napoli

Membro
  • Total de itens

    2.988
  • Registro em

  • Última visita

4 Seguidores

Sobre napoli

  • Rank
    Intermediário
  • Data de Nascimento

Detalhes

  • Gênero
  • Interesses
    musculação
  • Profissão

Anúncios

  • Parceria de Treino
  • Relacionamento
  1. Não existem casos de litíase renal em minha família mas pode haver outros fatores que predispõem ao meu problema. Infelizmente não são nada fáceis de detectar.
  2. Acredito que você quis perguntar se a creatina AGRAVOU o problema não é mesmo? Porque ATENUAR.. em nenhuma hipótese. A resposta é: não, a creatina não agravou meu problema. A causa foi EXCESSO de proteínas aliada ao consumo de 2g de vitamina C/dia. Abraços
  3. A quem interessar possa, descoberto o mistério a respeito dos cálculos que me afligem e problemas renais que me afastaram dos tão amados treinos: Após análises dos cálculos e, inúmeros exames, constatou-se que, o responsável por meu sofrimento foi a combinação de proteína + vitamina C, ou seja, vitamina C e whey protein. Sem mais. Abraços e ...paz!
  4. Está aumentando o número de "tiozinhos" presentes... já não me sinto uma ilha. rs
  5. Tópico antigo.. eu já estou no caminho para abrir um "Treino para Cinquentões". Putz...
  6. Vamos lá. Ok amigo, mas não estou colocando meus objetivos à frente da saúde, se assim fosse eu continuaria na mesma "toada". O que me incomoda é mais um recomeço, mas como não me conhece eu já lhe dou uma dica, comigo desistir não é uma opção. E depois de tantos anos de treino, a maromba se torna um estilo de vida. Obrigado pelo conselho e.. Não chega a tanto ok? Grato, fiquem com Deus e..... PAZ!
  7. Soon my dear Lipstick, come back soon....
  8. Respeito sua opinião e, até lhe dou razão, caso se eu não leve em consideração a curva hormonal na minha idade, a inevitável perda de massa muscular característica da fase entre outros fatores como stress, a dor, e o problema em si entre outros que não passam pela minha memória neste instante. Sei que apenas o treinamento ajuda e muito a melhorar ou amenizar alguns desses fatores, mas não é viável comparar o desenvolvimento físico nas diversas fases da vida humana. E com um agravante, não sou hipócrita e, não quero obter apenas saúde e bem-estar dos treinos, quero também massa, músculos e força. Mas você não está errado não caro colega. Grato.
  9. Moço, treinar sem suplementar aos quase 50 anos é querer tirar leite de pedra. Grato pelo apoio.
  10. Continuando a saga. A quem interessar possa.. Estou novamente parado em relação a treinos e etc. Porque? NOVOS CÁLCULOS RENAIS. rim esquerdo 0,7 cm e rim direito 1 cm. Serei submetido desta vez a uma litotripsia extra corpórea. Perdi em 20 dias 8 kg. Causa provável: suplementação incorreta. (E notem que eu ingeria apenas whey protein e bcaa). Estou de certa forma inconsolável. Tanto esforço para novamente a perda. Sem mais, firmo-me
  11. Novo ano, 5 meses de retorno. Acho que consegui bons resultados diante da idade, hormônios em baixa e as atribulações da vida cotidiana. Creio que está na hora de encerrar este tópico e partir para outros. Conclusões (da minha parte) de um re-treinamento: 1- Memória muscular é um presente de Deus. 2- Nada de pressa no retorno. 3- Suplementação básica ainda é a melhor pedida. 4- Reacostumar os tendões às cargas é essencial. 5- Se ficarmos mirando as formas, perdemos as reações de nosso corpo, o que faz o retorno mais difícil. 6- Os exercícios básicos com halteres dão melhor resultado nesta fase. 7- Para os mais "velhinhos": esqueçam a "competição" contra a molecada e concentrem-se de verdade. Por fim, voltar é muito bom. Tanto para o corpo como para a mente e espírito. Obrigado a todos que participaram do tópico. Fiquem com Deus, Paz e.... Feliz 2011!
