Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Dianabol (Metandrostenolona)


Soul.

Post Destacado

Estava lendo um pouco sobre dianabol e achei essa matéria.
Não é de minha autoria, a fonte está devidamente citada ao final do tópico, estou apenas postando.
 
Metandrostenolona mais conhecida pelo nome de Dianabol ou pelos atletas de DBoll ou só por Diana, é um EAs que tem muitos apaixonados por todo o mundo. 
Uma História rápida:
Meados dos anos 50, os russos estavam dominando o cenário esportivo e isso estava incomodando e muito os Estados Unidos. Há uma história que o EUA contaram com ajuda de um atleta russo que se submeteu a alguns exames ajudando eles a detectarem a tal substância, e além dessa versão existe outra que fala que eles não tiveram muito trabalho para descobrir o porque dos atletas russos estarem sempre um passo a frente no halterofilismo e outras modalidades, foi entregue pelo próprio técnico russo em uma confraternização onde ficou bêbado e acabou entregando o segredo.  Bom, exatamente o que aconteceu para descobrirem não se sabe ao certo, só o que temos certeza é que os americanos descobriram que eles estavam fazendo uso de testosterona sintética. E foi aí praticamente que se deu o início da corrida de atletas atrás da medicina para conseguirem melhores resultados. Nessa época o médico da equipe de levantamento de peso americana, o Dr.
John Ziegler, desenvolveu o primeiro EAs derivado da testosterona. A substância desenvolvida pelo médico recebeu o nome de Metandrostenolona e a sua patente foi vendida à Ciba Pharmaceutical Company que colocou o nome comercial de DIANABOL , o qual é conhecido até hoje nos quatro cantos do mundo. E a partir da metandrostenolona foram desenvolvidos outros EAs.
 
Características da Metandrostenolona (Dianabol)
Tempo de ação Oral: de 6~8 horas.
Tempo de ação Injetável: de 48~72 horas.
Hepatotóxica: Sim
Aromatiza: Sim
Converte-se em DHT: Não
Acne: Sim
Retenção hídrica: Sim
Pressão Alta: Sim
 
Por ser de administração fácil e ter sido a pioneira a metandrostenolona ganhou adeptos em várias modalidade esportivas, chegando a ser o segundo EAs mais usado só ficando atrás da testosterona.
O Dianabol foi retirado de circulação em 1980, mesmo ele tendo sido usado como um "Tônico para mulheres", não teve grande importância na medicina. Só que a substância Metandrostenolona ainda continuou sendo fabricada legalmente em alguns outros países como México, Rússia, Bulgária e Tailândia, e esses países que abastecem o mercado mundial, só que com outros nomes comerciais como Anabol, D-bolic.
Para variar, a metandrostenolona é proibida no Brasil, só que é até muito fácil encontrá-la no mercado paralelo produzida por laboratórios undergrounds localizados dentro do Brasil.
 
Antes de falar o que essa substância pode trazer de benefícios para quem está em busca de Hipertrofia Muscular, vamos falar sobre o COLATERAIS.
 
Efeitos Colaterais:
Mesmo sendo uma droga considerada não muito androgênica, tendo seu valor androgênico entre 40 e 60, colaterais como oleosidade da pele, acne e queda de cabelo podem acontecer.  Sabemos também que nesse caso a Finasterida não seja de grande ajuda no combate de colaterais androgênicos, como queda de cabelo. 
Graças ao metil-estradiol, resultado da aromatização da metandrostenolona, colaterais de origem estrogênica podem surgir durante o ciclo. O que mais aparece nos usuários dessa droga é a retenção hídrica, e com isso compromete a definição muscular e ainda por esse motivo, problemas como pressão alta podem acontecer.
Ginecomastia - colaterais de origem estrogênica como ginecomastia e acúmulo de gordura localizada podem se manifestar, ainda que esses dois últimos não sejam tão comuns.
Quando usada em quantidades moderadas ela não altera os níveis de colesterol, e isso se dá pela sua forte ação estrogênica.
Ele é um esteroide 17aa, que significa que foi alterado na composição do Carbono 17, para sobreviver à primeira passagem no fígado. 
Fígado -  problemas hepáticos são uns dos efeitos colaterais, e esse que se deve ter mais cuidado, pois durante um ciclo no qual se use a metandrostenolona as enzimas do fígado se alteram rapidamente, indicando hepatoxidade mais elevada que outros esteroides anabolizantes 17aa. Ex: Oxandrolona e o Stanozolol.
Obs: Por esse motivo não se deve usar por períodos maiores do que 6 semanas.
 
