Ir para conteúdo

Pré-Treino: uma nova promessa em suplementação

Samuel Moura Rosa
  • , 2451 visualizações

A cada dia a indústria de suplementação lança uma nova tecnologia, uma nova linha, uma nova denominação, uma nova classificação, uma nova super promessa milagrosa, diferenciada e única. Carregado de nomenclaturas, os suplementos nutricionais vem evoluindo notavelmente em relação à qualidade da matéria prima, concentrações, velocidade de absorção, aromas e sabores que agradam ao paladar, mas muitas vezes com um custo benefício questionável.

Que a tecnologia e os estudos nesta área evoluem a cada dia, melhorando cada vez mais a qualidade dos produtos, é indiscutível. Agora afirmar que estas evoluções - carregadas de hiper, super, ultra, mega, pump, nitro, black, power, monster - que trazem junto às promessas, um valor de mercado fora da realidade do público praticante de musculação, garantindo que os resultados são extremamente satisfatórios, aí já é demais!

A cada treino, a cada dia, a cada verão, aumenta a população de praticantes de atividades físicas em geral, em partes mal informados, carentes de resultados, objetivando o sucesso em seu programa de treinamento, na busca por modificações rápidas. Hora, com esta situação fica muito fácil explorar a ambição do público insatisfeito com seus avanços naturais, com promessas e estratégias promissoras e tentadoras.

Mas nesta indústria inteligente, nasceu uma nova categoria de suplementação: os chamados Suplementos Pré Treino. Bom, antes de explorar sua ação e eficácia, vamos analisar. Para quem treina de maneira programada, séria, centrada, comprometida e objetiva, a sessão de treinamento é um momento sagrado e único.

Com isso, além dos objetivos de avanços à médio e longo prazo, o sujeito tem imenso prazer em treinar, em começar a primeira série, em tirar o 100%, o algo a mais, o maior recrutamento muscular possível, e com isto, a maior intensidade desejada. Logo, o crescimento muscular não diz respeito somente ao que ele irá construir como conseqüência do treinamento, mas também ao que ele percebe naquele exato momento que termina uma série máxima até a falha muscular.

Então, toda estratégia que lhe beneficiar para o rendimento naquele momento, que torne seu corpo mais resistente, mais forte, mais inchado e vascularizado, e com maior disposição para realizar sempre mais uma repetição, ou utilizar mais um quilograma, terá uma aceitação preferencial deste público.

Para estes, não basta os alimentos e suplementos construtores básicos (proteínas, carboidratos, aminoácidos isolados), pois o treinamento é uma competição diária consigo mesmo. É claro que esta categoria também contempla e muito os eternos iniciantes, atletas de Outubro até Dezembro, que acham que é possível uma construção muscular consistente à curto prazo, e que acreditam que apenas estar inchado representa hipertrofia muscular.

Mas sobre o efeito e ação dos suplementos pré treino, aí sim a industria caprichou: cada marca, nacionais ou importadas, produziu os seus, com suas promessas tentadoras. Os mais encontrados provavelmente são o Nano Vapor, o Shot Gun, o Super Charge, o Super Pump, o Hemorage, o Blade, o Anabolic Halo, o Trac Extreme, alguns Packs, os precursores de Óxido Nítrico, e até mesmo a consagrada Creatina.

Mas o que mesmo eles prometem? Se você procurar poraí encontrará: maior pump no treinamento, maior vascularização, durante e pós treino, maior disposição e energia para realizar o treino, maior concentração mental, aumento no nível de força, melhora na recuperação entre as séries, aumentos extremos de volume muscular, queima de gordura, maior liberação hormonal de anabolismo, redução do catabolismo no treinamento. Perfeito! Quanta coisa boa para um único produto! Quem não deseja tudo isso!

Bom, mas a questão não é discutir se isso tudo é bom, se tem algum efeito adverso ou coisas do tipo. Agora compare você o que é prometido, o relato de quem já utilizou, o que realmente modificou-se, e agora, o valor pelo qual são vendidos, principalmente se forem importados. Chama-se custo benefício!

