Ir para conteúdo

PROTESTE avalia whey protein e reprova muitos suplementos


Os laudos de verificação de qualidade de suplementos alimentares são importantes para conferir o produto vendido com o descrito no rótulo



PROTESTE avalia whey protein e reprova muitos suplementos

Laudos de whey do Félix Bonfim

A saga dos escândalos de péssimos produtos de proteína iniciada com os laudos de whey de Félix Bonfim ganhou mais um capítulo. A entidade de defesa do consumidor PROTESTE (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) avaliou diversos produtos de diversas marcas oferecidas no mercado brasileiro.

Em matéria pretéria (Selo do INMETRO para Suplementos Alimentares) mostramos que o corajoso Félix Bonfim foi bombardeado pela indústria a fim de que fossem desacreditados os laudos de whey que apontavam produtos de baixa qualidade, com muito mais carboidrato e muito menos proteína em relação aos valores apresentados nos rótulos.

PROTESTE também avaliou diversos suplementos

Parece que o destemido Félix ganhou reforço. Os laudos das análises promovidas pela PROTESTE também apontaram diversas irregularidades nos suplementos alimentares de proteína testados.

Os produtos reprovados foram os seguintes (tomada a referência do rótulo e por ordem de erro percentual em carboidratos - do pior para o melhor😞

  • Four Whey Protein da Suplemente - 844% a mais de carboidratos;
  • 3W Triple Whey NO da Body Action - 320% a mais de carboidrato e 43% a menos de proteína;
  • Extreme Whey Protein da Solaris - 288% a mais de carboidratos;
  • Elite Whey Protein Isolate da Dymatize Nutrition - 158% a mais de carboidratos;
  • Designer Whey Protein da DNA (não confunda com a importada e famosa Designer Whey) - 114% a mais de carboidratos;
  • 100% Whey Xtreme da X-Pharma - 101% a mais de carboidratos;
  • Bio Whey Protein da Performance Science Nutrition - 100% a mais de carboidratos;
  • IsoFort Whey Protein Isolate da VitaFor - 100% a mais de carboidratos;
  • Iso Tech Whey Protein da Atlhetica - 100% a mais de carboidratos;
  • IsoWhey V3 da Nutrilatina AGE 100% a mais de carboidratos;
  • IsoFast Ultra-Fast Whey Protein Isolate da MHP - 83% a mais de carboidratos;
  • Ultra Whey Pro da Universal - 52% a mais de carboidratos;
  • 100% Whey Protein da Neonutri - 34% a mais de carboidratos;
  • Maximum Whey da MHP - 30% a mais de carboidratos.

A nossa maior decepção foi com relação à famosa Elite Whey da Dymatize, produto que se tornou muito famoso pelo sabor delicioso e suposta qualidade propagandeada pela marca. Também foi decepcionante o resultado da IsoFast da MHP, da IsoWhey da Nutrilatina AGE e Ultra Whey Pro da Universal, pois são marcas que gozavam de excelente reputação no mercado.

Produtos aprovados nos testes e que merecem a confiança do consumidor (tomada a referência do rótulo e por ordem de menor erro percentual em carboidratos - do melhor para o pior):

  • Whey Protein Isolate da Now Sports - 1% a mais de carboidratos;
  • 100% Whey Fuel da Twinlab - 4% a mais de carboidratos;
  • IsoFusion Premium Whey Isolate da Gaspari Nutrition - 4% a mais de carboidratos;
  • 100% Pure Whey da Probiótica - 6% a mais de carboidratos;
  • Top Whey 3W da Max Titanium - 8% a mais de carboidratos;
  • 100% Whey Gold Standard da Optimum Nutrition - 10% a mais de carboidratos.

Nos suplementos aprovados nos testes, a maior supresa foi da desconhecida Whey Protein Isolate da Now Sports, que foi o produto que fornece de modo mais exato aquilo que promete no rótulo. A 100% Whey Gold Standard da Optimum Nutrition, a mais vendida no mundo, também foi aprovada, apesar da margem de 10% de erro (que é a metade do erro aceitável de 20%).

