Jump to content
Guest
Guest

Coquetel de Frutas

Sign in to follow this  

  1. Higienizar e descascar as frutas e preparar os sucos de limão e laranja.
  2. No liquidificador acrescentar os sucos, a beterraba, o abacaxi e o óleo de coco.
  3. Colocar o coquetel em taças e servir gelado.
Sign in to follow this  


User Feedback

Recommended Comments

There are no comments to display.



Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Add a comment...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By contribuinte
      Eu já tomo água com limão ou limonada suíça pela manhã ao acordar. Gostaria de saber se seria bom acrescentar glutamina, o que parece ser uma nova onda de recomendação na internet. Vale a pena fazer isso? É aumentada a absorção da glutamina e potencializados seus efeitos?
    • By fisiculturismo
      Sendetarismo, uso exagerado de medicamentos, dietas sem gorduras naturais e consumo de alimentos transgênicos têm reduzido os níveis de testosterona nos indivíduos. E a testosterona é o hormônio responsável pela energia, força, ânimo, desejo sexual, aumento da massa muscular (hipertrofia). A falta de testosterona implica em dificuldade para ganho de massa muscular, aumento de gordura abdominal, stress, cansaço, desânimo e falta de energia.
      Segue a lista de alguns alimentos que podem contribuir para o aumento da produção natural de testosterona pelo organismo, principalmente aqueles que são fontes de gordura saturada:
      Carne bovina do pasto; Salmão selvagem; Ovos (com a gema); Castanhas; Óleo de coco; Coco fresco; Carne de bisão; Brócolis; Couve; Abacate. Insira na sua dieta ao menos três desses alimentos em sua dieta todos os dias para que sua produção de testosterona seja ótima. Ajuste sua dieta para que 40% das caloridas sejam provenientes de gorduras naturais (low carb e high fat). Gorduras industrializadas, como as trans, não servem para esse propósito.
      Alguns suplementos alimentares podem ser utilizados para ajudar o organismo a aumentar a produção natural em pequena escala:
      Maca peruana; Tribulus terrestris. Também ajuda na produção natural: treinar pesado, dormir bem e tomar muita água.
      Fonte:
      GUIDO, Giovana. O que comer para aumentar a TESTOSTERONA de forma natural?. Youtube, 27 jun. 2017. Disponível em <https://youtu.be/Oars-YXEuuI>. Acesso em: 10 mar. 18.
    • Guest
      By Guest
      O Óleo de Coco se difundiu rapidamente e não é pra menos. Ele traz realmente grandes benefícios, inclusive para praticantes de atividade física. Porém já há muitos dizendo que ele é vilão que não deve ser usado porque tem gorduras saturadas, etc. Então vamos conhecer um pouco mais dessa gordura do bem e por que ele pode ser usado.
      As gorduras devem ser incluídas na alimentação devido absorção de algumas vitaminas e nas mulheres especialmente por questões hormonais e fornecimento de energia durante atividades físicas também.
      Existem parâmetros a serem seguidos quanto à recomendação diária para cada gordura. A ingestão de gorduras corresponde até 30% do valor calórico total da dieta. No caso das gorduras saturadas a SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia) recomenda 10% de gordura saturada. Portanto não é porque ele possui gordura saturada que você não pode consumir. Assim como os outros óleos vegetais são consumidos o óleo de coco também pode ser utilizado, mas claro que não em excesso e dentro de uma dieta adequada!!
      Vantagens do óleo de coco
      1 - É um produto 100% natural obtido por prensagem a frio da polpa, sem conservantes e produtos químicos;
      2- Emagrecimento: o óleo de Coco apresenta perda de peso, pois a gordura contida no óleo de coco retarda o esvaziamento gástrico, aumentando a saciedade e diminuindo a fome;
      3 - Fonte de TCM: considerado entre vários estudos umas das melhores fontes de TCM (triglicerídeo de cadeia média) uma gordura de fácil absorção que produz energia rapidamente, podendo então ser utilizado antes da atividade física. Não chega a ficar estocada no organismo. No fígado, estes triglicerídeos rapidamente se transformam é considerado termogênico, ou seja, capaz de gerar calor e queimar calorias;
      4- Diminui a produção de insulina (hormônio que controla a liberação de energia);
      5- Radicais livres: é um poderoso antioxidante devido à ação direta da Vitamina E, composta por 8 frações desta vitamina 4 tocotrienóis (alfa, gama, delta e teta) e 4 tocoferóis (alfa, gama, delta e teta);
