Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Resultados para as tags 'perder peso'.



Mais opções de busca

  • Buscar por Tags

    Digite tags (palavras-chave) separadas por vírgulas, não use hashtags (#).
  • Buscar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fórum

  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos

Calendários

  • Campeonatos de Musculação
  • Cursos, Palestras e Feiras

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categorias

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Grupo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Google+


Website URL


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Encontrado(s) 77 registros

  1. Dieta De 21 Dias do Doutor Rodolfo Aurélio - Emagrecer Rápido

    A dieta de 21 dias do doutor Rodolfo Aurélio mudou minha vida. Em apenas três semanas perdi 8 quilos, na verdade perdi as gorduras localizadas em meu corpo, e resolvi compartilhar com vcs como emagrecer rápido. Agora estou linda. Veja mais nesse link: Dieta_de_21_dias_funciona O Dr. Rodolfo ensina como fazer uma dieta saudável, muito simples, onde você terá bastante resultado, em pouco tempo, em questão de dias. Você aprenderá como Perder peso rápido, em apenas 3 semanas, de forma saudável onde emagrecerá de 5 a 10 quilos, também perderá gordura localizada, aprenderá como perder barriga. Tudo isso com uma dieta para emagrecer, não são apenas dicas, mas sim um método poderoso que te fará emagrecer rapidamente e terás o corpo que tanto desejou ter. Para comprar a dieta de 21 dias do Doutor Rodolfo Aurelio, acesse aqui abaixo. ➤ https://go.hotmart.com/Y5901700Y?ap=390c
  2. Oxan + aerobico + low carb funciona?

    Bom Dia Pessoal tudo bem? Gostaria muuuito da ajuda de vocês! eu faço jump 4 vezes na semana e faço uma dieta low carb + jejum intermitente e me foi indicado por um amigo tomar a oxa para perder mais gordura, ele me indicou tomar 2 cps de 20mg ao dia, porém isso realmente me fará emagrecer mais rapido? Em 1 mês eu já perdi 6kg mas preciso perder mais pois estou bem acima do peso tenho 1,60 e peso 77kg Dieta Manha - jejum minha ultima refeição é as 21:00 horas do dia anterior Almoço (11:00 horas): arroz fake de couve flor com brócolis e uma proteina Lanche: um polenguinho quando dá tempo ou nada Jantar (20:30 horas): verduras, legumes e proteina OBS: nunca tomei oxa, tomo somente lipo6 ultra, orlistat e morosil Obrigado
  3. Boa tarde amigos!!! Sou nova aqui,mais gostaria da ajuda de vcs.... Comecei na academia faz mais ou menos 20 dias,passei pela avaliação e tenho 23% de gordura no meu corpo,gostaria mto de eliminar estou fazendo dieta em casa só como frango e salada desdo dia que comecei na academia. Alguma dica para perder peso rápido ??? pesquisei sobre o kimera e bleck 100 mais não sei qual usar se sao bons ou não...
  4. Quero começar a tomar oxandrolona

    Ola, boa tarde! Gostaria de saber mais sobre o uso de oxandrolona,pois tenho 30 anos , 1,59 de altura e peso 105 kilos. Gostaria de começar a tomar o oxandrolona ,ja que começei a fazer academia e tambem associei uma dieta,entao queria saber se tem algum risco e como começar a tomar. Espero que possam me ajudar. obrigada.
  5. Dieta com pouco orçamento

    Boa tarde, eu gostaria de iniciar uma dieta para emagrecer e futuramente auxiliar no ganho de massa muscular. Não estou na academia no momento então só faço aeróbicos na rua de exercícios. Tenho 85kg, 1,70m de altura e 21 anos. Faço corrida e ciclismo leve toda semana e gostaria de uma dica de dieta barata e útil para meu proposito: emagrecer. Obrigado
  6. Estou fazendo musculação, de 40 a 50 min por dia. 3x na semana, faço jump e 2x na semana faço esteira 45min. Minha alimentacao: cafe: 3 ovos com 1 gema + café com leite. Vou para academia e antes como uma banana + canela. Almoco: salada + peixe ou frango. Lanche: 1 yogurte ou café com leite + 1 fruta. Jantar: sopa detox ou omelete com mais clara ou shake. Ceia: café com leite e queijo minas. Estou malhando há 2 meses quase. Estava com 59 e agora estou com 56.5! Tenho 1.63. Preciso chegar aos 60 pelo menos. Mas a balança não muda quase nada. Estou fazendo certo? Minha perna já está mais torneada e meu braços também. Mas a balança não mexe ! ! Quando vou começar a perder peso????
  7. Boa noite, primeiro peço desculpas se postei no lugar errado sou novo aqui, rsrs. Bom vamos ao que interessa quando comecei minha dieta eu pesava 127 kg, comecei tomando sibutramina perdi peso rápido com 6 meses perdi 27 kg, claro seguindo dieta e praticando exercícios físicos com muita intensidade. Hoje estou com dificuldade de perder peso e também não estou engordando parado nos 100 kg, fiquei 60 dias sem tomar sibutramina, e agora voltei a tomar pra terminar de secar, pois nesses 60 dias mantive meus treinamentos mas não perdi peso. Então gostaria de ouvir alguns conselhos, hoje eu estou tomando sibutramina pela manhã, glucomannan às 17h, e 420 mg de cafeína dia sim, dia não, porque trabalho a noite. Eu posso tomar franol pra ajudar na queima de gordura? Hoje meus treinos não são com tanta intensidade como no início, e a dieta dei uma relaxada, tá difícil seguir dieta trabalhando nessa escala 12x36, eu pratico corrida nas minhas folgas, corro 5 km/30 minutos em média 3x semana. Na minha rotina eu como pouco, eu vacilo é quando saio de casa, viagem ou passeios com a família. Sibutramina e Glucomannan foi passado pelo Endocrinologista, cafeína eu tomo pra tirar o sono nos plantões. Meu objetivo é acabar com as gorduras localizadas e definir. Obs: Não tenho problemas de saúde. Não bebo, não fumo. Em breve posto fotos de antes e atuais.
  8. Clenbuterol Para Adolescentes

    Olá, Bom Dia/Tarde/Noite. Tenho catorze anos e, por conta da idade, não frequento academia (planejo começar aos 15), porém treino jiu-jitsu pelo menos uma vez ao dia, cinco dias na semana, embora na maioria das vezes treine duas vezes ao dia e sigo dieta passada por nutricionista, mesmo assim tenho uma certa dificuldade de perder gordura e, por conta de problemas com ansiedade, minha psiquiatra (não sou deficiente mental) não recomenda que eu ingira cafeína, ou seja, não posso tomar termogênicos, no entanto estava fuçando na internet e descobri o Clenbuterol. Gostaria de saber se haveria algum problema, principalmente atrapalhar meu crescimento, ou a minha produção de testosterona natural (se eu posso passar a brochar, agora ou mais tarde) ou me trazer problemas à longo prazo, se eu tomá-lo, preferencialmente em comprimido, ou até mesmo utilizar sua versão em gel (pulmonil) para auxiliar na minha perda de gordura.
  9. Oxandrolona emagrece?

