Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Creatina engorda? Aumentam as gorduras da barriga?


Morph
 Compartilhar

Post Destacado

Vejamos o uso da creatina sem relação com a dieta.. eu começei a tomar o xpand e ganhei alguns bons cm's mas parece q as gorduras q eu tinha na barriga aumentaram tb! principalmente as laterais.. creatina vai para o tecido adiposo tb? auehuae pior q meu amigo ta tomando creatina (sem ser o xpand) e falo a mesma coisa! oq pode ser isso?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Ela aumenta a retenção de agua nas celulas. E isso aumenta o peso do corpo... mas gordura mesmo, tecido adiposo creio que nao.

Estou tomando Da Universal tem quase um mes e realmente aumentou meu peso. E a barriga continua sendo o meu maior problema.

4x 60 pelo menos 4 dias na semana e nada de melhoras. Talvez ate piorou pq estou fazendo uma dieta hipercalorica. Comendo mais do que consumo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom,pelo que eu saiba a Creatina aumenta a retenção de água nas células musculares,ja li bastante sobre Creatina e nunca vi nada relacionado a influencias diretas sobre o tecido adiposo.

Tbm nunca ouvi relatos de pessoas que tomaram Creatina e aumentaram o % de gordura.

Eu mesmo ja usei e ganhei 2 kg em 1,5 mês,e foram 2 kg apenas de massa muscular,nada de gordura.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Visitante Cembranel

Boa tarde galera, sou novo aqui no fórum.

A respeito dos boatos de que creatina causa pedra nos rins entre outros efeitos colaterais, alguém poderia me informar sobre isso? Até onde eu sei a creatina foi proibida de ser vendida no Brasil...

Alguem pode me dizer ou me redirecionar para alguns tópico que fale a respeito? Sou novato (malho há um ano) e gostaria de saber mais sobre a creatina.

Obrigado

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 meses depois...

Ou sempre quando vejo isso me da uma raiva pq esse povo enche a cara de creatina de qualquer jeito come qualquer coisa engorda e a culpa é sempre da droga nunca foi ele que cumeu de mais -.-

O que é CREATINA ?

Imagine uma substância natural que faça você ganhar de 4 a 7 kg de massa muscular dentro de 1 a 2 semanas de uso regular e que não cause efeitos colaterais. Você tomaria ?

Na verdade toda a comunidade atlética mundial está tomando ou já tomou algum tipo de creatina. A Creatina tornou-se o suplemento esportivo mais amplamente utilizado e o mais cientificamente testado de todos os tempos. A Creatina é, sem dúvida, a "superestrela" de todos os suplementos atualmente existentes.

A prova real e concreta das experiências que têm sido feitas com creatina demonstraram que este influente suplemento veio para ficar. Creatina é um composto produzido naturalmente pelo nosso organismo para fornecer a energia necessária aos nossos músculos. Creatina é produzida pelo fígado e em seguida é levada pelo sangue para as células dos músculos, onde é convertida em fosfato de creatina.

Vale ressaltar que esta substância natural não é proibida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) e nem pela FIFA (Federação Internacional de Futebol), dessa forma, vem sendo amplamente utilizada por várias equipes de profissionais em todo o mundo, sendo recomendada para o aumento de massa muscular, maior explosão muscular, diminuir o tempo de recuperação e aumentar a velocidade em esportes.

Nada na suplementação esportiva mundial chega perto desse tipo de sucesso. Sinceramente, não sei explicar o motivo da creatina não poder ser comercializada no Brasil, pois, atualmente, os brasileiros compõem a única população do mundo que não tem o direito de consumir este suplemento legalmente.

Rogério Numeriano, 42 anos, Diretor e Gestor de Pesquisa e Marketing da Vitabrasilnet

Recentemente também mostrou ter efeitos positivos no aumento da energia cerebral e que a substância pode melhorar a capacidade mental. Neste caso, a suplementação de creatina pode ser usada para quem precisa melhorar a capacidade cerebral a curto prazo, como estudantes universitários.

