Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na comunidade

Resultados para as tags 't4'.

  • Buscar por Tags

    Digite tags (palavras-chave) separadas por vírgulas, não use hashtags (#).
  • Buscar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fórum

  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos
  • Fãs do Ronnie Coleman's Tópicos
  • cytotec João Pessoa entrega motoboy (83) 98878-5709's 1 Natal CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 2 MossorÓ CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 3 Parnamirim CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 4 São Gonçalo do Amarante CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 5 Macaíba CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 6 Ceará-Mirim CYTOTEC MISOPROSTOL EM

Calendários

  • Campeonatos de musculação
  • Cursos, palestras e feiras
  • Lives

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categorias

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Pesquisar resultados em...

Pesquisar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    Fim


Data de Atualização

  • Início

    Fim


Filtrar por número de...

Data de registro

  • Início

    Fim


Grupo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Encontrado(s) 7 registros

  1. Olá pessoal Meu nome é Bruno e a 4 meses atrás decidi mudar de vida sair do sedentarismo me encontrava com 120 kg hoje estou com 98 faço uso do t4 a 4 meses e t3 a 3 meses ioimbina também a 3 meses já atingi meu objetivo de peso e agora gostaria de fazer o desmame e manter os resultados minimizando o máximo possível do rebote que vira! se alguém poder me ajudar agradeço eu estava com o acompanhamento de um coach mas recentemente minha filha precisou de cuidados médicos e decidi dar atenção a saúde dela primeiro por ser um caso mais grave deque o meu que é mais estética do que saúde.
  2. Olá pessoas, passando aqui nos fóruns vi que existem várias pessoas dispostas a ajudar, e é exatamente da experiência de vcs que eu preciso. Tenho 34 anos, 169 de altura e peso 66kg. Tenho tiroidite de Hashimoto, que me causa hipotireoidismo tomo T4 de 100mg todo dia e ainda assim sofro com T3 baixo nos últimos exames, já cansei de procurar endocrinologista bom "é difícil" o último me incentivou a tomar EAS mas não prescreve 🙄. Cirurgia recente não tenho, bem antiga fiz cesárea com laqueadura, silicone nos seios e rinoplastia. Ciclos que já fiz: Oxan 20 mg (não creio que era de boa precedência) Após assistir o 1° MEETING BODYBUILDING COACH . O Dr. Márcio Bacci me deixou com muita vontade de utilizar Deca Duarabolin , a pesar de mostrar na teoria que ele da bons resultados mesmo quando administrado sozinho em mulheres, eu não encontrei bons resultados dele sozinho no fórum, e em lugar nenhum! Então... Eu comprei só que pelos relatos que já li aqui tou achando até que é falso pois é de 300mg/ml. (Vou postar a foto) De qualquer forma decidi que vou usá-lo E como quem entende disso fato e direito são vcs que utilizam, resolvi buscar ajuda e informações já que Não entendo quase nada , comecei a estuda-los e utilizá-los agora. Estava emagrecendo , consegui baixar de 21% para 18% meu BF (com muito esforço diga-se de passagem) agora pretendo crescer. Minha dieta atual: DIETA: Ao acordar: Puran T4 30 min após 2 castanhas do Pará e 150mg de vitamina c Café: 1 banana + 40g de aveia + 3 ovos inteiros+ café sem açúcar + 25g de creme de leite + omega 3 Almoço: 120g peito de frango + 100g de arroz + Vegetais + salada + 1 colher sopa de Azeite + 25g de creme de leite + 50ml suco de acerola + Vit D3 Janta: 120 g carne vermelha + 100 g de inhame, macaxeira ou cará + 2 fatias de abacaxi com canela + 1 xícara de café sem açúcar + 25g de creme de leite Lanche : 1 fatia de melancia+ 2 fatias de presunto+ 1 fatia de queijo coalho + 3 amêndoas Ou 1/4 de papaia batido com 1 copo (200 ml) de água e 20g de proteína em pó (albumina) Ou Panqueca de aveia, banana, canela, chia e 3 ovos. Pre Treino: + 200ml de suco de beterraba (90 min antes do treino) Pós