    Treino há pouco tempo, estou um pouco acima do peso, mas estou fazendo dieta. Gostaria de incluir oxan e fazer um ciclo. Terei resultados com relação ate mesmo a emagrecimento? Valeu gente!!! abraços
  10. ola pessoal sou novo aqui no forum, eu tenho 167 e peso 67kg eu sou magro porem tenho uma barriguinha ( acho q isso e por causa de refri rs) queria saber como posso perder essa barriga sem perder massa corporal tipo nao quero emagrescer pois eu ja sou magro so queria perder a barriga isso e possível com algum exercício e balanceamento na alimentação?
  11. DIETA DE REDUÇÃO DE CARBO

    Eae galera, após um grande tempo de pesquisas acabei prescrevendo uma dieta para mim mesmo.. Tenho 75 kg, 172 cm e faço academia a 6 meses.. nunca fiz uma dieta regrada. Como não comecei ela ainda não estou com a lista dos alimentos consumidos, e além das criticas queria saber o que vocês acham dos macros. 1° semana 230g (C) 65g(G) 180g(P) 2° semana 210g(C) 70g(G) 180g(P) 3° semana 190g(C) 70g(G) 190g(P) 4° semana 170g(C) 75g(G) 190g(P) 5° semana 150g(C) 75g(G) 200g(P) 6° semana 130g(C) 80g(G) 200g(P) 7° semana 110g(C) 80g(G) 210g(P) Na oitava semana farei no decorrer dos dias uma redução de 50% gradativamente do carbo e no ultimo dia (domingo ) vou aumentar drasticamente para o glicogenio. 8° semana SEG: 100g(C) 70g(G) 220g(P) TER: 90G(C) 70g(G) 230G(P) QUA: 80G(C) 70g(G) 240G(P) QUI: 70G(C) 70g(G) 250G(P) SEX: 60G(C) 70g(G) 250G(P) SAB: 50G(C) 70g(G) 250G(P) DOM: 300G(C) 80g(G) 200G(P) Gostaria de saber o que acha e se eu devo mudar alguma coisa.
  12. Primeiramente boa tarde a todos, antes de começar a digitar minhas duvidas gostaria de me apresentar. Tenho 21 anos, e já treinei por 2 anos sem parar, fiquei com um shape ótimo, com uns 12% de gordura corporal, mas eu tenho muita facilidade para engordar, entrei na faculdade, comecei a trabalhar e não tive mais tempo para treinar, estou parado a 2 anos (ainda treino, porém sem regularidade e as vezes fico parado 2 meses volto 1). Já tive muito conhecimento em musculação, alguns trago comigo até hoje, porém algumas coisas a gente perde por não ver com tanta regularidade, sem mais delongas vamos lá. Primeiramente vou ficar sem trabalhar até o fim desse ano com todas as tardes livres, pois estudo de noite, venho treinando hipertrofia a 1 mês e meio sem parar, porém não estou gostando dos resultados, como estou com uma camada de gordura no meu corpo os muculos estão crescendo e não estão dando a impressão legal de hipertrofia, meu braço só fica mais inchado e sem definição, por isso optei por vir aqui. Quero deixar bem claro que meu objetivo não é mais hipertrofia, só quero ficar com um corpo legal, por isso gostaria de ajuda de vocês para me esclarecer como eu posso treinar meu corpo e me dedicar totalmente no emagrecimento, tentando manter ao máximo a massa magra. Sei que existem treinos de circuito, mas não sei se essa é a melhor opção, ou se a melhor opção é não treinar e só fazer aeróbico e se a melhor opção for o treino de circuito gostaria de saber se vocês podem me ajudar a montar um. Agradeço muito se vocês puderem dedicar 1 minutinho do tempo de vocês me ajudando, obrigado galera, estou no aguardo. OBS: não sei se interfere em alguma coisa, mas vou colocar meu peso minha altura e minha idade aqui. 1,70 - 78 Kg - 21 anos Mais uma vez, obrigado!
  13. Olá! Tenho 20 anos, acho que 1,82 de altura e 71 de peso. Sou magro, porém tenho uma barriga de chopp considerável! Tenho treinado e comido bastante, os músculos começam a crescer, mas a barriga acompanha, o que faço? Vejam minha rotina: 08:00 Como 2 pães brancos com queijo ou manteiga, e tomo café ou leite. 9:30 treino 11:00 Feijão, macarrão, arroz, carnes, salada e ás vezes batata doce 12:00 vou trabalhar (de 12:30 ás 16:30) - No trabalho bebo água de uma em uma hora, porém não como nada, por que não faço ideia de algo saudável pra levar e que não seja desconfortável em relação aos colegas de trabalho. Quando saio do trabalho vou direto pra a faculdade. Acabo comendo uma coxinha e um pastel, com um del vale de 450ml ás 17:30 Tenho aula de 18 ás 22, como uma barra de whey ás 20 horas. Chego em casa ás 22:30 e repito o almoço. Durmo ás 23:30 Ufa, que desafio, ALGUÉM ME AJUDAA? Gostaria de perder barriga sem perder muita massa muscular, já que tenho pouca! haha TREINO: Peito e tríceps (seg e quin), Costas e bíceps (terça e sexta), Perna e ombro (Quarta e sábado) Domingo OFF
  14. Olá! Encontrei esse fórum enquanto pesquisava no google e achei muito interessante os relatos que li de algumas pessoas e resolvi pedir ajuda também. Estou meio desesperada, com a auto-estima lá embaixo, já fiz academia, malhava 4 dias na semana, sinceramente? Não vi resultado, minha alimentação é otima, sigo dietas à risca, tenho controle próprio, sou perfeccionista, tenho várias restrições alimentares, como intolerância a lactose, comidas de difícil digestão, não como carne vermelha, como muitas frutas durante o dia, me alimento de peixes quase diariamente, como saladas folhas etc etc, maas, tenho uma barriga horrível que deforma meu corpo e acho que ela é genetica É meio caída e me faz parecer gorda, ela é uma "bolinha" que faz uma ponta ao redor do umbigo, tenho um grande problema para sair de casa, então, por conta disso comprei um walker, ou andador, um dos mais baratinhos, faço 3-4 vezes por semana 30 a 40 minutos as vezes 1 hora numa velocidade média as vezes rapida, mas não vejo resultado algum, por favor me ajudem! Não tenho grana pra fazer uma lipo, o que eu poderia fazer em casa, que exercícios pra perder essa barriga? Também tenho uns problemas de estômago e intestinais (síndrome do intestino irritável) por isso evito comer muita coisa, coisas ácidas e gordurosas porque tudo isso piora esses problemas. Tive uns sintomas de hipoglicemia há mais ou menos 2 meses atrás porque estava comendo doces, fiz o teste e o açúcar estava realmente alto, então parei geral com açúcar. Faz 1 mês que não tô ingerindo doces nem açúcar, a não ser o das frutas... mas continuo rechunchuda, o que fazer? Alguém poderia me ensinar a fazer o Hiit no andador? Vi um topico aqui sobre Hiit e no youtube, mas só ensinam como fazer em esteira... meu peso atual é de 63kg tenho 1,55 altura Me ajudem? Obrigada
  15. Oxyelite para emagrecer

