Jump to content

Rate this topic

Recommended Posts

Ah pessoal que história é essa que nascemos para ser vegetarianos? de onde já se viu isso? Desde os primórdios que o homem caça para comer, ou pesca para comer, ou coisas do tipo, nosso corpo precisa de proteina, então é totalmente ao contrário, o mundo é assim é a origem humana, respeito quem quer ser vegetariano, pois isso é uma opçao de vida, agora dizer que não precisamos comer carne num dá né, nós precisamos sim, pois o ser humanos tbm é carnívoro na sua essencia, vai dizer que antigamente eles pelo menos conheciam a soja?

Share this post


Link to post
Share on other sites

E sobre a lactose fala sério pessoal, não to dizendo que ela é benefica, mais se preocupar com a quantidade mínima que tem no whey é sacanagem, o que faz diferença no que vc faz hj em dia é quantidade, o problema de tudo é quantidade, tudo em excesso faz mal, do jeito que tudo em dosagens baixas não irão prejudicar praticamente em nada...

Share this post


Link to post
Share on other sites

A quem interessar, isso foi postado no site do Waldemar Guimarães.

 

Por Rodolfo Anthero de Noronha Peres – Nutricionista Esportivo – CRN8 2427

Há muito sabemos que uma ingestão adequada de proteínas é fundamental para o crescimento muscular¸ fazendo alimentos como carnes¸ ovos¸ leite e derivados¸ ganharem destaque no meio de praticantes de musculação e fisiculturistas. No entanto¸ o leite de vaca¸ mesmo apresentando ótimos teores de proteínas de alta qualidade¸ possui muita polêmica em torno de seu consumo. Alguns o defendem como ótimo alimento¸ enquanto outros observam uma maior dificuldade no processo de definição muscular quando incluem este alimento na dieta¸ sendo que muitos atletas evitam seu consumo às vésperas de uma competição. Este artigo visa elucidar essas dúvidas¸ demonstrando os prós e os contras do consumo deste alimento.

Define-se leite como o líquido nutritivo produzido pelas glândulas mamárias das fêmeas dos mamíferos. O leite é a principal fonte de nutrição para os recém-nascidos até que eles sejam capazes de digerir alimentos mais diversificados. No entanto¸ se quisermos obedecer às leis naturais¸ deveríamos parar de tomar leite assim que nascem os dentes. A esta altura¸ o leite¸ mesmo humano¸ deixa de ser um alimento completo. É o que acontece com os demais mamíferos¸ que mudam sua dieta logo que nascem os dentes. Os seres humanos são os únicos animais que continuam a se alimentar de leite – obviamente de outros animais – durante toda a vida.

Os adeptos da alimentação natural com base macrobiótica afirmam que o leite de cada mamífero é adequado para cada espécie. A estrutura do leite de vaca é própria para bezerros¸ mas não exatamente adequada para os homens¸ visto que o bezerro cresce cerca de dez vezes mais rapidamente que os humanos nos primeiros meses de vida. Além disso¸ os anticorpos gerados pelo organismo da vaca para a defesa imunológica do bezerro tornam-se antígenos para os seres humanos e podem desencadear distúrbios alérgicos de várias proporções. Os níveis de caseína contidos no leite de vaca também são bem diferentes dos níveis contidos no leite humano¸ não sendo adequados para o nosso organismo. A caseína é um dos principais componentes alérgicos presentes no leite de vaca. Ela possui a propriedade de ativar células mastóides¸ sendo que quando esta ativação se dá nas células mastóides presentes no intestino¸ ocorre a liberação de histamina (resposta alérgica).

Já a whey protein – conhecida como a proteína do soro do leite¸ constitui-se da porção aquosa do leite produzida durante o processo de fabricação do queijo¸ quando ocorre coagulação. No entanto¸ apenas 0¸6% desta porção é proteína¸ o que significa que são necessários 229 litros de leite para produzir 1 kg de whey protein de baixa qualidade. Ou seja¸ obter bons níveis de whey protein por meio do consumo de leite de vaca in natura é impossível. Neste caso¸ a suplementação é a melhor medida.

