Carregando...
Ir para conteúdo

Lipostabil (Fosfatidilcolina)



Leia a matéria de Gustavo Barquilha Joel e Luis Gustavo da Silva Rodrigues sobre o Lipostabil (fosfatidilcolina).

Nota importante:

Ola amigos,

A intenção desta coluna não é estimular ninguém a utilizar qualquer tipo de substância ilícita, muito pelo contrário, o objetivo é demonstrar os vários efeitos colaterais que elas trazem com seu uso. Tentamos também na coluna associar as informações cientificas disponíveis na literatura com as informações praticas de atletas e/ou praticantes de musculação do mundo underground das academias.

LIPOSTABIL (fosfatidilcolina)

Infelizmente sabemos que a procura por recursos que favoreçam o desempenho esportivo ou a estética é muito grande no mercado negro. Uma dessas substâncias que vêm recebendo destaque nesse cenário é a fosfatidilcolina, conhecida também como Lipostabil.

O Lipostabil é um medicamento cardiovascular para a profilaxia e tratamento da embolia gordurosa e de uso exclusivamente endovenoso para estes fins e, segundo o próprio fabricante, não existem estudos clínicos que comprovem a eficácia e a segurança do produto na dissolução de gorduras localizadas.

É importante salientar que a Anvisa alerta aos consumidores, profissionais médicos, proprietários de clínicas estéticas e farmácias de manipulação que o medicamento Lipostabil não está registrado na Anvisa e por isso não existe autorização para fabricação, importação, distribuição, manipulação, venda e uso deste produto no país. Seu comércio é CRIME.

O Lipostabil pode agir sobre o tecido gorduroso, sendo usado em outros países como tratamento coadjuvante de algumas alterações das gorduras no sangue, podendo diminuir o tecido adiposo. A fosfatidilcolina é uma lipoproteína encontrada nas membranas celulares, “podendo” aumentar a solubilidade do colesterol.

Este medicamento vem sendo utilizado em distúrbios de memória e em doenças hepáticas induzidas por ingestão de álcool. Porém não existe nenhum estudo que comprove sua eficiência para a estética, pior, podendo até mesmo causar um desequilíbrio da membrana celular causado por um distúrbio no fluxo de substâncias do meio intra-extracelurar.

Sabe-se que o uso desta substância vem tendo um aumento considerável por parte de atletas e freqüentadores de academias, mesmo existindo uma carência de estudos que comprovem sua eficácia ou que investiguem possíveis efeitos colaterais.

Maneira de Usar

O tratamento é feito através da injeção da substância no tecido subcutâneo, onde a gordura se deposita. Utiliza-se uma agulha muito fina e a injeção é feita em toda a área que se deseja tratar, a intervalos de cerca de 2 cm.

O incômodo da picada é muito pequeno e perfeitamente suportável, e pode ser amenizado com cremes anestésicos em pessoas mais sensíveis. As aplicações são feitas a intervalos de 15 a 21 dias. Logo após a aplicação pode ocorrer coceira e sensação de pinicação na área tratada, que fica avermelhada e um pouco inchada durante 24 a 48 horas, "Nesse período, é recomendável evitar a exposição ao sol para que as manchas não se tornem permanentes".

Ao toque, a região fica dolorida, sensação que pode persistir por alguns dias. Acredita-se em resultados rápidos, mas são necessárias de cinco a dez sessões, dependendo da reação do paciente e da quantidade de gordura localizada, sendo possível perceber os resultados já na terceira ou quarta sessão, com uma “possível” redução de até 10 centímetros na região tratada, no final do tratamento.

Lembrando que a maioria das informações postadas neste artigo é decorrente de informações de freqüentadores de academias, existindo uma carência de estudos sobre o assunto.

REFERÊNCIAS

Lipostabil The effect of phosphatidylcholine on subcutaneous fat Aesthetic Surgery Journal, Volume 23, Issue 5, Pages 413-417

Administration of phosphatidylcholine increases brain acetylcholine concentration and improves memory in mice with dementia. J Nutr 1995, 125, p. 1484-9

Atenção:

Anabolizantes esteróides são medicamentos e somente podem ser adquiridos em farmácias sob prescrição médica.