PROTESTE confirmou os resultados obtidos por Félix Bonfim

É muito revoltante verificar que dos 20 produtos analisados, somente 6 foram aprovados nos testes (considerando a margem aceitável de 20% de erro), o que implica numa reprovação de 70% dos suplementos avaliados pela PROTESTE. Isso quer dizer que a chance de você já ter sido enganado é muito grande.

Quem criticava os laudos de whey do Félix Bonfim e os julgava falsos e oportunistas acaba de perder um round na disputa pela verdade. Agora a péssima qualidade de alguns suplementos de proteína foi atestada por uma das entidades de maior respeito no Brasil, a PROTESTE. Enquanto não temos um selo do INMETRO para suplementos alimentares, resta ao consumidor ficar atento para não comprar gato por lebre (carboidrato por proteína), prestando atenção nos atuais laudos de whey e nos prováveis laudos que se seguirão.

Você quer contribuir para a melhoria da qualidade dos suplementos alimentares? É simples: divulgue para o maior número de pessoas os resultados das avaliações laboratoriais, para que consumidores como você não sejam mais enganados. Produto ruim tem que encalhar na prateleira. Produto bom tem que vender como água. Faça sua parte.


Fonte: PROTESTE- Suplementos proteicos irregulares

Editado por fisiculturismo

Imagens anexadas

Publique seu conteúdo como colaborador


Comentários

Comentários Destacados



Nutrilatina 1 marca nacional  de peso no mercado aqui,  Universal umas das marcas internacionais mais conhecidas aqui no Brasil, Dymatize e Mhp  eu achava ser boa, 3 grandes marcas que me decepcionaram, o laudo até agora só fizeram pra  whey  e esse deram problema, se o whey deu problema como confiar nos outros produtos das empresas?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

BSN , Syntha 6 alguém sabe me informar alguma coisa?

 

O Syntha-6 é um dos suplementos mais reconhecidos no mercado. Vale a pena utilizar.

 

Sobre a avaliação da PROTESTE caramba, absurdo. Eu confiava muito no whey protein da Universal e Nutrilatina. Pelo menos temos ainda a Probiótica e Optimum que passaram categoricamente no teste.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

O pior é pagar caro pela elite e ser a mesma coisa que sustagem

A matéria deve ser analisada de modo crítico. O fato de a Whey Elite da Dymatize ter sido reprovada não é uma notícia boa, mas também não quer dizer que o produto possa ser comparado com Sustagem. O rótulo da Whey Elite afirma que o produto tem 2 gramas de caboidratos. Se no laudo da PROTESTE o erro foi de 158%, isso quer dizer que, de fato, essa Whey tem aproximadamente 5 gramas de carboidratos.

 

Por outro lado, a quantidade de proteína foi 13% maior, dentro da margem de erro de 20% para mais ou para menos. Portanto, quem está tomando a Whey Elite não tem motivo para se desesperar. O laudo não significa que o produto não é bom, apenas aponta desrespeito à margem de erro legal na rotulagem. O produto tem mais carboidratos do que promete.

 

No entanto, considerando 2 doses diárias de Whey, o acréscimo de 6 gramas de carboidratos no dia não irá arruinar a sua dieta. Repetimos, seja pensante, leia e processe as informações com cuidado e com senso crítico.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A matéria deve ser analisada de modo crítico. O fato de a Whey Elite da Dymatize ter sido reprovada não é uma notícia boa, mas também não quer dizer que o produto possa ser comparado com Sustagem. O rótulo da Whey Elite afirma que o produto tem 2 gramas de caboidratos. Se no laudo da PROTESTE o erro foi de 158%, isso quer dizer que, de fato, essa Whey tem aproximadamente 5 gramas de carboidratos.   Por outro lado, a quantidade de proteína foi 13% maior, dentro da margem de erro de 20% para mais ou para menos. Portanto, quem está tomando a Whey Elite não tem motivo para se desesperar. O laudo não significa que o produto não é bom, apenas aponta desrespeito à margem de erro legal na rotulagem. O produto tem mais carboidratos do que promete.   No entanto, considerando 2 doses diárias de Whey, o acréscimo de 6 gramas de carboidratos no dia não irá arruinar a sua dieta. Repetimos, seja pensante, leia e processe as informações com cuidado e com senso crítico.
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Num primeiro momento eu fiquei apavorado... Porra, 160% a mais de carbo... Depois eu li o posto do cara aí de cima esclarecendo que 160% = 5g!