Outro fator a ser considerado é conhecido como intolerância à lactose – carboidrato presente em grande concentração no leite. A hidrólise da lactose ocorre por ação da lactase presente nas microvilosidades intestinais¸ sendo convertida em galactose e glicose. A intolerância à lactose é muito freqüente em escala mundial¸ podendo atingir¸ em alguns casos¸ 90% da população. A deficiência da lactase é comum entre populações asiáticas (98% nos tailandeses¸ 97% nos chineses¸ 99% nos japoneses e 67% nos indianos). Entre os caucasianos a prevalência de intolerância à lactose é cerca de 15%. Acomete também negros africanos (72%)¸ norte-americanos (70%) e índios. A deficiência ocorre também com o envelhecimento pela atrofia da mucosa do intestino delgado.

Nesta intolerância se inclui tanto as pessoas com intolerância total¸ como as com intolerância parcial. Este último grupo consegue digerir grandes quantidades de lactose de uma só vez¸ mas não tem problemas em administrá-la de forma fracionada¸ sendo que normalmente toleram bem alimentos com menores teores de lactose¸ tais como iogurtes e queijos.

A lactose não digerida permanece no intestino onde sofre ação de bactérias fermentativas¸ ocasionando a formação de ácido lático e outros ácidos¸ causando: náuseas¸ gases¸ cãibras¸ distensão e cólica abdominal¸ flatulência e diarréia¸ que se manifestam entre 30 minutos e 2 horas após a ingestão de alimentos que contenham lactose. Em alguns casos¸ pode ocorrer – inclusive – má absorção dos nutrientes ingeridos. A maioria dos intolerantes à lactose desenvolve o quadro com o passar do tempo e muitos deles convivem com a deficiência enzimática e só observam os sintomas após muitos anos.

O leite de vaca não possui apenas aspectos negativos¸ pois o mesmo apresenta bons teores protéicos e de alguns micronutrientes¸ tais como o cálcio¸ o fósforo e as vitaminas B1 e B2. No entanto¸ podemos sem dúvida¸ obter tais nutrientes advindos de outras fontes alimentares.

Agora¸ convenhamos que diversas preparações a base de leite são bem saborosas¸ fazendo com que a retirada completa deste alimento da dieta torne-se bem sacrificante. Costumo mencionar que se alguém decidir tornar sua alimentação totalmente adequada e salutar¸ este terá de evitar o consumo de praticamente todos alimentos que o rodeiam¸ pois nossa alimentação está repleta de aditivos¸ agrotóxicos¸ hormônios¸ conservantes¸ alimentos com propriedades alérgicas e demais substâncias relacionadas a efeitos adversos à nossa saúde. Somente indivíduos vivendo em condições naturais conseguiriam este feito.

Analisando-se deste modo¸ em se tratando de praticantes de atividade física sem ambição competitiva¸ defendo o uso moderado do leite de vaca dando preferência a seus derivados¸ tais como queijos e iogurtes¸ devido à presença de menores teores de lactose. Um outro substituto muito interessante para o leite de vaca seria o extrato solúvel de soja. Esta bebida¸ conhecida popularmente e erroneamente como “leite de soja”¸ possui boas propriedades nutricionais¸ e ainda¸ as isoflavonas contidas na soja têm demonstrado serem efetivas na prevenção da osteoporose.

Já no caso de fisiculturistas de alto nível em período pre contest ¸ a restrição deveria ser maior. Todos atletas sob minha supervisão retiram o leite e seus derivados por completo da dieta no período pre contest . Nesta fase¸ qualquer detalhe fará muita diferença¸ sendo que o ideal é trabalhar com a menor variedade de alimentos possível¸ o que facilitará qualquer ajuste se necessário. No período off-season ¸ uma moderação no consumo destes alimentos já seria suficiente.