Cada produto tem o seu. Mas o que leva estes produtos em frente e mantém seu custo elevado, são as vendas realizadas com sucesso. Afinal, encontramos muitos relatos positivos à favor de um ou outro suplemento pré treino. E por quê? Porque quando realizamos alguma escolha, principalmente se envolve um valor financeiro significativo, é mais natural afirmarmos que foi uma boa escolha, que acertamos, que deu resultado, do que confessar que erramos, que colocamos dinheiro fora, que não foi a melhor estratégia de suplementação, que não deu aquela modificação toda prometida. Atitude natural do ser humano ambicioso.

O que estes suplementos pré treino realmente promovem não é discutível. Uns mais, outros menos, tudo bem. Mas as proporções as quais eles se propõem, ai sim. Prometem 80, mas realizam 8. Daí aqueles 200, 300 reais investidos tornam-se caros. Compramos uma coisa e levamos outra. E é assim mesmo.

Pra quem não tem paciência e coerência, de trilhar o caminho correto, treinar sério e contínuo, comer e descansar adequadamente, investir em suplementos que pouco modificam à curto prazo, mas que realmente são construtores, ai sim resta escolher estes milagrosos e caros. Só não vamos colocar à culpa do insucesso no treinamento! Fiquem atentos, pois aquilo que você realmente constrói não te abandona à curto prazo, agora modificações agudas podem cessar na hora que você parar de investir.

