Ir para conteúdo

Pre-contest do fisiculturista Alexandre Cardoso para o Arnold Classic

fisiculturismo
  • , 592 visualizações

O fisiculturista Alexandre Cardoso revela alguns detalhes de sua preparação pre-contest para o campeonato de fisiculturismo Arnold Classic, abordando ergogênicos, nutrição e treinamento.

Ergogênicos (Esteroides)

Existe controle antidoping no fisiculturismo atualmente, por ser um esporte olímpico. A gama de substâncias é enorme, e cada atleta deve avaliar ou uso ou não dessas substâncias por sua própria conta e risco, uma vez que pode haver a suspensão do atleta.

Nutrição

O ponto principal é o controle da ingestão de carboidratos. É usada a dieta low carb e próximo da competição o carboidrato é zerado. Também deve ser feito o controle do sódio e da água. Há uma hiperhidratação antes do campeonato e um ou dois dias antes do campeonato não se ingere água.

Treinamento

Treino normal, explorando ao máximo a musculatura. Os fisiculturistas costumam fazer aeróbico em jejum e intervalados intensos. Alexandre prefere o HIIT ao AEJ.

Editado por fisiculturismo



Comentários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora


  • Conteúdo Similar

    • Por Celso Kalaf
      A 28° Edição do Arnold Classic foi realizada na cidade de Columbus, Ohio (EUA) abrindo o calendário dos festivais Arnold Sports Festival, que agora se expande para os seis continentes (em Melbourne-Austrália, Rio de Janeiro-Brasil, Johannesburg-África do Sul, Hong Kong –China e Barcelona-Espanha).
      A edição de 2016 contou com um público estimado de 200 mil visitantes, com a participação de cerca de 20 mil atletas em 70 modalidades diferentes.
      O grande festival aconteceu no Greater Columbus Center, tendo como platéia grandes nomes do Fisiculturismo Mundial como: Dennis Wolf, Phil Heath, Jay Cutler dentre outros.
      Paralelamente ao Arnold Classic foi realizado o International Sports Hall of Fame organizado pelo Dr. Robert Goldman com a presença do Arnold Schwarzenegger. O evento reuniu celebridades ligadas ao esporte que foram homenageadas, como Johnny Bench – Hall da Fama do Baseball, Ronnie Coleman – 8 vezes Mr. Olympia, AnnMaria DeMars- primeira Campeã Americana no Mundial de Judô e mãe da campeã de UFC Rhonda Rousey, Kurt Angel – Medalha de Ouro de Wrestling e o brasileiro Royce Gracie- primeiro campeão mundial de UFC.
      Arnold Expo
      Durante o festival, ocorreu no Columbus Convention Center e no Ohio Expo Center a grande exposição fitness, com 1200 expositores, trazendo muitas novidades, principalmente em suplementação alimentar.
      Arnold Classic
      O campeonato masculino foi divido em duas categorias: até 212 libras (96,16 kg) e acima de 212 libras.
      Na categoria até 212, o grande destaque foi Hidetada  Yamagishi. O atleta japonês tem sido um dos mais ativos, com mais de 40 aparições durante sua carreira profissional de 10 anos. O primeiro japonês estrela do IFBB Pro League competiu em duas ocasiões em 2015, sendo que terminou em segundo no Arnold Classic 212 e em terceiro no Olympia 212 Showdown. Em 2014, ele subiu ao palco cinco vezes, destacado por uma vitória no Tampa Pro. Yamagishi  também terminou em quarto lugar no Arnold Classic 212 e no Olympia 212 Showdown em 2014.
      Na categoria acima de 212, a grande atração foi Kai Greene, que fez uma perfeita apresentação, subindo ao palco com um grande volume muscular associado a uma perfeita definição, não deixando chance para os outros atletas, sendo consagrado campeão da categoria e aplaudido de pé pelo público.
      1º - Kai Greene
      Kai Greene retornou a Columbus para competir no Arnold Classic pela primeira vez desde que ganhou consecutivamente os títulos de 2009 e 2010. Desde então, Greene focou principalmente no Olympia, onde ele terminou em segundo lugar, atrás de Phil Heath em 2012, 2013 e 2014.
      Greene tem oito vitórias na carreira na IFBB Pro League, incluindo vitórias no EVLs Praga Pro em 2013 e o New York Pro em 2011. Greene venceu seguidamente em Columbus em 2009 e 2010 com vitórias no Australian Grand Prix. A primeira vitória de Greene na carreira profissional foi no Colorado Pro de 2007.
      Greene competiu em mais de 20 concursos profissionais desde que recebeu o seu pro card no Team Universe Championships de 1999.
      2º - Cedric McMillan
      Cedric McMillan, um sargento do Exército Americano, parece continuar sua ascensão no ramking da IFBB Pro League abrindo sua temporada de 2016 no Arnold 2016. McMillan competiu cinco vezes em 2015, tendo se destacado por uma vitória no Golden State Pro e terminando em segundo lugar no Arnold Classic Brasil. McMillan competiu apenas uma vez em 2014, terminando em terceiro lugar no Arnold Classic. McMillan terminou em sexto em Columbus em 2013, sua primeira aparição no Arnold Classic.
      McMillan tem quatro vitórias profissionais (Europa Show of Champions em 20012, New York Pro em 2012, FIBO Power em 2013, Golden State Pro em 2015) desde que recebeu o seu pro card no Team Universe Championships de 1999.