    Oi galera, tudo bem? Tenho 16 anos, esse é meu primeiro post!! Bom, faço academia a três anos, mas comecei a tentar levar a serio mesmo faz 1 ano, fui em um nutricionista esportivo a 1 ano atras, ele me passou uma dieta e gostei muito do resultado! No inicio/meio desse ano tive alguns problemas e engordei muito, então voltei com a dieta, mas não estava vendo resultados, li bastante sobre o oxyelite pro e estou tomando faz 1 semana (desde sexta passada). Nos primeiros 3 dias (sexta, sábado, e domingo) tomei apenas uma cápsula, na terça-feira me pesei e havia emagrecido 0,5kg, o que pra mim ja foi muito, pelo fato de não treinar nos fins de semana!!! Então, aumentei para duas cápsulas, mas hoje, fui me pesar de novo, e engordei ao envés de emagrecer, sendo que segui minha dieta corretamente!!!! Cheguei em casa super desanimada, comecei a chorar e comi quase tudo que vi pela frente.... Faz "3 anos" que tento ter um corpo bom e não consigo, oxyelite funciona com todos menos comigo!!! Será que estou tomando certo? Vou postar pra vocês a dieta que o nutricionista me passou, como estou tomando oxy, minhas metas, etc... Espero que vocês possam me ajudar, por favor!!!! Peso atual: 58kg Altura: 1,59 Porcentagem de gordura: 32% OBJETIVOS: Peso: 49kg Porcentagem de gordura: 15/20% DIETA: 6h30 -uma cápsula de oxyelite pro (sem dmaa) e puran t4 50mg (ja falei com meu médico sobre o oxy e ele liberou mesmo tendo hipotireoidismo) 7h- vitamina protéica (1 scoop de gold whey, 2 castanhas, 1 fruta, 2 colheres de sopa de aveia, 1 colher de chá de canela) 9h - 1 fruta 11h - 2 fatias de pao integral light com cotage e uma barra de cereal até 80 calorias 13h30 - 1 cápsula de oxyelite 14h - almoço (5 colheres de sopa de arroz integral, frango grelhado ou omelete com 3 claras e uma gema e salada) 16h - 2 bisnaguinhas integrais (scooby doo) com cotage 16h30 - ACADEMIA (musculação + 30/40min de aeróbico) 18h30- 1 scoop whey gold, 1 banana, mais 2 bisnaguinhas 21h30 - janta, mesmo do almoço, mas sem o arroz OBS: posso trocar uma refeição por semana!!! É isso galera, queria muito a ajuda de vocês, choro muito por não conseguir emagrecer, não sou mt gorda, mas não estou como queria estar!!
  16. Não consigo mais perder peso!

