faz abdominais pois tbalham a barriga indiretamente qdo fazer tríceps ou peito. Se vc quer exercícios isométricos aumenta a intensidade. Mas c vc eh iniciante, eh melhor continuar na prancha por enquanto, hehe

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

pelo que eu sei isometria é o seguinte (palavras do prof. da academia): "ficar com o peso parado no ponto de desvantagem mecânica, produzindo uma esquemia no músculo, passando a recrutar as fribras do tipo 2."

ex: no supino, sugure a barra na desvantagem mecânica (+ou- 1 palmo do peito) durante 15 segundos, aí terminados os 15 seg. faz de 10 a 12 reps.... esse exercício dá uma queimada boa!!

falow

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

ahhh, to entendendo mais ou menos... aquela galera que faz parando os exercicios no meio... acho que nao vou fazer isometria nao.. deixa fazer minha cadencia 2,1,4 mesmo, quie o resultado ta bom... quem sabe daqui ha um tempo?

quanto ao abdominal, ta ganhando mais definição, to fazendo igual uma tartaruga pra ver se crio casco!!! hahahahaha!!!

Ricardo-BA

e como disse o vitz, recruta muito tb os estabilizadores... um ex. é no leg press sentado. no final dos 15 seg vc percebe que já tá forçando o glúteo...
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O treinamento isométrico estático é um tipo de treino que visa força e hipertrofia muscular( principalmente das fibras de contração rápida). Nesse tipo de treino, apesar de ocorrer a contração do músculo, ele não encurta, pois os sarcômeros não variam de comprimento em razão dos elementos elásticos neles existentes(como a titina), se alongarem compensando o encurtamento da actina/miosina(elementos contráteis),fazendo com que o comprimento do músculo permaneça constante, apesar de ocorrer a contração do mesmo.Esse tipo de exercício é muito utilizado em reabilitação enquanto o paciente está imobilizado ou acamado. Por trabalhar quase exclusivamente sobre as fibras rápidas, ele não deve ser utilizado como única forma de treinamento. A grande vantagem desse tipo de treino, além da simplicidade, é que ele permite o direcionamento para um grupo muscular num ângulo de flexão específico, e é bastante utilizado em treinos para desenvolver a força rápida e a força explosiva.

As desvantagens, é que ele tem pouca ação sobre as fibras de contração lenta, além de não favorecer o desenvolvimento da coordenação intramuscular. Também tem influência negativa sobre a elasticidade muscular e sua capacidade de alongamento, além de ser um treino bastante monótono. Também pouco favorece a capilarização dos músculos, e por isso tem pouca eficácia sobre o sistema circulatório. A contração isométrica de grandes grupos musculares também ocasiona um grande aumento da pressão arterial sistêmica, o que o torna contra-indicado para pessoas com pressão elevada.

Por tudo isso, não se deve dar exclusividade a um treino isométrico, mas sim utilizá-lo como uma variável(principalmente para aqueles que querem desenvolver melhor a força rápida e explosiva).

Um abraço a todos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
 Compartilhar

×
×
  • Criar novo...