Entre para seguir isso  
Seguidores 0
glaucorocha

Pra que serve essa fórmula estranha?

Avalie este tópico:

12 posts neste tópico

Olá galera. Meu instrutor me receitou a manipulação da seguinte fórmula.

L-Carnitina - 1000 mg
Maauang - 300 mg
Cafeína - 100 mg
Picolinato de Cromo - 200 mcg
Vanádio - 40 mcg

Custo da farmácia de manipulação - R$ 58,00 (30 cápsulas).

Alguém sabe pra que serve exatamente essa fórmula?

Um abraço a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Olá galera. Meu instrutor me receitou a manipulação da seguinte fórmula.

L-Carnitina - 1000 mg

Maauang - 300 mg

Cafeína - 100 mg

Picolinato de Cromo - 200 mcg

Vanádio - 40 mcg

Custo da farmácia de manipulação - R$ 58,00 (30 cápsulas).

Alguém sabe pra que serve exatamente essa fórmula?

Um abraço a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Pra perda de gordura, particao de nutrientes, energia e definicao. Tambem um pouco pra controle de insulina e mobilizacao da lipolise.

Mas eu nao esperaria nada muuuito espetacular.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

aproveitando o assunto

ja fazendo um gancho

alguem poderia me falar sobre sulfato de vanádio?

no caso de manipula-lo, compensa? qual a dosagem?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Olá galera. Meu instrutor me receitou a manipulação da seguinte fórmula.

L-Carnitina - 1000 mg

Maauang - 300 mg

Cafeína - 100 mg

Picolinato de Cromo - 200 mcg

Vanádio - 40 mcg

Custo da farmácia de manipulação - R$ 58,00 (30 cápsulas).

Alguém sabe pra que serve exatamente essa fórmula?

Um abraço a todos.

termogenico com efedrina.

so por curiosidade ele que passou uma receita o a farmacia manipula sem receita?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Ele me receitou a fórmula e a farmácia de manipulação (também indicada por ele) orçou sem questionar.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Olá galera. Meu instrutor me receitou a manipulação da seguinte fórmula.

L-Carnitina - 1000 mg

Maauang - 300 mgCafeína - 100 mg

Picolinato de Cromo - 200 mcg

Vanádio - 40 mcg

Custo da farmácia de manipulação - R$ 58,00 (30 cápsulas).

Alguém sabe pra que serve exatamente essa fórmula?

Um abraço a todos.

Pelo que sei , recomenda-se não ultrapassar 100 mg por dia desta droga .

Este produto (a forma herbal da efedrina )pode te levar a um ataque cardíaco , pois ele acelera os batimentos cardíacos .

Fica esperto e não caia nestes "milagres" .

Treino e paciência são os melhores suplementos .

Vai na fé .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

formula de termogênico , porem muuito estranha, 300 mg de efedrina ?? isso nao exite, pra uma pessoal saudavel o maximo q o coração dela suporta é 100 mg, mto estranho !!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!
Pra perda de gordura, particao de nutrientes, energia e definicao. Tambem um pouco pra controle de insulina e mobilizacao da lipolise.

Mas eu nao esperaria nada muuuito espetacular.

eu esperaria..

300 mg. de ma huang é bem mais do q contém nos thermo pros da vida

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

eu esperaria..

300 mg. de ma huang é bem mais do q contém nos thermo pros da vida

o DYMA-BURN XTREME tem 350mg de Ma Huang (que equivalem a 21mg de Efedrina).

Ripped Fuel Definition 334mg de Ma Huang (20mg de efedrina)

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Gostou? Compartilhe!