    Não sei mais o que fazer! Faço exercício aeróbicos, mudei minha alimentação,como em 3h e 3h... Pesava 71k pulei para 66k mas, já estou com alguns meses só nesse peso. Não diminui e nem aumento. Tenho 1,57 e ainda estou bem acima do peso.
  17. Finalmente chegou o substituto do Oxyelite: USP Labs EpiBurn Pro 90 Caps! Nova formula cientificamente formulado e revisado! PRODUTO ORIGINAL E LACRADO!! A venda por apenas $39.50 dolares. Enviamos diretamente de Miami. Desconto especial para compras em grande quantidade. Compre aqui: http://www.nutrivitasuplementos.com/usp-labs-epiburn-pro-90-capsulas/ Sabemos que muitos de vocês tem sentido a falta do seu OxyElite Pro desesperadamente e finalmente chegou o substituto! USPLabs acaba de lançar seu novo tudo Super Thermogenic EpiBurn Pro. EpiBurn Pro é um dos lançamentos mais esperados do ano e temos a certeza de USPLabs não vai deixar você para baixo. EpiBURN Pro Benefícios Queimar & perder gordura Diminuir o apetite Energia e Stamina impulsionador Bloqueio do Cortisol EpiBURN Pro ajuda aumentar o seu metabolismo, de modo que você vai experimentar a perda de gordura e sobrecarregar a termogênese. Ela também ajuda o desempenho mental e físico, que você vai perceber quando você treinar. EpiBURN Pro suporta a energia e a resistência também. O que torna este queimador de gordura incrível é que ele ajuda você a voltar em forma, mesmo quando você sair da sua dieta. EpiBURN Pro ajuda você a obter um corpo pronto para a praia o ano todo! Os visionários de USPlabs incluíram ingredientes que promovem a queima de gordura a um nível totalmente novo. Embora a dieta e exercício irá ajudá-lo a atingir seus objetivos, até certo ponto, EpiBURN Pro rompe platôs para ajudá-lo a atingir seu físico ideal!
  18. Entendiado com a esteira? Um recente estudo do Centro de Pesquisa Muscular da Universidade de Copenhagen na Dinamarca mostrou que o treino de cardio pode ainda ser mais efetivo quando feito de modo recreativo! Os pesquisadores dinamarqueses escolheram 36 homens para seguir um programa de cardio de 12 semanas: uns para jogar futebol recreativo (consistindo de treinos de futebol), correndo por uma hora, duas ou três vezes por semana; e outros não seguiram nenhum plano de exercício. Os cientistas descobriram que os homens que jogaram futebol tiveram um maior aumento em seu VO2 máximo (uma medida de capacidade aeróbia), diminuição da gordura corporal (quase duas vezes mais) e um maior aumento no número de capilares por fibra muscular (o que pode ajudar a aumentar o crescimento muscular, havendo maior irrigação de sangue nos músculos, juntamente com mais oxigênio, nutrientes e hormônios anabólicos que ele transporta). O grupo de futebol, de fato, ganhou massa muscular (quase 2,3kg) e diminuiu o nível de LDL (mau colesterol). Não se preocupe se você não pode jogar futebol para salvar a sua vida - o ponto deste estudo é que o treinamento de futebol, caracterizado pelo "stop-and-go" (semelhante ao treinamento intervalado de alta intensidade) é melhor do que corrida constante. Assim, se o futebol não é uma opção para você, faça algum outro Treino Intervalado de Alta Intensidade (HIIT) num total de 2 a 3 horas por semana. Fonte: STOPPANI, Jim. Cardio Corner: Kick Your Fat Goodbye, Revista Flex, março de 2010, pp. 96.
  19. A cafeína é um suplemento pré-treino. As pesquisas mostram que a cafeína pode aumentar a força e a resistência muscular, permitindo que você treine mais pesado por mais tempo, além de ajudar a queimar mais gordura corporal durante o treino. Um estudo de pesquisadores da Índia confirma sua eficácia. Os pesquisadores indianos estudaram grupos de pessoas consumindo doses de aproximadamente 4, 8 e 12 mg de cafeína por kg de massa corporal, ou aproximadamente 400 mg, 800 mg e 1200 mg de cafeína para uma pessoa de 100 kg, 1h antes de testar suas forças e resistências musculares isométricas (estáticas). Os resultados mostraram uma correlação positiva entre o aumento da cafeína ingerida e o aumento da força muscular. O grupo que ingeriu a dose de 2 mg de cafeína por kg de massa corporal obteve um aumento de 15% na força muscular. A dose de 4 mg de cafeína resultou em um aumento de 40% e o grupo que ingeriu 6 mg de cafeína por kg apresentou um aumento de 50% em sua força muscular isométrica. O mesmo padrão foi observado pelos pesquisadores ao testarem a resistência muscular após ingestão de cafeína. A dose de 2 mg de cafeína por kg de massa corporal resultou em um aumento de 20% na resistência muscular isométrica. O grupo com a dosagem de 4 mg de cafeína apresentou uma aumento de 40% na resistência muscular e, por fim, o grupo que ingeriu 6 mg de cafeína por kg de massa corporal apresentou aumento de 50% na resistência muscular isométrica. Recomenda-se tomar de 200 a 400mg de cafeína aproximadamente uma hora antes do seu treino. Todavia, antes de um treino mais pesado, ou se quiser um aumento significativo na força muscular, considere aumentar a dose para aproximadamente 800 mg. Mas atenção: você pode acabar desenvolvendo tolerância à cafeína. Então, para garantir que a técnica mantenha sua eficácia ao longo do tempo, a dose mais alta de cafeína deve ser ingerida apenas ocasionalmente. Fonte: BROWN, Jordana. Strong Caffeine, Revista Flex, março de 2010, pp. 122.
  20. Olá galera, tenho 17 anos, meço 191cm e estou pesando quase 110kg (minha estrutura óssea é mais densa/maior do que o normal), porém, pesava 142kg antes. Sei que meu peso ta bem acima do normal ainda e fazia academia a 8 meses e parei por quase 2, ou seja, to todo desacostumado já na academia. minha dúvida é a seguinte, vejo muitos artigos falando de queima de calorias, alguns falam que é bom fazer repetições de 4x15 nos músculos para ter resistência e queima muscular, outros falam que é precisa fazer treino de força com aeróbico, por causa disso, fico muito confuso, meu objetivo é ter o corpo magro, com imf de peso ideal, porém com certa musculatura, sempre meu objetivo foi levantar o peso do meu corpo de um modo fácil, ou seja, fazer flexões, barras diretas, diferentes tipo de exercício com certa facilidade. Porém, quero focar agora em perder toda a massa adiposa em excesso do meu corpo e depois foco nos músculos, mas gostaria de perder o peso e preservar o que ja tenho... Alguém pode me dar dicas de como montar um treino certo ou me passar um? Como fui obeso, não tenho físico pra ficar correndo muito na esteira, porém, vi alguns modelos de exercícios e estou pensando em adotá-los para ir melhorando minha condição até chegar num ponto em que eu não acabe caindo da esteira kkk. Exemplo: O treino é pra seguir em 8 semanas, vou pular a primeira fase pois a segunda sei que aguento, e vou criar uma nova fase para a última e mais intensa. Semana 1 à 2 - 30 segundos em alta intensidade e 60 segundos andando Repetir 11 vezes, totalizando 17 minutos, fora os 5 minutos de aquecimento e 30 segundos em alta para finalizar. Semana 3 à 4 - 30 segundos em alta e 30 segundos baixa Repetir 17 vezes, totalizando 17 minutos, fora os 5 minutos de aquecimento e 30 segundos em alta para finalizar. Semana 5 à 6 - 30 segundos em alta e 15 segundos baixa Repetir 25 vezes, totalizando 19 minutos, fora os 5 minutos de aquecimento e 30 segundos em alta para finalizar. Semana 7 à 8 - 60 segundos em alta e 15 segundos baixa Repetir 25 vezes, totalizando 31 minutos e 25 segundos fora os 5 minutos de aquecimento e 60 minutos em alta para finalizar. Gostei do método pois não curto muito fazer esteira, mas consigo fazer quando faço treinos assim, com intensidade, pois pra ficar 40~60min direto na esteira não da para mim! Minha real dúvida mesmo seria sobre o treino muscular, o que fazer? não consigo fazer muitas flexões e não consigo fazer barra reta (até pq na academia do meu prédio não tem barra reta) e minhas costas são muito pouco desenvolvidas em comparação com o resto do corpo. Pretendo fazer todos os dias úteis academia mas não posso passar de 1:15hrs, quero seguir com treinos assim até meu corpo ficar de um jeito saudável em que eu possa ir 3x por semana na academia para manter o físico pois sei que la pra frente não terei praticamente tempo disponível. Sei que estou pedindo demais, mas gostaria muito da ajuda de vocês, valeu galera, até mais!
  21. Muito se tem falado sobre os suplementos termogênicos, sejam eles a base de cafeína, guaraná, chá verde e algumas outras substâncias mais que ajudam no processo de aceleração do metabolismo, de perda de gordura. O que alguns não sabem, é que existem diversos alimentos que podem ser usados como coadjuvantes da dieta e atividade física na busca pela redução de gordura corporal. Os alimentos termogênicos são aqueles que apresentam um maior nível de dificuldade em ser digeridos pelo organismo, fazendo com que esse consuma maior quantidade de energia e caloria para realizar a digestão. Todos os alimentos gastam energia para serem digeridos, ou seja, têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal e acelerar o metabolismo, aumentando a queima de gordura, porém existem alguns que se destacam mais, uma vez que induzem o metabolismo a trabalhar com ritmo acelerado, gastando consequentemente mais calorias, sendo estes classificados como termogênicos. Vale ressaltar que o consumo desses alimentos não deve ser feito no período noturno para não prejudicar o sono. E para alguns indivíduos como, por exemplo, cardiopatas, com hipertensão arterial, pessoas muito ansiosas, com insônia, com gastrite e alguns outros casos, esses alimentos não são recomendados, devendo ser evitados ao máximo. Quem possui algum problema na tireoide também deve evitá-los. Além disso, o exagero no consumo desses alimentos pode levar ao surgimento de sintomas como dor de cabeça, tontura, insônia e problemas gastrointestinais. Estudos vêm sendo feitos para comprovar a eficácia de alguns alimentos em auxiliar na redução de peso e gordura pelo seu poder termogênico. Os que mais se destacam nesses estudos são: o chá verde, a pimenta vermelha, o café, o gengibre, o guaraná. Alguns outros também são descritos em artigos científicos como termogênicos por essa capacidade de aumentar a temperatura corporal e acelerar o metabolismo auxiliando na queima de gordura: chá branco, mostarda, vinagre de maçã, couve, brócolis, gordura de coco, linhaça e algumas gorduras vegetais. Para um bom resultado de perda de gordura, é imprescindível aliar o consumo dos alimentos termogênicos a um plano alimentar equilibrado - de preferência com acompanhamento de um profissional qualificado - com um cardápio pobre em gorduras saturadas e equilibrado, assim como ter um hábito de prática frequente de atividade física. É por tudo isso que já foi dito que com certeza surgirão novos artigos científicos em torno dos alimentos termogênicos para nos elucidar a cada dia mais sobre esse assunto. Exemplos de receitas para acelerar seu metabolismo: Salada Verde com Molho de Mostarda e Peito de Frango Sopa de Abóbora com Gengibre e Linhaça Suco Verde de Couve e Abacaxi