Na verdade tudo irá depender de fatores individuais¸ tais como: objetivo¸ grau de intolerância¸ histórico patológico¸ hábitos alimentares¸ etc. A individualidade biológica deve sempre ser respeitada. Portanto¸ um acompanhamento individualizado com um profissional devidamente habilitado sempre se faz necessário.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah pessoal que história é essa que nascemos para ser vegetarianos? de onde já se viu isso? Desde os primórdios que o homem caça para comer, ou pesca para comer, ou coisas do tipo, nosso corpo precisa de proteina, então é totalmente ao contrário, o mundo é assim é a origem humana, respeito quem quer ser vegetariano, pois isso é uma opçao de vida, agora dizer que não precisamos comer carne num dá né, nós precisamos sim, pois o ser humanos tbm é carnívoro na sua essencia, vai dizer que antigamente eles pelo menos conheciam a soja?

Te garanto que o uso da soja é mais antigo que a escrita.

O homem não é um caçador apenas, é um caçador-coletor, ele vive mais da coleta de alimentos do que de caça. Não se baseie apenas em indios mas em nomades também. Ele não é carnivoro em essencia, é onivoro. É mais saudavel ser vegetariano do que comer carne na sociedade atual? É, infelizmente não há como negar isso. Mas isso não se deve ao fato de eles não comerem carne, se deve ao fato de ingerirem menos substancias nocivas que a carne contém atualmente. O problema não é a dieta mas o modelo de sociedade atual (daqui a pouco o Taerone aparece pra falar de anarquia kkkkk)

Share this post


Link to post
Share on other sites

E sobre a lactose fala sério pessoal, não to dizendo que ela é benefica, mais se preocupar com a quantidade mínima que tem no whey é sacanagem, o que faz diferença no que vc faz hj em dia é quantidade, o problema de tudo é quantidade, tudo em excesso faz mal, do jeito que tudo em dosagens baixas não irão prejudicar praticamente em nada...

Já foi comprovado o efeito da lactose ao longo do tempo. Ela está ligada a diversas doenças que acometem a sociedade após os 55 anos de idade. Não é a curto mas a longo prazo a preocupação, mesmo o pouco que contém o whey.

Share this post


Link to post
Share on other sites

ñ cabe ao caso falar e saude... o fato é apenas o corpo, essa minima quantidade atrapalha ou ñ na definição??

Então, eu tinha escrito um monte de mimimi de como isso pode ou não afetar mas o meu note travou e tive que resetar... :(

 

Só falo que isso varia muito de pessoa para pessoa porque a microbiota intestinal tambem varia e os efeitos da lactose mimimi e coisa e tal tambem. Para mim atrapalha pois me tornei levemente intolerante ao longo do tempo, já meu irmão, que tem genetica proxima a minha obviamente, nunca teve problema com lactose.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se formos levar ao pé da letra nada presta hj em dia, a não ser que cultivem uma horta no quintal de casa.

Eu cultivo, mas chegou o inverno e matou tudo :(

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então, eu tinha escrito um monte de mimimi de como isso pode ou não afetar mas o meu note travou e tive que resetar... sad.png

 

Só falo que isso varia muito de pessoa para pessoa porque a microbiota intestinal tambem varia e os efeitos da lactose mimimi e coisa e tal tambem. Para mim atrapalha pois me tornei levemente intolerante ao longo do tempo, já meu irmão, que tem genetica proxima a minha obviamente, nunca teve problema com lactose.

por isso falei q a pratica ñ concorda 100% com a teoria

Share this post


Link to post
Share on other sites

por isso falei q a pratica ñ concorda 100% com a teoria

Sim. Isso de que teoria tem que concordar com pratica é muito neologismo, eu nao concordei com o video tambem. Como falei eu mesmo que fui vegano discordo do veganismo para o esporte, não consigo achar correto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

ñ cabe ao caso falar e saude... o fato é apenas o corpo, essa minima quantidade atrapalha ou ñ na definição??

 

Você está falando de definição mesmo (baixo percentual de gordura) ou sobre um suposto engrossamento da pele?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim. Isso de que teoria tem que concordar com pratica é muito neologismo, eu nao concordei com o video tambem. Como falei eu mesmo que fui vegano discordo do veganismo para o esporte, não consigo achar correto.

 

No que exatamente você não concorda com o vídeo?