      6 - Sistema imunológico: age na prevenção e no combate aos vermes, bactérias e fungos, restabelece a energia “roubada” por estes agentes. Consequentemente melhora a absorção dos nutrientes aumentando todas as defesas do organismo o que é essencial para um bom rendimento na atividade física e também no nosso dia a dia;
      7 - Fonte de ácido láurico (45,78 %) o mesmo presente no leite materno, ajuda a combater inflamações, na redução do colesterol ruim (LDL) e aumentar defesas do nosso organismo;
      8 - Fonte dos ômegas 6 e 9: ácidos graxos essenciais, ou seja, gorduras boas que precisamos ingerir por meio da alimentação, pois nosso organismo não produz. O ômega 6 auxilia na cicatrização, evita queda de imunidade, atenua queda de cabelo e pode aumentar a queima de gordura corporal já o ômega 9 pra quem deseja afinar a cintura é excelente, pois participa do nosso metabolismo, desempenhando papel fundamental na síntese dos hormônios e na regulação da produção de cortisol, um dos hormônios responsáveis pela armazenagem de gordura na região abdominal;
      9- Não necessita de refrigeração: e abaixo de 25˚ C solidifica;
      10 - Ele não aumenta gordura no fígado, mas se você tiver esteatose procure um nutricionista e não tome sem orientação ok!!
      Dicas para o consumo:
      Se sua finalidade for eliminar medidas, o óleo funciona mesmo, mas não adianta não fazer exercício, lembra que falei que ele modula o cortisol tem ômega 9?? Então e por ter TCM ele faz essa mobilização ocorrer primeiro, logo você perde medidas e não apenas peso na balança. Na prática clínica tenho observado resultado usando ele antes e depois da atividade física, 30 minutos antes das refeições dá saciedade, aí o emagrecimento é consequência porque você vai comer menos.
      Além de consumir o óleo puro, em saladas, iogurtes, pão, etc... você pode acrescentar em receitas use a criatividade, pois ele tolera altas temperaturas.
      Quando ele solidificar não significa que estragou, basta colocar em banho maria, ou então no mercado já encontramos sachês que é só amassar e dá pra levar pra qualquer lugar, super prático!! Mas não o use pastoso porque você vai acabar usando uma quantidade maior.
      Pra finalizar pessoal o óleo de coco NÃO é bom só para emagrecer, para gerar energia, mas para a saúde em geral!!
      Abaixo deixo umas receitinhas pra vocês!!
      Cheesecake de Banana, Chocolate e Coco Coquetel de frutas Para a pele:
      Esfoliante natural pele seca
      3 colheres de sopa de óleo de coco,
      2 colheres de sopa de aveia em flocos
      1 colher de sopa de açúcar
      Preparo:
      Misture todos os ingredientes com as mãos, fazendo uma bola homogênea. Espalhe um pouco do esfoliante sobre cada parte do corpo e massageie bem para retirar as células mortas.
      Fonte:
      http://www.mundoverde.com.br/
      http://www.rgnutri.com.br/
      http://www.aja.org.br/oleos/Oleo_de_Coco_Copra_1.pdf
      MACHADO, G.C.; CHAVES, J.B.P.; ANTONIASSI, R. Composição em ácidos graxos e caracterização física e química de óleos hidrogenados de coco babaçu. Revista Ceres,53(308):463-470, 2006 .ASSUNÇÃO, M.L. Alterações dos fatores de risco cardiovascular segundo o consumo de óleo de coco. Disponível em:http://en.scientificcommons.org/30094686.
    • By Héverson Gomes
      Olá amigos do FISIculturismo.com.br, este mês resolvi falar sobre mais um assunto polêmico, que às vezes muitas pessoas tem isso como a verdade. Este artigo é em homenagem às pessoas que dia após dia vem me perguntar sobre as frutas.
      Sei que muitos irão discordar deste tema, pois há os defensores árduos das dietas das frutas. Muitas vezes absorvemos e ouvimos o que nos interessa, e o que vem de encontro às nossas tradições, contra aquilo que gostamos, rejeitamos e tentamos buscar algum lugar alguém que diga o contrário, mesmo que esta não seja a verdade, só para nos agradar.
      Normalmente, quando alguém vem me procurar para dicas de alimentação, seja algum aluno de personal ou não, dizendo que está fazendo uma dieta, que parou de comer besteiras, afirmando que não come mais pão, nada de glúten, farinha branca ou lactose, etc, mas que está comendo só fruta.
      E justifica essa opção como correta por ter visto em alguma revista, ou em algum programa de televisão, ou na internet, que alguém perdeu 7kg ou mais só ingerindo frutas. Ingerir frutas realmente emagrece?
