Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Puxada pela frente supinada (puxada alta)

Como fazer o exercício puxada pela frente supinada (puxada alta) do jeito certo


Luan Viana
 Compartilhar

Puxada pela frente supinada: posição inicial Puxada pela frente supinada: posição intermediária Puxada pela frente supinada: posição final Puxada pela frente supinada: posição intermediária Puxada pela frente supinada: posição inicial
Baixar animação

Passo a passo para execução correta:

  1. Ajustar o suporte do banco para firmar as penas e dar estabilidade ao movimento;
  2. Pegar a barra com os polegares voltados para fora (supinada) e na abertura correspondente ao prolongamento do ombro;
  3. Manter o tronco bem ereto;
  4. Flexionar ao máximo os cotovelos;
  5. Alongar o máximo que puder.

Músculos trabalhados:

  • Grande dorsal;
  • Redondo maior;
  • Bíceps.

Erros comuns:

  • Inclinar demasiadamente o tronco para trás;
  • Arredondar a colunar (protusão das escápulas);
  • Pegar do modo muito aberto na barra (desconfortável para o punho e para o cotovelo).

Imagens do movimento:

  • Puxada pela frente supinada: posição inicial
  • Puxada pela frente supinada: posição intermediária
  • Puxada pela frente supinada: posição final

Vídeo explicativo:

Participaram da produção deste exercício:

 Compartilhar

Publique seu conteúdo como colaborador

Comentários

Comentários Destacados



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo similar

    • Por Talles Sucesso
      Posicionar as mãos de modo que os pulsos fiquem alinhados com os cotovelos ao fazer o movimento; Contrair o abdome e subir o máximo que puder; Fazer o movimento contínuo, sem parar embaixo ou em cima.
    • Por Luan Viana
      Ajustar o suporte do assento para firmar as pernas durante a execução; Fazer a pegada neutra (polegares para trás); Deixar a coluna ereta; Estabilizar os cotovelos (manter a equidistância durante a execução); Trazer os cotovelos rentes ao tronco; Alongar bem ao final (amplitude máxima); Estufar bem o peito ao alongar.
    • Por Luan Viana
      Ajustar o suporte do banco para firmar as penas e dar estabilidade ao movimento; Pegar a barra na largura próxima do supino (abertura um pouco maior do que a largura dos ombros) com os polegares voltados para dentro (pronada); Manter o tronco estabilizado e reto; Flexionar os cotovelos até a barra tocar no tórax (unir bem os cotovelos para trabalhar bem a dorsal); Alongar bem a musculatura ao final.
    • Por Leena Fabrini
      A parte inferior das costas (região lombar) é formada pelos músculos eretores da espinha (ou sacro-espinais) que avançam ao longo de toda extensão da coluna vertebral.
      Na região lombar, os eretores da coluna dividem-se em três:
      iliocostal, longuíssimo e espinhal. Esses músculos são os pilares de força na região lombar, dando estabilidade à coluna vertebral e permitindo seu arqueamento.
      Ter músculos fortes e bem desenvolvidos na lombar, não somente dá às costas a impressionante forma de “Árvore de Natal” (que alguns fisiculturistas se valem para impressionar os juízes), mas também ajudam você a levantar mais peso em exercícios como levantamento terra e agachamento, além de ajudar a prevenir lesões.
      Muitos não sabem como treinar corretamente os músculos da lombar. Sim, o levantamento terra padrão, o levantamento terra romeno, o exercício “bom dia” e até mesmo os agachamentos são direcionados aos músculos do inferior das costas, mas estes atingem apenas os músculos de assistência. Isso significa que eles não se concentram suficientemente para estimular suas fibras musculares.
      Então qual exercício é bom para os músculos eretores da coluna?
      O levantamento com pernas estendidas (Stiff) e o levantamento terra romeno consistem em manter a barra perto da frente das pernas, flexionando os quadris, tendo como alvo os isquiotibiais e os glúteos.
      Mas, para se executar corretamente o levantamento com pernas estendidas (Stiff), você deve manter a barra longe de suas pernas na linha da cintura, flexionando e estendendo sua coluna, o que dá foco aos músculos da parte inferior das costas.
      Dica: A fim de enfatizar as fibras musculares do inferior das costas, deve-se realizar o levantamento com pernas estendidas (STIFF) no final de seu treino de costas.
      Exercícios para Inferior das Costas
      Levantamento Terra - 3 séries - 6-10 repetições Elevações em Barra Fixa - 3 séries - 8-15 repetições Remada Curvada - 3 séries - 8-10 repetições Puxada Supinada - 3 séries - 10-12 repetições Remada - 3 séries - 10-12 repetições Levantamento Terra com Pernas Estendidas (Stiff) - 3 séries - 10-15 repetições Exercícios Alternativos
      Levantamento Terra com Pernas Estendidas (Stiff) com Halteres Extensões de Costas Máquina de Extensão de Costas Fonte: STOPPANI, Jim. Lower Back, Revista Flex, março de 2010, pp. 94.
    • Por Caio Murata
      Vou revelar algumas dicas que me ajudaram a melhor desenvolver as minhas costas para os campeonatos de fisiculturismo. Resumidamente, muitas pessoas comentem alguns erros posturais que prejudicam a hipertrofia das dorsais. Vou tratar de alguns exercícios especificadamente:
      Puxada aberta pela frente
      Erro comum:
      Jogar os ombros para frente e puxar com os braços. Forma mais eficaz:
      Jogar o quadril para trás para isolar a musculatura das costas;  Estufar o peito;  Puxar à frente; Puxar com as escápulas primeiramente. OBS: essas dicas valem para todos os tipos de puxada (supinada, com triângulo e aberta neutra).
      Remada fechada com triângulo
      Erro comum:
      Jogar os ombros para frente e puxar com os braços; Puxar gamgorrando (balançando). Forma mais eficaz:
      Jogar o quadril para trás para isolar a musculatura das costas;  Estufar o peito; Puxar com as escápulas primeiramente. Serrote
      Erro comum:
      Puxar com o braço; Dar pouco espaço para a base da perna; Jogar muito a dorsal. Forma mais eficaz:
      Dar uma base maior; Estufar o peito; Puxar com a escápula. Dicas gerais para treino de dorsais e outros grupamentos
      Além das dicas de postura, no meu treino, gosto de:
      começar os exercícios com mais carga;  fazer treinos curtos (40 minutos); usar super-sets (drop-set, bi-set, tri-set, quadri-set); sempre variar os estímulos;  não contar séries e repetições;  trabalhar até a falha.



×
×
  • Criar novo...