Jump to content
  • Similar Content

    • By quinho1533
      então gente malho a uns 5 meses ja estou com um corpo bom pelo tempo q estou treinando com 3 meses de academia comprei whey,malto dextrina e bcaa deu um resultado bom mais eu ja vi gente com resultados melhores... ai colocaram na minha cabeça de compra um pak(monster extreme black da probiótica) pq da massa rapido e alem disso da muita força e eu tava precisando de um pouco d força msm.. to tomando faz 1 semana e sinceramente eu ja senti um resultado bom na força hj msm eu aumentei todos os pesos em todos os exercícios e n deu fadiga alguma.
      Vou tentar resumir : estava olhando o forum vi muitos dizendo q pak é um lixo(se alguem q comentar isso ja tiver tomado me avisa pf pq eu gostei muito nessa primeira semana) então ja estou pensando no suplemento q vou tomar mes q vem ja qro saber pra ir pesquisando.. daki 10 dias vou compra um whey da uma ajudinha a mais no ganho de massa.. mais gostaria msm é de saber oq vcs me indicão tenho 1 metro e 77cm peso 70 kg. sou muito definido então queria algo pro ganha de massa.

      Obs: por favor sei que é meio besteira mais não gosto de creatina apesar de no meu pak eu tomar só q a quantia q vem é pouca se poderem me indicar algo q n seja creatina eu agradeceria e obrigado ja a todos que me ajudarem ai com essa duvida e desculpem ai a falta d informação sobre uns assuntos ^^.
    • By R.Ortolan
      Fala Galera, meu nome é Rafael S Ortolan, sou relativamente conhecido no Face, sou atleta DHT (Dudu Haluch), não sei se tem alguem aqui que me acompanha la, mas vamos para oque interessa...
      Meu primeiro forum que participei assim que comecei a treinar foi esse, e sempre me ajudaram muito quando preciseis (a uns 3 anos atras) por isso resolvi voltar, para pode "retribuir" toda ajuda que foi me dada no inicio, dividindo um pouco do meu conhecimento com vcs, e ajudar no que for possivel.

      Hoje vou falar um pouco do metodo de dieta Cetogenica (Keto), espero que tenha serventia para alguem, e qualquer duvida podem comentar, que assim que possivel responderei. Abraços fellas !

      Metodos de Dieta - Cetogenica (KETO)
       