Nosso corpo geralmente produz cerca de 2 gramas de creatina por dia. A creatina é um nutriente formado por três aminoácidos específicos e que também é achado em vários alimentos, como a carne vermelha, peixe, entre outros. A creatina e um precursor essencial na produção de energia do músculo e pode ser armazenada em abundância no tecido muscular. Aumentando as concentrações de creatina no músculo, atletas podem se recuperar mais depressa entre exercícios intensos, como treinamento de peso.

Mais de 95% da creatina do corpo está armazenado dentro das células musculares. Os principais estudiosos acreditam que a maioria dos atletas podem armazenar mais creatina do que normalmente é obtida pela dieta. A suplementação deste produto ajuda a “saturar” seus músculos com creatina. Quando o músculo armazena doses extras de creatina, há mais combustível reservado para exercícios intensos que podem resultar em aumentos significativos de energia. Muitos usuários de creatina relataram aumentos significativos de força depois de usá-la por apenas uma semana!

É sabido também, que quanto mais creatina uma célula do músculo levar, também eleva-se a quantidade de água em seu interior, isto é, promove um fenômeno chamado volumização das células ou hidratação intracelular. Quando você toma creatina, a célula muscular é hidratada e ela aumenta de tamanho. Quando a água entra no músculo, ela cria um ambiente muito mais propício para o crescimento de novos músculos, pois a água leva também para dentro do músculo muitos nutrientes importantes, como as proteínas, vitaminas, aminoácidos, minerais, entre outros.

VOLUMIZAÇÃO CELULAR não promove a retenção de água nas células (o qual produz um aspecto inchado), ela promove hidratação intracelular.

Pense em suas células musculares como balões de água individuais (músculos são compostos por 70% de água). Se você puder colocar mais água dentro deles, eles se tornam maiores e mais firmes - se você retirar a água, eles se tornam menores e mais flexíveis. Quando os músculos começam a "inchar" com creatina e água, e se você treinar com pesos, eles ficam bem mais "bombeados".

Os primeiros cinco a sete dias de uso da creatina é a “fase de saturação” (ou carregamento). Isso significa que você precisa tomar quantias extras de creatina para saturar seu tecido muscular.

Por que usaria CREATINA ?

Como é o objetivo de muitos suplementos que hoje estão no auge, incluindo L-glutamina e HMB, a creatina é usada na tentativa de impulsionar os níveis de força, acentuar ganhos no tamanho e na força do músculo, prevenir avaria no tecido muscular, que pode ocorrer após exercícios intensos. Durante a suplementação com creatina, um atleta pode aumentar seus níveis de creatina no músculo e assim produzir mais energia durante rápidas e intensas “explosões” de força, como treinamento com peso e corrida de velocidade. Este é o principal motivo da popularidade da creatina nos últimos anos. Os atletas estão descobrindo que eles podem correr mais rápidos, levantar mais pesos e pular mais alto usando creatina. É verdadeiramente o suplemento dos esportes de hoje. Além de fornecer aos atletas mais força por curtas durações de tempo, a creatina também atua como um volumizador da célula, semelhantemente à Glutamina. O aumento celular é o processo pelo qual moléculas de água são puxadas para dentro da célula do músculo, ajudando-a a mostrar-se “cheio” ou mais “bombeado” e, desse modo, a célula muscular fica mais hidratada e cria todas as condições favoráveis para o crescimento do músculo.

Quais pesquisas foram feitas sobre CREATINA ?

A quantidade de estudos feitos sobre creatina é numerosa para ser citada aqui. Basta dizer que a creatina é um dos suplementos esportivos mais extensivamente estudado e testado. A maioria dos estudos feitos mostrou a mesma coisa: a suplementação com creatina leva ao aumento muscular, da força e do desempenho. O mais impressionante de tudo é que todos aqueles atletas que usam creatina tendem a ganhar grande quantidade de massa magra no corpo, algumas vezes de 10 a 15 libras (4 a 7 Kg), dentro de uma a duas semanas de uso regular. Este é um suplemento verdadeiramente milagroso e seguro. Também, pesquisa recente mostrou que combinando Creatina com carboidrato de alto índice glicêmico, pode aumentar os efeitos da creatina e ajudar a obter mais creatina dentro do músculo, onde é mais bem utilizada.