Efeitos:
Então porque será que ele é o segundo mais usado?
Mesmo existindo em comprimidos e na forma injetável, é mais comuns ser usado oral, tanto pela praticidade como por ser mais fácil de se achar para comprar.
Droga de ação rápida e forte, a metandrostenolona obtém um grande aumento de peso em um curto espaço de tempo. A Construção Muscular é beneficiada graças a maior retenção de nitrogênio, só que nem todo peso obtido é massa muscular e sim também um acúmulo de líquido. 
E isso faz os músculos terem uma aparência de maiores e mais cheios, prejudicando a definição muscular à medida que parte desse acúmulo líquido é alocada fora dos músculos, entre os músculos e a pele.
Essa droga também possui um interessante mecanismo de retenção de potássio, o que serve como um contra-peso para a grande retenção de sódio proveniente do metil-estradiol.
Não posso deixar de falar que ele é responsável por um grande aumento de força, e com isso torna-se possível treinos com intensidades e cargas impressionantes. Colocando os prós e contras numa balança, ela é de grande ajuda na construção muscular. 
 
Você sabia?
A Metandrostenolona atua também como um excelente anti-catabólico, reduzindo a quantidade de cortisol em até 70%.
 
Voltando.
A presença do grupo metil no carbono 17 da sua molécula, além de possibilitar a administração desta droga pela via oral, diminui a sua afinidade com o SHBG, tornando-se uma substância bastante ativa no organismo. 
Quando se faz uso dessa droga em um ciclo, na maioria dos casos a libido e a auto-estima aumentam consideravelmente, e  se tem a sensação de que seus músculos estão sendo bombeados o dia todo.
 
Metandrostenolona não é uma droga para se queimar gorduras, sendo assim não sendo aconselhável seu uso fora do período OFF. Ela se liga com pouca força aos receptores androgênicos, sugerindo que ela exerce seus efeitos por vias não mediadas por estes receptores, e assim não é uma droga na qual deve-se usar num período onde se tem como finalidade uma perda de peso (gordura).
 
 
Metandrostenolona e seus ciclos:
Não tenho a intenção de influenciar ninguém a montar seu ciclo com essa droga ou qualquer outra e sim só dar uma diretriz para que não aconteça o que mais vejo.
 
Obs: Do mesmo jeito que ela te dá um aumento muscular e de força, ao término do ciclo tudo que se ganhou pode ir embora na mesma velocidade, deixando seus usuários, que em sua maioria , são usuários sem noção e não sabem montar seus ciclos. Trazendo até problemas psicológicos, pois um cara que estava com sua auto-estima em alta e "se achando" no seu meio social, do mesmo jeito que ficou grande e imponente, vai murchar e voltar a ser o que era e a sua auto aceitação na maioria dos casos é bem difícil.
 
Como podemos usar essa droga?
 
1) Ela é mais usada no início de um ciclo
 "Kick Start"
Para dar digamos um "ARRANQUE" com ganhos imediatos, enquanto outras drogas mais lentas atingem seu pico como os EAs: Testosterona (podendo usar uma de lenta) e Decanoato de Nandrolona (Deca) o qual tem uma ótima combinação com a Metandrostenolona. Lembre-se que a Metandrostenolona para ficar no território mais seguro sem muitos colaterais pode-se usar no máximo por 6 semanas. Tendo como doses diárias conhecidas de 25~50mg por dia, mesmo tendo relatos de pessoas que usaram até 100mg por dia sem grandes alterações, só que isso é muito relativo, pois há pessoas que fumam a vida toda e morrem de morte natural e pessoas de fumam por 15 anos e morrem de Enfisema Pulmonar.
 
2) Como uma "Ponte" entre os ciclos.  
Como não é de novidade para nossos leitores, há inúmeros atletas e até entusiastas da musculação que se mantem em ciclos por boa parte do ano. Fazendo ciclos médios e com espaços entre eles muito pequenos, tendo só o tempo do TPC praticamente.
Quando falamos "Ponte" estamos falando que nesse espaço de tempo que a pessoa termina seu ciclo de EAs e começa seu TPC até começar o próximo ciclo, ela se mantém tomando o seu EAs oral em uma baixa miligramagem em torno de 5~10mg/dia. Evitando assim uma perda muito acentuada dos ganhos obtidos no ciclo e ajudando a evitar o catabolismo.
 
Dicas:
 Se você for fazer um ciclo que tenha a Metandrostenolona nele, e for usar uma miligramagem de 20~30mg/dia que seria o mais indicado para não se ter muitos colaterais, não pode tomar tudo de uma vez só. E sim dividir isso em varias doses. Ex: 4~6 vezes ao dia. 
Entenda melhor o porque eu falei isso!!!
A meia-vida dela é de cerca de 3~4horas, iniciando sua ação de 1-3 horas, e assim se dividirmos sua ingestão ao longo do dia manteremos o nível da droga na corrente sanguínea tão estável quanto possível.
 
 
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Madrugão suplementos

Não jogue dinheiro fora

Compre suplementos bem mais baratos com o cupom de desconto do FISIculturismo.com.br

Clique aqui para obter seu cupom

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
×
×
  • Criar novo...