      A Dieta cetogenica, é na maioria das vezes utilizada na fase que chamamos de Cutting (Fase onde o objetivo é definição), basicamente e resumidamente é uma dieta onde cortamos o Carboidrato e consumimos apenas Proteinas e Gordura.
      Nossa principal fonte de energia vem dos carboidratos, quando os cortamos, entramos em um estado chamado de cetose, onde o nosso metabolismo passa a utilizar gordura como principal fonte de energia inves da glicose, devido ao esvaziamento do estoque de glicogenio, pela falta de carboidratos.
      Geralmente quem adota essa estrategia de dieta, costuma consumir proteina "a vontade", em excesso, e ai esta o erro. Primeiro, pq quando o objetivo é perca de BF, vc deve ingerir menas calorias do que gasta diariamente, e abusando de proteina vc talvez nao consiga isso (lembre, prot e carbo ambos possuem 4kcals por gr), mas principalmente, é porque vcs esquecem que proteina consumida em altas quantidades, tbm se transforma em glicose, assim bloqueando os corpos cetonicos que sao responsaveis por todo o processo de cetose.
      O grande segredo em qualquer estrategia que vc adote, é controlar os picos de insulina, que na maioria das vezes sao os grandes responsaveis pelo acumulo de gordura, vc tem que se programar para fazer com que os maiores picos aconteçam nos horarios corretos. Quando se esta em cetose, fica muito mais facil para os controlar, pois o carboidrato principal causador destes picos, estará escasso.
      Outra vantagem tambem da cetose é aumentar sua lipolise durante os treinamentos, pois como citei, seu metabolismo ira usar sua gordura como fonte de energia.
      Existem varias especulaçoes sobre a "keto" relacionado a saúde, muitos medicos sao a favor e indicam a pacientes com epilepsia, obesidade e até cancer, pois veem grandes vantagens em tratamentos com ela (pincipalmente em tratamentos de epilepsia, pois estudos mostram que os corpos cetônicos e seus componentes tem efeito neuroprotetor para doenças neurológicas agudas e crônicas. Então, a dieta cetogênica pode ser útil no tratamento de uma variedade de desordens
      neurológicas), porem tambem tem aqueles que são totalmente contra, alegando que é uma dieta pobre e não supri todas nossas nescessidades de sobrevivencia.
      Mas se pararmos e resgatarmos um pouco a historia da nossa especie ainda no periodo paleolitico, o homem sobrevivia da caça, hortaliças, frutas, castanhas etc, mas o mais abundante era a caça (carne -> proteina), a sua principal fonte de energia era a proteina, se realmente fosse prejudicial a saude, talvez nossa especie nao tivesse sobrevivido a essa epoca, e nao estariamos aqui hoje.
      Mas como tudo relacionado a saude, devemos levar em conta a individualidade biologica de cada individuo, então, se forem testar prestem atenção como ira reagir, na primeira semana é comum dores de cabeça, estresse, nauseas etc, mas se permanecer esses sintomas por um tempo prolongado e nao se adaptar, nao tem por que insistir, até pq existem diverssos metodos de dietas diferentes, e tao eficaz quanto.
      Lembrando tambem, que quantidades até 40Gr de carbo/dia nao interfere na cetose, ou seja não precisa se preocupar com aquele misera quantidade de carbo que tomate contem por exemplo.
      Nosso corpo demora em media de 3 dias para entrar em estado de cetose, a cada 7 ou 10 dias, é permitido um "Refeed" com carboidratos, de preferencia carboidratos "limpos" como arroz, macarrão, batata etc.. mas comer um doce sem exageiro não ira te matar, pelo ao contrario, pode ser muito benéfico para seu bem estar mental.
      Abaixo deixo alguns alimentos permitidos na Keto e sugestões de refs, que vc pode utilizar e adaptar de acordo com seu objetivo.
      Ovos
      Presunto
      Queijo
      Salaminho
      Bacon
      Linguiça caseira
      Peixe
      Carne Bovina
      Carne Suina
      Frango
      Camarao
      Cenoura
      Chuchu
      Vagem
      Brocolis
      Tomate
      Saladas verdes
      Etc...
      Se ficou alguma duvida, por favor, deixe nos comentários, que assim que possível respondo.
      No meu perfil no face tem varios outros artigos de minha autoria, caso alguém se interesse.
      PS: Se me adicionarem, avisem inbox que são do forum, abraços.
    • By Dra. Giovana Guido
      As carnes são importantes na dieta
      Atletas e esportistas estão sendo atraídos por um estilo alimentar mais saudável, estão mais conscientes do malefício que o excesso no consumo de alimentos gordurosos, com muito sal ou açúcar trazem à saúde, por isso mesmo, muitos eliminam as carnes do cardápio devido a essa filosofia. Entretanto, como toda regra tem exceção, as carnes também têm sua importância na dieta e por isso não devem ser totalmente eliminadas. E muito importante: existem as versões magras e saudáveis de certas carnes! Confira os benefícios:
      1º - Proteínas