  22. Em meu cotidiano como nutricionista clínico esportivo, é muito comum o indivíduo entrar em meu consultório e já deixar bem claro: "Eu quero ganhar massa muscular, mas também quero perder gordura corporal ao mesmo tempo!" Sem dúvida, o desejo da maioria das pessoas que procuram uma academia é a queima de gordura corporal associada ao ganho de massa muscular. Mas esses dois objetivos são possíveis de ocorrer no organismo humano concomitantemente? Sim, mas normalmente será necessária a otimização dos hormônios anabólicos e do controle do hormônio catabólico cortisol, mesmo que seja por meio farmacológico. Pois, em um organismo em condições normais, é muito difícil utilizar gordura enquanto se constrói massa muscular. Veja que um organismo em déficit calórico, condição necessária para que a gordura seja utilizada, irá concentrar seus esforços no reabastecimento de glicogênio para o funcionamento fisiológico normal, portanto, a construção muscular ficará em segundo plano. Existe um caso especial, no qual se observa aumento de massa magra e redução de gordura corporal em níveis significativos, ao mesmo tempo. Esse período coincide exatamente com o início de um programa de treinamento em indivíduos absolutamente destreinados. Sabemos que quanto mais próximo do início, maiores são os ganhos, e quanto mais distante, mais sutis são esses ganhos, devido a um maior acionamento de unidades motoras e ativação subseqüente de células musculares dormentes. Passado este período inicial adaptativo, a tendência seria os ganhos atingirem patamares reduzidos, dificultando a aquisição de tecido magro concomitantemente com a redução da gordura corporal. O que fazer então? Considerando passada a etapa inicial de adaptação, deve-se periodizar o trabalho nutricional do indivíduo em algumas etapas (variando entre fase de ganho de massa magra e fase de redução de gordura corporal), estando estas de acordo com a condição física atual, o objetivo e principalmente o treinamento. Vale lembrar da importância do nutricionista esportivo estar sempre em contato com o preparador físico para ocorrer a melhor sinergia possível entre dieta e treino. Inclusive, a presença do nutricionista na própria academia auxilia muito nesse caso. Em um passado não muito distante, era comum a adesão a uma dieta super-hipercalórica para ganho de massa magra durante determinado período, seguido de um trabalho para redução de gordura corporal. Ocorria que na etapa de dieta super-hipercalórica, era comum a aquisição de muita gordura corporal em conjunto com a aquisição de massa magra. Portanto, o período de redução da gordura corporal acabava sendo longo e árduo, proporcionando uma inevitável perda da massa magra arduamente adquirida. Recomenda-se que um trabalho para ganho de massa magra seja realizado de maneira controlada, monitorando a dieta de modo a proporcionar apenas a hipertrofia muscular, evitando com isso o acúmulo de gordura. Caso o indivíduo apresente-se no início do projeto com uma quantidade elevada de gordura corporal, deve-se adequar este teor de gordura antes de iniciar o trabalho específico de hipertrofia. Para melhor avaliação, a simples aferição do peso na balança torna-se imprecisa, pois, em termos volumétricos, uma quantidade determinada de gordura pesa bem menos do que o mesmo volume de massa muscular. Em outras palavras, uma mesma variação volumétrica de gordura corporal representa uma alteração menos significativa na balança, se comparado com a variação volumétrica em massa muscular. Por isso, em praticantes de atividade física, a discriminação da composição corporal por um profissional habilitado é recomendada. Para ilustrar toda esta teoria, analisaremos alguns exemplos fictícios, porém extremamente comuns no dia a dia nas academias. Exemplo 1 Individuo do sexo masculino com 90 kg de massa corporal, 170 cm de estatura, estando com 30 kg de gordura corporal, sendo que destes, 20 kg foram considerados em excesso. Sua massa magra é de aproximadamente 60 kg. Objetivo: ganho de massa magra e redução da gordura corporal, visando atingir em torno de 80 kg de massa corporal com um teor ideal de gordura corporal (estimado em 10 kg). Portanto, para atingir seu objetivo, nosso indivíduo exemplo necessita eliminar 20 kg de gordura corporal e aumentar 10 kg de massa magra em condições naturais. Logicamente, não consideraremos nesses exemplos o uso de qualquer recurso ergogênico farmacológico. A primeira medida a ser tomada nesse caso seria a redução do excesso de gordura corporal. Como temos uma quantidade relativamente grande de gordura corporal a ser perdida, poderemos inicialmente propor uma dieta hipocalórica associada a um adequado treinamento (musculação + aerobiose controlada) pelo período de 15 semanas. Considerando uma redução em torno de 1 kg de gordura corporal por semana, ao término dessa primeira etapa, o indivíduo deveria apresentar-se com 75 kg de massa corporal (90 kg de massa corporal – 15 kg de gordura corporal). Muitas pessoas podem achar esse processo de perda de gordura muito lento, pois acham que quanto mais rápido melhor. Nesta ignorância, essas pessoas acabam fazendo dietas nas quais ocorre uma redução de 3, 4, até 5 kg por semana. Em vez de ficarem felizes quando atingem uma perda como essa, deveriam na verdade ficar muito tristes, pois, com certeza, a maior parte dessa perda terá sido de líquido e massa magra. Devemos corrigir o conceito de perda de peso. Ou seja, perder peso definitivamente não é igual a perder gordura! Essa primeira etapa poderia ter duração de 20 semanas, pois dessa forma, eliminaríamos todo o excesso de gordura do nosso indivíduo exemplo. Porém, se já é difícil manter uma dieta hipocalórica por 15 semanas. Certamente, por 20 semanas seria ainda pior. Nesse caso acaba sendo interessante dividirmos a etapa de redução da gordura corporal em duas. Isto logicamente não seria necessário quando o excesso de gordura apresenta-se menor, em torno de dez quilos, por exemplo. Passaremos então para a segunda etapa do projeto. Iniciando um trabalho de hipertrofia muscular, poderemos adquirir em torno de dois quilos de massa muscular isenta de gordura por mês. Portanto, após 20 semanas (cinco meses) seguindo um trabalho controlado, nosso indivíduo exemplo apresentar-se-ia com 85 kg de massa corporal, com apenas 5 kg de gordura corporal em excesso. A terceira fase de nosso projeto seria basicamente de definição muscular, tendo a duração de apenas cinco semanas. Vale ressaltar que confiar em estratégias de treino para tornar o corpo mais definido é possível, desde que a dieta seja estritamente controlada e estável. A partir daí poderemos aumentar o gasto calórico com a implementação do exercício físico. Este ajuste deve ser muito preciso, pois um pouco mais de intensidade ou volume no treino, pode solicitar mais massa muscular do que gordura como fonte de energia, provocando o catabolismo. Com a introdução de uma dieta hipocalórica associada ao devido treinamento, obteríamos como resultado os desejados 80 kg de massa magra com uma quantidade de gordura corporal adequada. Ou seja, todo o projeto teria a duração de 40 semanas (dez meses). A última fase é a mais detalhada do projeto, visto que a perda de massa magra conquistada não deveria ocorrer. Para isto, seria necessário um treinamento adequado associado a uma dieta hiperprotéica com a presença de alguns suplementos nutricionais anti-catabólicos. Exemplo 2 Indivíduo do sexo feminino com 60 kg de massa corporal e 165 cm de estatura, estando com um teor de gordura corporal adequado. Objetivo: ganho de massa magra, visando atingir 63 kg de massa corporal, mantendo estável sua quantidade absoluta de gordura corporal. Um trabalho como este pode ser realizado em um curto período. Com um programa nutricional ajustado ao treinamento de hipertrofia, nosso exemplo atingiria seu objetivo aproximadamente em torno de seis e oito semanas. Mesmo não reduzindo sua gordura corporal absoluta, sua quantidade de gordura relativa reduziria, devido ao aumento na massa corporal. Exemplo 3 Indivíduo do sexo masculino com 50 kg de massa corporal, 170 cm de estatura, estando com um teor de gordura corporal adequado. Objetivo: ganho de massa magra, visando atingir 70 kg de massa corporal, mantendo estável sua quantidade absoluta de gordura. Esse terceiro exemplo apresenta um indivíduo bem magro. Seu trabalho deveria ser realizado em um longo prazo, mas desde o início, evitando ao máximo o acúmulo de gordura. Considerando um acréscimo de 500 gramas de músculo por semana (o que seria formidável), podemos estimar que em 40 semanas com um treino de hipertrofia, o objetivo seria alcançado. Isto equivale a um ano inteiro de trabalho, pois podemos somar a estas 40 semanas pelo menos 8 semanas com um treino regenerativo (variável de acordo com a periodização imposta pelo professor de educação física/personal trainer). Este espaço temporal pode parecer muito grande para alguns mais afoitos. No entanto, vamos analisar de outro modo: com uma dieta super-hipercalórica, certamente a massa corporal deste indivíduo aumentaria de maneira mais significativa. Porém, grande parte deste ganho, seria certamente na forma de gordura corporal. Ou seja, teríamos de iniciar um longo programa de perda de gordura corporal após todo o processo de hipertrofia. Lembrando que neste processo a chance de perda de parte da massa magra conquistada seria grande. Está claro que o melhor realmente é crescer com qualidade, para não ter que correr atrás do prejuízo semanas antes de ir para a praia ou a outro evento qualquer. Conclusão Pode-se concluir que ganhar consideravelmente massa muscular e perder muita gordura corporal concomitantemente, infelizmente não é possível, salvo nas condições citadas no início deste artigo. Consistência e disciplina nos treinos são fundamentais. Considere que pouco adianta treinar com a devida intensidade, perfeita forma de execução e alimentação super balanceada por um determinado período, e em outros, desestimular-se e passar a treinar sem disciplina. Tem muita gente que treina semana sim, semana não ou mês sim, mês não. O ideal é procurar os serviços de profissionais devidamente habilitados, para que estes em conjunto, elaborem a melhor estratégia a médio/longo prazo.
  23. RoxyLean da BPI Sports no Brasil