Entre para seguir isso  

Comentários

Comentários Destacados

Eu tomo pré-treino, pois durante a semana acordo às 5h da manhã, entro ao trabalho às 6h e saiu perto das 16h, altura em que vou treinar. Por este motivo, penso que é bom tomar um pré-treino antes do treino!
O problema é encontrar um que me satisfaça, já experimentei muitos e são muito poucos aqueles que sinto que me fazem qualquer coisa...valeu!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Isabela Borba
      Início de ciclo e academias fechadas na quarentena do coronavírus
      Janeiro de 2020 começou e você se lançou à todo vapor no mundo da musculação. Você já treinava há anos e buscava melhorar ainda mais sua estética física! Era chegada a hora de usar algum esteroide anabolizante.
      Você iniciou o uso e veio a triste notícia do coronavírus: todas as academias iriam fechar! Bom, você pensou: "vou manter meu ciclo, pois, logo logo tudo voltará ao funcionamento normal". Semanas se passaram e a situação do mundo apenas piorou. Já se passaram meses, e as academias ainda não estão em funcionamento normal.
      E então, o que fazer com o meu ciclo de anabolizantes?
      Faça exercícios funcionais e aeróbios
      Primeiramente, não se desespere. As academias realmente fecharam, mas você ainda pode minimamente treinar em casa. Não se pode comparar a potência de um treino funcional em casa com um treino bem feito em uma academia com cargas.
      Entretanto, pode-se evitar a perda de massa magra com esse tipo de treino. Deve-se, ainda, manter uma média de 30 minutos de exercícios aeróbios ao dia, tanto para a saúde cardiovascular, quanto para se evitar uma deposição maior de gordura nesse período. 
      E meu ciclo de esteroides? Devo parar? Devo fazer TPC na quarentena?
      A verdade é que não há uma resposta correta. Mas, na minha experiência como médica e atleta profissional de fisiculturismo, esse é o pior momento para se interromper um ciclo.
      Quando se interrompe um ciclo de esteroides em homens, deve-se realizar uma TPC (terapia pós-ciclo) adequada para que o eixo fisiológico hipotálamo - hipófise - gônadas retorne ao funcionamento e, consequentemente, a produção de testosterona fisiológica. 
      Em conjunto, deve-se manter uma rotina de treinamentos intensos e dieta à risca para haver menor perda de massa muscular possível no período, afinal, você retornará ao seu nível “normal” de testosterona.
      A estratégia mais inteligente para os homens, então, seria manter a testosterona em uso e retirar outros esteroides, caso haja alguma associação. Por exemplo, caso você esteja utilizando deposteron associado à oxandrolona, deve-se considerar retirar a segunda droga. 
      Já no caso das mulheres, que, geralmente, utilizam os derivados de DHT (como a oxandrolona e o estanozolol) para performance, é interessante que se mantenha o uso deste tipo de esteroide em uma dose reduzida nesse período. Caso você esteja utilizando outros tipos de esteroides, considere retirar essas drogas. 
      Obviamente, tudo isso deve ser discutido e conversado com o seu médico, que analisará seus exames laboratoriais e fará sua avaliação corporal. Juntos vocês poderão discutir sobre a melhor estratégia.
      Conclusão
      Para resumir: 
      Mantenha uma rotina de treinos diários em casa; Mantenha a dieta, mesmo em casa; Converse com seu médico sobre o seu ciclo, considerando as desvantagens de pausar o uso nesse período; Mantenha o uso de creatina, e. caso você não a utilize, considere iniciar. Este suplemento irá auxiliar a retenção de glicogênio muscular.
    • Por Leonardo Marczinski Barroso
      Creatina é ergogênico!
      A creatina é considerada um suplemento ergogênico, possui um alto embasamento científico! É um suplemento excepcional para potencializar a performance, ótimo para quem busca hipertrofia. Mas, calma aí: ergogênico? O que significa isso?
      Ergogênico é a substância que visa a aumentar a capacidade para o trabalho mental ou corporal, que visa a melhorar a sua performance. A creatina é um suplemento que no seu uso crônico (a longo prazo) com certeza irá contribuir para a melhora do seu rendimento esportivo. 
      Exemplos de suplementos ergogênicos no efeito agudo e crônico:
      Suplemento ergogênico que possui um efeito crônico: creatina; Suplemento ergogênico que possui um efeito agudo (imediato): cafeína. Fontes naturais de creatina
      A creatina é encontrada no músculo esquelético, sintetizada pelo fígado, rins e pâncreas, a partir dos aminoácidos glicina e arginina. Pode ser obtida pela alimentação a partir do consumo de carnes vermelhas e peixes. 
      Para que serve a creatina
      Sem dúvidas um dos suplementos nutricionais mais eficazes que visa ao aumento dos níveis de ATP intramuscular, favorecendo o aumento do rendimento durante o exercício. Sendo assim, suas principais funções são o fornecimento rápido de energia durante a contração muscular, o aumento da força e da massa muscular (hipertrofia). Ela também ajuda a evitar a fadiga precoce durante o exercício físico.
      Esportes com benefícios na suplementação de creatina
      Os praticantes dos seguintes esportes podem se beneficiar do uso da creatina:
      Musculação; Crossfit; Futebol; Basquete; Vôlei; Corrida; Natação de curta duração; Outros esportes de curta duração; Atividades explosivas. Como tomar creatina?
      Em relação à quantidade, são recomendados de 3g (três gramas) a 5g (cinco gramas) diariamente (nos dias com ou sem treino).  O uso crônico (longo prazo), sempre respeitando a individualidade biológica, dependendo do peso do atleta, pode demandar doses maiores. 
      No que se diz respeito à saturação, ela não é obrigatória, mas tem a sua aplicabilidade. Cada um é cada um, e cada caso é um caso. A nutrição individualizada é aplicável aqui! 
      Quanto ao tempo de utilização, temos um parâmetro de 30 (trinta) dias ou 4 (quatro) semanas para se potencializar a creatina dentro do músculo e para se sentir os efeitos na performance e no rendimento esportivo.
      Qual é o melhor horário para tomar creatina?
      Em relação ao horário, não existe pior e nem melhor horário para tomar creatina, basta lembrar de tomar todos os dias, inclusive nos dias sem treino.
      Como melhorar a absorção?
      Estudos demonstram que para a melhor absorção muscular deve-se ingeri-la com carboidratos e de forma contínua, todos os dias. E como visto, podendo-se realizar ou não a fase de saturação (uso inicial em doses mais elevadas). 
      A creatina pode causar danos aos rins?
      Uma dúvida muito comum é se a suplementação de creatina causa danos renais. Os estudos demonstram a segurança na suplementação com creatina nas doses diárias recomendadas, não tendo sido observado danos renais. 
      Creatina engorda? Causa retenção de líquidos?
      Outras dúvidas muito comuns quanto à suplementação com creatina são: creatina engorda? Creatina causa retenção?
      Ela não engorda e nem causa retenção. Ela retém água dentro do músculo (retenção intramuscular). Só caprichar na hidratação e ser feliz. 
      Cafeína corta o efeito da creatina?
      Um mito bem recorrente é se a suplementação de cafeína corta o efeito da creatina. Este mito já foi quebrado. Pode-se utilizar os dois sem problemas.
      Qual é o melhor tipo de creatina?
      Em relação ao tipo de creatina, sempre recomendo a monohidratada, que tem um ótimo custo-benefício e que é facilmente encontrada no mercado de suplementação. 
      Selo CREAPURE
      As creatinas com selo CREAPURE (matéria-prima desenvolvida nos laboratórios da Alemanha) sustentam que apresentam um grau de pureza maior, o que a tornaria mais eficiente. Na prática, essa matéria-prima não é tão vantajosa assim quanto aos efeitos da suplementação. Invista no produto que tiver melhor custo-benefício. Como falei, gosto bastante da creatina monohidratada. O produto não precisa ser o selo CREAPURE, basta escolher uma marca confiável.
      Conclusão 
      Com certeza a creatina é o suplemento que consta na minha lista dos favoritos. É um suplemento excepcional e barato. Vale a pena o investimento, por ter  um ótimo custo-benefício.
    • Por Alan184
      Eu comprei uma creatina black skull e vou começar a tomá-la a partir desta segunda.
      No momento estou tomando multivitamínico para crescer o cabelo. Ele que contém biotina, vit b6, cromo, selênio e zinco.
      Quero saber se alguém sabe se tem alguma restriçao? Ou se alguém já tomou creatina com multivitamínico? Pois, basicamente, são as mesmas coisas.
    • Por Everton_
      Gostaria de saber se a Creatina da marca Suplemente vale a pena, pois nunca vi essa marca.
       