Que dose de CREATINA deve ser tomada ?

Até o momento não existe um roteiro definitivo sobre como e que quantidade de creatina deve ser tomada. A maioria dos especialistas concorda que grandes quantidades devem ser tomadas como a “fase de saturação”, para a primeira semana da suplementação, quando o corpo está mais propício. Isto cria ganhos fenomenais no tamanho, na força e no desempenho do músculo em menos de uma semana. Para esta fase de saturação 5 gramas tomadas 4 a 6 vezes ao dia, devem ser suficientes - esta dosagem de creatina pode ser ajustada de acordo com o peso corporal do atleta, sendo recomendado 0.3g/Kg/dia - Então, logo que os músculos estejam saturados com creatina, a dose de manutenção pode ser iniciada. Esta deverá variar de 5 a 10 gramas ao dia.

Quais os efeitos colaterais da CREATINA ?

Até o momento nenhum efeito colateral foi atribuído ao uso de Creatina. Algumas pessoas afirmaram que creatina causa cãibras musculares. Isto NÃO foi confirmado por nenhum estudo científico até esta data. Creatina é um nutriente natural produzido por nossos corpos e é acreditado ser seguro.

A creatina é provavelmente o suplemento alimentar mais pesquisado e conhecido da história, existem milhares de experimentos comprovando seus efeitos positivos sem que sejam verificados efeitos colaterais.

Deverei “ciclar” (alternar) CREATINA ?

Não há nenhuma prova sugerindo que “ciclando” a creatina pode ser vantajoso. Entretanto, alguns atletas experimentaram várias maneiras de usá-la, para obter a maioria dos benefícios da suplementação de creatina. Estas incluem um período prolongado usando uma dose de manutenção, isto é 4 a 6 semanas, seguida por outra “fase de saturação” e um (outro ciclo) de 4 a 6 semanas com a dosagem padrão reduzida, seguida por outra fase de carregamento. Como é o caso com toda suplementação, a melhor decisão é a chave do sucesso. Conhecer seu corpo e seus limites é tão decisiva para a própria suplementação como é para o próprio treinamento.

COMO USAR CREATINA

Modo de Usar: Nos primeiros 5 dias de uso, faça uma saturação, com 20 gramas por dia. Tome 1 colher de chá cheia (5 gramas) 4 vezes ao dia, de manhã, ao meio dia, à tarde e à noite. Misture com 250 ml de água ou suco e mexa até dissolver. A partir de sexto dia de uso, faça a manutenção, da seguinte forma, quando treinar tome 1 (uma) medida (colher de chá) antes do treino e outra após o treino; quando não treinar tome apenas uma medida ao dia. A creatina pode ser usado junto com outros suplementos, como aminoácidos, bcaa, proteína do soro do leite e outros. A saturação é uma fase muito importante nos resultados finais da creatina, portanto, dê uma atenção bem especial a esta fase. Resumindo: 20 gramas por dia, nos primeiros 5 dias; depois 10 gramas por dia, quando treinar e 5 gramas por dia, quanto não treinar.

Resultados: Dentro de 10 dias de uso regular os usuários já sentem os resultados. Depois de 30 dias, você pode esperar resultados significativos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ou sempre quando vejo isso me da uma raiva pq esse povo enche a cara de creatina de qualquer jeito come qualquer coisa engorda e a culpa é sempre da droga nunca foi ele que cumeu de mais -.-

O que é CREATINA ?

Imagine uma substância natural que faça você ganhar de 4 a 7 kg de massa muscular dentro de 1 a 2 semanas de uso regular e que não cause efeitos colaterais. Você tomaria ?