Treino = 2 Bananas+ 40g de proteína em pó (whey) Antes de Dormir: 3 ovos +1 maça Ou 200 ml de suco de goiaba batido com 2 colheres de leite desnatado e 20 g de proteína em pó (albumina). Agua= 3,0 litros de água diária. Meu treino é adaptado pra minha rotina diária , sou professora de Jump tem dias que dou 3 aulas no mesmo dia, ou seja 3 horas de Jump. Treino de Domingo a Domingo. Seg - Peito Terça - MMI (ênfase glúteo) Quarta - Costas Quinta- Bíceps, tríceps e ombro Sexta - MMI (ênfase quadríceps) Sábado - Costas e Peito, seguido de 30 min corrida (esteira) Domingo- MMI (ênfase posterior de coxa) Faço 3 horas de Cardio intenso na segunda e 2 horas na quinta. Corro 2x na semana Faço pole Dance 1x Então... Não descrevi o treino pq geralmente ele nunca é igual. E as vezes é nescessário dividi-lo em 2x no dia por conta do trabalho. Mas controlo o volume semanal. Aceito sugestões sobre Dieta e treino. Preciso de norte para o ciclo. Da pra tentar fazer só Deca? Esse meu é confiável (veja a foto) Eu gostei muito dele por (entre outras coisas) contribuir na produção de colágeno, meu buxo é muito flácido foram 5 gestações. Me perdoem o textao tá praticamente um livro 🤭 Precisarem de mais alguma informação me avisem. Segue foto do Deca e de como eu estou agora:
  3. Não é aconselhável o uso de T3 e de T4 para pessoas que apenas visam a diminuição da gordura corporal, a não ser que esse aumento de gordura corporal esteja vinculado a problemas de hipotireoidismo ou uma tireopausa(diminuição de hormônios da tireoide causados pela idade mais avançada). Os hormônios da Tireoide são como o “acelerador” do corpo se comparado a um carro, pois eles que ditam as regras de quanta energia(“calorias”) cada célula do nosso corpo estaria autorizada a utilizar para seu funcionamento. Uma quantidade reduzida desses hormônios, que pode ser um hipotireoidismo ou uma tireopausa, leva a um consumo calórico menor, fazendo com que a pessoa possa acumular gordura com mais facilidade. T3 e T4 são hormônios liberados pela glândula Tireoide, sendo que o T3 é o que apresenta função ativa biológica 5 vezes maior do que o T4, mas a Tireoide produz T4 predominantemente em quantidades muito maiores do que a de T3. O T4 nos tecidos alvo é convertido em T3, e esse sim passa a ter papel fundamental no metabolismo do corpo1. A Levotiroxina comparada em farmácias, é na verdade o T4 sintético, que nos tecidos alvo vai se converter em T32 que é propriamente dito o hormônio ativo que atua no nosso Metabolismo. Só que essa conversão nem sempre acaba em T3 ativo para agir no nosso metabolismo, pois algumas coisas interferem nessa conversão. Em algumas situações o corpo acaba por converter o T4 no que é chamado de T3 reverso, com função biológica inativa, e essa é a forma de autodefesa do corpo, quando ele precisa poupar energia por exemplo7. Ao fazer dietas rigorosas onde a pessoa se submete a passar fome, ou quando o intervalo entre as refeições é longo e o corpo sente a necessidade de economizar energia, ele acentua a conversão de T4 em T3 reverso diminuindo assim o metabolismo corporal7. Uma das coisas que colaboram para diminuir essa conversão, é o stress e a liberação excessiva de Cortisol8, que inibem a conversão de T4 em T3 originando uma conversão de T4 em T3 reverso, alguns medicamentos como os glicocorticoides também atuam nessa conversão, resultando em uma quantidade maior de T3 reverso3. É muito comum ver pessoas do meio da musculação que praticam atividades físicas em academias, usando Levotiroxina(T4 sintético) para tentar aumentar o metabolismo afim de baixar mais facilmente o % de gordura. Mas como descrito acima, nem sempre uma quantidade grande de T4 irá resultar em uma grande quantidade de T3. Isso ocorre, pois simplesmente existem algumas pessoas que ao ingerir Levotiroxina, acabam não obtendo o resultado desejado por deficiência na conversão de T4 em T3 ativo4. Isso também ocorre em alguns dos tratamentos de hipotireoidismo tratados com Levotiroxina(T4 sintético), nesses casos é comum atualmente alguns médicos5 