    A marca BPI Sports é forte nos EUA, sinônimo de suplementos que fazem diferença no mercado, na maioria de seus lançamentos. Talvez o produto de maior destaque da marca no Brasil seja o 1.M.R. O RoxyLean é um dos suplementos termogênicos da BPI. Passou a ser importado para o Brasil pela WW Sports. Recentemente avaliamos o OxyELITE Pro, também importado por essa empresa para o Brasil. Muitas das considerações que fizemos naquela matéria se aplicam com perfeição ao RoxyLean. Em primeiro lugar, já se nota que o rótulo do produto importado para o Brasil é bem diferente do rótulo do produto vendido nos EUA. Aqui a fórmula revelada é de cafeína apenas. Nos EUA a fórmula é proprietária, chamada Roxy Blend, e contém, além da cafeína: Citrus Limonum (Whole Plant) Adhatoda Vasica (Leaf) Pausinystalia Yohimbe (Bark) Hydrastis Canadensis (Root) Salix Alba (As Salicin, Root) Scutellaria Baicalensis (Root) Rauwolfia Serpentina (Root/rhizome Plant) E agora? A pergunta recorrente nesses casos é: será que a BPI fabrica uma fórmula especial do RoxyLean pro Brasil somente com cafeína ou será que apenas o rótulo foi alterado para suplantar as determinações da ANVISA que muitos consideram exageradas? Pelo sim, pelo não, vamos avaliar a composição norte-americana, porque a que consta no rótulo do produto importado todo mundo já está cansado de saber. Citrus Limonum (Whole Plant) A propaganda em torno do Citrus Limonum (Whole Plant) é no sentido de que teria os mesmos benefícios da efedrina para a perda de peso. O Citrus Limonum (Whole Plant) seria o substituto da efedrina depois de sua proibição no mercado de suplementos alimentares. O Citrus Limonum (Whole Plant) não poderia ser administrado de maneira ininterrupta. Seu uso contínuo não poderia ultrapassar 8 semanas. No entanto, é de se duvidar de tanto poder em torno do Citrus Limonum. Nada mais é do que limão. E as propriedades do limão se concentram em possuir vitamina C e potássio. O efeito antioxidante é proeminente, não se podendo atribuir poderosos efeitos termogênicos a ele. Adhatoda Vasica (Leaf) A Adhatoda Vasica (Leaf) tem efeito broncodilatador e isso pode influenciar no desempenho atlético, aumentando o metabolismo e a queima de gordura. Pausinystalia Yohimbe (Bark) O yohimbe é uma velho conhecido daqueles que praticam musculação há mais de dez ano. Era um suplemento alimentar de grande apelo comercial, que prometia aumento da produção natural de testosterona. Com o passar dos anos e desenvolvimento de novos suplementos alimentares, o yohimbe perdeu a sua glória e não mais se encontram com facilidade nas prateleiras das lojas de suplementos. Existe um estudo científico que relaciona o yohimbe como substância capaz de promover perda de gordura corporal em atletas. Mais detalhes em Yohimbine: The Effects on Body Composition and Exercise Performance in Soccer Players. Hydrastis Canadensis (Root) O uso da Hydrastis Canadensis (Root) no que tange a suplemento termongênico está em suas propriedades anti-inflamatórias e estimulantes. Também se acredita que suas propriedades possam eliminar as gorduras antes de serem absorvidas pelo corpo. Salix Alba (As Salicin, Root) O princípio ativo da Salix Alba (As Salicin, Root) é a salicina. A aspirina é dele derivada. Esta substância é usada no RoxyLean para diminuir a dor durante o treino e permitir mais atividade e mais gasto calórico. Scutellaria Baicalensis (Root) A Scutellaria Baicalensis (Root) é uma das 50 ervas fundamentais da tradicional medicina chinesa. Há pouca informação disponível sobre os efeitos deste composto químico na queima de gorduras. Rauwolfia Serpentina (Root/rhizome Plant) A Rauwolfia Serpentina (Root/rhizome Plant) é uma planta floral que contém yohimbe dentre seus componentes químicos bioativos. Os efeitos para a queima de gordura são os mesmos já mecionados no trecho sobre o yohimbe. Como se vê, o RoxyLean aposta em uma série de elementos químicos extraídos de plantas para promover a queima de gordura. Elementos que não foram muito explorados por outros suplementos e elementos já conhecidos, tais como a cafeína e o yohimbe. Lembre-se que estamos avaliando a fórmula do suplemento alimentar Roxy Lean vendido nos EUA. Se a fórmula do suplemento importado é realmente diferente, como consta do rótulo, somente um laudo de avaliação química pode determinar. Saiba mais sobre o Roxy Lean vendido no Brasil no CP
  24. O dia do lixo vale a pena mesmo?

