Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Erik DF

Pra que serve a Dextrose ?

Avalie este tópico:

12 posts neste tópico

Eu pratico Wrestling a 1 ano mais ou menos e estou prestes a entrar num campeonato , não sou forte nem quero ficar , mas preciso tomar alguma coisa pra pegar mais gas durante os treinos , não quero tamar nada que possa ter um efeito colateral futuramente , até por que eu já tive epatite e tal .
Então eu vi uma tal de DEXTROSE na farmacia e o cara falou que é natural , más eu fico na duvida .
Alguem sabe me dizer se este é ralmente natural ou tem alguma contra indicação ou vcs acham que eu devo procurar um medico antes ?????
Grato !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

dextrose eh glicose.. eh natural sim, mas, tipo, isso nao vai t dar nenhum gas a + q vc precisaria... tenta arranjar um estimulante.. sei la.. toma malto antes.. alguma coisa assim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
dextrose eh glicose.. eh natural sim, mas, tipo, isso nao vai t dar nenhum gas a + q vc precisaria... tenta arranjar um estimulante.. sei la.. toma malto antes.. alguma coisa assim.

Opa amigo jyraia muito obrigado pela resposta .

Desculpe minha ignorancia mas o que é este tal de malto e isto da mais gas ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dextrose nada mais é que um Carboidrato derivado da conversão enzimática do milho, é de alto índice glicêmico. Índice glicêmico (IG), é o fator que diferencia os carboidratos. É através do IG, que medimos a velocidade com que os carboidratos entram na corrente sangüínea.

A dextrose possui a mesma fórmula química da glicose sangüínea (açúcar do sangue), não necessitando de digestão. É ideal para tomar quando se necessita de energia ime-diata e/ou logo após o treino, sendo o transporte ideal da creatina.

Sabores:

Natural, frutas cítricas, abacaxi, laranja, uva e açaí com guaraná

Na minha opinião é uma ótima opção !!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desxtrose nada mais é que um carboidrato derivado da conversão enzimática do milho, é de alto índice glicêmico. Índice glicêmico (IG), é o fator que diferencia os carboidratos. É através do IG, que medimos a velocidade com que os carboidratos entram na corrente sangüínea.

A dextrose possui a mesma fórmula química da glicose sangüínea (açúcar do sangue), não necessitando de digestão. É ideal para tomar quando se necessita de energia ime-diata e/ou logo após o treino, sendo o transporte ideal da creatina.

Existem nos sabores:

Natural, frutas cítricas, abacaxi, laranja, uva e açaí com guaraná

Na minha opinião , uma ótima opção

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Dextrose nada mais é que um Carboidrato derivado da conversão enzimática do milho, é de alto índice glicêmico. Índice glicêmico (IG), é o fator que diferencia os carboidratos. É através do IG, que medimos a velocidade com que os carboidratos entram na corrente sangüínea.

A dextrose possui a mesma fórmula química da glicose sangüínea (açúcar do sangue), não necessitando de digestão. É ideal para tomar quando se necessita de energia ime-diata e/ou logo após o treino, sendo o transporte ideal da creatina.

Sabores:

Natural, frutas cítricas, abacaxi, laranja, uva e açaí com guaraná

Na minha opinião é uma ótima opção !!!

Muito obrigado isartori

Mas esta Creatina não tem nenhuma contra indicação ??

Um vez eu vi uma reportagem falando sobre a polemica da Cretina causar ou não problemas no figado , a revista alegava que sim apesar de todos diserem que não .

Vc acha que eu deveria tomar creatina, sendo que eu já tive epatite ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se vc quer um pique antes do teu treino ( tipo meia hora antes ), tome 2 colheres de sopa de MEL puro e 4 ou 5 colheres de sopa de MALTODEXTRINA .Duvido que não ganhe um " gás "!!

fALOW

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É bem provável que você nunca tenha ouvido falar em efeitos colaterais desse aminoácido (Creatina) tão divulgado no meio esportivo. O que existe, na realidade, são indagações que os médicos costumam fazer, mas sem embasamento científico. São elas: e se a creatina se concentrar no cérebro e no coração? Quais seriam as consequências? Quais são os efeitos da suplementação a longo prazo? Os rins são sobrecarregados? Essas são apenas algumas das indagações que exigem resposta. Alguns anos atrás, quando as vendas da creatina explodiram no mercado americano, tentaram cuplar o suplemento pela morte de dois jogadores de futebol americano. A verdade é que não

havia provas. Somente após um exame detalhado chegou-se à conclusão que a creatina não tinha nada que ver com a morte dos atletas. Eles faziam uso de anabolizantes e morreram devido a problemas causados pela droga. Outro problema que se deve ter em mente é o da desidratação. Até onde eu sei foi registrado apenas um caso de desitratação por causa da creatina nos EUA.