citarem a indicação do tratamento com T3 sintético também, que é a forma mais ativa dos hormônios da tireoide. O T3 na sua forma sintética já foi vendido nas farmácias antigamente com o nome de Cynomel, mas sua comercialização foi suspensa pela ANVISA, justamente pelo fato dos abusos do uso do medicamento por pessoas que tinham a vontade de emagrecer. Hoje apenas encontramos T3 para venda com receita em farmácias de manipulação. E no caso do uso de Levotiroxina(T4 sintético) para fins de emagrecimento onde não estiver havendo resultado, como explicado acima, e a pessoa aumentar a dose, isso poderia trazer junto com o aumento da dose do T4, todos os colaterais do produto aumentados, criando uma maior possibilidade de problemas cardíacos. Outro problema enfrentado pelas pessoas que usam Levotiroxina(T4 sintético) para diminuir a gordura corporal, é que todo T3 oriundo da conversão de T4 em T3, causa um feedback negativo sobre a Hipófise e o Hipotálamo6, oque poderia causar após a suspensão do uso da Levotiroxina um efeito rebote, onde algumas fontes apontam para uma possível tendência de aumento de peso após a Levotiroxina ser descontinuada. Outra coisa que as pessoas que usam Levotiroxina para emagrecer as vezes desconhecem, é que a Meia Vida Plasmática dela(T1/2) é longa, e estima-se que ela demore cerca de 3 a 4 semanas para atingir sua concentração em equilíbrio(Css) na corrente sanguínea, ponto onde ela poderia estar mais ativa no corpo agindo de forma mais intensa. Elaborado por Mestre fórum FISIculturismo Referências: 1 - Greenspan MF. The thyroid gland. In: Greenspan FS, Strewler GJ, editors. Basic & clinical endocrinology. 5thed. London: Prentice Hall, 1997 2 – Bula do Medicamento Puran T4 - Sanofi Aventis Farmacêutica Ltda 3 - Re RN, Kourides IA, Ridgway EC, Weintraub BD, Maloof F. The effect of glucocorticoid administration on human pituitary secretion of thyrotropin and prolactin. J Clin Endocrinol Metab. 1976 4 - Equilíbrio hormonal: Como perder peso entendendo seus hormônios e metabolismo, Scott Isaacs - Novo Século Livraria e Editora Ltda, 2015 5- Dr. João Rosário Haddad - Clínica Haddad, Maringá-PR 6- Davis PJ, Davis FB. Non-genomic actions of thyroid hormone. Thyroid 1996 7 - Fisiologia Linda Costanzo - Elsevier Brasil - Tradução autorizada da edição publicada por Saunders - Elsevier Editora 2014 8 - Transtornos Alimentares e Obesidade, Maria Angélica Nunes, José Carlos Appolinario, Ana Luiza Galvão, Walmir Coutinho - Artmed Editora, 2009
  4. Bom galera, sou novo aqui, e quero tirar algumas duvidas, não só tirar umas duvidas mas expor aqui oque eu vou fazer... Bom, tenho 1,73 de altura e 90kg atualmente, BF eu não tenho ideia, creio eu ele estar em torno de 20,23% Já fui muito mais gordo pode ter certeza, treino a 1 ano e 6 meses sem uso de nada além de treino aliado a dieta e foco, de 2 meses pra cá usei clembuterol pela primeira vez, e acabei usando de novo a umas 2 semanas atrás, nessas 2x perdi algo aproximado de 5kg em 1 mês e pouquinho. A principio meu objetivo era "ganhar massa magra e perder gordura", porem isso é complicado de mais para alguém natural, sim eu quero crescer e sim pretendo fazer um ciclo mas depois de secar, pois acho que seria melhor do que "fazer um ciclo especifico pra isso". Bom vamos ao que interessa: Irei fazer o seguinte: usarei Puran T4 por 5 semanas, começando com 150mcg e aumentarei gradativamente até os 300mcg, pesquisei a um tempo já e vi que não é nescessario o aumento em piramide para o uso de T4, mas vou fazer assim ao menos na primeira semana pra ver qual é. e então entrarei com o clembuterol logo após a primeira semana de T4 (farei os 15 dias e pararei) Obs: Sim eu tenho conhecimento dos riscos, sei que pode acontecer algo como o "rebot" e sim eu sei que posso catabolizar e bastante, ainda mais pelo fato de eu nunca ter ciclado, então acho que posso dar adeus ao pouco de massa magra que tenho né? Alguns irão falar que não vale a pena arriscar, mas eu não ligo pra catabolizar agora, pois como eu disse, depois que secar eu focarei em crescer de verdade. Agora algumas duvidas, caso alguém já teve experiencia com o uso dos hormonios da tireoide: 1- A dosagem está boa, levando em conta que não usarei o T3 pois não acho no brasil? 