      É conhecido que a dieta de pessoas que treinam deve conter uma maior quantidade de proteínas, tanto para reparação de lesões das fibras musculares, como para manutenção da massa muscular, quanto para pequeno fornecimento de energia durante exercícios prolongados (aminoácidos de cadeia ramificada, por ex.). A proteína contida nas carnes é a de melhor qualidade para esses objetivos, afinal, possui todos os aminoácidos necessários ao organismo, e melhor absorção deles (alto valor biológico). As proteínas de origem vegetal não são tão bem assimiladas pelo organismo e músculos como as de origem animal.
      2º - Vitamina B12
      Essa vitamina do complexo B, importante para a formação do nosso DNA e saúde neurológica e organização do metabolismo, só é encontrada em alimentos de origem animal, como as carnes. Quem elimina alimentos de origem animal do cardápio, deverá fazer uma suplementação da vitamina, assim como todas do complexo B.
      3º - Ferro
      A forma do ferro encontrada nas carnes é mais facilmente absorvida do que a forma encontrada em vegetais. O ferro é importante no transporte de oxigênio e nutrientes e sua diminuição no sangue pode causar apatia, cansaço fácil e anemia.
      4º - Zinco
      O zinco é essencial na manutenção do sistema imune, ganho de massa, recuperação do organismo após treinos, saúde da pele e regulação do sistema hormonal (principalmente testosterona), então, o consumo diário de carne, mantém a concentração de zinco sempre alta no sangue.
      Os nutrientes citados acima são encontrados em qualquer tipo de carne, porém, de acordo com o animal de origem, cada carne tem sua particularidade, confira:
      a) Carne bovina
      A carne vermelha é naturalmente mais gordurosa do que a branca, mesmo em cortes mais magros, então o conselho é que estas sejam consumidas no máximo em 4 refeições na semana. Um benefício das carnes vermelhas é que elas possuem mais ferro e zinco biodisponível. A carne bovina é naturalmente mais rica em creatina também, porém, possui um alto conteúdo de gordura saturada, um dos piores tipos de gordura existente. Cortes mais magros: alcatra, carne moída magra, filé mignon, lagarto e rosbife. Cortes muito gordurosos: contrafilé, costela e picanha. Sugestões de preparos saudáveis: grelhado, assado, ao molho (madeira, por exemplo), cozido, acebolado, etc.
      b) Frango
      A carne do frango é uma excelente opção para quem deseja uma dieta mais magra e saudável. Tem níveis de proteína muito semelhantes à carne bovina e sua vantagem é ser mais magra na maioria das partes. O ideal é que o frango seja consumido grelhado, cozido, ensopado ou acebolado também. As frituras devem ser sempre evitadas em qualquer tipo de carne, assim como molhos gordurosos à base de queijo, presunto, etc. Lembrando que pele de frango não deve ser consumida em hipótese alguma: é fonte de gordura ruim pura! Evite também coxa e asas. Prefira sempre o peito. Dica: as partes mais escuras da carne são as mais ricas em ferro.
      c) Peru
      A carne do peru é de uma qualidade impressionante. O peito dessa ave é uma das carnes mais magras que existem e ainda é rica fonte de vitaminas do complexo B, essenciais para um bom funcionamento do metabolismo. É rica em ferro e zinco também. O ideal seria o consumo de filés de peito, porém, a indústria brasileira tem facilitado o consumo dessa carne, através de frios, mas atenção: evite comprar peito de peru defumado ou muito salgado... Quanto mais natural e light melhor! As melhores formas de se consumir peru são: grelhado, assado ou fatiado (frios).
      d) Peixe
      O peixe é obrigatório em uma dieta saudável. Além de ser uma carne magra, de fácil digestão e absorção, rica em proteínas e minerais, ainda é fonte de gorduras boas, tornando-o exclusivo nesse perfil de nutrientes. As gorduras boas do peixe irão ajudar no bom funcionamento hormonal do corpo, saúde cerebral e ganho de massa muscular magra. Sua principal gordura, o ômega 3, é naturalmente anti-inflamatório, cardioprotetor e responsável pela saúde neurológica. Assim como o frango e o peru, o peixe pode ser consumido diariamente sob a forma cozido, assado ou grelhado. Peixe frito/empanado deverá ser excluído de sua dieta.
      Como escolher?
      Então, para desfrutar dos benefícios das carnes e não ter prejuízos na saúde, você deverá sempre escolher cortes magros de carnes (tanto brancas quanto vermelhas). A carne branca é naturalmente mais magra e as gorduras do peixe, como visto anteriormente, são benéficas, então, o consumo delas deverá ser maior, desde que consumidas sem pele, sem ser defumadas ou enlatadas e em preparações sem fritura e queijos amarelos. Caso sua preferência sejam as carnes vermelhas, sem problema algum também, desde que as porções sejam controladas e sejam consumidas em preparações magras (assadas, grelhadas, ao molho, cozidas, etc.).
      Carnes de porco e ostras devem ser consumidos em menores quantidades, pois apesar de serem ricas em proteínas e zinco, possuem elevados níveis de gordura.
      Se você ainda não concorda com as idéias acima e quer eliminar as carnes do cardápio, faça de uma maneira correta: procure orientação de um nutricionista para que ele possa adequar seus cardápios e evitar deficiências nutricionais, prejudicando sua saúde e seu desempenho no esporte.