 

No Whey da Universal, 52% é igual a menos de 2g!!!

Os caras ignoraram a concentração e principalmente a qualidade proteica, de um produto Hiperproteico, para fazer uma baita propaganda dizendo que o produto foi reprovado por causa de 1 ou 2g de carboidrato a mais na dose?!?!

Isso que eu chamo de uma matéria marketeira.

Trouxa dos que ainda acreditam nesse tipo de ação.

 

Fui.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

BSN , Syntha 6 alguém sabe me informar alguma coisa?

Cara, é muito dificil analisar esses produtos(blend proteicos) pelo fato de ter mais de um tipo de proteina no mesmo produto. Se para fazer um analise de um produto como o whey concentradoo ou isolado é caro imagine para separar 6 tipos de proteina fora as gorduras, sodio, carboidrato e afins! 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O Syntha-6 é um dos suplementos mais reconhecidos no mercado. Vale a pena utilizar.

 

Sobre a avaliação da PROTESTE caramba, absurdo. Eu confiava muito no whey protein da Universal e Nutrilatina. Pelo menos temos ainda a Probiótica e Optimum que passaram categoricamente no teste.

Carol, sou consumidor assíduo da UNIVERSAL e não acreditei quando vi isso, fique surpreso e fui atras das informações..

O que encontrei é que os 52% que dizem ter a mais de carboidrato é somente 1,5g da dose analisada que deu alteração, ou seja, na ótica deles da PROTESTE uma parte é proteina e outra carboidrato, ou seja se tiver diferença em algum dos vários outros ingredientes que tem o produto vão acusar como carboidrato, no caso do whey da universal a % de gordura encontra no teste foi 1g a menos do que no rotulo... conclusão.. PURO MKT! Isso para se livrar das cagadas que o Felix bonfim pegou antes de qulaquer um alterar as tabelas e as formulas!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Num primeiro momento eu fiquei apavorado... Porra, 160% a mais de carbo... Depois eu li o posto do cara aí de cima esclarecendo que 160% = 5g!

 

No Whey da Universal, 52% é igual a menos de 2g!!!

Os caras ignoraram a concentração e principalmente a qualidade proteica, de um produto Hiperproteico, para fazer uma baita propaganda dizendo que o produto foi reprovado por causa de 1 ou 2g de carboidrato a mais na dose?!?!

Isso que eu chamo de uma matéria marketeira.

Trouxa dos que ainda acreditam nesse tipo de ação.

 

Fui.

Exatamente o que ia dizer.. depois dessa não preciso dizer mais nada.. PURO MKT.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A matéria deve ser analisada de modo crítico. O fato de a Whey Elite da Dymatize ter sido reprovada não é uma notícia boa, mas também não quer dizer que o produto possa ser comparado com Sustagem. O rótulo da Whey Elite afirma que o produto tem 2 gramas de caboidratos. Se no laudo da PROTESTE o erro foi de 158%, isso quer dizer que, de fato, essa Whey tem aproximadamente 5 gramas de carboidratos.

 

Por outro lado, a quantidade de proteína foi 13% maior, dentro da margem de erro de 20% para mais ou para menos. Portanto, quem está tomando a Whey Elite não tem motivo para se desesperar. O laudo não significa que o produto não é bom, apenas aponta desrespeito à margem de erro legal na rotulagem. O produto tem mais carboidratos do que promete.