Publique seu conteúdo como colaborador


Comentários

Comentários Destacados

Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo Similar

    • Por LadyCr0ft
      Tem como mandar fazer numa farmacia um remedio injetavel com centelha asiatica e + algumas substancias naturais q facam queimar a gordura?
      é tipo um lipostabil..... so q n sei a diferenca entre centelha asiatica e lipostabil.
    • Por fisiculturismo
      Tratamento estético sob suspeita
      Popular redutor de gordura, o lipoestabil foi proibido pela Vigilância Sanitária, que teme efeitos colaterais. Venda do remédio é ilegal
      Guaíra Flor
      Da equipe do Correio
      Destruíram o sonho dourado de nove entre dez mulheres, sem dó nem piedade. Emagrecer sem fazer esforço voltou a ser algo impossível. A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu o uso do lipoestabil — nome comercial da fosfatidilcolina — no Brasil. Até a semana passada, a substância era a sensação das clínicas de estética do país. Ela acaba com a gordura localizada em questão de semanas. O efeito é similar a uma lipoescultura. Com a vantagem de ser menos dolorosa e mais barata. Basta deitar na maca e agüentar algumas picadinhas na região ‘‘problemática’’ (normalmente culotes, cintura, bumbum e barriga). A gordura se dissolve como por milagre. Dá para perder até 7 centímetros de medidas em um único mês. E o melhor: sem necessidade de suar na academia.
      Só tem um problema. Ninguém conhece o preço desse milagre a longo prazo. É fato que a gordura desaparece dos quadris e barriga. Mas não se sabe para onde ela vai. ‘‘Pode ser que ela fique acumulada no fígado ou nas artérias’’, explica Cláudio Maierovitch, diretor de medicamentos da Anvisa. ‘‘Isso aumenta as chances de uma cirrose ou infarto.’’ Outra dúvida dos especialistas é se o lipoestabil queima apenas gorduras localizadas. Teme-se que destrua também as células gordurosas que revestem órgãos vitais como o coração e o sistema nervoso central.
      ‘‘Os riscos são altos demais. Por isso, proibimos o uso do medicamento, ou de seu princípio ativo, para fins estéticos’’, afirma Maierovitch. Segundo a Anvisa, não existem estudos científicos sobre os efeitos colaterais do lipoestabil, quando injetado sob a pele. Motivo? O remédio não foi feito para isso. Originalmente, ele é utilizado no tratamento da arteriosclerose (entupimento das artérias). Nesses casos, é injetado diretamente na corrente sanguínea.
      O uso da droga para acabar com a gordura localizada não é legalizado em nenhum país do mundo. Portanto, segundo a Anvisa, quem adquire essa substância está comprando um contrabando. A multa para a clínica ou médico que fizer esse tipo de aplicação varia de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão.
      RISCO
      Apesar do alerta da Anvisa, muitas mulheres arriscariam o tratamento com o lipoestabil. Entre elas, a modelo, decoradora e pedagoga Juliana Araujo, 26 anos. A jovem — de silhueta cheia de curvas — usou o produto no ano passado e repetiria a dose. ‘‘O resultado foi excelente’’, comemora. ‘‘Passei do manequim 38 para o 36 em um mês’’.
      Cada aplicação custou, em média, R$ 70. Juliana fez quatro, reforçadas por sessões de massagem estética, ultra-som e regime. ‘‘No fundo, não sei se o lipoestabil foi o único responsável pelo meu emagrecimento’’, admite. ‘‘Mas o importante é que fiquei satisfeita, não tive nenhum problema e não voltei a engordar.’’
      Depois da proibição da Vigilância Sanitária, em 8 de janeiro, o lipoestabil sumiu das clínicas de estética da cidade. Muitos médicos aprovaram a decisão. ‘‘Foi bom para acabar com o uso indiscriminado da droga’’, diz Natércia Cunha Viana, especialista em medicina estética. ‘‘Tinha muita gente sem especialização aplicando essas injeções e isso, sim, poderia afetar a saúde de um paciente.’’
      De fato, o tratamento com lipoestabil foi banalizado nos últimos meses. Até mesmo salões de beleza ofereciam as tais ‘‘injeções para queimar gordura’’. Procedimento condenado pelos especialistas, já que esses locais raramente contam com a devida higiene e capacitação profissional. Comprar a droga ilegalmente era mais fácil ainda. Bastava acessar a Internet. O preço era acessível, o frete gratuito e a qualidade do produto duvidosa. Um risco a mais para quem se submetia ao tratamento.
      Mesmo assim, milhares de pessoas experimentaram o lipoestabil no ano passado. ‘‘A maioria eram mulheres entre 20 e 30 anos’’, diz Natércia. Ela própria trabalhou com o lipoestabil durante mais de um ano, em seu consultório. Nesse intervalo de tempo, verificou apenas um efeito colateral em suas pacientes: coceira no local de aplicação. O sintoma passava após alguns dias. E não houve quem reclamasse dos resultados. A própria Anvisa não tem registros oficias sobre queixas de ex-usuárias do lipoestabil. ‘‘Mas isso não quer dizer que a substância seja inofensiva’’, alerta o diretor de medicamentos do órgão. ‘‘Como não temos certezas dos efeitos, é melhor não arriscar.’’
      Tira-dúvidas / Lipoestabil
      O que é o lipoestabil?
      É o nome comercial da fosfatidilcolina, enzima capaz de quebrar moléculas de gordura. O medicamento é usado originalmente para combater a arteriosclerose (entupimento das artérias). Há alguns anos, descobriu-se que também ajudava a acabar com a gordura localizada. O problema é que não existem estudos sobre os efeitos colaterais da substância nesses casos. Principalmente a longo prazo
      Quando ele foi proibido no Brasil?
      No dia 8 de janeiro deste ano. A resolução é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. É importante esclarecer que o uso do lipoestabil foi proibido apenas para fins estéticos.
      Como era feito o tratamento?
      Por meio de injeções. Aplicava-se a substância na região desejada, a cerca de 5 milímetros de profundidade (na camada gordurosa da pele). O número de aplicações variava de acordo com a necessidade da paciente. Normalmente, esse número variava de 4 a 15 sessões. Em cada uma delas, a paciente levava, em média, 15 picadas. O tratamento não era recomendado para pessoas obesas. O limite era seis quilos acima do peso normal.
      FONTE: Correio Braziliense (link quebrado removido)
    • Por brunomelman
      Galera
      To botando esse tópico para avisar aos interessados em Lipostabil que agora estamos lançando uma novidade no mercado, EXCLUSIVIDADE FÍSICO EM FORMA!!!
      Trata-se do produto Leciferol. Cujo princípio Fosfatidilcolina 500mg é o mesmo do LIPOSTABIL!!
      Porém, o produto é em cápsulas, além de possuir um custo infinitamente menor do que o Lipostabil Injetável.
      Bom galera , espero que gostem dessa novidade que com certeza vai explodir no Brasil !!
      Lembrem-se ... FISICO EM FORMA é o único que possui o LECIFEROL !!
    • Por ricavalim
      Fala pessoal bele...

