Jump to content

Massacre ao OxyElite Pro e Suplementos na Mídia

fisiculturismo
  • , 108,392 views

Desinformação da Mídia não Especializada

Quem acompanha as novidades da indústria da suplementação no Brasil costuma ficar chocado com as notícias que são veiculadas pela mídia. Normalmente, as informações são distorcidas e repletas de preconceito, sem respaldo científico ou de profissionais gabaritados, resultando numa salada de desinformação e fomentadora de ainda mais preconceitos contra os suplementos alimentares e amantes da musculação. Saiba mais na matéria: Jack3d é Acusado de Causar Dependência.

OxyElite Pro Demonizado

A bola de vez ou bode expiatório, desta vez, foi o suplementos alimentar OxyElite Pro da USPLabs. O jornal Correio Braziliense publicou uma sequência de matérias demonizando o suplemento alimentar e vitimizando os seus consumidores, como se fossem pobres coitados enganados pela indústria gananciosa e inescrupulosa.

O massacre começou em 12/01/2013, numa matéria intitulada "Lojas do DF vendem suplemento proibido". O subtítulo foi "De 20 estabelecimentos consultados pelo Correio, seis comercializam o OxyElite Pro, todos fora do Plano Piloto. Feito à base de dimetilamilamina, o produto, vetado desde julho pela Anvisa, é usado por quem deseja emagrecer e também por concurseiros".

lojas-df-vendem-suplemento-proibido.pdf

Nessa reportagem, afirma-se que a dimetilamilamina (DMAA) poderia levar o indivíduo à morte. Além do OxyElite, são mencionados o Jack3d e o Lipo 6 Black, os quais também estariam proibidos na Austrália e Nova Zelândia.

Na realidade, a DMAA foi proibida nos EUA, onde os suplementos são fabricados, e essa proibição envolveu um número muito maior de suplementos, como reportamos na seguinte matéria: Jack3d Foi Proibido pela FDA (ANVISA dos EUA).

Risco de Morte

A suspeita de risco de morte ligada à DMAA não parece ter sido comprovada até o momento, havendo mera suspeita. Se a DMAA fosse realmente tão perigosa como se gosta de propagar na mídia, milhares de pessoas que frequentam academias no mundo inteiro teriam falecido. O Jack3d, produto que continha DMAA, foi o suplemento alimentar mais vendido no mundo durante muitos meses. E nenhum caso comprovado de morte, efetivamente causada pelo DMAA, parece ter sido revelada. Veja mais sobre esse assunto nesta matéria: Jack3d é Seguro.

Novas Fórmulas sem DMAA

O grande defeito na matéria é não informar que os fabricantes de suplementos alimentares atualizaram as fórmulas do OxyElite Pro, do Jack3d e do Lipo 6 Black para adequação dos produtos ao novo regramento imposto pela FDA. Veja as novas fórmulas: Lipo-6 Black no site da Bodybuilding (links com referral code).

Suplemento Alimentar não é Esteroide (nem Asteroide, nem Bomba)

O pior defeito da reportagem não foi deixar de mencionar que os fabricantes adequaram as fórmulas dos produtos à nova realidade ditada pela FDA. Na realidade, trata-se de um problema comum a diversas reportagens publicadas contra os suplementos alimentares: confunde-se suplemento alimentar com anabolizante esteroide.

Num quadro que tem por objetivo demonstrar os riscos do consumo de DMAA, são apresentados efeitos colaterais próprios dos esteroides. Leia-se: na mulher - aumento de pelos, alteração na voz, queda de cabelo, desragulação do ciclo menstrual. No homem - crescimento da mama, problemas de fertilidade. Nenhum desses efeitos colaterais está relacionado à DMAA ou a qualquer outro ingrediente da fórmula do OxyElite Pro.

Quem acompanha nosso site já está cansado de saber que esteroides são esteroides e suplementos alimentares são suplementos alimentares, capiche? Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Será que precisamos ser mais claros? A mídia não especializada, de alcance difuso, ao invés de informar as pessoas, as desinforma.

Por isso, um preconceito enorme ronda o meio social e se mostra evidente quando um jovem resolve utilizar suplementos alimentares, ainda mesmo que por indicação de nutricionista esportivo, e seus pais ou responsáveis se posicionam de maneira ferozmente contrária. Também é comum que musculadores, ao exibirem shakes de proteína, tenham que ouvir frases do tipo: "Está tomando bomba?". Mas não são esteroides, nem bombas. São produtos que complementam a dieta e fornecem nutrientes para o organismo de forma prática ou concentrada.

Depoimento de Pessoa Sedentária e não Comprometida com Treino e Dieta

Também chama a atenção, no texto da reportagem, um depoimento de uma servidora pública (que não quis se identificar). Teria dito ela que passou a tomar o OxyElite para se preparar para uma prova de resistência física de um concurso, porque não teria conseguido emagrecer sem ajuda suplementar.

Qualquer musculador que se preze sabe que não é o suplemento alimentar que vai provocar o emagrecimento, mas dieta ou reeducação alimentar (ingestão calórica menor do que o gasto calórico). Suplementos ajudam, não fazem milagre. Só por esse trecho do depoimento já se pode esperar o absurdo que vem pela frente.

A "super atleta" disse que com o OxyElite Pro teria conseguido fazer mais de 10 minutos de esteira, coisa que nunca teria consigo antes. Pelo amor de Deus, quem é a pessoa que, normalmente, não consegue fazer mais de 10 minutos de esteira na academia? Sendentários? Obesos mórbidos? Será que seu avozinho sedentário com mais de 70 anos de idade conseguiria fazer mais de 10 minutos de esteira? Se ele costumar caminhar pela casa, é bem possível.

Para completar, a "super atleta" diz que ainda voltou correndo para casa, não tendo se sentido cansada em nenhum momento, mas eufórica. Pior, afirmou que tem conhecimento na área (qual? suplementação alimentar? química?) e percebeu que as ligações dos compostos do OxyElite Pro seriam parecidas com as da cocaína. E também descobriu que o produto estaria proibido. E que o produto poderia acusar doping. E causar dependência. Ficou revoltada e se sentiu enganada.

O que acham disso? A pessoa que se diz entendida em suplementos alimentares e que normalmente não consegue comer menos e melhor para emagrecer, nem fazer míseros 10 minutos de esteira, diz que se sentiu enganada. Não sabemos se esse depoimento é para rir ou para chorar. Sensacionalista é. Colaborativo não. O que diferencia o gás oxigênio (O2) do ozônio (O3) é um átomo. Ainda que as ligações dos componentes do OxyElite Pro fossem parecidas com as da cocaína, isso nada tem de alarmante. Quem entende de suplementos já deveria saber que a DMAA estava proibida nos EUA e que era considerada doping pela WADA. Quanto à dependência, parece não haver estudo científico conclusivo.

Observe-se que a "super atleta" disse que um amigo seu teria comprado o produto facilmente em Sobradinho (cidade satélite de Brasília), o que leva a crer que ela sabia que o produto não poderia ser vendido de maneira regular. Como poderia ser sentir enganada? Quanta inocência….

Na verdade, pessoas como essa estão se enganando. Quer correr mais de 10 minutos na esteira? Treine de verdade. Quer emagrecer? Faça dieta. Quer atingir o seu potencial genético máximo? Aí sim faça uso de suplementos alimentares.

O problema é que gente sedentária e com compulsão alimentar, sem compromisso com treino e dieta, quer depositar a culpa do fracasso de seu projeto pessoal em terceiros ou em coisas, como no suplemento alimentar, um bode expiatório. E infelizmente a mídia dá voz a essas pessoas (que, na verdade, não sabem nada de treino, dieta, ou suplementação, e não se preocupam em pesquisar), como se fossem os mensageiros da sabedoria popular. "Os suplementos são os vilões!".

O que não se pode aceitar é que uma eventual minoria de nutricionistas e vendedores de lojas de suplementos que estejam fazendo propaganda enganosa em torno dos benefícios da suplementação tenham credibilidade social. Nunca se esqueça: suplementos não fazem milagres, o que transforma o corpo é a determinação do praticante de musculação, não uma pílula mágica. Suplementos estão à disposição para ajudar no caminho, e não para trilhá-lo por você.