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Gostou? Compartilhe!
  • Conteúdo Similar

    • Por Gamma Senpai
      Algumas informações do Leandro Twin sobre o OxyElite Pro que estou repassando para vocês:
      1,3,7-Trimetilxantina
      Descobri que existe uma substância chamada Trimetil. Na verdade seu nome científico é 1,3,7-Trimetilxantina.
      Esta substância é potente pra queima de gordura, redução de apetite, maior disposição, diurética, etc.
      Essa substância pura tem um ótimo efeito e está presente nos termogênicos nacionais e importados fabricados no Brasil e muitos pré-treinos, de forma totalmente pura, sem nenhum tipo de adição de auxilares.
      É vendido pelo preço de 200-300 reais.
      Essa substância também é conhecida como cafeína anidra ou simplesmente cafeína e pode ser manipulada por 50 reais.
      Vc paga 5x mais caro por que no rótulo tem um monte de informação lixo que tira o seu foco do que importa: a sincera tabela nutricional.
      Oxyelite PRO, Red Line, Termogenic Push, e esses importados que são fabricados no Brasil = TUDO CAFEÍNA. Tem fórmula DIFERENTE do mesmo produto vendido lá fora.
      Faça um boicote e compre cafeína manipulada, dá no mesmo e vai economizar umas 3 onças.

    • Por Loirafitness
      Cromo é um mineral capaz de aumentar a sensibilidade do corpo à insulina, ou seja, ele ajuda a potencializar a função da insulina que é responsável pela distribuição do açúcar no corpo sempre que comemos. O cromo existe naturalmente nos nossos alimentos, mas a maior parte dele pode se perder quando os alimentos são refinados ou processados. Assim, muitas de nossas dietas são deficientes em cromo. Alimentação de baixo valor nutritivo, refrigerantes e excesso de açúcar também podem esgotar as nossas reservas de cromo, por isso é importante à suplementação com esse mineral.
      O cromo é um cofador da insulina. Em outras palavras, se o seu corpo não tiver cromo suficiente, ele precisará de mais insulina para fazer o seu trabalho. Assim, uma quantidade extra de insulina é liberada sempre que alimentos ou bebidas ricos em açúcar ou em carboidratos são consumidos. O cromo GTF é o cromo com fator de tolerância a glicose. No entanto, você precisa ter certeza que ele é biologicamente ativo.
      Outras formas de cromo incluem o polinicotinato de cromo. O picolinato permite que o cromo entre imediatamente nas células do corpo, onde o mineral pode então auxiliar a insulina a fazer o seu trabalho com mais eficácia. Entretanto, testes feitos com essa variedade de cromo indicaram a possibilidade de ocorrerem alguns problemas. Portanto, recomenda-se escolher outra variedade por motivos de segurança.
      O suplemento de cromo mostrou ser capaz de diminuir a gordura, e também aumentar a massa corporal magra. Isso se deve ao aumento de sensibilidade à insulina. A dose normal de cromo é de aproximadamente 200 a 400 microgramas por dia. A ingestão desse mineral também é de extrema importância para a prevenção de diabetes. Ele também ajuda a diminuir o colesterol e a evitar doenças do coração. 
      Fontes naturais de cromo são encontradas em carnes, queijo, cereais integrais, levedura de cerveja, cogumelo e nozes.
       
      Fonte: Don Colbert, M.D. – Livro “A Cura Bíblica para Perda de Peso e Ganho Muscular".

