Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

[Estudo] - Anti-depressivos + Ansiolitico + Treinamento


Post Destacado

Caros Amigos, Bom Dia

É com grande estimulo que venho prestar a voces a situação a qual estou passando e vendo alguns resultados que não minha opiniao não são positivos nem negativos, por esse motivo, gostaria da opiniao dos amigos que tem estudo em Educação Fisica ou na Medicina de substancias.

Explicando:

Estou a 1 mes e meio tomando antidepressivos e um ansiolitico cujas substancias são:

Noite

Lorazepam 2 mg (ansiolitico)

Zyprexa 5mg (neuroleptico)

Dalmdorm (flurazepam) 30mg

Dia

Benapax (cloridrato de paroxetina) - 10mg

Meu objetivo aqui é estudar os efeitos que essas substancias (pesadas) estão tendo, sobre o meu corpo e o meu metabolismo, lembrando que NÃO ACONSELHO NINGUEM A TOMAR, pois todos são remedios de Tarja Preta .

Em 1 mes e meio, ganhei em massa gorda (gordura) 4,5kg e a 2 dias voltei a malhar. Estou percebendo que a minha transpiração esta muito elevada e minha resistencia esta normal aos exercicios considerando o tempo de 3 meses que parei de malhar (diminuir os pesos ao inicio).

Minha duvida é a seguinte, caso voces tenham informações sobre essas substancias, elas influem em ganho, ou perda de alguma substancia necessaria para a hipertrofia?

Devo tomar um Whey Protein pra acompanhar meu crescimento de massa muscular magra?

Desde já agradeço a paciencia dos companheiros e aguardo respostas.

:lol:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Madrugão suplementos

Não jogue dinheiro fora

Compre suplementos bem mais baratos com o cupom de desconto do FISIculturismo.com.br

Clique aqui para obter seu cupom

  • Respostas 3
  • Criado
  • Última resposta

Membros mais ativos neste tópico

Membros mais ativos neste tópico

Bem, antes de me pronunciar gostaria de me re-apresentar:

sou moderador relativamente antigo daqui, que dei uma sumida por causa do mestrado em andamento. sou farmacêutico e bioquímico, com pos graduação em farmacologia clínica, e , atualmente, realizando mestrado em biotecnologia e genômica.

infelizmente, é bem sabido que os pacientes portadores de condições psiquiátricas como depressão, TOC, apresentam um ganho de peso a longo prazo, aumentando tanto a mortalidade quanto a morbidade por patologias cardiacas crônicas, sindrome metabólica, entre outros fatores.

No entanto, apesar dos medicamento utilizados na psicofarmacologia, buscarem normalizar o estado do paciente, essa ação tem um custo ao organismo, como qualquer medicamento.

os efeitos mais comuns na terapia com esses medicamentos mencionados é o ganho de peso gordo , em função da mudança do comportamento do metabolismo em relação a carboidratos e lipídeos.

Usualmente, tais pacientes associam a terapia farmacologica, que por sí só é deletéria, a fatores compotamentais como dieta inapropriada e sedentarismo.

No entanto, um paciente psiquiátrico que realize práticas saudáveis como alimentar-se corretamente, realziar exercícios, pode, INDISCUTIVELMENTE reverter esses sintomas.

Portanto, posso te dizer que, a medicação, em termos de ganho de massa magra, é apenas mais uma adversidade, como o fumo, o consumo de álcool e a dieta inapropriada.

Quanto a suplementação com whey protein, devo lembrar que a suplementação , conforme seu nome diz, apenas suplementa a alimentação em caso de demanda aumentada. Se voce sente que precisa de uma fonte de proteína mais concentrada que a que você obtém na sua alimentaçào, vá em frente. NÃO EXISTEM CONTRA_INDICAÇÕES para o consumo desses medicamentos associados a exercício ou suplementação. Fique à vontade para realizar muito exercício e suplementar caso haja necessidade.

No entanto, observe com critério os outros suplementos, especialmente termogênicos (independente da presença de efedrina), Hormônio do crescimento, Estimulantes e outros produtos que possam conter substâncias que alterem a farmacocinética de sua medicaçào de rotina.

Espero ter sanado suas dúvidas, quaisquer outras, estou a disposição.

Breno S. Abreu

CRF 2173 - DF

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bem, antes de me pronunciar gostaria de me re-apresentar:

sou moderador relativamente antigo daqui, que dei uma sumida por causa do mestrado em andamento. sou farmacêutico e bioquímico, com pos graduação em farmacologia clínica, e , atualmente, realizando mestrado em biotecnologia e genômica.

infelizmente, é bem sabido que os pacientes portadores de condições psiquiátricas como depressão, TOC, apresentam um ganho de peso a longo prazo, aumentando tanto a mortalidade quanto a morbidade por patologias cardiacas crônicas, sindrome metabólica, entre outros fatores.

No entanto, apesar dos medicamento utilizados na psicofarmacologia, buscarem normalizar o estado do paciente, essa ação tem um custo ao organismo, como qualquer medicamento.

os efeitos mais comuns na terapia com esses medicamentos mencionados é o ganho de peso gordo , em função da mudança do comportamento do metabolismo em relação a carboidratos e lipídeos.

Usualmente, tais pacientes associam a terapia farmacologica, que por sí só é deletéria, a fatores compotamentais como dieta inapropriada e sedentarismo.

No entanto, um paciente psiquiátrico que realize práticas saudáveis como alimentar-se corretamente, realziar exercícios, pode, INDISCUTIVELMENTE reverter esses sintomas.

Portanto, posso te dizer que, a medicação, em termos de ganho de massa magra, é apenas mais uma adversidade, como o fumo, o consumo de álcool e a dieta inapropriada.

Quanto a suplementação com whey protein, devo lembrar que a suplementação , conforme seu nome diz, apenas suplementa a alimentação em caso de demanda aumentada. Se voce sente que precisa de uma fonte de proteína mais concentrada que a que você obtém na sua alimentaçào, vá em frente. NÃO EXISTEM CONTRA_INDICAÇÕES para o consumo desses medicamentos associados a exercício ou suplementação. Fique à vontade para realizar muito exercício e suplementar caso haja necessidade.

No entanto, observe com critério os outros suplementos, especialmente termogênicos (independente da presença de efedrina), Hormônio do crescimento, Estimulantes e outros produtos que possam conter substâncias que alterem a farmacocinética de sua medicaçào de rotina.

Espero ter sanado suas dúvidas, quaisquer outras, estou a disposição.

Breno S. Abreu

CRF 2173 - DF

Inicialmente e Cordialmente, lhe sou muito grato pela aula e pelos esclarecimentos prestados quanto ao meu caso.

e aproveitando a oportunidade, peço caso seja do agrado da equipe de moderadores que fixe este topico para os demais estudarem, com seus esclarecimentos.

Cordialmente, Linhares

Recife - PE

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora




×
×
  • Criar novo...