Jump to content
Luis Meirelles
Luis Meirelles

Molho de Iogurte Protéico - Ideal para Servir com a Salada de sua Preferência

Sign in to follow this  

  1. Use um multiprocessador de alimentos e misture o cottage, o iogurte, o alho e a salsinha.
Sign in to follow this  


User Feedback

Recommended Comments

There are no comments to display.



Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Add a comment...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By José A. B. de Oliveira
      A suplementação alimentar hoje em dia é amplamente difundida entre os praticantes de exercícios físicos, em especial os de musculação/fisiculturismo. Os suplementos alimentares ingeridos demasiadamente ou indiscriminadamente pode causar riscos à saúde.
      Um exemplo seria aqueles indivíduos que ingerem suplementos ricos em proteínas para potencializar o ganho de massa muscular sem nenhuma orientação e, muitas vezes, apresentam alergias a determinadas proteínas e/ou ganham um estoque extra de gordura, entre outros problemas.
      Os alimentos são e devem ser à base da nutrição de qualquer atleta ou praticante de exercícios físicos. O suplemento alimentar, como sugere o nome, vem para complementar determinada falta de nutriente(s) de uma dieta. Suplementos não podem substituir os alimentos!
      Para os que suplementam sua alimentação adequadamente, alguns suplementos são caros e não cabem no orçamento, mas conhecendo as características nutricionais de certos alimentos, se pode chegar bem próximo aos resultados propostos por aquele determinando suplemento. A seguir destacam-se alguns alimentos em comparação a respectivos suplementos.
      Leite desnatado, laticínios como o iogurte, queijos brancos (quanto mais branco o queijo, menor a quantidade de gordura), proteína texturizada de soja, clara de ovo, carnes em geral (cortes magros): Em combinação, esses alimentos podem substituir os suplementos proteicos. Além do mais, no caso dos iogurtes, favorecem o bom funcionamento de intestino, diminuindo os casos de “estufamento” e inchaço abdominal. A clara do ovo é rica em albumina (proteína de alto valor biológico) e as carnes, além de possuírem as proteínas, possuem também a creatina, que naturalmente faz parte da “bioquímica da contração muscular”, auxiliando na geração e reposição de energia – o ATP.
      Os fígados são uma boa pedida por serem órgãos desintoxicadores naturais do organismo, armazenadores de vitaminas e promoverem a síntese de creatina. Todos esses alimentos irão contribuir para a construção muscular por conterem os aminoácidos que participam na formação de mais filamentos de actina, miosina e da mioglobina (proteínas presentes no tecido muscular), que repararão as microlesões provocadas pelo treino, dando mais volume às fibras musculares (hipertrofia).
      Linhaça, óleos vegetais, azeite extra virgem, peixes, amendoim e amêndoas: são ricos em ácido linolênico (ômega 3) e linoleico (ômega 6): Atuam na termogênese, podendo substituir os queimadores de gordura. Além disso, participam na supressão de radicais livres, que podem causar danos às fibras musculares, além de auxiliar o sistema imunológico.
      Esses ácidos na verdade são óleos (natureza lipídica) que possuem estrutura química diferenciada, configurando os benefícios. É preciso atenção, pois a partir do momento que submetem-se óleos vegetais, azeite extra virgem ou outros alimentos que são ricos nesses ácidos a uma temperatura excessiva, esses têm sua configuração química alterada e, consequentemente, perdem suas características nutricionais iniciais.
      Tubérculos, batatas, cereais, farinhas: Podem substituir os suplementos hipercalóricos, em parte. São ricos em carboidratos complexos, que são digeridos mais lentamente pelo organismo e, com isso, diminuem os picos de insulina, que acaba por aumentar possivelmente a estocagem de gordura, em comparação com os carboidratos simples (de rápida absorção).
      Os carboidratos não têm como único papel prover energia para o organismo. Este é o principal, mas existem outros como: preservar a proteólise (queima de proteínas para fins energéticos); auxiliar a absorção de íons cálcio e ajudar na oxidação mais efetiva de gorduras para obtenção de energia.
      É importante ressaltar que os praticantes iniciantes de musculação devem ajustar primeiro sua alimentação à luz do treino, não adianta nada começar a utilizar algum suplemento sem “dar motivos” ao organismo para aproveitá-lo, caso contrário, haverá perda de tempo e de dinheiro.
      Além disso, é indispensável a ida ao nutricionista! É ele o profissional mais adequado para tirar todas as dúvidas e ajustar a dieta de acordo com suas preferências e objetivos.
      Se o bolso apertou um pouco e não está dando para comprar suplementos, aproveite as dicas acima, extraia o melhor dos alimentos e observe os resultados.
    • By Fábio Moura Veras
      Caros amigos, vou falar sobre uma boa opção de proteína de Alto Valor Biológico, o queijo Cottage. Em algumas tabelas onde o Valor Biológico Máximo da proteína é 100, o queijo cottage recebe score de 80 enquanto o peito de frango recebe 79 e o ovo 88.
      O queijo Cottage é muito conhecido e usado nos Estados Unidos mas não tanto aqui no Brasil. É uma variedade de queijo de origem anglo-saxônica. É uma coalhada de queijo (queijo tipo fresco) com sabor suave.
      É elaborado com leite de vaca e apresenta massa ácida, de cor branca, com textura cremosa e grumosa. Ele é drenado, mas não prensado, restando algum soro de leite.
      Tem aproximadamente 4% de gordura mas já existe no mercado versões com zero de gordura.
      Para aqueles que não agüentam mais o bom e velho peito de frango e já estão saturados de tanta clara de ovo, fica minha recomendação de adicionar essa fonte de proteína a sua dieta.
      Abaixo a informação nutricional de uma das marcas encontradas hoje no mercado. Lembrando-se que um pote dura de 2 a 3 semanas sob refrigeração.
      Destinam-se a consumo puro ou acompanhando frutas e saladas, aqui são indicados em dietas de baixas calorias.
      Informação nutricional (porção de 50 gramas):
      Quantidade por porção........................................%VD* Valor energético:.................. 37 Kcal......................2 Carboidratos:........................0,9 g.........................0 Proteínas:.............................7,7 g.........................10 Gorduras totais:.....................0 g...........................0 Gorduras trans:......................0 g............................** Gorduras monoinsaturadas: 0 g............................** Gorduras poli-insaturadas:...0 g............................** Colesterol:...........................0 mg..........................0 Fibra alimentar:.....................0 g............................0 Sódio:..................................157 mg.......................7 (*) Valores Diários de Referência com base em uma dieta de 2.000 calorias.
      (**)Valor Não Estabelecido.
    • By Cavalo de Fogo
      Olá marombas! Deixando aqui minha colaboração para a prosperidade!kkkk
      Para fazer o iogurte natural vc vai precisar :
      Leite em pó desnatado 250g
      Um pote de iogurte natural desnatado desses de 100 150 ml que vende no mercado.
      Modo de preparo:
      Adicione 1.5 litro de água no liquidificador, todo o leite em pó, e o iogurte natural. Bata tudo.
      Depois em uma vasilha leve ao fogo (baixo) ATÉ FICAR MORNO!!!!
      ATENÇÃO! !!! MORNO POUCO TEMPO NO FOGO.
      retire do fogo e coloque em um recipiente raso e grande tipo uma forma quadrada de bolo QUE TENHA TAMPA.
      Depois de tampar enrole em um ou dois panos o recipiente e deixe dento do forno ou microondas DESLIGADO!!!!!
      DEIXE POR NO MÍNIMO 10 HORAS.
      EU COSTUMO DEIXAR DA NOITE  PARA O DIA.
      Depois retire os panos e leve à geladeira. Tá pronto! Uma ótima opção de refeição pós treino. Baixo teor de gordura, bastante proteínas e se vc adiciona uma aveia, granola, ou albumina fica perfeito.
      Espero ter ajudado alguém aí.  Wlw.
    • By driano
      ae,tipo queria saber qual eh o problema dessas fast food,pq tipo geral fala mal,queria saber mermo.