 

O questão do vídeo é sobre o suposto engrossamento da pele por parte do leite. E sabemos que isso é falso.

 

Não se trata se o leite é ruim ou não para a definição.

Share this post


Link to post
Share on other sites

definição ñ é so baixo percentual de gordura, é um conjunto, gordura, agua e pele

 

Eu imagino que o leite atrapalha no quesito gordura por causa do alto índice insulinêmico. No quesito água é por causa do sódio.

 

Não sei o leite "in natura" quanto ao sódio, já que o leite industrializado recebe sódio como parte dos conservantes.

 

Já sobre a pele, o leite não interfere.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tomo no minimo 500 ml de leite todos os dias desde do dia que eu parei de mamar no peito !

 

Nao acredito que lactose deixa a pele mais grossa.... mas tenho um fato a relatar, minha vascularização é pessima !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tomo no minimo 500 ml de leite todos os dias desde do dia que eu parei de mamar no peito !

 

Nao acredito que lactose deixa a pele mais grossa.... mas tenho um fato a relatar, minha vascularização é pessima !

a vascularização ser ruim pode ser a pele grosa...

 

eu tomava 1 L por dia, agora ñ tomo nada, melhorou a definição, mas ñ sei se foi por causa disso... teve muita mudança de la pra ca

Share this post


Link to post
Share on other sites

Após postar minha idignaçãono site da Anvisa, recebi a seguinte resposta:

 

PARECER DO PROCEDIMENTO

Parecer Final: Senhor Renan,

O segmento conhecido por "suplementos alimentares" que no Brasil abarca diversas categorias tem recebido atenção da vigilância sanitária, quer seja no espaço da regulamentação e controle. Temos enfrentado dificuldades para regular esse setor que, em algumas circunstâncias se apresenta ao consumidor com propaganda ostensiva e enganosa, acompanhado,de fraudes e outras irregularidades. Além de investigar as denúncias e mesmos suspeitas de irregularidades, muitas vezes de forma articulada com a Polícia Federal, extendemos nossa ação para alertas a população, que pode ser consultada no endereço: http://s.anvisa.gov.br/wps/s/r/cdXO.

Alertar a população é um meio necessário, pois o comércio desses produtos é centrado na Internet o que representa um desafio pela sua capilaridade e também em função da aquisição do exterior é direta pelo consumidor (ou por importação direta e bagagem acompanhada, onde não há uma empresa para ser autuada). 

A avaliação de produtos por agentes externos ao governo é de extrema importância para o direcionamento da atuação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. Já tivemos conhecimento sobre os vídeos mencionados na denúncia. Informamos que estamos adotando as medidas necessárias para apurar os fatos e que esforços serão feitos a fim de garantir que a legislação sanitária seja cumprida e assim, a proteção da saúde dos brasileiros.

Atenciosamente, 

Grupo Técnico da Gerência de Inspeção e Controle de Riscos de Alimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Melhor que nada essa declaração da anvisa, agora esse link postado ai é meio nada a ver, mais vamos ver se mutam pelo menos uma empresa, seria melhor que nada....

 

 

Kabul, o homem é carnívoro, não estou me baseando apenas nos índios, ta certo que não somos apenas carnívoros pois precisamos de outras fontes de alimentos, mais na sua essencia o homem sempre precisou de carne, sempre caçou e pescou, existe toda uma cadeia alimentar, animais carnívoros precisam de carne, o homem como animal racional também precisa (há não ser que vc seja vegetariano e dai tem que fazer uma restrutração alimentar para poder compensar os nutrientes que não são conseguidos na sua alimentação), o mundo é assim msm, vc precisa daquele alimento que vem de fontes vivas, msm que concorde ou não... E a soja faz um tempinho msm que foi descoberta, até fazendo uma pesquisa rápida vi que foi descoberta no século x ou XI por ali, mais bem antes disso o homem já caçava para viver...