      3º - Josh Lenartowicz
      Josh Lenartowicz tornou-se um atleta a prestar atenção no circuito IFBB Pro League quando ele obteve vitórias consecutivas em dois finais de semana: na temporada do San Marino Pro  2015 na Itália e em seguida venceu, uma semana depois, no Ferrino Legacy 2015 na Califórnia, quando o “Big Josh” (grande Josh) competiu nos EUA pela primeira vez. A vitória no IFBB Pro League, que qualificou Lenartowicz para o Mr. Olympia 2016, veio logo após Lenartowicz terminar em um respeitável nono lugar no disputadíssimo Arnold Classic Autralia 2015. O residente de Melbourne fez sua estreia no Australian Grand Prix em 2014. Essa foi sua primeira aparição no Arnold Classic.
      4º - Justin Compton
      Justin Compton, que é formado em tecnologia de engenharia industrial pela Morehead State University, se estabeleceu como uma das maiores estrelas no IFBB Pro League quando ele terminou em terceiro no Arnold Classic 2015 e Arnold Classic Australia 2015. Com 27 anos e tendo competido desde que tinha 18, Compton recebeu o seu pro card quando ele venceu na categoria peso-pesado no NPC National de 2012. Em 2013, Compton fez sua estreia no pro com um esforçado quinto lugar no disputadíssimo Wings of Strengt Chicago Pro.
      Em 2014, Compton venceu seu primeiro título pro, tendo honras no Europa Show of Champions em Orlando.
      5º - Branch Warren
      Um dos competidores mais populares da história do Arnold Classic, Branch Warren retornou para Columbus pela décima vez. Warren (1,70 m e 114 kg) registrou as duas maiores vitórias da sua carreira na famosa etapa Veterans Memorial ,quando ele venceu na sequência os títulos do Arnold Classic em 2011 e 2012, e tentou pela terceira vez obter um terceiro título no Arnold Classic. Em 2015, Warren competiu em quatro concursos, incluindo uma vitória no inaugural  Europa Atlantic City. Warren é casado com a competidora de Fitness International Trish Warren. O casal tem uma filha, Faith.
      6º - Juan Morel
      Juan “Diesel” Morel fez a sua tão esperada estreia no Arnold Classic em 2016, depois de ter se estabelecido como uma das estrelas de mais sucesso do IFBB North American Championships desde que recebeu o seu pro card no IFBB North American Championships de 2011. Morel obteve sua  vitória mais importante da sua carreira internacional quando ele venceu o New York Pro  de 2015.
      Morel também venceu no Toronto Pro 2014 e a Europa Battle of Champions Hartford 2012. Enquanto essa foi sua estreia em Columbus, Morel não é estranho no palco do Arnold, tendo competido duas vezes no Arnold Classic Europe e duas vezes no Arnold Classic Brasil, onde ele terminou em segundo lugar em 2014.
      Fitness International
      Na categoria Fitness, as atletas se apresentam com uma coreografia onde é necessário fazer apresentações com exercícios que demonstrem habilidades de força e flexibilidade.
      1º Oksana Grishina – Pela terceira vez consecutiva, Oksana, que venceu também em 2014 e 2015, venceu a categoria Fitness Internacional com sua elegância, força, precisão e presença de palco, que impõem sua presença em qualquer concurso fitness com a sua arte performática própria.
      Figure e Bikini International
      Nessas duas categorias as atletas se apresentam com pouca massa muscular e definição na medida certa, sendo que na categoria Bikini elas também são avaliadas pelo desfile.
      Figure
      1º – Latorya Watts
      A atleta de Las Vegas, que terminou em quarto lugar no Figure International em 2015, conquistou o 1º lugar em 2016 com uma  genética cintilante que proporcionou qualidade para as sua estrutura e forma musculares, após vencer brilhantemente em 2015 o Figure Olympia em 2015.
      Bikini
       1º - India Paulino
      Após ter vencido em Columbus em 2013, India Paulino, da Flórida, que venceu mais quatro concursos do IFBB Pro League em 2015, reafirmou sua posição de destaque na categoria vencendo a categoria Bikini International no Arnold Classic Columbus.
      CLASSIFICAÇÃO GERAL
      Arnold Classic 212
      1º Hidetada Yamagishi - 2016 Arnold Classic 212 Champion 2º Jose Raymond 3º David Henry 4º Guy Cisternino 5º Kyung Won Kang 6ºCharles Dixon Arnold Classic
      1º Kai Greene - 2016 Arnold Classic Champion 2ºCedric McMillan 3º Josh Lenartowicz 4º Justin Compton 5º Branch Warren 6º Juan Morel Fitness International
      1º Oksana Grishina - 2016 Fitness International Champion 2ºWhitney Jones 3º Bethany Wagner 4º Myriam Capes 5º Regiane da Silva 6º Tanji Johnson Figure International
      1º Latorya Watts - 2016 Figure International Champion 2º Camala Rodriguez-McClure 3º Gennifer Strobo 4º Candice Lewis-Carter 5º Cydney Gillon 6º Heather Dees Bikini International
      1º India Paulino - 2016 Bikini International Champion 2º Justine Munro 3º Janet Layug 4º Angelica Teixeira 5º Courtney King 6º Michelle Sylvia Veja todas as fotos da cobertura nos álbuns da Fan Page do FISI no Facebook:
       