Portanto, para aqueles que querem o caminho mais fácil, o dos milagres, ou o das pílulas mágicas, sentimos informar: você sempre será enganado por algum malandro de plantão. Mas fica o recado: não culpe os outros, nem coisas, e muito menos os suplementos. Tenha compromisso, seja determinado, e o resultado virá naturalmente.

Outras Reportagens em Série para Massacrar os Suplementos (e Criar uma Equivocada Opinião Popular)

No dia 13/01/2013, o Correio Braziliense publicou uma matéria intitulada "MP reage a venda ilegal", cujo subtítulo era "Denúncia do Correio sobre comércio de compostos alimentares vetados faz com que a Promotoria de Defesa da Saúde marque reunião com a Anvisa e a polícia. Em oja de Águas Claras, produto pode ser obtido por encomenda".

mp-venda-ilegal-suplementos.pdf

Nessa reportagem, mais uma vez, afirma-se que o OxyElite Pro teria como efeitos colaterias: mudança na voz, queda de cabelo, problemas de fertilidade, alterações no sistema nervoso e a morte do usuário. Já vimos que suplementos alimentares não são esteoides anabolizantes. E os efeitos colaterias comprovados destes não podem ser imputados aos suplementos não esteroidais.

Em 14/01/2013, o Correio publicou nova matéria contra o OxyElite Pro. A chamada foi: "Polícia fecha o cerco contra venda ilegal", e o subtítulo foi: "Unidade especializada conta com seção específica para combater comércio de compostos alimentares proibidos pela Anvisa. Em uma das operações realizadas no ano passado, a delegacia recolheiu 5 mil produtos ilegais. Comércio também é feito por meio de redes sociais".

policia-fecha-cerco-venda-ilegal-suplementos.pdf

Mais uma vez o OxyElite Pro, o Jack3d e o Lipo-6 Black são acusados de causar uma série de alterações no metabolismo e de até levar os usuários à morte.

É curioso anotar que a gerente de alimentos da Vigilância Sanitária do DF diz que o órgão apresenta déficit de pessoal para controlar a venda ilegal do OxyElite Pro, e que há outras prioridades.

Se fosse mesmo verdade que a DMAA causa morte, não deveria sua venda ilegal ser tratada como prioridade? Quantas pessoas você conheceu (ou amigos de amigos) que morreram por ingerir suplementos com DMAA (OxyElite Pro, o Jack3d e o Lipo-6 Black)?

No dia 15/01/2013, foi veiculada no Correio matéria intitulada "Fiscalização precária estimula crime", e com subtítulo "A Vigilância Sanitária tem pouco mais de um terço do total de profissionais necessários para atuar em diversas áreas. Sobrecarregado, o órgão cobre só cerca de 20% do comércio".

fiscalizacao-precaria-estimula-crime.pdf

O mais triste foi ler na capa do jornal a chamada para a matéria: "Fiscalização sobre 'bombas' é falha".

fiscalizacao-bombas-falha.pdf

É realmente muito triste verificar que a mídia fomenta o preconceito e ojeriza contra os praticantes de musculação que fazem o uso correto de suplementos para atingir o máximo do desenvolvimento muscular.

Vamos repetir sempre que for necessário: suplemento não é esteroide. Suplemento alimentar não é bomba. Quem faz uso de suplemento alimentar não é bombado. Esse lugar-comum já está passando de uma infeliz falta de informação para uma despropositada ignorância.

Nessa reportagem, é interessante notar a opinião do gerente sanitário André, segundo o qual a população deve ser educada para não consumir produtos ilegais, ao invés de se buscar um reforço na fiscalização. E, mais uma vez, o gerente deixa claro que o comércio ilegal de suplementos alimentares não é prioridade. Somente situações que envolvam risco iminente à saúde são priorizadas, tais como leitos de UTIs.

Concordamos com o servidor da ANVISA: educação é a palavra-chave. E esse é o objetivo desta matéria. Educar a população. Informar do modo mais preciso possível. Não consuma suplementos alimentares proibido pelas autoridades sanitárias! E se o produto é permitido apenas nos EUA, faça a importação correta do produto. Não compre de maneira irregular, a chance de o produto ser falsificado é grande. Leia uma matéria interessante sobre importação: Jack3d Micro: Importação e Nova Fórmula.

Mas o que fica evidente pelas palavras do gerente de Alimentos da ANVISA é que os suplementos alimentares, ainda que proibidos, não representam risco iminente à saúde. Parece exagerado imputar à DMAA risco de morte.

No mesmo dia, 15/01/2013, foi veiculada outra matéria com a chamada "Consumo leva ao risco de morte" e descrição "Especialistas alertam para os perigos e as complicações decorrentes do uso de complementos alimentares, emagrecedores e esteroides, como dependência e problemas cardiovasculares. A comercialização pela internet desafia a Anvisa e a Polícia Federal".

consumo-dmaa-risco-morte.pdf

Segundo a matéria, a morte do nutricionista Manoel de Alencar poderia ser imputada ao OxyElite Pro. A polícia teria encontrado anabolizantes e o suplemento proibido na casa do atleta.

Mas afinal, por que o OxyElite Pro seria a causa da morte? Mais adiante, a reportagem afirma que a mistura de esteroides, estimuladores e emagrecedores teria causado uma parada cardiorrespiratória no atleta. Nesse caso, convenhamos, não foi o OxyElite Pro o causador da morte.

Merece nota, também, a manifestação de um mestre em ciência da nutrição que afirma que o OxyElite Pro teria outras anfetaminas na composição, tais como a sibutramina. Não é isso que se verifica no rótulo do produto.

tabela-nutricional-oxyelite-pro.gif

Nessa mesma reportagem, os leitores são confundidos pelo jornal com a apresentação dos efeitos colaterais dos esteroides anabolizantes como sendo efeitos negativos do suplemento OxyElite Pro.

No dia 16/01/2013, o Correio publica matéria com título "Traficantes e contrabandistas", e explicativo "A polícia e o Ministério Público fecham o cerco às quadrilhas de tráfico de drogas que descobriram nos complementos alimentares e nos anabolizantes uma forma de lucrar ainda mais com o comércio ilegal. Produtos chegam dos EUA e do Paraguai".

traficantes-contrabandistas-suplementos.pdf

Essa notícia é realmente assustadora. O comércio ilegal de suplementos alimentares deve ser reprimido. Sabemos o quanto nosso país tem sofrido com os efeitos deletérios do tráfico de drogas, que destrói vidas e famílias. A repressão aos traficantes tem sido uma batalha incansável das forças estatais. Saber que esses traficantes estão enveredando para o comércio ilegal de suplementos e esteroides muito nos entristece, pois, vai se tornar ainda mais difícil a repressão à venda irregular.

No dia 17/01/2013, foi veiculada matéria com título: "Antidoping sob suspeita". Explica-se: "Especialistas denunciam que a preferência por exames capilares na maioria dos concursos de segurança pública facilita a aprovação de candidatos que usam substâncias proibidas em testes físicos".

antidoping-suspeita-suplementos.pdf

Merece destaque nessa matéria a intervenção do preparador físico Ricardo, que afirma ser comum que seus alunos apresentem palpitação, dor no peito, hipoglicemia e taquicardia. E isso seria em decorrência do uso de suplementos proibidos. Segundo ele, em casos extremos, a pessoa poderia ter morte súbita.

O treinador não relatou nenhum caso de morte súbita que tenha presenciado. Também não deu detalhes das doses dos suplementos ingeridas pelos alunos, e nem que suplementos seriam esses. Também não deu detalhes das dietas dos alunos, da intensidade do treinamento e nem se teriam problemas congênitos de saúde.

Em resumo, os suplementos foram malhados sem qualquer embasamento científico, só por "achismo".

No dia 18/01/2013, sai nova matéria, desta vez intitulada "Venda na internet aumenta os riscos", com subtítulo: "Além de esconder a identidade do fornecedor, comércio de complementos alimentares na rede expõe o consumidor a produtos irregulares, fora da validade ou falsificados".

venda-internet-riscos-suplementos.pdf

Na capa do jornal, foi feita a chamada desta forma: "Sites põem à venda versão falsificada de suplemento".

sites-versao-falsificada-suplementos.pdf

Diz a reportagem que a compra de suplementos não autorizados pela ANVISA por meio da internet é arriscada porque o produto pode ser falsificado, vencido ou nem mesmo chegar. Essa é uma meia verdade.