 

Sobre a lactose, ela é prejudicial todo mundo sabe, mais no whey tem pouquissima lactose, pessoal em quantidades baixas não tem problema nenhum, mais uma vez o que mata é a quantidade, se formos nos preocupar com pequenas coisas, então vamos parar de comer praticamente tudo, tudo hj em dia contribui para algo futuramente... Se vc for vegeratiano, msm que reponha as fontes de outra forma, futuramente vc pode ter algum problema em relação a essa falta de carne; cortem o salgado tbm, gorduras polisaturadas pode aumentar o colesterol; o leite pela lactose; o açucar; deixem de comer mta carne pq mta carne é prejudicial á saude; não usem mais azeite ou nenhum tipo de oleo, pq qd eles estão no fogo acabam sendo fonte de gorduras ruins, e gordura ruim pode aumentar o colesterol há longo prazo... Preciso dizer mais algo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this  

  • Similar Content

    • By fisiculturismo
      Já faz um bom tempo que o ilustre desconhecido Félix Bonfim bombou na internet apresentando laudos de whey que demonstravam que os produtos forneciam mais ou muito mais carboidratos do que o prometido nos rótulos, e, às vezes, muito menos proteínas. Isso nos motivou, em setembro de 2013, a sugerir que o INMETRO regulasse o mercado com um selo de qualidade (Selo do INMETRO para Suplementos Alimentares).
      Há pouco tempo, foi a vez da entidade PROTESTE apresentar laudos de whey, mais uma vez apontando divergências entre os rótulos e os produtos entregues por diversas marcas, inclusive marcas tidas como de excelente qualidade no mercado (PROTESTE Avalia Whey Protein e Reprova Muitos Suplementos).
      E agora, finalmente, a ANVISA deu as caras e decretou a proibição de venda de lotes de diversas wheys, cujas análises da própria agência reguladora revelaram que os rótulos estavam sendo falseados, isto é, os valores nutricionais anunciados não eram entregues pelos produtos.
      Segue a lista de lotes de whey proibidos pela ANVISA:
      Super Nitro Whey NO2 – American Line Suplements  3W – Fast Nutrition Whey Protein Optimazer – Cyberform Whey NO2 Pro Baunilha – Pro Corps Whey NO2 Pro – Pro Corps Whey 5W Pro – Pro Corps Ultra Pure Whey Isolate Whey - Nutrilatina Age Superior Extreme Whey Protein - Solaris Extreme Whey Protein – Solaris 100% Ultra Whey – Ultratech Supplements Bio Whey Protein – Performance Whey NO2 Creatine - Peter Food 100% Whey Xtreme – X-Pharma Super Whey 100% Pure – IntegralMedica Super Whey 3W – IntegralMedica Fisio Whey Concentrado NO2 - Fisio Nutry Designer Whey Protein - D.N.A. Muscle Whey Proto NO2 - Neo Nutri Whey Protein 3W – D.N.A. Isolate Whey – Neo Nutri Nossa maior decepção foi com a whey isolada da Nutrilatina AGE, que é considerada uma marca de excelente qualidade. Infelizmente não tivemos acesso aos laudos para saber o motivo exato das proibições, tais como percentual de erro na informação sobre carboidratos e na informação sobre proteínas. Consta informação no sentido de que algumas wheys apresentavam até soja em sua composição, o que não era informado no rótulo.
      Faça sua parte, compartilhe essas informações para prevenir a compra de produtos da baixa qualidade e para forçar a indústria a oferecer produtos honestos.
      Fonte: Anvisa proíbe a venda de 20 tipos de Whey Protein, Correio Braziliense.
    • By fisiculturismo
      Rebuliço no Mercado de Suplementos com Laudos de Wheys
      Os consumidores de suplementos alimentares ficaram estarrecidos com os laudos laboratoriais de wheys divulgados pela mais nova estrela da internet: Felix Bonfim. O homem que causa terror e pânico entre muitos empresários da chamada "indústria da farinha" pode ter dado início a uma revolução no mercado brasileiro de suplementos.
      Alguns acusam Felix de ser oportunista e se valer dos laudos para dar publicidade à sua loja de suplementos, outros o acusam de ser picareta e mentiroso, e outros aplaudem com orgulho o cidadão que está provocando enorme rebuliço na suplementação alimentar.
      Seja qual for a opinião que se tenha do algoz da "indústria da farinha", não se pode negar que o mercado de suplementos alimentares precisa de mais atenção das autoridades públicas no que toca à verificação da qualidade dos produtos que são oferecidos aos consumidores.
      Rumores e Preconceitos contra a Indústria Brasileira de Suplementos são Antigos
      Há muitos anos se ouvem boatos de que muitas marcas nacionais de suplementos vendem gato por lebre, ou melhor, carboidrato por proteína, ou, ainda melhor, farinha por suplemento. O barulho causado por Felix (que chegou até o Congresso Nacional) é apenas uma faísca do que podemos esperar.
      Em nosso fórum, um tópico criado no ano 2004 (há quase 10 anos) já pedia providências das autoridades no que concerne a suspeitas de que suplementos alimentares nacionais não forneciam as substâncias indicadas no rótulo:
       