 

No entanto, considerando 2 doses diárias de Whey, o acréscimo de 6 gramas de carboidratos no dia não irá arruinar a sua dieta. Repetimos, seja pensante, leia e processe as informações com cuidado e com senso crítico.

Muito certo sua maneira de pensar... devemos ter cuidado com jogo de numeros e "analises" dos produtos...

Gente estamos colocando em questão as marcas mais renomadas da suplementação mundial por causa de 2g de alteração que ninguem sabe sua origem?!?! 

 

Marcas que estão no mercado a 50 anos e são respeitadas por bons resultados e vendas em mais de 100 paises .. 

 

Por favor né.. PEGA A GRANA QUE GANHOU DAS MARCAS PARA PROMOVER ESSA AÇÃO FURADA E COMPRA UMA PROTEINA BOA E VAI TREINA!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Universal não deu certo para mim a creatina, não deu certo para mim o Animal Pak e outra pessoa que conheci. Então, se esta marca caiu como reprovada, não é de se assustar. Eu não compro mais nada desta marca. Não confio. Se bem que tem muito baba ovo dela por aí.

Marca boa e que foi receitada para mim por nutricionista é a Nature's Best, o Isopure Zero Carb. Pena que não tem relato falando dela. Aliás, faltam falar de muitas marcas nesta pesquisa.

E também a creatina da Nature's Best e uma da Probiótica de 400g de uva deu certo para mim.

Universal é só nome.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nutrilatina 1 marca nacional  de peso no mercado aqui,  Universal umas das marcas internacionais mais conhecidas aqui no Brasil, Dymatize e Mhp  eu achava ser boa, 3 grandes marcas que me decepcionaram, o laudo até agora só fizeram pra  whey  e esse deram problema, se o whey deu problema como confiar nos outros produtos das empresas?

Veja o que acabei de postar. Está logo acima.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O que seriam grandes marcas? Deve ser porque vende muito. Universal, conhecida é, boa não. 

Confie em nutricionista que pode em até te falar de marca boa, como aconteceu comigo. 

Existe a frase de vendedor: "essa daqui é a que sai mais". Muita gente deve comprar alguma coisa por esta frase. No meu caso não. Eu compro pensando naquilo que me agrada e que vou usar por muito bom tempo. O que serve para uns, não pode servir para você.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

Num primeiro momento eu fiquei apavorado... Porra, 160% a mais de carbo... Depois eu li o posto do cara aí de cima esclarecendo que 160% = 5g!

 

No Whey da Universal, 52% é igual a menos de 2g!!!

Os caras ignoraram a concentração e principalmente a qualidade proteica, de um produto Hiperproteico, para fazer uma baita propaganda dizendo que o produto foi reprovado por causa de 1 ou 2g de carboidrato a mais na dose?!?!

Isso que eu chamo de uma matéria marketeira.

Trouxa dos que ainda acreditam nesse tipo de ação.

 

Fui.

A matéria da PROTESTE não parece ser marketeira. As marcas foram reprovadas de acordo com a legislação de regula o mercado de suplementos alimentares. A margem aceitável de erro no rótulo é de 20%. E 20% é uma margem bem grande, em termos percentuais.

 

O produto que não atende à legislação foi considerado reprovado. Nenhuma crítica até esse ponto. Em nenhum momento se disparou contra algum produto alegação no sentido de que seja "porcaria" ou "farinha", do modo como outros fizeram. 

 

Apenas foram analisados números de laboratório e de rotulagem, verificando-se se atendiam à legislação. É uma matéria técnica. A interpretação quem deve fazer é o consumidor.

 

A grande questão que surge é: ainda que as diferenças percentuais sejam grandes em muitos produtos e a diferença efetiva de carboidratos na dieta não seja tão significante, por que a marca faria uma declaração falsa ou inexata no rótulo?

 

Isso representa uma quebra de credibilidade. Se um número não corresponde à realidade do produto, como se pode acreditar nos outros números? E no tipo e qualidade dos ingredientes? Será que o produto protéico de whey hidrolisada é mesmo de whey hidrolisada? Ou também contém whey concentrada? Talvez albumina?