Se a compra for feita no Brasil, a venda é ilegal, e os riscos são reais. Se a compra for feita nos EUA (pela internet), em sites de renome, o risco de dores de cabeça com a compra são mínimas. Existem muitos suplementos alimentares cuja venda não é autorizada no Brasil, mas é autorizada nos EUA. A importação é permitida, sujeitando-se o consumidor ao pagamento de tributo e a apresentação de prescrição médica ou de nutricionista.

Os sites que costumam ser mais recomendados para a importação de suplementos alimentares dos EUA pela internet são: e Bodybuilding.com (links com referral code).

No día 20/01/2013, publica-se matéria "Por trás da promessa de milagre, o pesadelo" sobre "Pessoas que consumiram produtos vetados no Brasil, como OxyElite Pro, Jack 3D e Lipo-6 Black, atestam as consequencias nocivas à saúde que esses compostos provocam, como taquicardia, hipertensão e dependência. Em Recife, um jovem morreu".

promessa-milagre-pesadelo-suplementos.pdf

De acordo com a reportagem, as promessas dos rótulos de suplementos como OxyElite Pro, Jack 3D e Lipo-6 Black escondem os riscos devastadores dessas substâncias. Em seguida, são publicados depoimentos de pessoas que usaram os suplementos. É aí que os absurdos começam a aparecer. Leia com atenção e veja se os efeitos colaterais decorrem dos suplementos ou da irresponsabilidade de seus usuários.

A secretária Adriana afirmou que comprou o OxyElite com a intenção de emagrecer. Disse que com o uso do suplemento não se sentia cansada. Num dia de treino chegou na academia às 7h e saiu meio-dia. Isso mesmo!! A "grande atleta" entrevistada pelo Correio ficou 5 horas seguidas na academia!!

Depois disso vem choramingar de dores na nuca, dores de cabeça, taquicardia, nervosismo e hipertensão. Médicos teriam dito que seu problema foi desencadeado pelo OxyElite Pro. Ao deixar de usar o produto, a secretaria teria ganhado 12 quilos, no que chamou-se efeito sanfona.

Convenhamos, vocês acham que a secretaria teve problemas de saúde por causa do suplemento alimentar ou por não saber treinar, não saber se alimentar, não respeitar os limites do corpo, querer resultados imediatos e assim por diante? Quantas cápsulas do produto ela ingeriu de uma única vez?

Parece claro que em 15 dias treinando por 5 horas seguidas qualquer pessoa entraria num estado de overtraining com efeitos deletérios ao corpo, exatamente como descrito pela secretária: dores na nuca, dores de cabeça, taquicardia, nervosismo e hipertensão.

Por que o jornal, os médicos (não identificados) e a secretária culpam o suplemento pelo mal estar físico ao invés de se atentarem para um elemento básico: treino correto e dieta? É muito mais fácil culpar o suplemento do que assumir as próprias fraquezas.

Pelo depoimento da secretária, de 78 quilos, fica claro que ela buscou no suplemento uma fórmula mágica para perder peso. E se logo após parar de tomar o suplemento ganhou mais 12 quilos, pode-se imaginar que tenha distúrbio alimentar compulsivo.

Para se perder peso com saúde, deve-se atentar para a disciplina e busca de resultados a longo prazo. A perda deve ser gradual. A dieta deve ser equilibrada, e não absolutamente restritiva. O treinamento deve respeitar os limites do corpo (costuma-se dizer que o ideal são 40 minutos, e não absurdas 5 horas de treinamento contínuo).

É óbvio que uma pessoa gordinha e sedentária que não se alimente direito e que treine alucinadamente sem qualquer acompanhamento de preparador físico irá ter problemas de saúde, tais como dores de cabeça, hipertensão, etc. O catabolismo é cruel. O efeito sanfona é natural nesses casos. O corpo não aguenta ser saco de pancada por muito tempo.

Portanto, não culpem os suplementos alimentares, culpem a ansiedade por resultados rápidos, o desrespeito aos limites do organismo, a falta de acompanhamento nutricional e de programa de treinamento adequado.

Outro depoimento que chama a atenção é de Wilson e Marcelle, que afirmam que o Jack3d teria matado seu filho Wilsinho. O algoz teria sido o estagiário da academia do rapaz, José Dorgival Cavalcante Júnior, que teria vendido irregularmente o suplemento Jack3d.

Não há nenhuma prova científica de que o rapaz tenha falecido por conta do uso do Jack3d. Há uma coincidência. Ele faleceu um mês após começar a fazer uso da substância. Observe-se que a vítima jogava futebol, e não raramente se ouvem casos de morte súbita em esportes em que o sistema cardiovascular é exigido à exaustão.

A reportagem é omissa quanto a problemas de saúde congênitos do rapaz, quanto à dose de suplemento que ele ingeria, quanto ao uso de medicamentos (quiçá esteroides) e quanto à própria causa da morte em laudo pericial.

A mãe tem esperança que um laboratório estrangeiro comprove que a causa da morte foi a ingestão de Jack3d. Portanto, fica claro que o suplemento alimentar é sacrificado e imputado como culpado sem prova científica, com base em preconceitos e crendices. Leia mais neste link: IC e IML não confirmam morte de jovem no Recife por uso de Jack3D.

Interessante também é o depoimento do professor de musculação Vitor, que afirma que muitas pessoas abusam do consumo dos suplementos, ingerindo doses muito superiores do que as indicadas no rótulo. Mencionou o caso de um usuário que excedeu em 6 vezes a dose indicada.

Imagine você os efeitos colaterais decorrentes da ingestão de 6 vezes a quantidade indicada de uma substância estimulante do sistema nervoso central!! Será que vai fazer mal? Afinal, quem são os vilões? Os suplementos alimentares ou seus usuários desmiolados?

Se você toma um copinho de café pela manhã para ficar alerta, imagine se você tomasse outros 6 seguidamente! Vamos pensar. Até o melhor produto do mundo pode se tornar prejudicial pelo mal uso.

No mesmo dia 20/01/2013, foi publicada reportagem chamada "A saúde em primeiro lugar", tratando de "Especialistas dizem que produtos ofertados no mercado, que prometem perda de peso ou ganho de massa muscular, só devem ser consumidos se houver orientação de especialistas em nutrição. Do contrário, os efeitos no organismo podem ser devastadores".

saude-suplementos.pdf

Chancelamos essa reportagem. Os suplementos alimentares somente devem ser consumidos com a orientação de nutricionista esportivo. Nem todos os praticantes de musculação necessitam de suplementação alimentar, principalmente aqueles que não desejam atingir o máximo de força, hipertrofia ou definição.

Para a manutenção de um organismo saudável e funcional, normalmente, não há necessidade de suplementação alimentar, se o praticante de musculação tiver uma dieta bem balanceada ao longo do dia. Para aqueles que querem atingir metas audaciosas nos treinos, os suplementos alimentares podem ser grandes aliados, se consumidos corretamente.

A única ressalva que se faz aqui é a inclusão do risco de morte e da dependência como efeitos colaterais dos suplementos, o que parece ser exagerado, por falta de evidências científicas.

No dia 26/01/2013, é publicada reportagem com o título "Polícia apreende 7 mil pílulas contrabandeadas". Dá-se conta de apreensão de suplementos trazidos do Paraguai para serem vendidos irregularmente no Brasil, tais como o Lipo-6 Black.

pilulas-suplementos-contrabandeados.pdf

Fica mais uma vez o alerta: não compre suplementos alimentares vendidos de modo irregular no Brasil. Compre somente os produtos que estão de acordo com as regras da ANVISA. Caso queira comprar produtos que não podem ser vendidos no Brasil, mas que podem ser vendidos nos EUA, faça importação direta pela internet ou visite os EUA para comprá-los. E não se esqueça de ter em mãos a prescrição de seu médico ou nutricionista esportivo.

Conclusão

Esta matéria não tem por objetivo criar qualquer levante contra a mídia difusa, de massa. Tem por objetivo esclarecer os leitores de alguns detalhes importantes que envolvem o mundo da suplementação alimentar e que, muitas vezes, são ignorados pela mídia não especializada, que ainda publica algumas matérias mais confusas do que informadoras.