      A essa prática muitos têm chamado de adulteração de suplementos alimentares, ou falsificação de suplementos alimentares. Todavia, não se pode chamar de adulteração ou de falsificação a conduta da própria fabricante do suplemento. O melhor é classificar o fato como fraude ao consumidor de suplementos, e que até tem previsão específica de crime no CDC (Código de Defesa do Consumidor):
      Art. 66. Fazer afirmação falsa ou enganosa, ou omitir informação relevante sobre a natureza, característica, qualidade, quantidade, segurança, desempenho, durabilidade, preço ou garantia de produtos ou serviços:   Pena - Detenção de três meses a um ano e multa. A marca de suplemento que afirma que um produto contém determinada quantidade de proteína, mas que entrega muito menos do que o prometido, faz afirmação falsa sobre a quantidade do produto.
      Laudos de Wheys são Simplórios, mas deram o Ponta-Pé Inicial
      Os laudos de wheys apresentados são bastante simplórios. Verifica-se apenas a quantidade de proteínas, carboidratos, fibras, gorduras e sódio das wheys, comparando-se os resultados laboratoriais com as informações presentes nos rótulos.
      Já é um bom começo. No entanto, os laudos não detalham qual seria o tipo de proteína (whey concentrado, whey isolado, whey hidrolisado, caseína, albumina, etc) ou tipo de carboidrato (açúcar?) presentes nos suplementos analisados. Portanto, é possível que, mesmo apresentando os valores nutricionais descritos no rótulo, você esteja sendo enganado quanto ao tipo de proteína e tipo de carboidrato.
      Só Wheys? E Pré-Treinos? Termogênicos? BCAAs? Creatina? Glutamina? Multivitamínicos?
      E no mercado de suplementos alimentares, não temos apenas wheys. Há multivitamínicos, multiminerais, pré-treinos, BCAAs, creatina, glutamina, termogênicos e assim por diante. Será que esses produtos também estão nos fornecendo exatamente aquilo que consta no rótulo?
      Laudos laboratoriais de análise dessas substâncias são complexos e muito custosos. Por isso, o ideal seria que o Estado assumisse efetivamente o controle de análise, não abrindo espaço para que cidadãos indignados, tais como a nova celebridade Felix, tenham que se preocupar com a análise da qualidade dos suplementos que consomem ou que revendem.
      Se a fiscalização fosse feita pelo Estado, não haveria margem para a indústria alegar oportunismo e falsidade de laudos, certo que não produzidos a pedido de um particular, mas no interesse da sociedade.
      Selo do INMETRO para Suplementos Alimentares
      Uma solução que parece ser a mais inteligente e eficaz seria a certificação dos suplementos alimentares pelo INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Eis a função desta autarquia federal:
       