 

Os testes não fizeram esse tipo de análise, mas nos deixam com a pulga atrás da orelha. Se há uma mentirinha aqui, pode haver uma mentirinha ali. E se a marca não fez, propositadamente, declaração falsa ou inexata no rótulo, mas pecou no controle de qualidade na fábrica? Isso é melhor ou pior?

 

A questão não é se a matéria da PROTESTE é marketeira ou não. A questão que deve ser enfrentada é da oferta no mercado de suplementos de produtos que não correspondem àquilo que consta nos respectivos rótulos. 

 

Não parece ter havido intenção da PROTESTE em queimar marcas de suplementos. Parece que o que se busca é a melhoria de qualidade desse setor da indústria.

 

E, ressalte-se, os produtos foram reprovados apenas por não conterem a quantidade de carboidratos indica no rótulo (dentro da margem de erro aceitável). Isso não quer dizer que o produto é "porcaria" ou lixo.

 

Um produto que foi aprovado neste exame laboratorial poderia ser reprovado num exame que verificasse o tipo de proteína que compõe a fórmula (whey concentrada, whey hidrolisada, albumina, etc), e vice-versa. Os resultados dependem dos critérios de análise.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
  • Administrador

O que seriam grandes marcas? Deve ser porque vende muito. Universal, conhecida é, boa não. 

Confie em nutricionista que pode em até te falar de marca boa, como aconteceu comigo. 

Existe a frase de vendedor: "essa daqui é a que sai mais". Muita gente deve comprar alguma coisa por esta frase. No meu caso não. Eu compro pensando naquilo que me agrada e que vou usar por muito bom tempo. O que serve para uns, não pode servir para você.

Perfeito! Um produto que foi reprovado no exame da PROTESTE pode ser um excelente suplemento para as necessidades de sua dieta diária.

 

Há quem esteja em dieta sem restrição de carbos e que não vai se importar em ingerir alguns gramas a mais de carboidratos. No entanto, há aqueles que estão em dietas restritíssimas, e que podem se valer dos resultados para decidir a melhor estratégia suplementar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

pra quem nao conhece de suplementação acha que 5 gramas / 10 gramas de carb vai atrapalhar um treino, engordar, nao dar resultados, isso tem em um Yakult, dois biscoitos, 10 doritos... quero saber a quantidade de proteina somente...

as proteinas que diziam ter zero de carb essas sim sao as mais graves pois muitas sao utilizadas para quem faz reducao de estomago, (a vitafor diz ter 0... 100% de zero eh quanto? kkkk)

obs: agora todo mundo migra pra Optimum e eles vao vender a de 900 g por 400 reais e a de 2 kg por um carro zero km...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Somente duas marcas trazem menos proteína do que prometem?

 

Four Whey e Body Action?

 

 

 

Se for assim, até que não está ruim, tirando o exagero de carbo (mais de 100%?) em algumas marcas.

 

 

Acho que mentir na quantidade de proteína é bem grave. Essas empresas não poderiam estar competindo num mercado desses, onde os números é que decidem.

 

 

Resta pro futuro fazer uma análise da qualidade da proteína desses produtos.

 

 

 

Muito bom, ótimo trabalho!

 

 

 

 