A série de reportagens publicadas pelo Correio Braziliense cometeu alguns deslizes (confundir suplementos com anabolizantes, imputar aos suplementos risco de morte sem comprovação científica, apresentar depoimentos de pessoas que fazem mal uso de suplementos e culpar o suplemento ao invés do usuário), mas tem seus méritos (chamar a atenção para os perigos do consumo de produtos proibidos, possivelmente falsificados, e de suplementação alimentar sem acompanhamento especializado, por nutricionista esportivo).

Também é bom que a população saiba que suplementos alimentares não fazem milagres. Determinação faz. Treine pesado, alimente-se com respaldo de profissional habilitado (que pode eventualmente prescrever suplementos auxiliares) e alcance os resultados que almeja!

Não acredite em maus profissionais que prometem pílulas mágicas, sejam eles nutricionistas ou vendedores de lojas de suplementos alimentares. Corpo perfeito não cai do céu. Demanda tempo, disciplina, persistência, dieta equilibrada e treinamento adequado. E os suplementos? Podem tornar sua vida mais prática, ajudar na conquista dos resultados, mas não são os elementos mais importantes.

Fonte das Reportagens

Jornal Correio Braziliense - http://correioweb.com.br

(Os arquivos das reportagens são meramente ilustrativos desta matéria e não devem ser reproduzidos - art. 46, III, da Lei n. 9.610/98)

Edited by fisiculturismo

Álbum de Imagens (1)

  • monthly_02_2013/ccs-69938-0-45433500-1360289041.gif.png
Sign in to follow this  

User Feedback

Recommended Comments

Eu Tomei Oxy Elite por 2 vezes, num intervalo de 3 meses entre cada frasco, emagreci 10Kg e, ganhei massa magra.
Oxy não fez nenhum mal à minha saúde, apenas alguns efeitos colaterais como peidos mais fedidos e só, mas isso é devido seus componetes. Porem se forem achar ruim porque estão peidando mais, parem de comer Ovo, Repolho, Cebola, Leite, Feijão...

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

só rindo...

 

nunca vi tanta porcaria junta!

 

Oxyelite novo ou velho não mata ninguem, mas acaba com o comercio de chás, shakes emagrecedores, e um monte de tranqueira que não presta alem de reduzir os ganhos de clinicas especializadas em dietas... conheço uma clinica que passou uma dieta a uma pessoa com praticamente 0 carbo por dia... é pra matar a mulher? e pior, eles cobram muito mais caro que qualquer suplemento simplesmente para dizer não coma!

 

eu acho extremamente errado...

 

eu tbm não gosto do oxyelite... sempre achei ele um placebo... oq funciona e dá resultado é treino e nutrição decentes!

Share this comment


Link to comment
Share on other sites
Guest suplementosnobrasil

Posted

Como funciona o esquema e loby contra os suplementos Americanos no Brasil.
 
Antes do Governo de FHC você importava as vitaminas da seguinte forma.
Se o produto era considerado e comprovado que é vitamina ou suplemento nos E.U.A país de Origem.
O Ministério da saúde no BR dava uma autorização de importação e comercialização.
Para ser ter uma ideia os lotes chegavam muitas vezes no Brasil via correios FEDEX isso mesmo FEDEX.
 
Mercado de suplementos nos U.S.A
 
Este mercado nos E.U.A tomou 70% das vendas das farmácias "medicamentos"
As farmácias e remédios perderam espaço para as lojas de produtos naturais e de suplementos.
O que irritou muito a industria de medicamentos e seus tubarões.
Que por varias vezes tentaram e tentam através de loby, dinheiro e politicagem.
Coibir e barrar as vendas de suplementos nos U.S.A
Porém lá a população não é burra e o país é um pouco mais duro e correto.
Então não deu certo e hoje a industria de suplementos no E.U.A é uma realidade.
E não tem mais como eles mexerem ou tentar fazer mais nada.
Esse recente caso mesmo do DMAA são eles por trás mexendo.
O DMAA não matou ninguém e não teve nenhuma caso ou problemas nos U.S.A com DMAA
Inclusive o OxyelitePor com DMAA continua sendo vendido nas lojas Americanas.
A questão é que sempre estão procurando boicotar de alguma forma.
 
Mercado de suplementos no BRASIL 
 
Este mesmo processo de crescimento e divulgação estava acontecendo e ocorrendo no Brasil.
O quadro hoje 2013 seria aproximado dos E.U.A em numero de lojas, sites e pessoas tomando suplementos.
O que iria gerar muito emprego, impostos e crescimento do país.
Então foi quando veio o SERRA e FHC patrocinados "corrompidos" pela indústria farmacêutica.
E criaram então o maior cabide de empregos do Brasil chamado "ANVISA" com a desculpe que seria um F.D.A no BRASIL.
NO entanto a verdadeira intenção da criação deste órgão.
Seria barrar, complicar, embaçar e coibir o crescimento do mercado de vitaminas e suplementos no BRASIL.
Assim dando força e abrindo mais o mercado para "medicamentos" e o crescimento das redes de farmácias.
E conseguiram, logo os importadores levaram um grande golpe.
Tendo mais que a metade de seus produtos barrados, confiscados e banidos.
Hoje a área de produtos para saúde no Brasil é comandada e dominada por eles os barões da industria farmacêutica.
A industria dos Tarja Preta com suas drogas controladas.
Forçando assim cada vês mais os jovens do Brasil recorrer a DECA, Durateston entre outras mais.
O que também é bom para eles pois são produtos deles mesmos.
 
Loby com a comunidade médica.
 
Os grandes laboratórios fazem um loby "propina" com a comunidade médica.
Onde os mesmos ganham viagens ao exterior, canetas montblanc, tablets e etc.
E em troca o médico vira propagandista dos medicamentos o prescrevendo cada vês mais.
Porque o médico sempre vai preferir indicar o medicamento ao invés do suplemento ou vitamina ?
 
Medicamento:
 
1º ele ganha na consulta 
2º Ele gera um vinculo de dependência entre ele o paciente 
3º Ele ganha por tras do fabricante do remedio
 
Suplemento:
 
1º Ele só vai indicar uma vês.
2º O paciente pode comprar sem receita. (perde a consulta)
3º Não precisa ir mais nele (perde o cliente)
4º O fabricante do suplemento não estar dando nada em troca.
 
Com isso 90% dos médicos do BRASIL fazem propaganda negativa aos suplementos.
Com a conversa que seu organismo não precisa de tudo isso e bla bla bla bla.
E que na alimentação você já supri todas as necessidadese bla bla bla bla bla.
E no final ele diz vou lhe receitar um remedinho apenas para precaução.
Claro existe exceções mais são raras.
 
Então hoje no Brasil você tem contra os suplementos
 
Médicos 
Alguns nutricionistas 
Alguns personais trainer 
 
O nutricionista também ganha na consulta.
E deseja que você esteja sempre indo nele.
Então se ele lhe passar um OxyElitePro e você perder os 6kg desejado.
Você não volta mais nele e ele perdeu o cliente.
 
O personal trainer.
Enquanto ele conseguir lhe manter em um ponto em que você dependa dele ele vai mantendo.
Então mesma coisa se ele lhe passar um suplemento para você treinar com mais força animo e disposição.
Ele sabe que em breve terá os serviços dispensados então ele também diz que não é bom tomar não.
É melhor ficar só na WHEY e MALTO.
 
Resumo: 
Formou-se uma rede poderosa, apoiadas por médicos e políticos (corrompidos)todos financiados pela industria farmacêutica.
Porque a estratégia da industria farmacêutica deu certo no Brasil ?
População Burra e País corrupto.
 
Então veio a internet e o povo ficou menos burro.
E começou a descobrir um novo mundo o qual poucos tinham acesso.
Então veio a migração das lojas de suplementos que foram fechadas para NET.
Logo também foram fechadas na NET 
Poucos sobreviveram apelando para venda de acessórios.
Já que também tiveram mais da metade de seus produtos lider de vendas confiscados e banidos.
Ao notar a migração das lojas para a NET.
A ANVISA "governo" ameaça o google com punições podendo até tirar o site do ár no país.
O google para "tirar o dele da reta" ferrar todo mundo proibindo os anuncios.
Note que é sistematico.
 