Na verdade toda a comunidade atlética mundial está tomando ou já tomou algum tipo de creatina. A Creatina tornou-se o suplemento esportivo mais amplamente utilizado e o mais cientificamente testado de todos os tempos. A Creatina é, sem dúvida, a "superestrela" de todos os suplementos atualmente existentes.

A prova real e concreta das experiências que têm sido feitas com creatina demonstraram que este influente suplemento veio para ficar. Creatina é um composto produzido naturalmente pelo nosso organismo para fornecer a energia necessária aos nossos músculos. Creatina é produzida pelo fígado e em seguida é levada pelo sangue para as células dos músculos, onde é convertida em fosfato de creatina.

Vale ressaltar que esta substância natural não é proibida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) e nem pela FIFA (Federação Internacional de Futebol), dessa forma, vem sendo amplamente utilizada por várias equipes de profissionais em todo o mundo, sendo recomendada para o aumento de massa muscular, maior explosão muscular, diminuir o tempo de recuperação e aumentar a velocidade em esportes.

Nada na suplementação esportiva mundial chega perto desse tipo de sucesso. Sinceramente, não sei explicar o motivo da creatina não poder ser comercializada no Brasil, pois, atualmente, os brasileiros compõem a única população do mundo que não tem o direito de consumir este suplemento legalmente.

Rogério Numeriano, 42 anos, Diretor e Gestor de Pesquisa e Marketing da Vitabrasilnet

Recentemente também mostrou ter efeitos positivos no aumento da energia cerebral e que a substância pode melhorar a capacidade mental. Neste caso, a suplementação de creatina pode ser usada para quem precisa melhorar a capacidade cerebral a curto prazo, como estudantes universitários.

Nosso corpo geralmente produz cerca de 2 gramas de creatina por dia. A creatina é um nutriente formado por três aminoácidos específicos e que também é achado em vários alimentos, como a carne vermelha, peixe, entre outros. A creatina e um precursor essencial na produção de energia do músculo e pode ser armazenada em abundância no tecido muscular. Aumentando as concentrações de creatina no músculo, atletas podem se recuperar mais depressa entre exercícios intensos, como treinamento de peso.

Mais de 95% da creatina do corpo está armazenado dentro das células musculares. Os principais estudiosos acreditam que a maioria dos atletas podem armazenar mais creatina do que normalmente é obtida pela dieta. A suplementação deste produto ajuda a “saturar” seus músculos com creatina. Quando o músculo armazena doses extras de creatina, há mais combustível reservado para exercícios intensos que podem resultar em aumentos significativos de energia. Muitos usuários de creatina relataram aumentos significativos de força depois de usá-la por apenas uma semana!

É sabido também, que quanto mais creatina uma célula do músculo levar, também eleva-se a quantidade de água em seu interior, isto é, promove um fenômeno chamado volumização das células ou hidratação intracelular. Quando você toma creatina, a célula muscular é hidratada e ela aumenta de tamanho. Quando a água entra no músculo, ela cria um ambiente muito mais propício para o crescimento de novos músculos, pois a água leva também para dentro do músculo muitos nutrientes importantes, como as proteínas, vitaminas, aminoácidos, minerais, entre outros.

VOLUMIZAÇÃO CELULAR não promove a retenção de água nas células (o qual produz um aspecto inchado), ela promove hidratação intracelular.

Pense em suas células musculares como balões de água individuais (músculos são compostos por 70% de água). Se você puder colocar mais água dentro deles, eles se tornam maiores e mais firmes - se você retirar a água, eles se tornam menores e mais flexíveis. Quando os músculos começam a "inchar" com creatina e água, e se você treinar com pesos, eles ficam bem mais "bombeados".

Os primeiros cinco a sete dias de uso da creatina é a “fase de saturação” (ou carregamento). Isso significa que você precisa tomar quantias extras de creatina para saturar seu tecido muscular.

Por que usaria CREATINA ?