--

Mágico de Oz

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo similar

    • Por Luis Meirelles
      Métodos de produção de whey
      Existem diversos métodos diferentes de produção de whey, sendo que cada um deles resulta em tipo diferente de pó, contendo quantidades maiores ou menores de proteína, bem como diferentes espectros de biodisponibilidade de várias proteínas.
      Desnaturação da whey pelo calor
      No que diz respeito aos peptídeos de whey, o calor ou qualquer tipo de tratamento térmico provoca rupturas estruturais e mudanças nas ligações químicas, criando cadeias de ligações cruzadas, chamadas de cross-linking. Em outras palavras, isso significa desnaturação. A sua principal consequência é um aumento dramático do tempo de digestão dessa proteína modificada.
      A whey desnaturada é mais barata
      O uso de calor prolongado em altas temperaturas é a forma mais rápida e econômica de se realizar a secagem de uma proteína.
      Há muito já se sabe que os fabricantes de proteínas comuns, melhor dizendo, wheys commodities, utilizam grandes quantidades de calor para tornar essas proteínas em forma de pó, por um processo de produção mais rápido e mais barato.
      O custo médio de 900 g (novecentos gramas) de whey não desnaturada concentrada é de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais), ao passo que whey concentrada desnaturada gira em torno de R$ 90,00 (noventa reais).
      Absorção mais rápida e melhor retenção de nitrogênio pela whey não desnaturada
      Uma proteína desnaturada ou cross-ligada apresenta milhares de ligações potenciais a mais que precisam ser degradadas no intestino antes que se possa absorvê-la. Demora mais para ser retida e compartilhada nos músculos.
      Desse modo, leva-se muito mais tempo para que os aminoácidos cheguem aos compartimentos-alvo, produzindo índices bem baixos de retenção de nitrogênio.
      Uma whey não desnatura possibilita uma retenção incrivelmente maior de nitrogênio, aproximadamente 68% (sessenta e oito por cento) a mais do que a mesma proteína whey obtida por um processo de produção que a desnature.
      Frações proteínicas da whey não desnaturada
      A whey verdadeira é formada por diferentes frações proteínicas. Cada uma delas é crítica para a obtenção de um metabolismo otimizado e, consequentemente, para extensão da vida.
      Os métodos de produção que whey que utilizam o calor reduzem as frações proteínicas, podendo até eliminar algumas frações.
      As frações proteínicas da whey não desnaturada são:
      betalactoglobulina; alfa-lactalbumina; albumina de soro bovino; imunoglobulinas; glicomacropeptídeos; lactoferrina; beta-microglobulinas; gamaglobulinas; lactoperoxidas; lisozima; lactolina; relaxina; lactofano; fator de Crescimento IGF-1; fator de Crescimento IGF-2; proteoses; peptonas; colostro. As wheys desnaturadas perdem os fatores de crescimento IGF-1 e IGF-2, assim como o colostro.
      Propriedades funcionais da verdadeira whey não desnaturada
      É justamente a combinação exata e as relações entre cada uma dessas frações que fornece à verdadeira whey não desnaturada as suas extraordinárias propriedades funcionais.
      Essas são vitais para a saúde, pois, são capazes de:
      transportar e compartimentalizar minerais; regular a pressão arterial; estimular o sistema imunológico; aumentar a absorção intestinal de nutritientes e prevenir diarréia; maximizar a retenção de nitrogenio; diminuir a oxidação do colesterol LDL; manter a integridade intestinal e prevenir a translocação de bacterias, estimulando a massa intestinal e evitando a sua atrofia; otimizar a função hepática; estimular a síntese de proteinas viscerais; estimular a secreção de hormonios troficos no intestino; aumentar a produção de IGF-1. Por outro lado, as wheys desnaturadas, assim como outros produtos industrializados por meios térmicos, já são estudadas como substâncias que poderiam ser cancerígenas.
      Tipos de whey não desnaturada
      Há muito conteúdo sobre as wheys desnaturadas, que são encontradas nos tipos concentrada, isolada e hidrolisada.
      Por outro lado, as wheys não desnaturadas são encontradas apenas nas formas concentrada e isolada. E, ao contrário do que se indicada para as wheys desnaturadas, a melhor whey não desnaturada é a concentrada, por ser aquela que preserva melhor as frações proteínicas. Quanto mais próximo do soro do leite natural, melhor.
      No campo das wheys desnaturadas, é indicada como "pior" a whey concentrada e como "melhor"a whey hidrolisada.
      Benefícios da whey não desnaturada
      Esse tipo de proteína de soro de leite foi submetida a um extenso estudo, que revelou sua impressionante variedade de benefícios, além de sua capacidade de fortalecer o crescimento muscular saudável.
      Estudos mostram que a whey desnaturada:
      ajuda a baixar a pressão sanguínea e melhorar a função vascular se você estiver com sobrepeso ou pressão alta; fortalece os níveis normais de açúcar no sangue e aumentar a sensibilidade à insulina em pessoas com diabetes tipo 2; reduz a inflamação, incluindo inflamação relacionada à doença inflamatória intestinal, pelas suas ações protetoras devidas à sua capacidade de estimular a síntese de mucina intestinal e modificar a composição do microbioma intestinal; ajuda a normalizar seu peso: a proteína de soro de leite não apenas a satisfaz, mas também reduz as cólicas da fome, aumenta o metabolismo (permitindo que você queime mais calorias) e ajuda a manter a massa muscular e eliminar o excesso de gordura armazenada. Whey desnaturada e riscos para a saúde
      As wheys desnaturadas, também chamadas de whey fast food (em razão de serem produtos industriais ultraprocessados), deixam o organismo ácido. Além de haver perda de cálcio da massa óssea, esse cálcio é distribuído na forma de cristais e acumulado nas artérias cardíacas, gerando rigidez arterial e problemas cardíacos.
      A acidez causada no organismo pelo excesso de proteína ácida pode resultar em pedras nos rins, causando cálculo renal.
      Quando optar por um suplemento de proteína, verifique se ele não contém whey termolisada (ultra-aquecida), que demonstrou ser a mais carcinogênica dos alimentos termolisados.
      Evite proteínas de soro de leite derivadas de leite ultrapasteurizado.
      Se o fabricante do soro de leite não fornecer um Certificado de Conformidade (CoC) informando que o seu soro é feito de leite não pasteurizado, é bem provável que seja a whey derivada de leite ultrapasteurizado.
      Whey por troca iônica é a mais perigosa
      O processo de troca iônica para produção e filtragem de proteínas whey é o pior, mais antiquado ou ultrapassado, além de perigoso.
      Existem várias marcas que usam esse antigo método de extração, que é o mais barato de todos.
      Texto original de Dr. Luis Meirelles.
    • Por contribuinte
      Dentre as wheys baratinhas Best Whey da Athletica Nutrition e Whey Grego da Nutrata, qual é a melhor opção?