    • Por fisiculturismo
      Somente quem está fazendo uma dieta restritiva em carboidratos (low carb) sabe o quanto o humor fica pessimamente alterado, além de ser evidente a queda no desempenho físico.
      A cafeína é bem conhecida como uma substância capaz de aumentar a performance nas atividades físicas por reduzir o grau subjetivo de fatiga e esforço.
      Um grupo na Griffith Universy In Australia estudou se a cafeína poderia superar a queda de performance dos indivíduos sujeitos a dietas restritivas em carboidratos.
      Foram analisadas pessoas em dietas restritivas em carboidratos e pessoas em dietas sem restrição de carbo. Além disso, dentro de cada grupo, algumas pessoas receberam uma pequena dose de cafeína (3mg por kg de peso corporal - ex. um indivíduo de 80 kg receberia 240mg) ou um placebo. Todos realizaram exercícios de alta intensidade.
      Os pesquisadores descobriram que os indivíduos que ingeriram cafeína tiveram aumento de performance, seja no grupo em dieta restritiva em carboidratos, sejam em dieta não restritiva.
      Os indivíduos em dieta restritiva em carboidratos não tiveram o mesmo desempenho daqueles em dieta sem restrição, mas a cafeína ajudou a melhorar a performance física.
      Concluíram os cientistas que a cafeína pode aumentar a performance física independentemente da concentração de glicogênio nos músculos, mas ainda assim não seria capaz de equiparar o desempenho do indivíduo em dieta restritiva em carbo com o indivíduo em dieta sem restrição.
      Fonte:
      Carb-Free Focus: Caffeine Enhances Performance onLow-Carb Diets. FLEX, pp. 128, maio de 2013.
    • Por DosSantos
      Olá pessoal! Bom, sou novo aqui no site assim como também no esporte. Já venho numa rotina de treino sério faz uns quatro meses e tive bons resultados. Entretanto pessoal, apesar dos músculos, também adquiri gordura abdominal e infelizmente ela tem estragado meu shape. Eu tenho 26 anos e tenho um corpo bem condicionado a treinamentos pesados, e também já estou ajustando a dieta pra secar. Enfim, quais as vantagens de tomar L carnitina e um termogênico juntos nessa fase de cutting? 
    • Por Rafael Bracca dos Santos
      A L-carnitina é um nutriente produzido naturalmente pelo nosso corpo através da Lisina, Metionina, Vitamina C, B3, B6 e ferro. Mas devido a nossa grande demanda através de nossas atividades diárias, não conseguimos aproveitar ao máximo os efeitos desse excelente nutriente sendo assim necessária sua suplementação para efeitos mais acentuados quanto à energia e queima de gordura.
      Uma das justificativas mais usadas para o uso da l-carnitina é que por não ser neuro-estimulante, ou seja, não ser à base de xantinas ou outras inas, a mesma não causa aceleração cardíaca nem sensações de pilha e alerta se tornando ótima opção até para cardíacos que visam perda de peso e definição corporal.
      A L-Carnitina tem ações biológicas de extrema importância como ser responsável por aumentar as defesas imunológicas de nosso corpo, baixar os níveis de colesterol ruim, aumentar diversas capacidades mentais, queima da gordura na mitocondria gerando energia aos musculos dentre diversos outros benefícios com seu uso via suplementação isolada.
      Ao contrário do que muitos acreditam e pregram, os termogênicos NÃO devem ser utilizados pré-treino tendo em vista que o momento do treino já é um horário de natural termogênese. O uso de um termogênico no período pré-treino irá causar um efeito tampão neste momento natural sem falar na energia “falsa” não advinda de energia muscular, mas neurotransmissora que o termogênico produz, o que pode ser ainda mais catabolítico neste momento. Em outros horários onde o indivíduo realmente necessita desta aceleração certamente ele não o faz.
      DOSES E EFEITOS ADVERSOS
      Sua dose indicada é de 2 a 6g por dia para resultados satisfatórios, dose dependente de PROTOCOLO, dieta, treino, tipo físico e fase de treinamento em que se encontra. Não se tem relatado na literatura efeitos adversos com o uso desta amina.
      REFERÊNCIAS
      1. Laurberg P, Andersen S, Bulow P, I, Carle A. Hypothyroidism in the elderly: pathophysiology, diagnosis and treatment. Drugs Aging. 2005;22(1):23-38.
      2. Jayakumar RV. Hypothyroidism. J Indian Med Assoc. 2006 Oct;104(10):557-60, 562.
      3. Heitman B, Irizarry A. Hypothyroidism: common complaints, perplexing diagnosis. Nurse Pract. 1995 Mar;20(3):54-60.
      4. Caturegli P, Kimura H, Rocchi R, Rose NR. Autoimmune thyroid diseases. Curr Opin Rheumatol. 2007 Jan;19(1):44-8.
      5. Maji D. Hyperthyroidism. J Indian Med Assoc. 2006 Oct;104(10):563-7.
      6. Sinclair C, Gilchrist JM, Hennessey JV, Kandula M. Muscle carnitine in hypo- and hyperthyroidism. Muscle Nerve. 2005 Sep;32(3):357-9.
      7. Olson BR, Klein I, Benner R, et al. Hyperthyroid myopathy and the response to treatment. Thyroid. 1991;1(2):137-41.