1ª etapa barramos a importação
 
2ª etapa caçamos os produtos que já tinham autorização
 
3ª etapa atacamos a internet
 
4ª etapa Vamos transforma-los em criminosos 
 
5ª Objetivo concluído o transformamos em bandidos
 
Ataque externo:
 
No meio dessa conspiração Maquiavélica e silenciosa.
Ficou a nova geração de Brasileiros mais inteligente, informada e conectada on-line.
Que ao não ter muitas opções no Brasil começaram a buscar na NET fora os produtos.
O que gerou uma avalanche de pedidos em sites estrangeiros.
Que hoje alguns estão até com página em português dedicada ao BRASIL.
E vendendo milhares de dólares sem ter nenhum trabalho ou problema por aqui. (Muito bom né)
(e você ai amigo com seu site ou sua lojinha se ferrando para pagar luz, impostos e etc.)
Porém devido a grandeza e dimensão do país mesmo com isso tudo as lojas  sobrevivem.
Vendendo apenas Whey, Ovo Albumina, Açucar Malto a final é a isso que ficou resumido o mercado nacional.
 
Mídia corrompida
 
Muitos jornais e revistas não estão muitos preocupados com o que será publicado.
Diga-se isso ao ler em alguns dos grandes portais matérias sobre venda de virgindade.
A industria farmacêutica contrata editores e jornais por fora.
Para fazerem justamente isso que matérias contra os suplementos.
Eles são "prostituas" e vão a quem der mais.
Se industria de suplementos no Brasil fosse unida e organizada.
Também poderia fazer a mesma coisa e ficar pagando matérias elogiando e etc.
 
Quando vai liberar os suplementos no Brasil ?
 
Quando houver Loby, Corrupção, Política envolvida.
Coisa estar longe de acontecer pois os "barões" dos remédios chegaram na frente.
E já pagam suas cotas mensais em Brasilia para que nem tão sedo nada seja liberado.
 
O povo Brasileiro não vai fazer nada a respeito ?
 
Sim, irão beber, jogar futebol, curtir carnaval e falar da vida dos outros.
 
Nota: Isso não é teoria da conspiração é tudo verdade sei o que estou falando.
E não achem estranho este POST for retirado a coisa é seria.

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

Uma bosta essa matérias, isso é jornal querendo IBOPE dai faz de uma idiotice uma coisa terrivel... 
Mas aqui... um termogênico pode ser considerado suplemento alimentar? Não sei exatamente a fórmula deles mas acho que ta mais para uma droga, não to criticando, droga por ser substancias manipuladas em laboratório...

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

Bem... tomei OEP, não morri e nem fiquei tetudo kkkk e o resultado foi satisfatório sem nenhum efeito colateral. A mídia cai em cima, inventa tudo que quer e o mais interessante é que nenhum orgão do governo nada se manifesta contra a mídia propriamente dita e sim acata as baboseiras divulgadas... Vai brasil!

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

De acordo com a matéria, de fato eles pegam pesado em relação aos complementos, mas concordo com os sintomas. No caso do Oxyelite, não sinto nada, mas em relação ao Lipo 6, sinto sim uma certa euforia... e já cheguei a brincar com alguns amigos que tem a sensação similar a de usar cocaína, mas é só pelo fato de a cafeína dar essa sensação de estar ligada. E tb queria dar minha opinião, que em relação a emagrecer apenas mudando os hábitos alimentares, comigo também não foi necessário. Emagreci 7 kgs me alimentando da mesma forma. Só com o Oky! :)

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

Hoje eu comecei a usar e fiquei elétrico. senti uma tremedeira, coração pulsando mais forte e uma certa depressão. Confesso que fiquei com medo, mas vou continuar o uso!

Share this comment


Link to comment
Share on other sites

Vocês sabem de algum site seguro onde posso comprar esse suplemento não-adulterado?

 

Abraço!

Share this comment


Link to comment
Share on other sites


Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Add a comment...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By duduhaluch
      A alta hepatoxidade dos esteróides é um dos mitos mais divulgados sobre esteróides, e um dos que causa mais medo entre os usuários, e como veremos, sem nenhum fundamento científico. Muito desse mito também é divulgado por artigos sobre esteróides, e quase sempre se referências confiáveis, como a afirmação de que o hemogenin é um esteróide que pode provocar câncer de fígado [1].

      "Nós temos dito há anos que se você tomar esteróides 17AA 9alfa-alquelados), você acabará por ficar com problemas de fígado. Nunca combine 17 AA, jamais ir além de 50mg/ dia, nunca vá mais de 4 semanas, etc Tudo isso é uma porcaria! Como eu e você veremos através de alguns estudos, hoje, você verá que esteróides 17AA podem ser hepatotóxicos, mas não ao grau que você pensaria.
      Para fazer um esteróide hepatóxico, é necessário apenas uma pequena alteração de uma molécula de esteróide; uma ligação forte que não podem ser prontamente quebrada por enzimas no fígado. Esta pode ser uma ligação na posição 17, ou mesmo na posição 1 (como na primobolan ou proviron). Porque o fígado não pode facilmente quebrar os esteróides antes ele é liberado na corrente sanguínea, o que também resulta na esteróides por via oral para se tornar mais bio-disponível.

      Podemos ver que o fígado tem de trabalhar mais para quebrar estes esteróides. As enzimas no sangue e tecidos facilmente metabolizar outros esteróides tais como a testosterona.Comumente, este aumento na atividade do fígado tem sido visto como um processo prejudicial, mas como você verá, este aumento é, em si, é irrelevante. O fígado é o filtro do corpo humano - pode descobrir o que fazer com qualquer coisa. O único verdadeiro problema surge quando a pessoa mantém seu fígado em plena explosão por longos períodos de tempo." [2]

      As quatro mais comuns manifestações graves de toxicidade hepática induzida por esteróides são colestase intra-hepática, peliose hepática, adenoma hepatocelular e carcinoma hepatocelular. Colestase intra-hepática refere-se a uma condição em que o fígado não pode mais adequadamente transportar e metabolizar biliar (obstrução do ducto biliar). Isso pode coincidir com icterícia, ou amarelamento da pele e os olhos como bilirrubina constrói nos tecidos do corpo. Colestase é geralmente resolvido com a cessação imediata do uso de esteróides. Peliose hepática é uma condição rara e muito grave, caracterizada por cistos cheios de sangue no fígado. Adenoma hepatocelular é um tumor raro do fígado não-malignas (não cancerosos). Embora em alguns casos, não requerem intervenção adicional que não seja a abstinência do uso de esteróides, hepatocelular ademona pode levar a vida em risco de sangramento ou insuficiência hepática. O carcinoma hepatocelular se refere ao câncer de fígado malignos. Esta última consequência e talvez o mais grave de uso de esteróides só foi documentada em um previamente saudável usuário recreativo de esteróides [1].

      Entre os diversos estudos, os casos relatados de usuários de esteróides com problemas hepáticos é quase sempre raro e muitas vezes a culpa dos esteróides é duvidosa.

      Alguns casos conhecidos e comprovados sobre a hepatoxidade dos esteróides se referem ao abuso por longos períodos de tempo, como o da menina japonesa de 14 anos que apresentou lesões no fígado após ser submetida a tratamento com oximetolona (hemogenin) com 30mg por dia durante 6 anos [3]. Existe também relatos de atletas alemães que entre os anos 60 e 80 que usaram altas doses de turinabol (100-150mg/dia) e não tiveram problemas relacionados à hepatoxidade [4].

      Em 1999, pesquisadores tentaram provar que a hepatotoxicidade dos esteróides é exagerada [5].Neste estudo, 15 dos participantes eram fisiculturistas usando esteróides e 10 eram não-esteróides fisiculturistas. Dados foram comparados a 49 pacientes com hepatite viral e com 592 estudantes de medicina sedentários e praticantes de atividade física.

      Todos os bodybuilders mostraram aumentos do aspartato aminotransferase (AST), cinase aminotransferase (ALT) e creatina alanina (CK), enquanto gama-glutamiltranspeptidase (GGT) estavam na gama normal. Em comparação, os pacientes com hepatite mostraram aumento da ALT, AST e GGT enquanto que o grupo controle de estudantes de medicina apresentaram níveis aumentados de CK. A partir deste, os investigadores sugeriram que é a correlação entre AST, ALT e GGT que mostra disfunção hepática verdadeira. Tenha em mente, podemos apenas imaginar que os 15 usuários de esteróides estavam usando 17 AA esteróides, e não sabemos que doses que foram utilizadas., Mas o senso comum nos diz que os resultados são provavelmente relevantes. [2]

      Então o que podemos concluir de tudo isso?