    • Por Celso Kalaf
      Foi iniciada a temporada  Arnold Sport Festival (Arnold Classic)  que vem se espalhando por vários países, sendo iniciado em Columbus -Ohio-EUA,  agora as edições do Arnold Classic acontece também na Australia, Espanha e Brasil.
      Aconteceu em Columbus  a 27 edição do Arnold Classic no mês de março, do dia 05 a 08, com cerca de 200.000 fans que visitaram o evento, e 20.000 atletas, em 50 diferentes modalidades.
      Este ano houve algumas mudanças nos locais das apresentações e alguma adaptações, mas continuando com a organização impecável e os efeitos especiais, o que é uma marca do Arnold Classic!
      A transição foi feita do Auditorium do Veterans Memorial para o Greater Columbus Convention Center e o Ohio Expo Center terá mais campeonatos e uma nova feira para crianças (Kids Fitness Expo).
      Grandes nomes do fisiculturismo mundial, e, também, alguns atores de Hollywood marcaram presença nesta edição do Arnold Classic!
      Dennis wolf, Kai Greene, Phil Heath,  Jay Cutler, Hulk Hogan e o ator  John Travolta!
      Paralelamente ao Arnold Classic aconteceu o International Sports Hall Of Fame organizedo pelo Dr. Robert Goldmam!
      O International Sports Hall Of Fame reuniu celebridades ligadas ao esporte ou que contribuiram de alguma forma com a divulgação de alguma modalidade esportiva.
      Este ano, o Dr. Goldmam reuniu o ex-lutador de boxe Evander Holyfield,  os atores Don The Dragon Wilson e Michael Jai White, o lutador de luta livre Triple H, o levantador olimpico Ed. Coan, e a 8 vezes Miss Olympia Lenda Murray.
      E nada menos, para conduzir a cerimonia com Dr. Goldman, o ator e ex governador Arnold  Schwarzenegger.
      CLASSIC MAN
      Na  Classic Man é  dividida em  duas categorias ate 212 libras e acima de 212 libras!
      Até 212 libras tivemos o brasileiro Eduardo Correia competindo. Ele se apresentou com bom volume muscular e uma ótima definição, obtendo o terceira lugar!
      Na categoria acima de 212 libras, todos os finalistas se apresentaram em perfeita forma, mostrando porque estão entre os melhores do mundo!
      1 - Dexter Jackson
      Mas um deles vem fazendo história e batendo recordes nesse evento, competindo pela 15 vez nesse evento, veio para sua quinta vitória. Ele já venceu em 2005, 2006, e 2008, antes de bater o recorde de Flex Wheeler, e, em 2013, onde havia vencido pela ultima vez, Dexter não competiu no ano passado em Columbus,  mas o ex-Mr Olympia participou de 4 campeonatos em 2014. com destaque na sua vitória no Dubai Pro, e terceira lugar no Arnold Classic Europe.
      Dexter Jackson fez uma belíssima apresentaçao, com perfeita simetria e espetacular definição, que fez com que ele mais uma  vez se consagrasse como campeão.
      2- Branch Warren
      Um dos atletas mais populares na historia do Arnold Classic, Branch Warren esta voltando para Columbus para competir por sua nona vez. Warren conquistou as duas vitórias mais importantes da sua carreira no famoso palco do Veterans Memorial, quando ele venceu dois anos em em sequência, em 2011 e 2012, e, agora, competiu 4 vezes, vencendo em frente dos fans na sua terra natal, no Europa Dallas. Warren é casado com uma das competidoras do Fitness, Trish Warren.
      3- Justin  Compton
      Formado em engenharia Technologia Industrial, já é um jovem considerado estrela, subindo nos rankings da IFBB. Compton, com 26 anos, e competindo desde os 18, conquistou seu cartão profissional quando venceu na categoria pesada no NPC Nationals de 2012. Em 2014, ele ganhou seu primeiro campeonato no Europa Show dos Campeões, competindo  profissionalmente por apenas segunda vez. Em 2013, ele estreiou nos palcos do Wings of Strength Chicago Pro, tirando a quinta colocação.
      Justin Compton subiu no palco do Arnold Classic pra mostrar que veio pra ficar, com um físico volumoso e definido ele fez uma boa apresentação conseguindo um 3a lugar, ficando na frente de grandes nomes.
      4- Cedric McMilian
      Cedric MacMilian é um sargento do exército, estreando sua temporada  de 2015 em Columbus. Ele competiu apenas uma vez em 2014, tendo o terceira lugar no Arnold Classic. Ele venceu o FIBO Power de 2013, mas depois caiu para décimo terceiro lugar no New York Pro e no Mr. Olympia, após dedicar todo seu tempo para o Arnold Classic de 2014. Na sua estreia no Arnold Classic consegui sexta colocação. Desde que se tornou profossional no campoeonato Nacional da NPC, ele já conquistou 3 títulos: em 2011, Europa Show of Champions, em 2012, New York Pro, e em 2013, FIBO Power.
      Cedric subiu no palco do Arnold Classic com grande volume muscular e boa simetria, obtendo o quarto lugar.
      5- Evan Centopani
      Evan Centopani esta voltando para o Arnold Classic pela sua 4a vez, nos ultimos 5 anos ainda buscando  seu primeiro titulo nesse campeonato. Apelidado de OX ele terminou em quarto no ano passado, sendo Terceira lugar em 2013 sendo sua melhor colocaçao nesse evento.  Ficou em Terceira lugar no Australian Grand Prix 2014, uma semana depois do Arnold Classic, mas depois tirou o resto do ano para aprimorar seu fisico.  Centropani  tem sido fascinante desde ganhou o New York Pro em 2009. Apos ter decidido  a nao competir em 2010. Ele retornou em 2011 vencendo o Flex Pro e em 4a lugar na sua estreia no Arnold.