Como é o objetivo de muitos suplementos que hoje estão no auge, incluindo L-glutamina e HMB, a creatina é usada na tentativa de impulsionar os níveis de força, acentuar ganhos no tamanho e na força do músculo, prevenir avaria no tecido muscular, que pode ocorrer após exercícios intensos. Durante a suplementação com creatina, um atleta pode aumentar seus níveis de creatina no músculo e assim produzir mais energia durante rápidas e intensas “explosões” de força, como treinamento com peso e corrida de velocidade. Este é o principal motivo da popularidade da creatina nos últimos anos. Os atletas estão descobrindo que eles podem correr mais rápidos, levantar mais pesos e pular mais alto usando creatina. É verdadeiramente o suplemento dos esportes de hoje. Além de fornecer aos atletas mais força por curtas durações de tempo, a creatina também atua como um volumizador da célula, semelhantemente à Glutamina. O aumento celular é o processo pelo qual moléculas de água são puxadas para dentro da célula do músculo, ajudando-a a mostrar-se “cheio” ou mais “bombeado” e, desse modo, a célula muscular fica mais hidratada e cria todas as condições favoráveis para o crescimento do músculo.

Quais pesquisas foram feitas sobre CREATINA ?

A quantidade de estudos feitos sobre creatina é numerosa para ser citada aqui. Basta dizer que a creatina é um dos suplementos esportivos mais extensivamente estudado e testado. A maioria dos estudos feitos mostrou a mesma coisa: a suplementação com creatina leva ao aumento muscular, da força e do desempenho. O mais impressionante de tudo é que todos aqueles atletas que usam creatina tendem a ganhar grande quantidade de massa magra no corpo, algumas vezes de 10 a 15 libras (4 a 7 Kg), dentro de uma a duas semanas de uso regular. Este é um suplemento verdadeiramente milagroso e seguro. Também, pesquisa recente mostrou que combinando Creatina com carboidrato de alto índice glicêmico, pode aumentar os efeitos da creatina e ajudar a obter mais creatina dentro do músculo, onde é mais bem utilizada.

Que dose de CREATINA deve ser tomada ?

Até o momento não existe um roteiro definitivo sobre como e que quantidade de creatina deve ser tomada. A maioria dos especialistas concorda que grandes quantidades devem ser tomadas como a “fase de saturação”, para a primeira semana da suplementação, quando o corpo está mais propício. Isto cria ganhos fenomenais no tamanho, na força e no desempenho do músculo em menos de uma semana. Para esta fase de saturação 5 gramas tomadas 4 a 6 vezes ao dia, devem ser suficientes - esta dosagem de creatina pode ser ajustada de acordo com o peso corporal do atleta, sendo recomendado 0.3g/Kg/dia - Então, logo que os músculos estejam saturados com creatina, a dose de manutenção pode ser iniciada. Esta deverá variar de 5 a 10 gramas ao dia.

Quais os efeitos colaterais da CREATINA ?

Até o momento nenhum efeito colateral foi atribuído ao uso de Creatina. Algumas pessoas afirmaram que creatina causa cãibras musculares. Isto NÃO foi confirmado por nenhum estudo científico até esta data. Creatina é um nutriente natural produzido por nossos corpos e é acreditado ser seguro.

A creatina é provavelmente o suplemento alimentar mais pesquisado e conhecido da história, existem milhares de experimentos comprovando seus efeitos positivos sem que sejam verificados efeitos colaterais.

Deverei “ciclar” (alternar) CREATINA ?

Não há nenhuma prova sugerindo que “ciclando” a creatina pode ser vantajoso. Entretanto, alguns atletas experimentaram várias maneiras de usá-la, para obter a maioria dos benefícios da suplementação de creatina. Estas incluem um período prolongado usando uma dose de manutenção, isto é 4 a 6 semanas, seguida por outra “fase de saturação” e um (outro ciclo) de 4 a 6 semanas com a dosagem padrão reduzida, seguida por outra fase de carregamento. Como é o caso com toda suplementação, a melhor decisão é a chave do sucesso. Conhecer seu corpo e seus limites é tão decisiva para a própria suplementação como é para o próprio treinamento.