      Primeiro, 17 AA esteróides são hepatotóxico em doses elevadas tomadas durante um tempo longo. Por outro lado, os ciclos curtos e dosagens pequenas parecem estar perfeitamente seguras, sem necessidade de proteções hepáticas como silimarina, etc. Eu sugiro que doses máximas devem ser 500mg a 900mg por dia. Eles devem ser reciclados para talvez 8 semanas, e se necessário um intervalo de 3 meses a partir deles deve ser dado. Usando as técnicas acima mencionadas, o fígado pode ser saudável para um longo período de tempo. Simplificando, a histeria em torno da "hepatoxidade" dos esteróides, é baseada principalmente na sabedoria popular.



      [1] https://forums.steroid.com/anabolic-steroids-questions-answers/450672-liver-health-william-l.html#.UPxW-CeABMg .html (W. Llewellyn)
      [2] http://forums.steroid.com/showthread.php?269806-Hepatoxicty-Fact-or-Fiction#.UPxW-CeABMg (Roy Harper)
      [3] J Gastroenterol 2000;35(7):557-62, Multiple hepatic adenomas caused by long-term administration of androgenic steroids for aplastic anemia in association with familial adenomatous polyposis. Nakao A, Sakagami K, Nakata Y, Komazawa K, Amimoto T, Nakashima K, Isozaki H, Takakura N, Tanaka N.
      [4] W. Llewellyn, Anabolics 2006.
      [5] Clin J Sport Med 1999 Jan;9(1):34-9, Anabolic steroid-induced hepatotoxicity: is it overstated? Dickerman RD, Pertusi RM, Zachariah NY, Dufour DR, McConathy WJ.


      DUDU Haluch, tradução e adaptação
    • By leonardons10
      Relato Oxyelite

      1º Dia 23/05/2012

      Idade: 19
      Peso 99,0 Kg

      Medidas
      Peitoral 116
      Braço Direito 42
      Braço Esquerdo 42
      Barriga 112
      Cintura 106

      Muito fora do padrão, isso me fez querer mudar literalmente minha vida. (Querer não conseguir, só não consegue quem não corre atrás).

      Comecei a tomar o Oxyelite hoje dia 23/05/2012, comecei com 1 cápsula 30 minutos antes do treino (treino por volta das 16:30 então tomar de manhã no começo seria um pouco ruim sendo que o efeito já teria meio que passado na hora do treino, isso no meu ponto de vista posso estar errado e se tiver podem me corrigir, mas quando começar as 2 ou 3 vai ser uma de manhã e a(s) outra(s) antes do treino mesmo), tomo também BCAA antes e depois do treino para evitar o catabolismo e fazer com que a perca de massa magra seja menor, já que não perder massa magra é muito difícil mesmo com BCAA.

      Só o oxyelite não faz efeito então comecei a treinar realmente sério e uma dieta balanceada sem passar fome e sem comer demais, nada de dietas radicais apenas diminuir a quantidade, distribuir melhor os horários das refeições e substituir algumas opções por outras mais saudáveis.

      Quanto aos colaterais apenas senti o coração um pouco mais acelerado do que de costume, principalmente na corrida, faço 2,5 minutos de caminhada e 5 minutos de corrida até atingir 30 Minutos no aquecimento (Por enquanto só isso de corrida, pois realmente estou sem condicionamento físico, mas estou aumentando aos poucos), musculação com circuito (Treino um membro e 5 minutos de esteira correndo ou Transport, outro membro e assim até o fim). Mas a disposição foi muito melhor e suei muito, mas muito mesmo rsrs

      Vou postando aqui os relatos de como está sendo o oxyelite para mim, mas vou tentar postar a cada 4 ou 7 dias no máximo, para não ficar uma coisa cansativa e fazer com que todos queiram acompanhar sem se cansar.
    • By Halteres
      Bom me desculpe estar criando novamente esse topico e pq o otro fico mais tempo do que imaginei para começar entao estarei recriando para começar a suplementaçao daqui em diante dia 19/02/10 estarei relatando os efeitos abraç