       6-Roelly Winklaar
      Roelly teve uma carreira impressionante. Conquistou seu cartão profissional no Arnold Classic Amador de 2009, vencendo sua categoria e o Overall. Em 2014 Winklaar competiu 7 vezes, conseguindo 6 shows em 3 semanas. Começando com um quinto lugar no Arnold Classic Europe, ele terminou o ano  com uma Vitoria no Nordic Pro. Ele competiu duas vezes no Arnold Classic sendo 8a lugar em 2011 e setimo lugar na sua estreia tambem em Columbus.
      ARNOLD CLASSIC 212
      Com Flex Lewis ganhador do Arnold Classic 212 e o Olympia 212 de 2014 fora dos palcos do Arnold  Classic desse ano, ficou o caminho aberto para um novo ganhador.
      O Brasileiro Eduardo Correa  fez uma boa apresentação, subiu no palco com grande volume muscular e ótima definição, mas, infelizmente, consegui apenas um terceiro lugar.
      O campeão do Arnold Classic 212 de 2015 foi Jose Raymond.
      PHYSIQUE INTERNATIONAL
      A competiçao inaugural  do Physique International no Arnold Classic foi com competidoras de altíssimo nivel, mas a batalha ficou mesmo para Dana Linn Bailey contra Juliana Malacarne, que no ano passado ficou com a coroa de primeiro lugar no DLB’s Olympia!
      Juliana Malacarne estava  novamente  com um físico perfeito, não deixando para os  juízes a dúvida de que ela ficaria com o primeiro lugar da inaugural Physique International no Arnold Classic.
       FITNESS, FIGURE E BIKINI INTERNATIONAL
      Fitness International
      Essas categorias fazem com o publico masculino prenda a atençao pela beleza e charme das competidoras,
      No Fitness International as garotas se apresentao com corografia, exercicios de força, flexibilities e criatividade  fazendo com que o espetaculo fique ainda mais bonito preendendo a atençao de todos.
      Nessa categoria tivemos a belissima brasileira Regiane da Silva que se apresentou  muito bem ficando em quarto lugar.
      Repetindo o feito de 2014 o primeiro lugar do Fitness Internatinal ficou com  Oksana Grishina  que fez sua apresentaçao impecavel  deixando o publico aplaudindo em pe!
      Figure International
      Nos 12 últimos anos, desde que se iniciou o Figure International no Arnold Classic, so houve 6 vencederos, e Camala Rodriguez-McClure levou o primeiro lugar desse ano, quebrando a série de vitórias de Candice Keene's dos últimos dois anos.
      Bikini International
      Quinze lindas garotas irão competir esse ano mo Bikini International no Arnold Classic 2015.
      Esse é o quinto ano que acontece o Campeonato Bikini International no Arnold Classic e com todo charme, elegância e simpatia, a atleta Ashley Kaltwasser conquista o primeiro lugar.
      ARNOLD CLASSIC PHYSIQUE
      No inaugural Arnold Classic Physique, provou ser altamente competitivo, com atletas qualificados, mas no final do dia quem ficou em primeiro lugar foi Sadik Hadzovic, ele que se tornou Pro em 2012, depois disso nunca ficou  abaixo de quarto lugar em uma competição.
      ARNOLD EXPO FITNESS
      A Arnold Expo Fitness esta ainda maior, com cerca de 900 expositores  e mais 250 expositores na Expo Kids.
      A Expo Fitness é replete de atraçoes, como aparelho de musculaçao, suplementos e revistas do gênero!
      Na Expo podemos encontrar tambem os atletas que ficam nos stander dos seus patrocinadores dando autógrafo ou mesmo pra tirar uma foto.
      Com muita sorte você poderá dar de frente com Arnold Schwarzenegger caminhando pelos corredores da feira.
      CLASSIFICAÇÃO GERAL
      Classic man
      Dexter Jackson Branch Warren Justin Compton Cedric McMillan Evan Centopani Roelly Winklaar           Classic Man 212
      Jose Raymond Hidetada Yamagishi Eduardo Correa Aaron Clark Charles Dixon Cory Mathews Fitness International
      Oksana Grishina Tanji Johnson Regiane Da Silva Bethany Cisternino Michelle Blank Myriam Capes Figure International
      Camala Rodriguez-McClure Candice Lewis Candice Keene Latorya Watts Ann Titone Gennifer Strobo Bikini International
      Ashley Kaltwasser Justine Monro Janet Layug India Paulino Stephanie Mahoe Narmin Assria PHYSIQUE INTERNATIONAL
      Juliana Malacarne Dana Linn Bailey Tycie Coppett Karina Nascimento La'Drissa Bonivel Sabrina Taylor ARNOLD CLASSIC PHYSIQUE
      Sadik Hadzovic Jason Poston Anton Antipov Matt Acton Xavisus Gayden Mark Anthony Wingson  
      Veja a cobertura completa com mais de 1.000 fotos no facebook:
      Arnold Classic 2015 EUA Arnold Classic 2015 EUA II   
    • Por Bunitinho
      O Arnold Classic Brasil Pro, categoria OPEN, deu confusão...
      Dennis James postando em sua página, que seu Atleta Lionel Beyeke, na verdade seria o vencedor do Arnold Classic Brasil em sua opinião,portanto, assim os árbitros teriam errado na arbitragem...O que não é loucura de se pensar... Olhem os comparativos,entre Steve Kuclo e o Lionel...