  12. Peso estabilizado, o que me causa um nervoso tremendo, o apetite diminuiu, o treino está legal. Nada mais a dizer este ano. Para o ano que vem tenho como objetivo.... o mesmo! 96 kg e depois re-trabalho. Abraços a todos e os votos de um maravilhoso natal e um próspero ano ano. Força, fé e... PAZ!
  13. 08/12: A força continua estabilizada, o que é bastante enervante. Chegando a um estado de cansaço bastante grande devido as atividades costumeiras de minha vida, dormir pouco, tudo aliado a treinos bastante intensos. Só me resta uma opção, diminuir o ritmo para evitar uma "mega" catabolismo. Por fatores ainda desconhecidos, mas que devem possuir nosso amigo stress encabeçando a lista, meu peso corporal está oscilando demias, o apetite diminuiu muito também. Nos treinos continuo no ABC porém não mais tentando elevar as cargas, resolvi elevar a dificuldade de execução. Para isso estou conservando a amplitude dos movimentos, diminuindo o descanso entre séries e também o tempo de execução de cada repetição. Mantenho ainda o número de 10 reps por exercício. A distribuição ainda é a clássica: peito/bíceps - costas/tríceps - pernas/ombros. Aeróbicos praticamente nulos. Errado? Sem dúvida que sim mas estou percorrendo o caminho no qual me sinto melhor. Procurando novos estímulos vindos de variações de exercícios, uma espécie de "salada russa" na qual obedeço aos grupos de treinamento mas a cada treino faço uso de exercícios diferentes, sempre os clássicos, pouca máquina e muito halter. As medidas avançam a passos de tartaruga. A suplementação continua a mesma. As vezes o re-treinamento cansa.... Abraços
  14. Depois de algum tempo, mais alguns dados para aqueles interessados. Tentarei ser o mais suscinto possível. 1) - após o período de ingestão da creatina na dieta, visivelmente houve um aumento de força e volume. 2) - ainda sobre a creatina, passei a sentir cólicas renais fracas (quem acompanhou o post sabe porque a citação disto), consultado o nefrologista e feitos os exames, foram detectadas 2 cálculos, um em cada rim, medindo 1cm e 0,7 mm ( o maior no rim onde foi executada a cirurgia). 3) - conclusão, chega de creatina definitivamente para mim. 4) - na batalha por peso corporal, independente da qualidade deste pois meu objetivo inicial era aumentar a massa para depois trabalha-la, chego enfim a 87 kg. 5) - mesmo sem o teste de pregas cutâneas, percebo acúmulo de gordura, isso me preocupa mas, continuo na id´[eia inicial de atingir os 96 kg antes de trabalhar o BF. 6) - as cargas estão mais elevadas porém ainda não estou "me" desafiando, mantendo alguma moderação. Supino séries de 110kg, leg-press séries de 280 kg, terra séries 100 kg, deltóides dando trabalho - séries de 80 kg. Dorsais melhorando nas remadas e tal mas mensuro pela barra fixa portanto, séries sem peso adicional ainda. 7) - mantidas a rotina ABC (devido a "n" fatores). Um toque de humor de minha parte: "BENDITA SEJA A MEMÓRIA MUSCULAR" Abraços a todos e.. paz!!
  15. Mais um simples dado para este relato. Acrescido a suplementação com creatina na base de 0,3 grs/kg/dia na fase de saturação e 10 grs/dia em manutenção. Tempo estimado de uso, 30 dias. As costas continuam um desafio mas o restante está, mesmo que lentamente, tendo algum desenvolvimento. O fator emocional começou a "falar alto". Sinto um aumento da ansiedade a cada progresso. Sei que devo controlar este instinto neste reinício. Irei focar mais no fator tranquilidade. Abraços e paz.