      Idade:17 anos
      Malho a : 7 meses
      horarios de utilizaçao dos produtos:
      nanox9 = 3 caps 1 hora antes de malhar e quando acordar de manha cedo
      jack3d:=30minuts antes de malhar
      cellmass=pos treino e quando acordar de manha cedo
    • By dsxsk8
      Quer emagrecer? Controle-se!
      Aqui neste fórum muitas pessoas perguntam o que eu faço para emagrecer? Como eu perco a minha barriga? Porém todos já sabem a resposta!
      O que a maioria das pessoas deseja é uma maneira fácil, sem sacrifícios e sem muito comprometimento para emagrecer, ou seja, uma maneira que não existe! Só através de lipoaspiração e mesmo depois da lipo você tem que cuidar da alimentação, por que pode engordar tudo de novo, como já vi acontecer.
      Então meus amigos, para iniciar este processo doloroso, árduo, difícil, porém recompensador se realizado. Vocês devem controlar algumas variáveis do seu corpo, para que elas nos dêem um direcionamento e um caminho para a realização de nossos objetivos, claro, se tudo for feito com vontade, dedicação e muito comprometimento.
      Primeiro passo. Estime seu metabolismo basal, essa informação será o Eixo, de um programa alimentar bem sucedido.
      Como fazer isso?
      Existem formulas que estimam o metabolismo basal, ta tudo bem, mas o que é metabolismo basal?
      “ TAXA METABÓLICA BASAL (TMB): É um mínimo de energia necessária para manter as funções vitais do organismo em repouso (McARDLE e col., 1992 ). Ela reflete a produção de calor pelo organismo sendo determinada indiretamente medindo-se o consumo de oxigênio sob condições bastante rigorosas. A utilização de T.M.B. estabelece bases energéticas para a construção de um programa válido de controle de peso através da dieta, do exercício ou combinação de ambos.
      Fonte: http://www.cdof.com.br/nutri2.htm#9 “
      Para calcular a TMB vamos utilizar a seguinte formula:
      Segundo Henry & Rees (1991)
      Idade Gênero Feminino Gênero Masculino
      3 a 10 anos [0,063 x P + 2,466] x 239 [0,113 x P + 1,689] x 239
      10 a 18 anos [0,047 x P + 2,951] x 239 [0,084 x P + 2,122] x 239
      18 a 30 anos [0,048 x P + 2,562] x 239 [0,056 x P + 2,800] x 239
      30 a 60 anos [0,048 x P + 2,448] x 239 [0,046 x P + 3,160] x 239
      P = peso corporal em kg
      Esta formula é uma das que mais se aproxima dos valores reais que encontrei. Para aproximá-la ainda mais vamos retirar do resultado 8 %, desta forma, chegará a um valor bem próximo do real (Lembro que cada organismo tem sua individualidade, por isso, este valor é uma estimativa e pode variar quando se realiza um exame para obtenção desta informação).
      Para calcular baixe a planilha abaixo, é só imputar os dados:
      Link:
      Nossa que legal, já tenho uma estimativa da minha TMB e o que eu faço com isso.
      Agora que você já sabe quantas calorias você precisa para manter as funções fisiológicas do seu corpo, você pode montar uma dieta que realmente vai funcionar, explico.
      Meu exemplo. Minha TMB deu 1945 Kcal, se eu quero emagrecer e diminuir o meu % de Gordura Corporal (GC) eu preciso de um balanço energético negativo, ou seja, gastar mais calorias do que eu tenha consumido durante o dia, se eu quiser manter meu peso, vou consumir e gastar a mesma quantidade de calorias e seu você quiser ficar em forma de bola como eu, consuma mais calorias do que você precisa e você vai ficar fofinho, fofinho, hehehehe.
      Como eu estou fazendo um controle alimentar para me livrar deste peso extra, montei uma dieta de 2000 kcal diárias e pratico atividade física, no meu caso, Musculação, Pedalo, Caminho e ando de Skate (Claro que em dias diferentes, hehehehe).
      Hoje por exemplo, pedalei 60 KM de manhã, com uma intensidade média de (deixa eu ver na planilha) 85 % da minha freqüência cardíaca máxima.
      Segundo este link http://www.cdof.com.br/nutri1.htm eu gastei 2466 kcal durante as 02 horas e 18 minutos que eu pedalei, acho que não dá tudo isso, eu uso 1200 kcal na minha planilha. Depois a tarde, como eu estou de férias, fui andar sem destino, olhar as vitrines por ai, caminhei 02 horas e meia, mais 945 calorias.
      Desta forma eu consumi 2000 kcal e gastei [1945 (TMB) + 2466 kcal (Pedalada, vou usar do site para padronizar) + 945 kcal (caminhada)].
      Ou seja, gastei 5356 Kcal e consumi 2000 kcal, nesta data tenho um déficit de 3356 calorias.
      Curiosidade: Vocês sabiam que 1 Kg representa mais ou menos 7700 kcal
      Fonte: http://www.cdof.com.br/nutri3.htm
      Por isso que é tão difícil emagrecer, temos que queimar muitas calorias, meu exemplo de novo eu quero ficar com meu peso entre 90 – 85 quilos, isso representa que terei que perder entre 138600 – 177100 calorias. Vamos utilizar um valor medio de 150.000 kcal. Vamos supor que meu déficit de calorias seja de 500 calorias em média por dia, eu vou levar 300 dias, isso mesmo, quase um ano, para conseguir esse objetivo, isso se eu seguir a dieta e os exercícios a risca, sem nenhum dia de relaxo. Se por exemplo eu resolvi sair um dia da dieta e comi um pote de 2 litros de sorvete (isso pra mim é mole, hehehehe) 2000 kcal, posso acrescentar mais 4 dias para perder tudo isso, matematicamente falando.
      Bem voltando ao assunto:
      Com o gasto energético que tive eu poderia ter ingerido 4000 kcal e mesmo assim não prejudicaria o meu objetivo de emagrecer.
      Então meus amigos, para emagrecer é simples.
      Calcule o seu gasto energético diário: TMB + Atividades diárias (andar até o trabalho, subir escadas, correr atrás do ônibus, essas coisas) + Atividade física.
      Podem usar este link para estimar os valores, na dúvida calcule sempre a menos, por que para nós que queremos emagrecer, menos calorias significa menos quilos.
      Link: http://www.cdof.com.br/nutri1.htm
      Procure um nutricionista para montar uma dieta balanceada. Se isso não for possível utilize uma tabela nutricional, como por exemplo, esta:
      http://noticias.uol.com.br/saude/tabela.jhtm
      Postada aqui mesmo no fórum, segue o tópico:
      Lembre-se que para se montar uma dieta, não basta apenas você escolher os alimentos aleatoriamente para fechar o número de calorias que você quer. Você deve equilibrar a sua dieta com todos os nutrientes necessários para o corpo, Carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, fibras e sais minerais.
      Segue um texto com informações mais especificas sobre o equilíbrio dos nutrientes. Para praticantes de esportes as proporções podem variar de acordo com os nutrientes necessários a cada modalidade esportiva.
      “Como balancear sua refeição
      O Termo “Dieta Balanceada” envolve princípios específicos do ponto de vista nutricional, uma vez que uma dieta bem balanceada deve, inicialmente, respeitar condições básicas:
      - deve ser adequada a cada indivíduo
      - deve ter harmonia entre os nutrientes
      - deve ser suficiente para suas necessidades
      - deve conter alimentos de boa qualidade
      Para obtermos tal resultado devemos fugir de diversas dietas “ milagrosas” ou “ revolucionárias” que surgem de tempos em tempos na mídia.
      Todos os nutrientes devem estar presentes no cardápio, desde que em quantidades ideais. E o que podemos considerar como quantidades ideais?
      Preste atenção:
      HIDRATOS DE CARBONO > devem representar 50 a 60% do total das calorias do dia (massas, cereais, farinhas, doces, frutas, raízes)
      LIPÍDEOS> devem representar no máximo 25% do total das calorias/dia (azeites, óleos, margarinas, manteigas, gorduras do leite e derivados, gorduras das carnes, frutos oleaginosos)
      PROTEÍNAS> de 15 até 25% do total das cals/dia., alternando entre fontes animais e vegetais, sendo que as fontes animais são as melhores pois possuem proteínas mais completas, sendo também boas fontes de Ferro, Cálcio , Zinco, Vit B12.
      (carnes, peixes, aves, ovos, leite , derivados e grãos)
      VITAMINAS E SAIS MINERAIS> devem complementar todas as refeições e suas necessidades variam em cada faixa etária e entre os sexos. (todos os alimentos in natura e os enriquecidos)
      FIBRAS> de 20 a 40g/dia podem reduzir o risco de doenças coronárias e patologias digestivas. (alimentos crus, cereais integrais, farelos, gomas, grãos, frutas)
      ÁGUA> de 1,5 a 2 litros/dia.
      Não sacrifique nenhum nutriente pelo motivo de querer emagrecer. Equilibre-os e não exagere nas quantidades. O Carboidrato sempre é considerado o vilão das dietas, mas na realidade ele é a principal fonte energética de nosso corpo e o cérebro não trabalha com outro tipo de combustível.
      Uma dieta pobre em carboidratos por longo tempo pode levar até a um quadro de depressão.
      Fonte: Dr. José Luis Azis
      Site Médico
      Fonte: https://www.sitemedico.com.br/como-balancear-sua-refeicao/
      Bem pessoal, se vocês conseguirem montar uma dieta equilibrada, sabendo a quantidade de calorias que vocês gastam por dia e quantas vocês podem consumir não tenham dúvidas que vocês irão emagrecer, nem que vocês não queiram hehehehe.
      Agora, para maximizar e qualificar esse emagrecimento é extremamente recomendável a união de exercícios aeróbios e anaeróbios, você trabalha todas as valências do seu corpo, emagrece alterando a sua composição corporal, ou seja, além de ficar mais magro, seu corpo ficará modelado e mais atlético. Estudos comprovam que a união de atividades aeróbias + anaeróbias são mais eficientes que a pratica de uma ou de outra no emagrecimento.
      Agora é com vocês.
      Se vocês quiserem vocês conseguem é só querer e fazer,
      Um abraço e sucesso a todos.
      Diego.
    • By Rodolfo Peres
      Esteroides e o fígado
      Uma das maiores preocupações dos usuários mais cautelosos de esteroides anabólicos, sempre é a saúde de seu fígado. Lógico que existem muitos que não estão nem aí tanto para o estado do seu fígado quanto para outros órgãos do corpo, principalmente o cérebro. São esses imbecis que normalmente acabam desenvolvendo diversos efeitos colaterais provenientes do uso incorreto de drogas anabólicas, e quando não há mais nada a fazer, culpam as drogas por sua infelicidade, quando na verdade deveriam culpar sua própria ignorância.