    Frequentemente somos questionados quanto ao uso desta metodologia e se a mesma funciona mesmo. Perguntas do tipo, “não vai embaçar”, “não vou perder todo o trabalho da semana?” ou “será que eu posso?” são uma rotina em nosso dia a dia. Hoje explicarei em um breve resumo sobre qual é a verdadeira finalidade desse tal dia do lixo. Apesar do dia do lixo ser um alívio para dietas de restrição calórica e aguardado por muitos, a sua real função é a de dar um up no metabolismo quando se fala em dieta restritiva a fim de fazer com que o corpo possa queimar umas calorias extras enganando nosso metabolismo nos dias seguintes. Existe um hormônio chamado leptina, que se produz nas células adiposas dos tecidos gordurosos. Esse hormônio tem a capacidade de controlar a velocidade do seu metabolismo, conforme a dieta vai ficando livre dessa ingestão, seu corpo vai perdendo a capacidade de oxidá-la com facilidade. Assim quando a pessoa começa a sua dieta e a mudar seus hábitos há um tremendo choque de metabolismo acarretando em grandes percas de peso, sendo + 80% gordura corporal. Porém com o passar do tempo cada vez é mais difícil perder gordura, mesmo seguindo a dieta rígida e comendo basicamente o mesmo número de calorias diários. Isso acontece devido a falta de leptina no corpo, por mais que ainda haja um grande acúmulo de gordura corporal as células do tecido adiposo ja estão esgotadas e ai que se encaixa o DIA DO LIXO.
Vale lembrar que essa REFEIÇÃO (e não o dia todo comendo guloseimas) deve ser um adicional a dieta de 500 a 1000 calorias, não é para cometer exageros. Um fella inconsequente poderá comer o triplo disso sem ao mesmo perceber, o que no dia seguinte mais parecerá com filho do Jôhn Balonie do que com um fisiculturista. Levando em consideração que o indivíduo esteja em uma dieta hipocalórica ou controlada durante a semana, o uso de um aumento nas calorias no sábado ou domingo irá evitar o fenômeno chamado metabolic slowdown que seria a queda do metabolismo e consequente perda dos resultados em queima de gordura corporal. Na segunda semana de dieta restritiva o organismo para queimar as mesmas gorduras, precisará de cada vez mais calorias, o que irá acarretar em fadiga de membros locomotores por excesso de cardio, perda de massa magra e maior retenção hídrica, por isso usamos o dia do lixo, ou seja comer mais, QUEIMA MAIS GORDURA. Mas é preciso realizar essa metodologia inteligentemente e não devemos confundir o uso da metodologia com avarezas!!! Alguns fascistas, nazistas, extremistas malucos vão dizer que isso é coisa de gente retardada, ficar fazendo essas dietas, pra que isso!? Bom, a resposta para esses bossais é que a escolha em comer como um porco desenfreadamente ou ter CONTROLE sobre sua nutrição, vida e saúde cabe a pessoa e somente a ELA escolher!!! Cada um escolhe como quer viver e ninguém tem absolutamente nada com isso! Voltando ao assunto do método, alguns podem se queixar sobre estar alguns quilos a mais no dia seguinte, porém isso não passa de retenção de líquidos e glicogênio ao qual seu corpo energizado irá queimar mais calorias do que você estará ingerindo nos dias seguintes, mantendo seu metabolismo acelerado e continuando a queimar mais gorduras. O último ponto a ser salientado porém não menos importante é que orientamos nossos clientes a proporcionar suas calorias conforme seu índice de gordura, ou seja, um fella com um metabolismo acelerado abaixo de 10% de gordura, poderá comer mais que um camarada que estiver com 13-15%. Portanto recomendamos aumentar com calorias mais limpas conforme o bf estiver mais alto e soltar mais proporcionalmente os alimentos conforme seu corpo for respondendo e as gorduras forem sumindo. Lembrem-se, 1 dia! Uma refeição! Não é o final de semana inteiro, como muitos fazem!!!
  25. O uso da cafeína como recurso ergogênico