      Na opinião de Dennis James O Steve Kuclo estaria brigando pelo terceiro lugar com o Juan Morel, e não deveria ter vencido, e Lionel não deveria ter pego a QUARTA !!!!! posição...
       
      O Lionel Evoluiu absurdamente do ano passado para cá...Se ele estiver melhor, acho que figurará no top 3 Olympia.. Posso estar falando besteira,deem suas opiniões...
    • Por Celso Kalaf

      No último mês de fevereiro aconteceu um dos mais esperados e importante campeonato de fisiculturismo do mundo!

      Com inicio no dia 27 de feverreiro até dia 02 de março, o Arnold Classic contou com 50 diferentes modalidades, 18000 atletas e cerca de 180.000 fans!

      O evento conta com uma feira (ARNOLD EXPO) com certa de 800 expositores com atividades ligadas ao fitness e também poderá encontrar os atletas do Bodybuilding, Strongman, Luta de Braço, UFC e até mesmo dar de frente com o próprio dono do evento, Arnold Schwarzenegger, caminhando pelos corredores da feira!

      E para receber esse maravilhosos evento a cidade de Columbus no estado de Ohio modificou toda sua rotina proporcionando um final de semana inesquecível para os fans do Bodybuilding mundial!

      O Arnold Classic vem se expandindo internacionalmente, em abril no Rio de Janeiro-Brasil, Outubro em Madrid-Espanha e em março de 2015 na Austrália, e a possibilidade de ter Arnold Classic na Ásia e África do Sul.