      Este artigo expõe algumas estratégias para minimizar o nível de lesão a este órgão durante um ciclo, assim como promover uma regeneração mais rápida e eficaz após o término da administração das drogas. Esta última consideração é extremamente importante principalmente para aqueles que insistem em fazer ciclos subseqüentes, mantendo muitas vezes, pequenos intervalos entre os mesmos.
      Funções do fígado
      O fígado é o maior órgão do corpo humano. Pesa cerca de 1,5 kg localizando-se ao lado direito, no quadrante superior da cavidade abdominal, protegido pelas costelas. Esse órgão executa mais de 500 funções importantes em nosso organismo, sendo que as principais são as seguintes:
      Integração entre os vários mecanismos energéticos do organismo; Armazenar e metabolizar vitaminas; Fazer síntese de proteínas plasmáticas; Detoxificação de toxinas químicas produzidas pelo organismo; Detoxificação de toxinas químicas externas ao organismo; Filtragem mecânica de bactérias; Controle do equilíbrio hidro-salínico; Síntese de gorduras e secreção do suco biliar. Esteroides e lesões no fígado
      Quase todos os esteróides causam lesão no fígado, sendo que os 17 alpha-alquelados são os mais tóxicos pela dificuldade de processamento. Observa-se maior toxicidade por parte de drogas como a oximetolona, stanozolol, methandrostenolona, metiltestosterona e em menor grau, pela oxandrolona. Vale mencionar que vários medicamentos largamente utilizados pela população, tais como os “inocentes” ácido acetil salicílico (aspirina) e o paracetamol (tylenol), podem ser tanto ou até mesmo mais tóxicos ao fígado do que os “temíveis” esteróides anabólicos.
      O tipo de lesão hepática clássica encontrado em usuários de esteróides anabólicos denomina-se colestática. As alterações na estrutura dos hepatócitos acontecem provavelmente por ação oxidante na membrana, por meio do aumento de LDH plasmático e pela diminuição da glutationa peroxidase (enzima antioxidante). Retenção de bile nos canalículos biliares ocorre principalmente com o uso da oximetolona.
      A maior parte das lesões promovidas no fígado são reversíveis tão logo o uso do medicamento seja interrompido, devido a grande capacidade de regeneração desse órgão. Existem relatos de fígados que se regeneraram após terem cerca de 80% de seus hepatócitos comprometidos. Porém, efeitos mais sérios como icterícia somatizada pelo amarelamento da pele, das unhas e branco dos olhos é um sinal para imediata interrupção do medicamento e procura de orientação médica para monitoramento das funções hepáticas.
      Cuidados durante o ciclo
      Para os que ainda insistem em fazer uso dessas drogas hepatotóxicas, o primeiro passo, após um exame cerebral para verificar o grau de sanidade, seria realizar uma bateria de exames laboratoriais a fim de verificar a saúde de seu fígado. Os exames mais comuns denominam-se aminotransferases.
      Estas são enzimas amplamente distribuídas nos tecidos humanos, porém atividades mais elevadas são encontradas no miocárdio, fígado, músculo esquelético, com pequenas quantidades nos rins, pâncreas, baço, cérebro, pulmões e eritrócitos. Os níveis séricos das aminotransferases são importantes na verificação da função hepática.
      As aminotransferases mais úteis a fim de diagnóstico são: transaminases glutâmico-oxaloacética e transaminases glutâmico pirúvica. Além de logicamente evitar superdosagens dessas drogas, o segundo passo seria a adoção de algumas medidas profiláticas, dentre elas, a inclusão de protetores hepáticos, evitar alguns medicamentos e ervas específicas, manter uma boa alimentação, etc.
      Protetores hepáticos
      Com relação aos protetores hepáticos, o mais conhecido e utilizado é o silybum marianum ou silimarina. Diversos estudos científicos realizados na Alemanha confirmam os efeitos benéficos da silimarina. Extraída das sementes do cardo marianum e formada por flavonolignanos, a silimarina apresenta grande capacidade regeneradora dos hepatócitos, provavelmente por estimular a síntese de proteínas. Estudos comprovaram seu poder na diminuição dos níveis de bilirrubinas, redução da esteatose hepática e dos níveis de transaminases.
      Entre outros protetores hepáticos estão: a cynara scolymus - a conhecida alcachofra, que aparentemente também apresenta uma ação regeneradora, mas necessita de mais estudos para confirmar tal efeito; os ácidos graxos ômega 3 e o óleo de prímula da noite que possuem ação anti-inflamatória e ajudam na diminuição das transaminases; os aminoácidos metionina, cisteína e glutamina que auxiliam na eliminação das toxinas hepáticas; a vitamina E, o mineral selênio e o ácido alpha-lipóico, que atuam na síntese do complexo antioxidante glutationa peroxidase.
      Protegendo o fígado pela dieta
      Quanto à dieta, deve-se evitar uma ingestão excessiva de ferro (carne vermelha), vitamina A (acima de 10.000 UI/dia), frituras, alimentos gordurosos e condimentados, minimizar o álcool, incentivar a ingestão de proteínas vegetais (soja), peixes, frutas, cereais, verduras e legumes.
      Ainda quanto à alimentação, o uso do alecrim é uma boa escolha por sua ação antioxidante, protetora e regeneradora hepática; já a alfafa auxilia no processo digestivo; o abacate é um grande protetor hepático, pois estudos realizados no Japão demonstraram uma diminuição do dano ao fígado em pessoas que comiam abacate todos os dias; o abacaxi, através da bromelina, auxilia a digestão; o boldo, na forma de chá, ajuda a diminuir as transaminases e auxilia no processo digestivo; e o chá verde, devido sua ação antioxidante e digestiva.
      Ervas e medicamentos que devem ser evitados
      Deve-se ainda evitar ervas hepatotóxicas, tais como a equinácea e a valeriana, e ter cautela com alguns medicamentos, como os anti-inflamatórios hormonais, a maioria dos antibióticos, fenitoína, bupropiona, anti-depressivos tricíclicos, acetaminofem, paracetamol, ácido acetil salicílico, dentre outros. Uma boa medida é sempre verificar a bula dos medicamentos, a fim de constatar se existe algum risco de toxicidade hepática.
      Cuidados ao terminar o ciclo: dieta detoxificante
      Ao se terminar um ciclo com drogas anabólicas hepatotóxicas, é comum que o fígado tenha sofrido lesões em algum grau. Devido a grande capacidade de regeneração deste órgão, como já mencionado, a tendência é que o órgão recupere toda sua estrutura em um determinado período. Porém, existem medidas que podem otimizar este processo, sendo estas fundamentais para aqueles ainda mais teimosos que insistem em realizar ciclos pesados com maior freqüência e com curto período de intervalo entre os mesmos.
      Após um ciclo, o sistema de detoxificação do fígado é sobrecarregado, sendo que os metabólitos tóxicos se acumulam e a sensibilidade a outros químicos torna-se progressivamente maior. A implementação da dieta detoxificante deve ser feita de maneira progressiva e dura, em média, de três a quatro semanas. É importante a conscientização do indivíduo para que a dieta detoxificante faça parte da rotina diária, mantendo os resultados benéficos a longo prazo.
      Quando o objetivo da terapêutica nutricional é detoxificar ou melhorar a reserva orgânica hepática, alguns aspectos também devem ser considerados. Alguns alimentos e bebidas que contêm toxinas e alergenos alimentares deveriam ser excluídos da dieta, como leite de vaca, açúcar e glúten.
      A hidratação adequada é importante para eliminar os produtos biotransformados, possibilitando a excreção mais eficiente dos compostos tóxicos. É importante ressaltar que de nada adianta ingerir grande quantidade de água em um determinado período. A melhor forma de hidratar-se é administrar pequenas quantidades de líquidos, constantemente, durante todo o dia. Uma das principais vias de eliminação de toxinas modificadas é a bile. Entretanto, quando a excreção de bile é inibida, as toxinas ficam no fígado por mais tempo.
      Alimentos como o chá verde ou preto, alecrim, alho e cebola, frutas cítricas, frutas vermelhas, oleaginosas, cereais integrais e leguminosas, soja, peixes e alimentos orgânicos possuem propriedades benéficas ao processo de detoxificação de acordo com sua composição.
      Agentes como a colina, betaína, metionina, vitamina B6, ácido fólico e vitamina B12, são úteis para promover a fluidez da bile para fora do fígado. Já as vitaminas do complexo B são importantes para evitar o dano celular e ajudar no mecanismo de detoxificação.
      Os alimentos funcionais são auxiliares no processo de detoxificação, entre eles destacam-se os vegetais brássicos (agrião, brócolis, couve-chinesa, couve-de-bruxelas, couve-folha, mostarda, nabo, rabanete e repolho).
      Elementos probióticos, tais como os lactobacillus e os bifidobactériuns, também atuam na metabolização de medicamentos. Eles podem ser definidos como preparações ou produtos contendo microorganismos determinados que, quando viáveis e em número suficiente, alteram a microbiota intestinal do indivíduo, exercendo efeitos benéficos à sua saúde.
      A vitamina C (ácido ascórbico), além de auxiliar no processo de detoxificação, também atua reduzindo a ação do hormônio catabólico cortisol, que normalmente encontra-se elevado após o término de um ciclo. A silimarina além de seu efeito protetor já mencionado, também possui ação detoxificante.
      Vale ressaltar novamente que o melhor para a saúde de qualquer fígado é manter-se longe de qualquer tipo de droga anabólica, ainda mais quando observa-se que os objetivos estéticos alvejados pela maioria de seus usuários, poderiam ser atingidos por meio de treinamento rigoroso e dieta adequada. Mais informações sobre o assunto podem ser obtidas no livro Guerra Metabólica – Manual de Sobrevivência.
×
×
  • Create New...