Por isso recomendo que beba muita água enquanto estiver fazendo uso do suplemento. Enquanto a indústria afirma que a creatina é 100% segura, eu recomendo moderação. Não consuma quantidades exageradas, esperando um resultado espetacular. Apenas siga as instruções do fabricante. Como efeitos colaterais de curto prazo, alguns podem sentir desconforto estomacal e diarréia. Reduza a dose ou compre a creatina micronizada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa amigo jyraia muito obrigado pela resposta .

Desculpe minha ignorancia mas o que é este tal de malto e isto da mais gas ?

Eu pessoalmente nao posso confirmar, pq vo compra hj um saco pra min :lol:

mas tudo indica q sim, varias pessoas tmb.. eh Maltodextrina o nome, todos chaman d malto, eh puro carbohidrato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

faz assim com a creatina, se for comprar nacional, compra a da Probiotica Micronizada de 300g, se for comprar uma importada (+ $ ) melhor! Twinlab, Prolab, EAS, UNiversal.. todas boas, mas procure comprar uma q tenha a partir d 225 gramas! pois o ciclo de crea se faz assim:

1os 5 dias (fase de saturaçao) - 20g por dia divididos em 4 doses d 5g ao longo do dia com espacamento minimo d 3 horas entre cada

25 outros dias (fase de manutençao) - 5 gramas por dia, apos treinar, de preferencia tome junto com dextrose! (ela ajuda no transporte da creatina)

depois disso pare de tomar durante 2 meses senao eh perda de dinheiro.. no 3o mes vc jah pode tomar d nvo durante + 1 mes...

resumindo, 1 mes ON, 2 meses OFF..

PS: vi agora q vc teve hepatite jah.... hmmm dae eu n posso audar! eu realmente nao se se teria algum efeito maligno no seu organismo.. eh bom msm vc tomar muita agua enquanto usa ceratina, mais ou menos uns 3 ou 4 litros por dia, pra nao sobrecarregar os rins.

flw aee! :lol:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os Americanos tomam da seguinte forma: na primeira semana tome 5g quatro vezes por dia. Nas duas semanas seguintes, tome 5g duas vezes ao dia somente. Depois dessas três semanas, fique duas sem tomar nada e recomece o ciclo. Entretanto, você deve estar ciente de que essa forma de administração pode sobrecarregar a atividade de seus rins.

Na minha opinião a melhor forma de tomar a creatina sem forçar excessivamente o funcionamento do organismo é mais simples: tome sempre 5g duas vezes ao dia, sem pausas. Muitos culturistas divergem sobre a necessidade de uma fase de carregamento (loading).

Dizem que é invenção da indústria para aumentar o consumo. Por outro lado, alguns defendem com unhas e dentes o loading, responsável pela rápida visualização de resultados. Escolha o que lhe parecer mais conveniente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

  • Conteúdo Similar

    • Qual creatina e dextrose comprar?
      Por BigDias.
      Vou comprar um WHEY GOLD + DEXTROSE + CRATINA. QUERIA SABER QUAL A MELHOR DA CREATINA E DEXTROSE NO MERCADO ! FLW VLW
    • Ciclo de 12 Durateston
      Por WILL_DIRK
      Sou personal no Rio de Janeiro, treino há 15 anos e resolvi mandar 12 duras pra dar um levante .
      Junto com suplementos que sempre uso, exceto a creatina que mando 2 meses e paro 1.
      durat: 1 - 2 - 2 - 2 - 2 - 1 - 1 - 1 ( ainda não decidi se na sexta semana mando duas duras e paro em 7 semanas ou mando uma na sexta semana e alongo para 8 semanas 
      até agora ja tomei 3 duras . ja ganhei 4 kg mas com certeza foi minha alimentação e dedicação nos treinos que mudaram. 
      foto antes do início do ciclo

       
      foto segunda semana
       
       
      foto início da terceira semana (hoje 11 de janeiro de 2016)

       
      To fazendo um grupo muscular por semana .. minha recuperação sempre foi lenta .... 
      abs a todos
    • Quando devo tomar meu shake de Whey Protein com Dextrose?
      Por Samuel Melo
      Olá sou atleta de Polo Aquatico, treino de segunda a sexta com o seguinte treino.
       
      Academia por 01h30 aproximadamente, logo após vou jantar no clube mesmo, espero a digestão e entro na piscina onde treino por 02h30. 
       
      Bom queria saber a hora certa de tomar meu shake de whey+dextrose, para que tenha uma melhor absorção de nutrientes. Os treinos são puxados pois é rendimento.
       
