Jump to content
Dra. Shalimar Diniz
Dra. Shalimar Diniz

Sardinha Assada

Sign in to follow this  

  1. Arrume as sardinhas em um tabuleiro ou pirex.
  2. Tempere-as com suco de limão, alho, cebola e aguarde uns 10 minutos.
  3. Acrescente o vinagre, azeite ou óleo por cima delas, sal e pimenta ralada na hora.
  4. Coloque o cheiro verde.
  5. Cubra com alumínio e leve em forno a 180C por uns 15 minutos.
  6. Retire o papel alumínio e deixe no forno até terminar de assar.
  7. Sirva com um limão dividido em quatro pedaços.
Sign in to follow this  


User Feedback

Recommended Comments

There are no comments to display.



Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Add a comment...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By Sardinha's Gym
      http://www.youtube.com/watch?v=bqOoYBfpd7U



      Nessa entrevista gravada pela emissora SBT o atleta brasileiro de fisiculturismo Fernando Sardinha esclarece alguns tópicos de interesse, tais como: ANABOLIZANTES, ADE, SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR, HIPERTROFIA, IMPOTÊNCIA E OUTROS.
    • By Jonatan Cigani Carias
      Meu nome completo é Fernando Luiz, nasci em 18/11/1969 em São Carlos/SP, tenho uma família abençoada com meu pai Valdir, minha mãe Maria, minha filhaLara, minha esposa Patrícia Biagioni Luiz. Desde 5 ou 6 anos de idade eu já gostava de super heróis musculosos, como o Hulk, o Superman, o Capitão América e principalmente o Príncipe Namor Rei de Atlântida, que era praticamente um Fisiculturista do passado com sunga e que defendia o seu povo e a sua família, aliás sempre gostei de fazer o bem para as pessoas que gostam de mim, sempre quis ser lembrado como um pai de família que é atleta.
      Comecei bem cedo nos esportes quando meu pai me matriculou na academia de Judô do Sensei Francisco Garcia, um cara diferenciado, humilde e homem de bem que foi meu primeiro mentor na adolescência com ensinamentos de boa conduta, higiene e respeito, tive títulos e me dediquei como atleta mesmo e quando senti que tinha pouco porte físico para enfrentar os adversários, convenci meus pais do meu sonho de treinar musculação.

      Com 10 anos de idade eu comecei a trabalhar lavando banheiros e limpando teclados em uma loja, porque nós perdemos tudo que tínhamos por causa de sociedade errada com família e juntos, eu meu pai e minha mãe passamos fome. Quase todas as noites eles choravam na mesa do jantar, pois dividíamos um litro de leite de saquinho e 3 filões, uma vizinha dava "raspas de panela" e eu na escola dava um jeito de pedir para ir no banheiro ou fazia bagunça para que os professores me mandassem descer e aí a bondosa servente dona Maria segurava mais um copo de arroz doce para matar minha fome. Nessa época meu pai vendeu tudo dentro de casa para nos alimentar, trabalhava concertando tudo nas casa de vizinhos, minha mãe era telefonista no Hospital Ribeirânia e quando foi-se embora o piano, meu pai comprou um tecladinho Casio, minha vocação musical acendeu e nós juntos trabalhamos por mais de 18 anos profissionalmente. Fui da Companhia do Oswaldo Montenegro, fiz teatro em São Paulo e participei de peças dele como Dança dos Signos, Aldeia dos Ventos e Noturno em que eu dançava, cantava, tocava e atuava por mais de 3 anos.


      Enfrentei muitos problemas e preconceitos na época menos informada da musculação e como eu tinha uma outra profissão formada antes de completar a maioridade, a de músico profissional, consegui levar as duas carreiras juntas durante todo o processo de amadurecimento, tocava teclado/piano e cantava com meus pais para sobreviver. Nunca pensei diferente de ser um Fisiculturista..., meu ídolo? Arnold Schwarzenegger, então me matriculei na academia Olimpic Center e comecei a treinar com Chicão Carrara, que foi meu primeiro professor e com ele e os grandes musculadores da época, aprendi sobre o treino sem frescuras e tentava acompanhar meus ídolos que eram o meu amigo Nameh e seu parceiro o "Peixe", o Du Salata e o Du Boinain que tinha o apelido de "Tubarão". Como eu era muito esforçado e magro, começaram a me puxar junto nos treinos e quando me chamaram de "Sardinha" e eu fiquei puto, no dia seguinte uns 30 caras me chamaram também, aí ferrou tudo... hoje? me chamo Fernando Sardinha, kkk!.
      Ser um fisiculturista