2- O efeito pode ao menos se aproximar do T3 com tal dosagem? 3- O tempo (5 semanas) está bom? 4- Pensei na possibilidade de um propionato de testo junto só pra dar uma segurada no catabolismo, mas não sei. Obs: Por favor respeitem, e expressem suas opiniões de forma educada, se tiver alguma experiencia me conte, lerei com atenção, se quiser tentar me fazer não usar e por medo com histórinhas, ou pelo simples fato de você ter medo e não usou e não quer ver ninguém usar, guarda pra você. Estou plenamente ciente dos riscos e afins pois já li muito a respeito. minha dieta já ta montada e treino também, emfim... é isso
  5. Venho estudando muito sobre o funcionamento da tireóide em si, e os efeitos causados por medicamentos que estimulam a tireóide. Achei um pouco de informação em foruns gringos (tenho ingles fluente). Porém queria saber aqui se alguém tem um conhecimento mais profundo do assunto, e se ja fez uso dos mesmos Tem muita informação a respeito, tem que entender o funcionamento da tireóide em si para saber oque esta fazendo, não é pra qualquer um. Vou citar aqui um resumão das informações que EU encontrei, mas deixo aberta a discussão e opinião sobre o assunto e fontes confiaveis de informação Oque geralmente é relatado são ciclos de t3 e t4 em uma relação 1:4 piramidal Sempre em doses medianas ou altas de testo, e pelo fato de o t3 manter os receptores beta-2 mais 'ativos' também se encontram relatos de altas doses de clembuterol junto. Basicamente são aminoacidos iodados que vão oxidar os nutrientes de forma mais rapida e utiliza-los como energia para o corpo, utilizando TUDO como fonte, por isso a massa magra tende a ir junto quando se faz o uso destes hormonios. Algumas pessoas defendem a tese que o corpo 'desliga' a produção natural destes hormonios quando os mesmo vem de fora, assim causando o tão temido efeito rebote, onde voce vira uma baleia quando para de usar Não vou me estender mais para na correr o risco de falar besteira pois o assunto é muito complexo, porém muito interessante de ser estudado além de ser muito presente no nivel BB ou de atletas de alto nivel em geral.
  6. Finalmente, vou criar o tópico do meu ciclo pra vocês avaliarem e poluirem também. auhauh Medidas aí de leve: 1,85 97kg bf ta uns 50% namoral, engordei litros. braço ta uns 43 contraido panturrilha 39 Coxinha uns 65 Dessa vez eu posto foto pra vocês verem minha barriga de chop! ahuau Estrutura do ciclo ( vai ser tudo getbiglabs, menos oxan que tenho aqui ja) 1-8 enantato de testosterona 600mg/week 1-10 Boldenona 400mg/week 1-5 Oxandrolona 60mg/dia 5-9 trembolona 75mg dsdn 9-12 trembolona 100mg dsdn 5-12 masteron 100mg dsdn 9-12 propionato de testosterona 100mg dsdn 6-12 T4 : 50mcg 100mcg 100mcg 150mcg 150mcg 100mcg 50mcg.. Na ordem das semanas. vou usar durante o ciclo também, efedrina e clembuterol não sei direito ainda quando e quanto. E pra saber, vou usar T4 porque trembo me deixa com T3 la embaixo, muita leseira MESMO, parece que to carregando 200kg ao invés de 100. Proteções: Letrozol 0,625mg dsdn HCG 300ui a cada 5 dias No momento to em tpc com proviron + tamox. Ainda falta comprar pro ciclo, 1 big-trembo 100 e 2 propionato 100. o resto ta comprado já. Objetivo do ciclo: secar uns 10% de BF, ganhar qualidade, se possível também ganhar massa magra. Tentarei fazer AEJ dsdn, Ciclar Carbos e talvez uns 15 dias de cetogênica pro fim do ciclo. E ficar longe de bebida. Gogo Valteam! ahaha
