Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

verdades sobre termogênicos


Tatim
 Compartilhar

Post Destacado

   Chegando a o verão, inicia também dietas para reduzir percentual de gordura, buscando definição muscular, e muitas vezes é associado o uso de suplementos ou fármacos termogênicos, a fim de potencializar os resultados. No entanto, o que quero trazer nesse texto são algumas reflexões a respeito desses produtos, sobretudo esclarecer alguns pensamentos errados sobre eles e acabar com as esperanças daqueles que acham que só eles irão trazer algum resultado.

   Por definição, os termogênicos são substâncias que geram calor a partir de calorias (termo=calor, gênico=gerador), além de ter potencial efeito anorexígeno, isso é, produz redução de apetite, e causa aumento de disposição para prática esportiva uma vez que grande parte desses compostos tem substâncias estimulantes do sistema nervoso central (como cafeína, efedrina, entre outros). Desde já, deixo claro que ele irá apenas ser um auxiliador no processo de emagrecimento, e nada mais. Caso o plano dietético não estiver adequado para isso, ou seja, sem déficit calórico, pode tomar o melhor produto do mercado que você não vai emagrecer, podendo até engordar a depender da dieta. Acho que já ficou claro que termogênico não passa de um recurso, uma carta na manga, no processo de perda de peso e sozinho não faz milagre.

   Agora fica a questão, o quanto que ele ajuda nesse processo? Vale a pena usar, visto que a a maioria desses produtos não são baratos (mesmo os que são a base de cafeína, o que vale uma observação: se você compra um produto a base de cafeína vendido sob a forma de termogênico, pode ter certeza que pagará muito mais caro do que comprar apenas cafeína de forma isolada, isso mesmo, você está sendo completamente iludido)

   Quando falamos do eficácia termogênica, podemos nos atentar principalmente ao aumento do gasto calórico induzido pela substância. A maioria dessas substâncias não tem ação prolongada no organismo, sendo assim, o aumento do gasto calórico vai ser por pouco tempo. Cito a duração de 3 substâncias frequentemente usadas com essa finalidade:

·         Taurina: Pico plasmático 2h; meia-vida 1-2h

·         Cafeína: Pico plasmático 30-45 minutos; meia-vida 3-5h

·         Efedrina (menos comum, uma vez que não é liberada pela ANVISA): Pico plasmático 1-4h; meia vida 3-6h

 

 

 

  Certo, sabemos que seus efeitos de potencializar o gasto energético tem tempo restrito. Mas e quanto que é aumentado? Alguns estudos demonstraram que a cafeína tem aumento de apenas 10-15% do gasto calórico durante o exercício e a efedrina, considerado uma substâncias muito mais potente, chegando no máximo a 20%. O que isso quer dizer: em uma atividade que sem cafeína você gastaria 200Kcal, com ela você gastaria 220-230Kcal, ou com efedrina 240Kcal.     Ressalta-se que nesse estudo o uso dessas 2 substâncias não demonstrou ter repercussão significativa na taxa metabólica basal. Então, tratando-se de questões calóricas não parece compensar, muito mais vantajoso e fácil cortar 40kcal na dieta, não acha?

   Outra substância também usada com a mesma finalidade é o Clembuterol (tem grande efeito termogênico, mas é um fármaco broncodilatador), ele, diferente das outros, tem um efeito considerável não apenas no gasto energético durante o exercício, como também na TMB, podendo aumentar em 30% o gasta energético basal, isso é, se sua TMB é 2000Kcal ao utilizar esse fármaco ela pode aumentar em até 600Kcal. No entanto, por se tratar de uma droga simpaticomimética, ela tem muitos efeitos adversos, tais como: tremor, agitação e taquicardia. Sendo assim, ela é uma substância não recomendado sem acompanhamento profissional, sobretudo se estivermos falando de um paciente com sobrepeso (no qual muitas vezes está associado doenças como dislipidemias, HAS e DM, e o uso desse fármaco pode causar desfechos cardiovasculares desfavoráveis, como IAM). Na verdade, o fármaco foi desenvolvido para tratar distúrbios respiratórios, por se tratar de um broncodilatador, mas de forma off-label é usado para fins estéticos.

   Saindo da esfera de discussão a respeito do efeito sobre o gasto energético, falamos sobre quando é válido inserir um produto termogênico dentro de um contexto que tenha como objetivo o emagrecimento e já tenha consolidada uma dieta e treino adequado para isso. Ao meu ver, os termogênicos são bem vindos nas fases em que a dieta fica mais restrita e outras estratégias já foram utilizadas (como utilização de exercícios aeróbicos além dos exercícios habituais), isso é, naquele momento em que a ingesta de alimentos já está diminuída e o gasto calórico proveniente de exercícios já está elevado. Nesses momentos é que os detalhes irão fazer a diferença: 80Kcal a menos com a ingesta de um termogênico no final do dia irá ajudar; ter mais disposição para treinar por estimulo do termogênico, uma vez que a energia estará baixa por restrição calórica, irá ajudar; redução do apetite como paraefeito do termogênico em uma fase de restrição alimentar mais acentuada será muito bem vinda.

 

   Uma última observação que deve ser feita é quanto ao tempo de uso do termogênico: em geral, eles são feitos de substâncias estimulantes do SNC e, sendo assim, com o passar do tempo o corpo cria certa resistências contra elas; logo, o uso prolongado dessas substâncias, por mais de 30 dias, em média, acabam por não ser vantajoso porque com o tempo sua eficácia diminui e para manter os efeitos desejados é necessário aumentar a dose, por outro lado, por se tratar de estimulantes, ao aumentar a dose colaterais virão, incluindo no sistema cardiovascular e no sistema nervoso.

   A grande verdade sobre o motivo do uso indiscriminado de termogênicos não pode ser outra: as pessoas não querem fazer sacrifícios para obter o resultado desejado e acabam depositando falsas esperanças em um produto, achando que ele irá, sozinho, fazer milagres, gastando dinheiro atoa na grande maioria das vezes, uma vez que não tem nem um treino nem uma dieta adequada para o objetivo que almejam. É um tapa na cara que precisa ser dado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Madrugão suplementos

Não jogue dinheiro fora

Compre suplementos bem mais baratos com o cupom de desconto do FISIculturismo.com.br

Clique aqui para obter seu cupom

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
 Compartilhar

×
×
  • Criar novo...