      Seguinte: Estou começando meu ciclo com Lipostabil hoje (16/12/07)
      Irei tomar 5 ampolas sendo 1 por semana e irei fazer drenagem linfática na segunda-feira.

      Meu treino é bem regado a exercícios aeróbicos como capoeira, esteira, bike, etc.

      Hoje a noite inicio meu ciclo, amanhã cedo posto falando sobre o que senti após a primeira aplicação.

      Só irei continuar postando caso alguém se manifeste que tenha interesse em acompanhar, caso contrário nem irei postar bele

      Até amanhã quando irei falar o que senti após a primeira aplicação...

      []'s

      Ricardo Valim
    • Por Lorrane Gomez
      Entrei na academia a 2 semanas, estou fazendo dieta mas meu corpo não quer perder peso, estou acostumada a ficar tempo sem comer e segundo a nutricionista é normal que meu corpo queira armazenar gordura.
      Então dei uma afrouxada na dieta, e comprei o lipostabil, pois após a cesária que fiz, minha barriga ficou com uma pochete horrível...
      Ontem a noite foi minha primeira aplicação, apliquei 2 ampolas cerca de 10ui pra cada furada, (Região do abdômen e culote). Meu esposo fez a aplicação pra mim, após ver bastante vídeo e estudar bastante os prós e os contras resolvir fazer. 
      No momento da aplicação não senti dor nem uma, apenas algumas picadas (as vezes), fiquei muito nervosa e após 10min da aplicação, minha barriga ficou parecendo que foi picada por várias abelhas rs... Meu esposo fez uma massagem forte para espalhar o produto.
      Após 20min eu comecei a sentir dores fortes, sai um pouco pra distrair e enquanto o tempo passava a dor aumentava, pensei vou morrer. Meu ficou muito preucupado, fui dormir 00:30 tomei 2 analgésico e hoje acordei com menos dor. Ainda está dolorido(bem menos que ontem) e leves roxos surgiram, creio que é assim mesmo, devido aos relatos que já li. Vou postar a evolução, semana a semana. Espero assim poder auxiliar algumas pessoas que possam ter dúvidas assim como eu tive.
      Altura: 1,73
      Peso: 82kg 
      Abdômen 93cm



×
×
  • Criar novo...