      Meu objetivo maior é o rendimento e o ganha de massa muscular portanto gostaria da ajuda de alguém que entende do assunto, OBG!
    • Suplementação intra-treino e importância do CORTISOL (DUDU)
      Por duduhaluch
      Recentemente se tornou comum o uso de suplementos intra-treino por fisiculturistas e adeptos da musculação, como carboidratos (maltodextrina, dextrose), com a finalidade de repor energia, e aminoácidos como BCAAS e glutamina, que prometem efeito anti-catabólico [1]. Essa ideia equivocada tem como pressuposto o fato de durante o exercício físico o corpo aumentar a liberação de hormônios catabólicos, como o cortisol e também as catecolaminas (adrenalina e noradrenalina). O equívoco está em desprezar os efeitos benéficos da atividade desses hormônios, olhando ingenuamente apenas pelo lado do catabolismo proteico.
       
      Durante o exercício ocorre aumento da concentração plasmática de glicose pelas ações combinadas de glucagon, adrenalina, noradrenalina e cortisol. Esses hormônios promovem a glicogenólise (degradação do glicogênio em glicose no fígado e no músculo) e gliconeogênese (síntese de glicose a partir de aminoácidos), aumentando assim a quantidade de glicose disponível para uso como fonte de energia. A insulina ajuda a glicose liberada a penetrar nas células, onde o açúcar pode ser utilizado para a produção de energia. No entanto as concentrações de insulina declinam durante o exercício, indicando que o exercício aumenta a sensibilidade das células a esse hormônio, de modo que há necessidade de menor quantidade de insulina durante o exercício em comparação com as necessidades do indivíduo em repouso. Quando as reservas de carboidrato estão baixas, o corpo se volta mais para a oxidação das gorduras para obter energia, e a lipólise (queima de gordura) aumenta. Esse processo fica facilitado pelos baixos níveis de insulina durante o treino e pelo aumento das concentrações de adrenalina, noradrenalina, cortisol e hormônio do crescimento (GH) [2].
       
      A insulina é o grande inibidor da lipólise. A diminuição das concentrações de insulina durante o exercício ocorre sobretudo devido à ação da adrenalina e da noradrenalina em inibir a liberação de insulina pelo pâncreas. O aumento da insulina antes e durante a atividade física pode inibir a lipólise. O uso de aminoácidos, como a leucina, também estimulam a liberação de insulina, portanto o uso de suplementos como BCAAS e carboidratos durante o exercício vão diminuir a lipólise, não só por estimularem secreção de insulina, mas também porque uma maior oferta de carboidratos durante o exercício vai alterar a proporção do uso dos substratos (usando carboidrato ao invés da gordura) como fonte de energia [3].
       
      A preocupação do catabolismo proteico durante o exercício e a tentativa de inibir ação do cortisol durante o treinamento de força são duas ações que considero improdutivas, não só pela redução da lipólise, mas também porque o cortisol é um hormônio necessário nas adaptações ao exercício de força, provavelmente atuando nos processos de reparação tecidual. Em condições normais, o cortisol não justifica a fama de hormônio cuja concentração, uma vez aumentada, provocaria um aumento do catabolismo da massa muscular [4]. Finalmente,  estudos demonstram que em condições de estresse prolongado (um determinado exercício) há diminuição da secreção de cortisol (após 30-45 minutos de exercício), tornando infundado o medo de catabolismo muscular durante o treino. Segundo Chris Aceto:   ”Níveis elevados de cortisol permitem o efeito máximo, tanto do GH como da adrenalina. GH e adrenalina estimulam o corpo a quebrar a gordura corporal (lipólise). Se os níveis de cortisol estiverem elevados, você quebra mais gordura do que se eles não estiverem elevados. Cortisol também estimula a quebra das células de gordura independente dos níveis de GH e adrenalina. As chances de um corpo treinado inibir taxas elevadas de cortisol são muito maiores do que daquele corpo estressado, acima do peso, e que não se exercita. Minha opinião sobre o cortisol é de que, na realidade, ele é benéfico para entrar em forma” [5].
       
      Sem contar que um corpo sadio prefere usar carboidratos e gorduras como fonte de energia, sendo que não mais que 5-10% de proteína são usadas como fonte de energia durante a atividade física, então suplementar aminoácidos durante o treino para um atleta de força é totalmente desnecessário e improdutivo, pois pode afetar negativamente a lipólise e reduzir os efeitos benéficos e sinérgicos do cortisol.
       
      REFERÊNCIAS:
       
      [1]  rodolfoperes.com.br/blog/1733/suplementacao-intra-treino–quando-e-quem-deve-utilizar.aspx
      [2] Fisiologia do Esporte e do Exercício, 5ª edição.
      [3] Estratégias de Nutrição e Suplementação no Esporte, 2ª edição.
      [4] HIPERTROFIA HIPERPLASIA, 3ª edição.
      [5] treinoinsano.com.br/novo/index.php?/topic/4448-refletindo-sobre-o-cortisol-por-chris-aceto/
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Cortisol
       
      abraços, DUDU HALUCH
    • Posso tomar whey + dextrose pós treino para emagrecer?
      Por Maycon_medeiros
      Pretendo emagrecer um pouco e ganhar massa magra, é recomendável tomar whey junto com dextrose no pós-treino?