COMO USAR CREATINA

Modo de Usar: Nos primeiros 5 dias de uso, faça uma saturação, com 20 gramas por dia. Tome 1 colher de chá cheia (5 gramas) 4 vezes ao dia, de manhã, ao meio dia, à tarde e à noite. Misture com 250 ml de água ou suco e mexa até dissolver. A partir de sexto dia de uso, faça a manutenção, da seguinte forma, quando treinar tome 1 (uma) medida (colher de chá) antes do treino e outra após o treino; quando não treinar tome apenas uma medida ao dia. A creatina pode ser usado junto com outros suplementos, como aminoácidos, bcaa, proteína do soro do leite e outros. A saturação é uma fase muito importante nos resultados finais da creatina, portanto, dê uma atenção bem especial a esta fase. Resumindo: 20 gramas por dia, nos primeiros 5 dias; depois 10 gramas por dia, quando treinar e 5 gramas por dia, quanto não treinar.

Resultados: Dentro de 10 dias de uso regular os usuários já sentem os resultados. Depois de 30 dias, você pode esperar resultados significativos.

Ola caro amigo, seja bem vindo aqui no forum. :wink:

Entendo sua indignação, eu as vezes tbm fico indignado com coisas que vejo no mundo do Fisiculturismo.

Porisso percebo e compreendo sua indignação quando viu o topico perguntando se Creatina engorda. E neste ponto que vc colocou sobre a Creatina engordar; CONCORDO COM VC.

Mas o texto que vc colocou, eh um texto de Marketing, e feito para vender o produto.

Texto esse que foi copiado e colado do site abaixo:

http://www.creatina.com.br/

Esse eh o texto que a antiga VitaBrasilNet, que voltou agora após ser fechada pela ANVISA, coloca no ar para vender seu produto.(já conheço a VitaBrasilNet desde 2001).

Existem coisas boas e verdades ditas nesse texto, mas existe tbm um tal sensasionalismo no texto em algumas partes, e em se tratando de um texto de Marketing, algumas coisas ai podem ser tendenciosas.

Não estou disfazendo de seu comentário e de sua indignação, só gostaria de respeitosamente dizer que não gosto muito de textos de Marketing falando de suplementos, pois eles podem se tornar tendenciosos, deixando de lado a parte cientifica da coisa. Pois a ideia desse tipo de texto eh vender seu produto.

Eu gostaria de lhe pedir licença no assunto, e com minhas proprias palavras, falar alguma coisa sobre a Creatina.

Todos sabemos que existe Creatina no corpo de todos os seres humanos, e uma parte dessa Creatina eh convertida em Creatinina ao longo das 24 horas do dia.

Para quem não sabe, a Creatinina eh um sub-produto inoquo da Creatina, Creatinina essa que não possue função Fisiologica no corpo, pois ela eh apenas um dejeto da Creatina que nossos musculos usam ao longo das 24 horas do dia.

A Creatinina, serve portanto, para medir a funcionalidade dos RINS no exame de sangue. Pois como a Creatinina não pode vir de outra fonte se não como sub-produto inoquo da Creatina usada pelos nossos musculos no trabalho normal do dia-a-dia de todos nós, ela serve então de indicador de medida para a funcionalidade Renal.

Portanto altas doses de Creatinina no sangue, indicam uma provavel disfunção renal. Pois a excreção da Creatinina pelos Rins se dá durante às 24 horas do dia.

Oque aconteceria então, se a esse ciclo já definido de excreção de Creatinina diária que conhecemos, fossem adicionadas as altas doses que usamos do suplemento CREATINA????? Como o corpo reagiria a isso??

- Esta ai uma boa pergunta.

Pergunta essa que eu ainda não ví respondida pela Comunidade Medica da área de Nefrologia de maneira satisfatoria. E confesso que gostaria muito de ver isso bem respondido por uma pessoa que trabalhe na area de nefrologia.

Se vc, ou outra pessoa tiver mais dados concretos vindo de fontes fora da area de Marketing, eu ficaria feliz de discutir o assunto. Pois me interesso muito porisso.