      Sua missão é prover confiança à sociedade brasileira nas medições e nos produtos, através da metrologia e da avaliação da conformidade, promovendo a harmonização das relações de consumo, a inovação e a competitividade do País. (http://www4.inmetro.gov.br/acesso-a-informacao/institucional). E está faltando bastante confiança dos brasileiros nos suplementos alimentares que são fabricados por aqui. Está na hora de se resgatar essa confiança do consumidor brasileiro, e a certificação dos suplementos alimentares com selo do INMETRO parece ser a melhor forma de se alcançar tal objetivo.
      É bom se frisar, mais uma vez, que a desconfiança dos consumidores não surgiu agora, com a divulgação de laudos de whey pelo Felix. Essa discussão já é muito antiga, tendo apenas ganhado muita força e proporções nunca antes vistas com a disseminação dos laudos laboratoriais pelas redes sociais.
      Último Vídeo Publicado no YouTube por Felix Bonfim
       
      Laudos de Wheys Divulgados por Felix Bonfim até o Momento
      A forma de divulgação dos laudos escolhida pelo Felix não é das melhores. Foi criado um álbum na Fan Page da sua loja de suplementos (Atacado do Suplemento) e os laudos são divulgados como imagens, o que dificulta a localização.
      Contribua! Faça sua denúncia e peça o Selo do INMETRO para Suplementos Alimentares
      No site do INMETRO há um formulário para denúncias e sugestões (http://www4.inmetro.gov.br/ouvidoria). Se você desconfiar que o suplemento alimentar que você comprou não contém as substâncias que estão no rótulo, denuncie (quem sabe você possa até usar um dos laudos do Félix). Além de denunciar, faça a sugestão da criação de um selo do INMETRO para suplementos alimentares.
      Com o selo do INMETRO nos suplementos, os consumidores poderão adquirir seus produtos com muito mais tranquilidade, sabendo que um órgão do Estado certificou-se de que o produto realmente oferece aquilo que promete.
      Certamente as marcas de suplementos alimentares que adotam boas práticas de fabricação e que respeitam o consumidor irão apoiar esta iniciativa, que resultará na reconquista de confiança do usuário de suplementos. Por outro lado, as marcas da chamada "indústria da farinha" serão obrigadas a adequar os seus produtos ou a fechar as portas.
    • By JIUJITERO®1338434184
      Queria pedir pra todo mundo preencher o formulário do link abaixo solicitando a análise de suplementos nutricionais, se tiver um bom numero de pedidos eles passam a reportagem até no Fantástico, e com certeza vai cair a casa de muita marca nacional, se não cair de todas né...
      Chega de tomar farinhas dessas porcarias de marcas nacionais....

      Todos os outros foruns ja estão cooperando...

      Sou novo aqui , mas frequento outros foruns a anos, e queria pedir pra algum moderador deixar esse tópico fixo se possível, para o maior numero de usuarios cooperar...

      Vamo lá galera é bem rapido:
      http://www4.inmetro.gov.br/ouvidoria
      Valew.
    • By Rafael Dickinson
      ae to pensando em parar a suplementacao com albumina... a albumina q eu compro (nutrilatina) ta 37 reais sendo q o whey da atletica ta 38... to pensando em no pos treino continuar com meu whey da universal e de manha e antes de dormir suplementar com whey nacional tipo atletica, probiotica, etc...
      minha duvida eh a seguinte, o whey antes de dormir tbm ajuda na producao de GH? sobre ter proteina durante o sono, eu tomaria antes de dormir o whey com leite q tem lactose e deixa a absorcao mais lenta e eu teria proteina durante o sono pq a caseina eh de lenta basorcao... sera q eh uma boa? c nao vou mandar umas 2 colheres de albumina antes de dormir junto com whey
      da um help ae pessu
      []'s
    • By Steve-O
      Ae galera, eu sempre levo 30g de whey protein na garrafinha da bicicleta, daí logo que termino o treino eu boto uns 200ml e água e mando ver!
      Queria saber se esse método ta certo ,lembrando que meu objetivo é hipertrofia.
      O pessoal fala muito de uns shakes ae, será que eles nao seriam uma boa pra min? Voces conhecem alguma página que ensina umas receitas nutritivas que possam me ajudar?
      Valeu!!!
      __________________
       
      A PEDIDOS, ESSE TÓPICO FICA FIXO PELO TEMPO QUE QUISEREM...
      DAVIKING
      []'S
×
×
  • Create New...