      Este ano Arnold homenageou o amigo e fotografo John Balik pela sua divulgação e contribuição no bodybuilding. Balik recebeu muito emocionado pelas mãos do ex governado Arnold Schwarzenegger um lindo troféu simbolizando a homenagem!

      A 26 edição do Arnold Classic teve algumas mudanças. Não houve a apresentação do bodybuilding feminino (Miss International), mas sim de uma divisão do classic man lightweight 212, que contou com os melhores atletas de 212 libras, os melhores fisiculturistas do mundo!

      INTERNATIONAL SPORTS HALL OF FAME CLASS OF 2014 CEREMONY

      Paralelamente ao Arnold Classic acontece o International Sports Hall of The Fame, organizado pelo Dr. Robert Goldman e o Governador Arnold Schwarzenegger, no dia 01 de março em Columbus-Ohio.

      Mais de 100 membros da mídia internacional estiveram presentes para fazer a cobertura da cerimônia!

      Homenageados da turma de 2014 incluíram: estrela de filme ação e artes marciais Jason Statham; 8 vezes Mr. Olympia campeão de fisiculturismo Lee Haney, 5 vezes campeão mundial de karatê em armas e estrela de cinema Cynthia Rothrock , maior lutador olímpico e treinador colegiado na história Dan Gable , musculação e fitness ícones e líderes Joe Weider , Ben Weider e Betty Weider.

      O Sports Hall da Fama Internacional é uma organização sem fins lucrativos, fundação criada para homenagear maiores lendas do esporte do mundo. "Esta organização global acredita que estes atletas notáveis ‌‌deve ser lembrados e reconhecido muito tempo depois de suas carreiras acabaram", disse o Dr. Robert Goldman, fundador e presidente do Sports Hall da Fama Internacional.

      CLASSIC MAN

      1ª- DENNIS WOLF

      Dennis Wolf entrou no palco do Arnold Classic buscando sua primeira grande Vitoria profissional na tempora de 2014, após estabelecer-se entre os favoritos em Columbus, e terminar em terceiro atrás de Phil Heath e Kai Greene em ambos os concursos de Mr. Olympia e Arnold Classic Europa. O Grande Lobo mau, como é chamado, terminou em segundo, atrás Branch Warren no Arnold Classic em 2011 e 2012. Wolf ganhou o Praga Pro seu quarto título IFBB Pro League no ano passado.

      Wolf fez uma impecavel apresentaçao, com grande volume muscular e uma incrivel definiçao, ele foi muito aplaudido e sem dúvida subiu no palco para brilhar e consagrar-se campeão.

      2ª- SHAWN RHODEN

      Shawn Rhoden entrou no Arnold Classic 2014 como um dos favoritos após estabelecer-se entre a elite do esporte ao longo dos últimos dois anos.

      "FLEXATRON" ganhou nada menos que quatro títulos IFBB Pro League em 2012, incluindo o Arnold Classic Europa.

      Mas depois de competir nove vezes em 2012, Rhoden subiu ao palco apenas duas vezes em 2013 e terminou em quarto lugar em ambos o Mr. Olympia e Arnold Classic Europa. Rhoden tornou-se profissional ao vencer o overall no IFBB North American Championships em 2009.

      Rhoden estava com uma musculatura densa e uma otima definiçao, ficando em Segundo lugar.

      3ª CEDRIC MCMILLAN

      Cedric McMillan é um sargento do Exército dos EUA, tentando restabelecer-se entre as estrelas mais brilhantes deste esporte, ele esta abrindo sua temporada de 2014, no Arnold Classic.

      McMillan ganhou o concurso de 2013 FIBO Power, mas, em seguida, caiu para 12 º lugar sendo uma decepção , tanto no New York Pro e o Mr. Olympia. McMillan terminou em sexto no ano passado, em sua primeira aparição no Arnold Classic. McMillan tem três vitórias profissionais desde que ganho seu cartao pro no NPC Campeonato Nacional de Culturismo 2009, (2011 Europa Mostrar of Champions, 2012 New York Pro, 2013 FIBO POWER).

      Cedric se apresentou com grande volume muscular, boa simetria e difinicáo deixando os arbitros com uma dificil decisao de pontua-lo apenas para Terceira lugar!

      4ª VICTOR MARTINEZ

      Victor Martinez teve um retorno bem sucedido ao IFBB Pro League em 2013 depois de perder grande parte de 2012, com questões pessoais. O "Dominator Dominicano" venceu o Toronto Pro, terminou em segundo lugar no New York Pro e terminou em quinto no Arnold Classic Europa. A única decepção foi um 11 º lugar no Mr. Olympia. Martinez ganhou seis competições profissionais, incluindo o Arnold Classic Europa em 2011.