    A cafeína é um dos recursos ergogênicos mais consumidos no mundo. Os seus consumidores buscam um menor grau de fadiga e melhoria na performance. Embora não apresente valor nutritivo, a cafeína é considerada um ergogênico nutricional por estar presente em vários produtos alimentícios comercializados e consumidos atualmente. Alguns estudos sugerem, como o de Wollner Materko e Edil Luis Santos (periódico Motricidade de 2011 vol.7 p. 29), que a cafeína a cafeína exerce um efeito ergogênico sobre a força muscular submáxima ao longo de uma sessão de treino de força. Na teoria têm-se tentado explicar o efeito ergogênico da cafeína durante o exercício físico anaeróbio, relacionando-o ao efeito dessa substância em alguma porção do sistema nervoso central (SNC) e a propagação dos sinais neurais entre o cérebro e a junção neuromuscular e também ao efeito da cafeína sobre o músculo esquelético, facilitando a estimulação-contração do músculo esquelético. Alguns estudos têm indicado aumento da força muscular e maior resistência à instalação do processo de fadiga muscular após a ingestão de cafeína. Acredita-se que possa ocorrer um aumento de ação e liberação de noradrenalina e adrenalina. Algumas pesquisas têm mostrado os efeitos metabólicos da cafeína, verificando que a substância não só faz aumentar o gasto de energia, como também eleva a termogênese celular, a mobilização de ácidos graxos e a oxidação lipídica. O efeito da cafeína nos lipídeos e metabolismo energético demonstrou ser, na maioria das vezes, mediado pelo sistema nervoso central. Ou seja, a cafeína desde que administrada na dose correta, poderá promover uma melhor eficiência no metabolismo energético e muscular durante a prática esportiva, aumentando a lipólise (quebra de gordura, poupando glicogênio muscular e retardando a fadiga), contribuindo para melhorar a performance.
 Os efeitos da cafeína podem variar de pessoa para pessoa. Seu efeito tem sido demonstrado com doses entre 100 – 420mg, ou seja, duas xícaras de café já seriam suficientes para obter algum efeito. Em 150 ml (1 xícara) tem 103mg de cafeína, a de expresso tem 120mg e uma de chá verde tem 30mg. Muitos preferem a suplementação por cápsulas, que facilita a ingestão da quantidade necessária. É muito importante ressaltar que o uso de cafeína mal administrado poderá causar dependência e sintomas como dores de cabeça, irritabilidade e cansaço, que poderão ser desencadeados pela interrupção do uso da cafeína. Algumas pessoas são sensíveis à cafeína e podem não se sentir bem. Não é indicado seu uso à noite, já que causa agitação e pode prejudicar o sono, que é tão importante em qualquer atividade física. Portanto, procure um nutricionista para avaliar se é realmente indicado para você e a dose certa de acordo com o seu biotipo e objetivo. Convém lembrar, também, que a cafeína pode agravar certos problemas como gastrites, úlceras, anemia. Em indivíduos com determinadas patologias, como hipertensão, o uso é contra indicado.
×
Esta popup será fechada em 10 segundos...