      Meu primeiro dia de treino foi 19/06/1985 e possuo ainda hoje minhas 4 primeiras fichas de treino com minhas medidas, eu tinha 30cm de braço, 32cm de panturrilhas, 52cm de coxa e pesava 52 kgs. Comecei a estudar quase que imediatamente entre revistas e livros, e com 6 meses já tinha feito até 3 cursos específicos e o Chicão (que citei acima) junto com os seus sócios Paulão, Claudião e Pidinho me contrataram como instrutor de Musculação. Me formei como árbitro oficial com o professor Fábio Gianolla que me ensinou muitas coisas obscuras nos julgamentos e até sobre a história da Musculação, aprendi muito sobre medicina esportiva com o professor João Alberto Ferreira de Barros. Uma história de muito estudo, diplomas, cursos e mais cursos desde nutrição avançada com os melhores nutricionistas do Brasil, Rodolfo Peres, Érika Zago e Tânia Rodrigues, até bioquímica, biomecânica aplicada, personal training e ainda me formei como técnico em Musculação pela NABBA Brasil entrando como membro do corpo docente convidado pelos meus amigos da família que vive a Musculação á décadas, a família Koprowski : Rodrigo, Eugênio, Elizabeth, Adriana e Ana Maria que sempre estiveram presentes em minha carreira me apoiando nos momentos ruins e me puxando a orelha quando preciso. Fiz cursos com Ayres da Cunha, Ítalo Salzano Júnior, Waldemar Guimarães, Ney Pereira, Dilmar Pinto Guedes, Eduardo Haddad e com o grande Professor Doutor José Maria Santarém do Instituto Bio-Delta um dos maiores gênios do nosso esporte no mundo.
      Durante minha carreira de Fisiculturista, eu treinei Greice Jiu-Jitsu e Karatê Shotokan com Sensei Roberto Santana, um homem forte de mente e corpo, de família, um atleta e professor sensacional, meu mestre que me ensinou toda uma ideologia oriental de Samurai, que trago comigo até hoje. Participei de competições e fui até vice campeão Paulista de Jiu-Jitsu na faixa roxa. Infelizmente as lesões nos esportes de contato quase me tiraram da minha carreira na musculação, então tive que escolher... e o meu coração desde os 5 anos era... SER UM FISICULTURISTA

      Hoje em dia, as dezenas de diplomas e certificados que possuo, são parte integrante da minha história nesse esporte. Tive alguns mentores que muito contribuiram para meu conhecimento, cada um deles está guardado em meus triunfos; Waldemar Guimarães que me ensinou a ser "hard core" no treino, mas estudar como um nerd e ter disciplina como um militar, Wilson Santos meu segundo ídolo depois doArnold, junto com Osman Cecaf meu querido amigo, me prepararam no início da carreira, Paulo Lima que me deu diretrizes importantíssimas de atleta de ponta, Alexandre Mello o "Jacaré" exímio preparador e amigo leal que me ajudou em momentos ruins e também quando fui vice campeão mundial na Grécia em 2008,Eduardo Reis nutricionista e amigo que me ensinou diversos passos de dieta e suplementação, Alexander Denvest árbitro e atleta inglês da NABBA, que me deu todo o suporte técnico para o Mr.Universe 2010 na Inglaterra e agora com muita honra vou ser acompanhado pelo Bodybuilder Profissional Marius Dohne, que conheci tingindo-o no mundial 2008 na Grécia e depois recebendo o seu abraço quando saí do palco com o troféu nas mãos, nos encontramos na piscina no dia seguinte, eu dei a ele um boné lindo da Probiótica que era meu patrocinador, quando no meio do papo e fotos ele me disse que era preparado por Milos Sarcev um dos meus ídolos, subiu ao apartamento e desceu com um presente que possuo até hoje : uma camiseta original do Koloseum Gym do Milos.


      Estou radiante com essa nova fase da minha carreira, fui abençoado com tantos profissionais excepcionais na minha vida...
      Sou técnico em musculação, árbitro e membro do corpo docente da NABBA/BRASIL, árbitroIFBB, Personal Trainer e Preparador Físico registrado no CREF/SP sob o número 021693. Possuo junto com minha família querida um Ginásio da Musculação chamado "Sardinha's Gym" e tudo o que faço ou ensino está diretamente ligado aos meus estudos diários e aos aplicados e intensos treinos que realizo e vou realizar até o momento em que meus olhos se fecharem para sempre.

      Fonte:http://www.sardinhasgym.com.br
    • By Alymec
      Quando vou comer sardinha enlatada sempre coloco numa frigideira e asso um pouquinho. Gostaria de saber se tem algum problema, isto é, ela perde alguma propriedade por conta da alta temperatura?
    • By Locemar
      Sardinha Workout Day com Tião
       
      http://www.youtube.com/watch?v=3UUCQ0NuMV0
    • By Locemar
      Eu não conheço nenhum outro atleta com tanta humildade, tanto conhecimento e que sabe passar uma informação tão clara e objetiva como o Sardinha. E aqui, num rápido vídeo, ele explica a enorme preocupação das pessoas em ficar se baseando apenas pelo peso, reféns da balança e dos números, principalmente as mulheres que sempre acham que devem perder 2kg,
       
      https://www.youtube.com/watch?v=bBTCpANsXTg
×
×
  • Create New...