      Martinez teve um bom retorno para o palco do Arnold Classic, competindo como sempre com grande volume e boa difiniçao, ficando em quarto lugar!

      5ª EVAN CENTROPANI

      Evan Centropani retorna ao palco do Arnold Classic em 2014 depois de uma decepcionante final de temporada competitiva em 2013. Centropani ganhou o PBW Tampa Pro ano passado, mas terminou em 13ª no Mr. Olympia.

      Centropani terminou em terceiro lugar no Arnold Classic em 2012 e quarto em 2011. The Ox tinha ganho três títulos IFBB Pro League, incluindo as duas primeiras vezes em que ele competiu como profissional em 2009 no New York Pro e o Pro Flex em 2011.

      Centropani ficou com um merecido quinto lugar!

      6ª BRANCH WARREN

      Um dos concorrentes mais populares da história do Arnold Classic, Branch Warren retorna a Columbus para competir no Arnold Classic pela oitava vez. Warren teve as duas maiores vitórias de sua carreira no palco do Veterans Memorial, quando ganhou dois anos em seguida Arnold Classic de 2011 e 2012. Warren terminou em nono lugar no Mr. Olympia e em terceiro lugar no Prague Pro em seus únicos dois concursos pro em 2013.

      Warren é casado com a Fitness International Trish Warren e o casal tem uma filha!

      Branch Warren nao teve os mesmos resultados de 2011 e 2012, mas conseguiu ficar entre os seis primeiros.

      CLASSIC MAN 212

      Apesar de menores que os atletas Heavyweight, mas, sem dúvida, impressionantemente musculosos, a classe 212 fez bonito no palco do Veterans Memorial!

      Todos os seis finalistas fizeram uma ótima apresentação e competiram com excelente nível!

      A classe 212 surgiu para que os atletas mais leves tivessem maior chance de premiaçao em relaçao aos atletas mais pesados.

      E quem se consagrou campeão na primeira competição da classe 212 do Arnold Classic foi James Flex Lewis que fez uma belíssima apresentação! Subiu no palco confiante , ele que é duas vezes campeão no Olympia 212!

      FITNESS INTERNATIONAL

      Nessa categoria as competidoras tem que apresentar uma série coreografada com acrobacias, exercícios de força e flexibilidade.

      Oksana Grishina

      A Russa Oksana fez uma apresentação impecável. Desde o começo ela conquistou o publico e os juizes com seu Pole dance e o jeito que ela dominou a etapa com sua rotina! . A multidão foi à loucura quando ela deixou o palco, o locutor simplesmente declarou : "Eu não sou digno ".

      Okasana ficou muito feliz, com os olhos marejados recebeu seu troféu das mãos do Arnold Schwarzenegger e mencionou que a vitória foi especialmente difícil para ela. Este foi um caso em que o trabalho duro definitivamente valeu a pena.

      E quem tambem mereceu destaque nessa categoria foi a Brasileira naturalizada Alemã, Regiane da Silva, que fez uma linda apresentação com perfeitos exercícios de força e muito charme levando o jeito Brasileiro para o palco do Arnold Classic, coquistando um merecido Segundo lugar!

      FIGURE INTERNATIONAL E BIKINI INTERNATIONAL

      Essas duas categorias não se apresentam com exercícios e nem coreografias, mas sobem ao palco com muito charme, beleza e pouco volume muscular, prendendo a atenção principalmente do público masculino.

      O 1ª lugar do Figure International ficou com a atleta Candice Keene!

      O 1ª lugar do Bikini International ficou com a atleta Ashley Kaltwasser e entre as seis finalistas tivemos a linda Brasileira Nathalia Melo que é naturalizada Americana!

      CLASSIFICAÇÃO GERAL

      CLASSIC MAN

      1ª DENNIS WOLF
      2ª SHAWN RHODEN
      3ª CEDRIC MCMILLAN
      4ª VICTOR MARTINEZ
      5ª EVAN CENTROPANI
      6ª BRANCH WARREN

      CLASSIC MAN 212

      1ªJAMES FLEX LEWIS
      2ª DAVID HENRY
      3ª AARON CLARK
      4ª HIDETADA YAMAGISHA
      5ª JOSE RAYMOND
      6ª CHARLES DIXON

      FITNESS INTERNATIONAL

      1ª OKSANA GRISHINA
      2ª REGIANE DA SILVA
      3ª TANJI JOHNSON
      4ª BETHANY CISTERNINO
      5ª TRISH WARREN
      6ª RYALL GRABER