  7. Tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) são os principais hormônios secretados pela glândula tireoide, e a regulação desses hormônios é controlada pelo eixo hipotálamo-hipófise-tireoide. O hipotálamo secreta o hormônio liberador da tireotrofina (TRH), que estimula a produção de tireotrofina (TSH) na hipófise, que por sua vez promove o crescimento da glândula tireoide e a secreção hormonal de T4 e T3. Além disso, as deiodinases na hipófise e nos tecidos periféricos modulam os efeitos dos hormônios da tireoide por meio da conversão específica tecidual do T4 em T3, que age mais rapidamente e é três a cinco vezes mais potente que a T4. Cerca de 33% da T4 circulante é convertida em T3 nos seres humanos adultos. Apenas 13% do T3 circulante são secretados pela tireoide, enquanto os outros 87% são formados pela desiodação de T4 [1]. A T4 e a T3 aumentam o consumo de oxigênio de quase todos os tecidos metabolicamente ativos, exceto cérebro, baço e testículos. Os hormônios da tireoide estimulam a mitocondriogênese, aumentando a capacidade oxidativa da célula, produzindo calor. As mitocôndrias são geralmente chamadas de “células de potência” porque elas produzem ATP. A administração de T3 aumenta a absorção de nutrientes nas mitocôndrias e também a sua taxa de oxidação (ou seja, a taxa na qual eles são queimados para a produção de energia), aumentando as atividades das enzimas envolvidas no metabolismo oxidativo. Em outras palavras, o organismo trabalha a todo vapor e mais combustível será necessário para completar este maior ritmo de trabalho. Portanto, como você pode imaginar, com o T3 você irá aumentar a demanda de energia do seu corpo [2]. Quando a taxa metabólica é aumentada por T4 e T3 nos adultos a excreção de nitrogênio é aumentada, e se a ingestão de alimentos não for aumentada, a proteína endógena e os estoques de gordura são catabolizados e perde-se peso. Esse aumento do catabolismo é o motivo de se usar T4 e T3 com hormônios anabólicos (esteroides androgênicos, insulina), a fim de evitar ou reduzir a degradação proteica. A demanda de vitaminas também é aumentada pelo aumento da taxa metabólica, mas por outro lado a absorção de carboidratos é aumentada no trato gastrintestinal. Os hormônios da tireoide baixam os níveis de colesterol circulante (através da redução do LDL), o que é um benefício quando usado com esteroides androgênicos, já que esses aumentam os níveis de colesterol. Os hormônios da tireoide também potencializam o efeito do hormônio do crescimento (GH) nos tecidos, o que reforça o uso poderoso combinado dos dois durante uma dieta de cutting/contest. Os hormônios tireóideos também aumentam o número de receptores beta-adrenérgicos no coração e no músculo esquelético, no tecido adiposo e nos linfócitos [3], o que torna sua combinação com clembuterol, albuterol ou efedrina, sinérgica, já que essas drogas regulam para baixo os receptores beta-2. A dieta também tem um efeito definido na conversão de T4 em T3. Nos indivíduos em jejum, o T3 plasmático é reduzido em 10 a 20% em 24 h e cerca de 50% em 3 a 7 dias, reduzindo a taxa metabólica basal (TMB). Na década de 80, chegou-se a preconizar o uso de doses baixas de T3 em casos selecionados de pacientes obesos submetidos a dieta de baixa caloria. Com o surgimento de novos conceitos na fisiopatologia e de novas drogas para o tratamento da obesidade, o uso de hormônio tireoidiano passou a ser utilizado apenas nos pacientes com disfunção tireoidiana [4]. Alguns colaterais incluem: fadiga, aumento do apetite, perda de peso, intolerância ao calor, sudorese, diarreia, cefaleia, hiperatividade, nervosismo, irritabilidade, labilidade emocional, insônia, tremores, fraqueza muscular, palpitações, taquicardia, arritmias, aumento da pulsação e da pressão arterial, insuficiência cardíaca. É por isso que se deve tomar cuidado ao tomar essa droga ao mesmo tempo com outros termogênicos que afetam os sistemas nervoso e cardiovascular (como a efedrina e o clembuterol, entre outros). Aferir a pressão arterial com frequência durante o uso é altamente recomendado, ainda mais se você mistura outras drogas (como esteroides e estimulantes) durante o uso. Uma das questões mais preocupantes sobre quem faz uso desses hormônios da tireoide para fins estéticos é sobre a recuperação da função natural da tireoide após cessar o uso. A supressão da secreção de TSH por T4 exógena leva a uma atrofia da tireoide. Uma glândula atrófica responde inicialmente com