    • Por vicentelaff
      Eae galera,
      Entao, eu tava pensando em comprar uma glutamina, um BCAA e um whey, mas tava em dúvida sobre as marcas e se vale msm a pena. Depois que eu comprei aquele lixo daquele pacote de "hipertrofia máxima" da x-pharma, só vou comprar suplemento perguntando aqui antes ! kkk !
      Então, a glutamina seria essa daqui  glutamina-body-size-300-gr   eai ? a marca é boa ? o preço ta bom ?
      O BCAA seria esse bcaa-dymatize-400-capsulas eai ? a marca é boa ? o preço ta bom ?
      E o whey seria esse daqui super-whey-100-pure-907gr eai ? a marca é boa ? o preço ta bom ?
      Valeus galera !
    • Por Alymec
      Qual marca é mais confiável? Qual marca fornece realmente os valores indicados? Qual dá mais resultado?
      Ultimamente li bastante sobre os casos das empresas que fornecem quantidades diferentes de carbos e proteínas do que vem dizendo no pote, e apesar de terem sido aprovadas, ainda fico com um certo receio sobre essas duas. De um lado, a Probiotica, uma marca com um grande nome até mesmo internacionalmente, mas que vem sofrendo algumas acusações, e de outro a Integral, marca que vem crescendo muito. (Quem assiste UFC sabe...)
      Queria saber dos que realmente conhecem e que já fizeram uso: Qual whey vale mais a pena investir?
      https://www.corpoidealsuplementos.com.br
      Não pelo preço, mas pela qualidade do produto.
      Vlw!
    • Por Dra. Shalimar Diniz
      Bater tudo no liquidificador e tomar na hora.



×
×
  • Criar novo...