      FIGURE INTERNATIONAL

      1ª CANDICE KEENE
      2ª HEATHER DEES
      3ª CAMALA RODRIGUEZ MCCLURE
      4ª ANN TITONE
      5ª CANDICE LEWIS
      6ª GENNIFER STROBO

      BIKINI INTERNATIONAL

      1ª ASHLEY KALTWASSER
      2ª YESHAIRA ROBLES
      3ª AMANDA LATONA
      4ª NATHALIA MELO
      5ª STACEY ALEXANDER
      6ª INDIA PAULINO


      Publicação by FISIculturismo. Acompanhe a cobertura completa do evento em nossa Fan Page no Facebook: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.700999943276414.1073741855.187566057953141&type=1&l=478c98c99d
    • Por Héverson Gomes
      Vamos entrar em um assunto bem interessante, defendido por alguns e criticados por outros, mas não podemos apenas ouvir o que as pessoas dizem, temos que pesquisar e buscar mais sobre o assunto.

      Falamos hoje sobre a dieta pré-contest. Afinal, devemos tirar ou não carboidratos da dieta? Para emagrecer tem que fazer zero carbo?

      O que os estudos dizem, o que alguns atletas do meio do culturismo acham, vamos colocar alguns tópicos e você mesmo analisa se vale a pena ou não fazê-la, lembrando que nada é unanimidade, afinal, nem Cristo agradou a todos!!!

      Relato experiências aplicadas em mim e em alguns atletas que treino. Quando leio um artigo sou cético e tenho que vivenciar isso para depois passar adiante (a famosa tentativa/erro).

      Estou há alguns anos na área de musculação, trabalhando como personal, competindo e preparando alguns atletas.

      Fiz vários tipos de dieta neste meio tempo, mas vou relatar sobre dois tipos:
      baixo carbo;
      mantendo e baixando carbo, sem tirá-los.

      Em uma delas usei grande quantidade de proteínas e com quase nada de carbo. Nesta tive grande perda de peso, mas podendo dizer que a maioria foi massa magra, afinal, os músculos são compostos de glicogênio (formado pelo metabolismo dos carboidratos), água. As proteínas são apenas construtoras.

      Como nesta fase não estamos construindo nada, apenas tentando manter a massa adquirida, e perdendo gorduras, não devemos ter uma baixa muito grande de carboidratos, pois a massa magra será canibalizada.

      Na dieta pré-contest devemos queimar gorduras, e não massa magra. Isso é possível apenas com o balanço calórico negativo.

      Há artigos relatando que quando se tira todo o carbo a queima de gordura é mais difícil.

      Até existe uma famosa frase "queimar gordura na fogueira dos carboidratos".

      Bem, voltando à minha dieta, na segunda opção diminui apenas o consumo calórico, sem baixar muito os carboidratos, usando apenas um a dois tipo de carbo complexo de baixo índice glicêmico (arroz integral e batata doce).

      Fiquei bem melhor que na primeira, com mais volume e mais definido.

      Na primeira fiquei magro, sem volume e flácido.

      Muitos atletas fazem uso da dieta low carb e até chegam a fazer 3 dias de zero carbo ou mais, e dá certo para eles.

      Aí vocês me dizem: então tudo o que você falou não faz sentido?

      É meus caros, há pessoas que nasceram com a genética privilegiada, e quase tudo o que fizer dará certo.

      Mas infelizmente, algumas pessoas têm uma dificuldade enorme, e uma genética não tão boa. Essas têm que acertar o caminho das pedras, pois se respirar perde massa magra (é o meu caso), evidenciando que nem sempre o que da certo para alguns dará certo para todos.

      Na primeira dieta, nos dias que usava carbo, usava uma dosagem bem pequena, e nos outros alternava refeição com e sem carbo.

      Fiquei bem magro, como já mencionei, perdi muita massa magra.

      Já na segunda, não fazia refeição nenhuma de zero carbo, apenas alternava dias com baixo e um pouco mais alto carbo, mas não em excesso, apenas fazia um balanço calórico negativo, e foi o melhor.

      Bem, para encerrar, como já falei, tento primeiro em mim, para passar adiante. E fiz com um atleta que competiu recentemente. Deu certo. Então, fica a dica para encerrar o melhor que se tem a fazer:
      Reduzir calorias causando balanço calórico negativo;
      Procurar não perder mais que 1,5kg por semana;
      Tomar cuidado para que seu déficit não seja mais que 800 calorias diárias;
      Treinar com intensidade e se quiser fazer aeróbios de média intensidade (sem exagerar), para poder aumentar um pouco mais a taxa calórica (comer um pouco mais também ajuda).

      Bons treinos e até a próxima.
×
Esta popup será fechada em 10 segundos...