lentidão ao TSH, e se a supressão de TSH for prolongada, pode levar algum tempo para a responsividade normal da tireoide normal retornar (cerca de 1-2 meses) [5, 6]. Esse é um dos motivos porque não recomendo o uso comum (usuário recreativo de hormônios) para perda de peso, uma vez que seu metabolismo vai ficar lento após cessar o uso dos hormônios exógenos, fazendo que você recupere boa parte do peso que perdeu ou mesmo fique pior do que antes (ainda mais se for num pós-ciclo de esteroides, onde o quadro hormonal favorece perda de massa muscular e ganho de gordura). Por isso também recomendo que a dose seja reduzida lentamente, mas só reduza a dose após atingir seu objetivo (uma competição por exemplo), para evitar uma queda no metabolismo com a redução da dose, prejudicando sua evolução posterior. Agora uma informação muito relevante para muitos atletas que fazem uso de T4 exógeno. Quando o eixo hipófise-tireoide é normal, doses de hormônio da tireoide exógeno que fornecem menos que a quantidade secretada endogenamente não apresentam efeito significativo no metabolismo porque há uma redução compensatória da secreção endógena que resulta da inibição da secreção de TSH, que nos seres humanos é equivalente a 100-125 mcg/dia. Portanto doses menores que essa em geral não são eficientes para acelerar o metabolismo, já que apenas substituem a função normal da tireoide. A equivalência entre liotironina (L-T3) e levotiroxina (L-T4) é da ordem de 1:3 [7], sendo então 25 mcg de T3 equivalente a aproximadamente 75 mcg de T4, mas como vimos doses menores que ~100 mcg de T4 não são eficazes (em seguida você vai entender porque com T3 é diferente). Os protocolos usuais recomendam que use esses hormônios na forma de pirâmide para melhor adaptação do organismo, podendo aumentar o T3 e o T4 a cada ~1-2 semanas em 12,5-25 mcg e 50 mcg respectivamente, iniciando com ~25mcg de T3 e ~50-100mcg de T4 para melhor adaptação e controle dos colaterais. As doses máximas podem variar bastante, mas em geral não se recomenda passar de 100 mcg de T3 e 300 mcg de T4. Após isso chegar nesses limites você pode manter por um tempo até atingir seu objetivo e depois ir reduzindo as doses gradativamente para evitar um crash hormonal muito grande que prejudique ainda mais seu metabolismo. Quando T4 é feita por via oral, até 80% é absorvido, e a concentração sérica máxima é atingida duas a quatro horas após a ingestão. Concentração de soro em seguida sobe de 20% a 40%. A meia-vida de T4 é relativamente longa, em cerca de 190 horas (~7 dias). Uma refeição gordurosa reduz a sua absorção em 40%, e mesmo o consumo de café reduz a absorção de 27% a 36%. Consequentemente, hormônios da tireoide devem ser tomados em jejum, com água, 30 a 60 minutos antes do desjejum. Absorção de T3 é de 90%, e os níveis de pico são atingidos uma a duas horas após a ingestão. Concentração sérica pode aumentar em 250% a 600%. T3 tem uma meia-vida relativamente curta de apenas 19 horas (~1 dia) [8]. Referências: [1] Fisiologia Médica, W. Ganong, 22ª edição, Cap. 18. [2] http://www.steroid.com/Cytomel.php http://pt.steroidsit...hyronine-sodium [3] Endocrinologia Básica e Clínica, De Greenspan, 9ª edição, Cap. 7. [4] Arq Bras Endocrinol Metab vol.51 no.9 São Paulo Dec. 2007 http://www.scielo.br...302007000900002 [5] Recovery of pituitary thyrotropic function after withdrawal of prolonged thyroid-suppression therapy. N Engl J Med 1975 Oct 2;293(14):681-4 Vagenakis AG, Braverman LE, Azizi F, Portinay GI, Ingbar SH. [6] Patterns off recovery of the hypothalamic-pituitary-thyroid axis in patients taken of chronic thyroid therapy. J Clin Endocrinol Metab 1975 Jul;41(1):70-80 Krugman LG, Hershman JM, Chopra IJ, Levine GA, Pekary E, Geffner DL, Chua Teco GN [7] The pharmacodynamic equivalence of levothyroxine and liothyronine: a randomized, double blind, cross-over study in thyroidectomized patients. http://www.ncbi.nlm....pubmed/20447070 [8] pharmacokinetics of thyroid hormones http://www.gpnoteboo...501140443685340 abraços, DUDU HALUCH
×
×
  • Criar novo...