Seria legal a opinião de alguma pessoa da area de Nefrologia, e não apenas de um texto de Marketing da VitaBrasilNet.

Eu só quiz dar uma "apimentada" no assunto, pois as vezes de discussões como essa que podemos ter aqui de forma saudável, acabam saindo bons topicos, e quem ganha com isso somos nos mesmos que aprendemos coisas novas, os usuários e o forum que fica mais rico em detalhes.

Se quiser discutir o assunto, será um grande prazer, pois não tenho ainda ideia fixa e formada sobre isso, e ficaria bem feliz de saber mais detalhes sobre o assunto. :wink:

Agradecendo sua participação no forum,

um grande abraço,

Marcelo. :wink:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mestre aproveitando o assunto sobre a creatina, gostaria de falar um pouco sobre a Creatina Ethyl Ester (CEE) que é a grande novidade no mercado internacional de suplementos.

A Creatina Ethyl Ester é uma creatina modificada por um processo conhecido como esterificação, que previne que a creatina se transforme na indesejada creatinina no ambiente ácido do estômago, as creatinas monohidrato são rapidamente metabolizadas em creatinina.

Ela resiste ao processo de degradação que ocorre com a creatina monohidrato no estômago, ela é resistente a quebra digestiva, logo tendo uma melhor absorção, consegue-se melhores resultados, com menos quantidades de creatina.

Resumindo grotescamente a cee atravesa a membrama lipidica do intestino de maneira mais facil e eficiente chegando com poucas perdas na corrente sanguinea.

A creatina monohidrata não consegue atravessar a membrana do intestino com facilidade, acaba causando desconforto e grande parte dela se perde no intestino mesmo, quando atravessa essa membrana ela pode se instalar fora da celula muscular, o que causa aquela aparencia de retenção líquida que muitos confundem como aumento de gordura coporal, oque não é oque acontece.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vc ja usou a CEE Guilsilva?

Eu acho que ainda falta mais feedback sobre a CEE e um maior consenso. Em todo caso espero que consiga comprar umas 500g pra mim em maio, qual marca tu recomenda? ( vo comprar na BB.com )

Já usei suplementos que contém CEE como o No Shotgun da VPX, porém em forma isolada em pó ainda não.

Um amigo está trazendo pra mim dos Estados Unidos um pote de CEE da Primaforce, espero experimentar em breve, pedi pra ele comprar de 500g, mas o mesmo comprou de 250g, mas melhor que nada hehehe.

Eu compraria da Primaforce, se bem que não sei se existe diferença entre as marcas.

Abraços

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mestre aproveitando o assunto sobre a creatina, gostaria de falar um pouco sobre a Creatina Ethyl Ester (CEE) que é a grande novidade no mercado internacional de suplementos.

A Creatina Ethyl Ester é uma creatina modificada por um processo conhecido como esterificação, que previne que a creatina se transforme na indesejada creatinina no ambiente ácido do estômago, as creatinas monohidrato são rapidamente metabolizadas em creatinina.

Ela resiste ao processo de degradação que ocorre com a creatina monohidrato no estômago, ela é resistente a quebra digestiva, logo tendo uma melhor absorção, consegue-se melhores resultados, com menos quantidades de creatina.

Resumindo grotescamente a cee atravesa a membrama lipidica do intestino de maneira mais facil e eficiente chegando com poucas perdas na corrente sanguinea.

A creatina monohidrata não consegue atravessar a membrana do intestino com facilidade, acaba causando desconforto e grande parte dela se perde no intestino mesmo, quando atravessa essa membrana ela pode se instalar fora da celula muscular, o que causa aquela aparencia de retenção líquida que muitos confundem como aumento de gordura coporal, oque não é oque acontece.

Interessante isso Gui, eu não sabia desses detalhes que vc citou.

Valeu mano. :wink:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • fisiculturismo alterou o título para Creatina engorda? Aumentam as gorduras da barriga?

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
 Compartilhar

×
×
  • Criar novo...