      REFERÊNCIAS:
      KLEINER, Susan M.; GREENWOOD-ROBINSON, Maggie. Nutrição para o treinamento de força. São Paulo. Editora Manole, 2002.
      KLEINER, SM. O papel da carne na dieta do atleta: seu efeito na inter-relação entre macro e micronutrientes. GSSI, 1998.
      BIESEK, Simone; GUERRA, Isabela, ALVES, Letícia Azen. Estratégias de nutrição e suplementação no esporte. Editora Manole, 2005.
      MAUGHAN, Ronald J.; BURKE, Louise M. Nutrição esportiva. Editora Artmed, 2004.
    • By fisiculturismo
      Energia sim, excesso não
      Suplementos usados por malhadores podem até atrapalhar o desempenho ou impedir que se alcance o resultado esperado
      Da redação
      Monique Renne/Especial para o CB
      Maurício Veríssimo: repositores, só com acompanhamento médico
      A dobradinha entre nutrição e malhação é receita certa para alcançar o corpo ideal, mas não dá para errar na mistura dos ingredientes. Não adianta malhar com o intuito de emagrecer e tomar uma garrafa de isotônico ou querer tornear os músculos ingerindo proteínas e mais proteínas. Os alimentos normalmente usados por quem malha não são fórmulas mágicas que funcionam independente de qualquer rotina de exercícios. Suplementos energéticos e barrinhas que complementam a ingestão de aminoácidos para aumentar a massa muscular funcionam desde que três quesitos sejam respeitados: tempo e intensidade de malhação, combinados a uma regulação calórica feita sob prescição médica.
      Há uma diferença crucial entre quem pratica atividade física e um atleta. Os atletas têm um gasto energético muito maior. Geralmente, as medidas que esses suplementos indicam como ideal, e que os vendedores recomendam, são baseadas nas necessidades desse grupo. Caso um praticante de atividade física siga as instruções que não condizem com sua rotina de malhação, certamente não atingirá o objetivo esperado. O professor de educação física e especialista em educação alimentar, Leonardo Rocha, explica que essa dieta para malhação deve começar depois de uma avaliação médica e um certo tempo de malhação. “Iniciantes nas academias acham que irão obter resultados combinando suplementos com exercícios, e não é verdade. Suplemento é para quem já está com um corpo preparado para recebê-lo e não para preparar o corpo”, explica o professor. O funcionário público Maurício Orlando Verissimo, 43 anos, confirma as palavras do professor. Ele que malha desde os 13, passou a usar suplementos aos 18, mas com acompanhamento médico.
      --------------------------------------------------------------------------------
      O QUE SÃO E PARA QUE SERVEM
      Repositores hidroeletrolíticos: Apresentam a concentração de sódio, cloreto e carboidratos que são eliminados na transpiração. Trata-se de um repositor energético. Caso ele não substitua o que foi queimado, será fonte de reserva, ou seja, quilinhos a mais. É recomendado para quem faz mais de uma hora de malhação com muito exercício aeróbico. Ex: gatorade
      Repositores energéticos: Ricos em carboidratos (pelo menos 90% da composição). Podem conter também minerais e vitaminas. Eles fornecem energia para a quebra da gordura, desde que estejam envolvidos num padrão metabólico acelerado. Caso contrário, eles viram gordura. Ex: Barra de cereal, Xenadrine
      Repositores protéicos: Repõem a concentração de aminoácidos perdidos ou necessários para o crescimento muscular. Há uma tabela, segundo a qual uma pessoa deve ingerir diariamente de 0,5 a 0,8 g/peso corporal. Os excessos são muito arriscados. Por isso, um nutricionista deve receitar a forma que esse repositor deve ser usado. Ex: barra de proteína, proteína de soja.
      Editor: Cristine Gentil 
      Subeditor: Alexandre Botão
      Sibele Negromonte
      FONTE:
      JORNAL CORREIO BRAZILIENSE
      https://www.correioweb.com.br
    • By bruno_rs
      E ae pessoal..

      Tenho 17 anos, 65kg, +- 168cm..
      Estou recomeçando meu treino, com objetivo na hipertrofia, e queria dar um gás de início com alguns suplementos, servindo também como incentivo pra mim nos treinos.

      Como daqui uns dias começam minhas aulas à noite, e trabalho à tarde, vou ter tempo disponível somente das 9:00 às 10:00 da manhã para treino, mas estou tentando negociar com o chefe para sair as 11:00, para poder extender o treino até 12:30, se necessário.

      Estou pensando em comprar estes suplementos para começar:

      ULTRA IPC WHEY (900G) - Nutrilatina
      ALBUMINA (1000G) - D.N.A
      100% MALTO DEXTRIN (1000G) - Bodygenics

      Esses 3 por R$117,80

      Queria saber a opinião de vocês se esses suplementos são uma boa escolha (ou se poderia aproveitar melhor esse dinheiro em outros suplementos que dessem mais resultado) e qual seria o melhor horário e maneira para tomá-los, de acordo com meu horário disponível para treino.

      Valeuu!
      abração...
×
×
  • Create New...