Ir para conteúdo

Melhor suplemento para ganhar massa muscular

fisiculturismo
  • , 2617 visualizações

Afinal, qual é o melhor suplemento alimentar para se ganhar massa muscular? Saiba que o melhor suplemento do mundo não será responsável pelo aumento de massa muscular ou hipertrofia. São vários os fatores responsáveis pela hipertrofia:

  • treino intenso;
  • alimentação adequada (sem uma boa dieta não adianta usar suplementos);
  • descanso (dormir bem);
  • evitar excesso de álcool e balada;
  • evitar excesso de aeróbico.

Observados todos esses fatores de rotina diária de vida, os suplementos podem ser incluídos na dieta para otimizar o ganho de massa muscular. Os suplementos mais indicados são:

  • hipercalóricos;
  • whey protein;
  • creatina;
  • albumina;
  • bebidas esportivas.

Fonte:
GUIDO, Giovana. Suplementos para ganhar massa muscular. Youtube, 29 jun. 2011. Disponível em <https://youtu.be/m7kBW6nsKGo>. Acesso em: 13 mar. 18.


Comentários

Comentários Destacados

Em 13/03/2018 em 23:52, fisiculturismo disse:

Em nossa opinião os melhores seriam:

  • whey protein;
  • multivitamínicos e minerais;
  • ômegas;
  • creatina;
  • glutamina.

Mas se meu gasto diario sao por exemplo 3500cal e em minha dieta saudavel estou consumindo 3600 com comida sem tomar nada,eu nao poderia tomar 400 cal de um hipercalorico p/ fexar 4000 p/ai sim consumir mas do q estou gastando?Pois o conceito deganhar massa nao e consumir mas do q gasta?Principalmente quem nao pode pagar num whey pois os mas baratos sao de 80 a 100 reais, e o hipercalorico sao mais baratos

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Alan184 disse:

Mas se meu gasto diario sao por exemplo 3500cal e em minha dieta saudavel estou consumindo 3600 com comida sem tomar nada,eu nao poderia tomar 400 cal de um hipercalorico p/ fexar 4000 p/ai sim consumir mas do q estou gastando?Pois o conceito deganhar massa nao e consumir mas do q gasta?Principalmente quem nao pode pagar num whey pois os mas baratos sao de 80 a 100 reais, e o hipercalorico sao mais baratos

Você pode optar por um hipercalórico caseiro se a grana estiver curta e se quiser continuar apenas com alimentos menos processados:

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Jonatan Cigani Carias
      Como já foi relatado no artigo anterior, referente aos períodos bulking (grosso) e cutting (corte), seria interessante utilizar hipercalóricos no período bulking e retirá-los no período cutting, continuando com o whey protein. Também depende do objetivo do consumidor, dos hábitos alimentares, de quanto de calorias ele está ingerindo durante o dia e que tipo de caloria. Avaliar também as distribuições de macronutrientes é muito recomendado. É expressamente importante lembrar que antes de utilizar qualquer tipo de suplementação alimentar é preciso passar pelo nutricionista esportivo, para que o uso seja de melhor aproveitamento juntamente com uma alimentação balanceada.
      O próprio nome suplemento já diz que é para complementar o que a dieta não supre. Às vezes é utilizado como estratégia para aqueles que não têm tempo para uma correta alimentação e buscam o suplemento como uma fonte de alimentação rápida, de fácil preparo e saudável. Outros escassos de informação acham que os suplementos irão resolver seus problemas ou proporcionar resultados aos seus objetivos, como se fosse uma fórmula mágica, mas que na verdade não é. É apenas um recurso ergogênico, ou seja, que aumenta seu poder de trabalho.
      Tanto o whey protein quanto o hipercalórico são importantes suplementos dietéticos para obtenção da massa muscular. É bom lembrar que existem alguns hipercalóricos que em seus ingredientes já adicionam proteínas como whey protein, caseína, além de carboidratos como dextrose, maltodextrina e às vezes amido de milho ceroso (waxy maize). Portanto, às vezes não ficando necessário o uso do whey protein. Esses são classificados como bons hipercalóricos. Mas também são encontrados aqueles que em sua composição encontram-se albumina, proteína de soja, proteína do trigo, leite em pó, considerando estas como as proteínas do produto, não as desclassifico, mas informando que são inferiores a whey protein e a caseína.
      É interessante frisar que a whey protein é importante a todo o momento, é como tomar leite todas as manhas. Por isso fica imprescindível a sua utilização por esportistas para melhores ganhos de massa muscular.
      Geralmente o termo “ganho de massa muscular” significa desenvolver apenas os músculos sem acréscimo de gordura corporal, utilizando-se apenas de suplementos de proteínas (Ex. whey protein) já que as gorduras e carboidratos são facilmente adicionados à alimentação tradicional. Lembrando que cada indivíduo é diferente, portanto, existem estratégias diferenciadas para o alcance da massa muscular.
      Há também outros suplementos dietéticos para aumento da massa muscular, porém a sua utilização deve ser orientada pelo nutricionista para que não haja um uso indiscriminado e que possa a vir ocasionar problemas de saúde.
      Dr. Kadu Martins
      Nutricionista Especializado em Nutrição Esportiva
      CRN – 34187 SP
    • Por Dra. Shalimar Diniz
      Bater tudo no liquidificador e tomar na hora.
    • Por Luis Meirelles
      Bater tudo no liquidificador; Cozinhar na frigideira de teflon untada em fogo médio; Mater a panela tampada para cozinhar a massa em cima pelo vapor; Virar a panqueca de lado a cada 2 minutos, até obter uma densidade sólida e consistência.
×
×
  • Criar novo...