      Agradeço desde já.
    • Por minduca
      E ai galera.
      "Cá" estou eu novamente para mais um depoimento sobre um produto polêmico, o naNO vapor.
      Comecei no mundo do NO com o supercharge, depois o NOX3 e agora o naNO. Creio que logo terei uma base comparative boa para os NO´s da vida.
      Na embalagem vem escrito uma coisa engraçada (para não dizer hilariante): "O naNO vapor é extremamente forte, então faça um favor a si. Começe tomando apenas 1 escopo com 90 a 120 ml de água gelada aproximadamente 15 minutos antes do treino. Então levante algum peso realmente pesado. Como você irá desenvolvendo respeito por, e conhecimento do poder do naNO vapor, você pode gradualmente aumentar a dosagem para 2 ou 3 escopos musturados a 240 a 360 ml de água antes do treino".
      Bom, como já tinha algum respeito prévio pela muscletech e fiquei totalmente respeitoso diante majestosa embalagem do naNO vapor, comecei tomando 1,5 escopos (hahahaha).
      Estou tomando no pos treino o cell tech hardcore. Ambos suplementos contém creatina e segundo informação de um moderador mais experiente no mundo dos suplementos, não devo ter nenhum problema em ingerir algo em torno de 10g de creatina por dia. E é isso que espero.
      Referente ao gosto do suplemento realmente me surpreendeu. Comprei do sabor "Fruit Punch" e o negócio é gostoso mesmo. Lembra um pouquinho o gosto de um xarope, mas um xarope gostoso.
      Descobri essa semana que minha gloriosa academia não tem fita métrica. Tentarei comprar alguma o mais breve possível para poder tirar algumas medidas.
      [21/08] Peito e triceps
      Tomei o suplemento 15 minutos antes do treino com estomago vazio e fui para academia.
      Aumentei o peso no supino reto em relação ao meu usual em 3 kgs na primeira repetição, 3 kgs na segunda repetição e 2 kgs na última. Faço treino pirâmide 10,8,6.
      No supino inclinado, como me matei no reto, não consegui aumentar o peso devido ao cansaço (noite passada não dormi mto bem).
      No pack deck consegui aumentar 5 kgs na ultima repetição.
      No treino de tríceps nada demais. Forcei muito peito e o cansaço da noite anterior me derrubou, mas deu para manter o peso normal.
      Não tive nenhum efeito colateral. Nem suor excessivo, nem aceleramento cardíaco, nem nada. Tudo 100%.
      No pump não percebi nada de direfente em relação ao NOX3 que eu estava tomando até o dia de ontem. Vamos ver se ele melhora com o tempo. Porém percebi uma aumento de força que o NOX3 não dá, assim como me aconteceu com o supercharge.
      É isso.
      Abraços
×
×
  • Criar novo...