      Bem, vamos iniciar com uma rápida explicação sobre as frutas e seu açúcar: frutose. O açúcar que todos abominam é a sacarose, é aquele que vem nos doces e confeitos, e ela é 50% glicose e 50% frutose. Mas o que há de mal nisso?
      O que estraga a sacarose é a glicose? Cito um trabalho realizado pelo Dr. Richard Johnson, onde foram estudados dois grupos de ratos. Ambos ingeriram a mesma quantidade de calorias. Porém, o grupo 1 ingeriu parte das calorias na forma de glicose e o grupo 2 na forma de frutose.
      Os ratos do grupo 2 (frutose) ganharam bem mais peso e armazenaram mais gordura visceral e no fígado, além haver aumento na pressão sanguínea e nos triglicerídeos presentes. Apenas diferenças no tipo de açúcar, implicaram nesses resultados. É como se o grupo 2 ingerisse só frutas e o grupo 1 glicose.
      A frutose promove o aumento da gordura abdominal (aquela indesejada pela maioria das pessoas). A frutose é metabolizada mais rápido que a glicose na forma de gorduras. Ela desregula os mecanismo do corpo de controlar o apetite, não estimula a insulina corretamente, impedindo a atuação correta do hormônio ghrelin e não estimula a leptina.
      Ghrelin e a leptina são peças-chave no controle da fome. Isso significa que a ingestão de frutose fará com que você coma mais e que também potencialize as suas chances de desenvolver insensibilidade à insulina. A frutose promove o aumento do “mau” colesterol (LDL) e a diminuição do “bom” colesterol (HDL), elevando também os triglicerídeos, pressão sanguínea e elevando os níveis de açúcar no sangue.
      Além disso, contribui para o desenvolvimento de Gota, por aumentar os níveis de ácido úrico no corpo. Em um estudo publicado em 2011, mulheres que bebiam 350 ml ou mais de suco de laranja por dia, duplicaram o risco de desenvolver Gota. As mulheres que bebiam apenas 175 ml de suco por dia, aumentaram em 41% as chances de desenvolver a condição.
      Resultados similares foram observados em homens também. Sucos, devido à retirada das fibras da fruta, são digeridos e absorvidos muito mais rapidamente do que as frutas ao natural, portanto, promovem muito mais o armazenamento de gordura e intensificam todas estas consequências da frutose.
      Sucos, principalmente para quem quer queimar gordura, devem ser considerados com muita cautela. Frutose tem sido considerada a “chave” para se ativar o armazenamento de gordura, sendo tema de um livro publicado bem recentemente: The Fat Switch, do Dr. Richard Johnson, que é médico há 25 anos e também pesquisador na Universidade do Colorado, nos EUA.
      Há outro problema causado pela frutose. Vamos entrar na tireóide, que produz dois hormônios, a tiroxina ou tetraiodotironina ou T4 e a triiodotironina ou T3. Na verdade, o hormônio ativo é o T3, justamente o hormônio produzido em menor quantidade pela tireóide, aproximadamente 20% da produção.
      Ao ser conduzido ao fígado, o T4 inativo sofre a ação da enzima específica (5-deiodase) e se transforma no hormônio ativo T3, o qual irá, entre outras ações já mencionadas, provocar a elevação da temperatura corporal e provocar a queima de gordura.
      Ocorre que essa conversão depende da presença de energia suficiente no fígado (ATP). A frutose rouba ATP do fígado e torna a conversão T4 mais difícil, portanto, maneirar nas frutas é muito conveniente.
      Então não devo ingerir frutas? As frutas contém vitaminas, minerais e fibras, porém, se você estiver em uma dieta para perda de peso, não é muito indicado a ingestão de frutas. Se for consumi-las, que seja pouco e de manhã, pois, elas causam picos de insulina, dificultando a produção de GH natural pelo organismo.
      O que pouca gente sabe é que nem todas as frutas se dão bem quando consumidas juntas. Isso porque as frutas ácidas requerem um tipo de suco gástrico para serem digeridas, enquanto as frutas doces requerem um outro tipo. Quando consumidas em conjunto, a digestão fica mais complicada.
      Frutas ácidas ou cítricas são aquelas como tangerina, morango, lima, limão, abacaxi e laranja. Já as doces são uvas, maçãs, pêras e pêssegos. As bananas são consideradas neutras.
      Bibliografia:
      7 Motivos Para Se Evitar Frutas e Sucos No Emagrecimento
      Musculação Além do Anabolismo. Autores: Waldemar Guimarães
    • By Dra. Shalimar Diniz
      Bata tudo no liqüidificador e sirva bem gelado.
×
×
  • Create New...