      eh soh a parte da fritura ou tbm os molhos deles?

      gostaria que alguém me explicasse melhor.

      valeu.
    • By ouNiez
      :: QUEIJO COTTAGE CASEIRO ::   Ingredientes: ● 1 litro de leite desnatado; ● suco de 1 limão; ● 1 caixinha de creme de leite light (opcional); ● Sal a gosto.   Modo de Preparo: Em uma panela, leve o leite ao fogo até atingir aproximadamente 90º, isso é antes de ferver, junte o sal (pouco sal, pois este queijo o absorve bem). Desligue o fogo e acrescente o suco de limão mexendo até coalhar o leite.     Separe o soro usando uma peneira, não esprema, deixe escorrendo o restante e descansando em um pano de prato por uma hora (se gostar dele bem grumoso, já está pronto, caso prefira um pouco mais cremoso, utilize a caixa de creme de leite comum ou light sugerida).     Dica: O líquido que restar do soro do leite é o mais puro WHEY PROTEIN,é dele que é tirada a nossa amada proteína! Guarde e use assim que der, não tem muito gosto então dá pra substituir em várias receitas.   Fica igual ao Cottage original! Use em bolachas, torradas, sobremesas, tortas... Espero que gostem, fica a dica do titio~
×
×
  • Create New...