Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Pesquisar na comunidade

Resultados para as tags 'ioimbina'.

  • Buscar por Tags

    Digite tags (palavras-chave) separadas por vírgulas, não use hashtags (#).
  • Buscar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fórum

  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos
  • Fãs do Ronnie Coleman's Tópicos
  • cytotec João Pessoa entrega motoboy (83) 98878-5709's 1 Natal CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 2 MossorÓ CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 3 Parnamirim CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 4 São Gonçalo do Amarante CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 5 Macaíba CYTOTEC MISOPROSTOL EM MÃOS 6 Ceará-Mirim CYTOTEC MISOPROSTOL EM

Calendários

  • Campeonatos de musculação
  • Cursos, palestras e feiras
  • Lives

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categorias

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categorias

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Pesquisar resultados em...

Pesquisar resultados que...


Data de Criação

  • Início

    Fim


Data de Atualização

  • Início

    Fim


Filtrar por número de...

Data de registro

  • Início

    Fim


Grupo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Encontrado(s) 9 registros

  1. Olá pessoal Meu nome é Bruno e a 4 meses atrás decidi mudar de vida sair do sedentarismo me encontrava com 120 kg hoje estou com 98 faço uso do t4 a 4 meses e t3 a 3 meses ioimbina também a 3 meses já atingi meu objetivo de peso e agora gostaria de fazer o desmame e manter os resultados minimizando o máximo possível do rebote que vira! se alguém poder me ajudar agradeço eu estava com o acompanhamento de um coach mas recentemente minha filha precisou de cuidados médicos e decidi dar atenção a saúde dela primeiro por ser um caso mais grave deque o meu que é mais estética do que saúde.
  2. Bom dia....preciso de ajuda...a compreender tomo oxadrolona + iombina...10mg.....a 4 semanas....só q em vez de perder peso ganhei em balança..de 77 fui p 80 ... é normal..???...sigo uma dieta...e treino diariamente...c descanso sábado e domingo....treinos musculação... funcional...e pump.....estou notando a diferença dos músculos... aumentou bumbum... barriga sumiu... braço aumentou...quero saber se é normal o aumento na balança....
  3. Bom dia Uso testo em gel a cerca de 5 meses 20mg e acelerador metabólico com T3 e Ioimbina comecei a 20 dias com 5mg de Oxan e aumentei 7 dias depois para 10mg e notei inchaço do clitoris ontem, nunca havia utilizado antes exames de testo deram muito alto cerca de 900 peso 53kg e tenho BF pela bio de cerca de 21%, tenho 30 anos meu corpo mudou e está muito próximo de exatamente como eu queria, e meu médico indicou eu aplicar a testo em gel dia sim e dia não, e diminuir a Oxan para 5mg por uma semana e depois para 3mg por dia eu tô ficando muito feliz com meu corpo, porém os colaterais me assustam não tenho pelos, deu um pouco de espinha na testa, e o clitoris inchou como se eu estivesse excitada, mas a libido está normal sera que essa dosagem está correta? Melhor eu parar? treino pesado a três anos todos os dias, corro, me alimento bem com dieta e não bebo, porém nunca consegui chegar perto desse resultado de modo natural, faço acompanhamento com endócrino, gineco, e nutricionista, mas estou com bastante medo desse inchaço nao faço uso de contraceptivo, e tenho amenorreia secundária a anos, irei em março iniciar aplicação de hormônios de progesterona, para regular a menstruação, pois agora com o início desses ciclos, a médica disse para esperarmos passar o verão pois estou muito focada no corpo
  4. japo.

    Ioimbina

    Procurei muita coisa sobre o dito cujo ioimbina, mas só encontrei a bula, preço e a dosagem (que 1 comp. em jejum,vi aqui no tópico do @CarlosF ) Vi o @ninga falando e tem o CarlosF que era show combinar Ioimbina com clenbuterol, mas a ioimbina tem é uma boa combinação com a Efedrina e Cafeína, ou seja, um ECI? Quem souber, como o Carlos e o Ninga,passe mais informações,pois eu e o taerone queremos saber para experimentar HAHAHAHAHAHA ah,o preço da Ioimbina,que é encontrado nas farmacias com o nome de YOMAX,tem um custo de 40 a 60 reais. Ainda não sei se tem o generico desse YOMAX ou se encontro a ioimbina em outro medicamento. Impressionante que ao fazer esse topico eu acho as coisas ¬¬ mas será que isso é verdade? "A ioimbina é uma substância retirara da casca de uma árvore africana pouco conhecida, Corynanthe yohimbe. Este farmacológico é utilizado de diversas maneiras no mundo de hoje. A principal delas é no combate da impotência sexual masculina. Estudos dizem que a ioimbina melhora a circulação nos órgão genital masculinos, favorecendo a ereção. Porém a cada dia que passa a ioimbina é usada como suplementos alimentares, principalmente em suplementos importados. Pois este farmacológico não tem registro na Anvisa para estar presente em suplementos nacionais. Nós podemos encontrar a ioimbina em uma grande parte dos suplementos importados. A ioimbina é um farmacológico altamente poderoso que atua nos receptores beta-estimulante e alfa-inibitório. Potencializando a queima de gordura, causando assim uma grande perda de peso. Como tomar a ioimbina para emagrecer: O ideal é tomar a ioimbina (com cafeína ou café) de manhã com o estômago vazio, aproximadamente 30 minutos antes da atividade aeróbica. Caso você tome a ioimbina junto de outros alimentos ou logo após uma refeição, você vai anular totalmente seus efeitos na queima de gordura. Caso você não possa praticar atividades físicas de manhã, espere tempo suficiente após sua última refeição para que o seu estômago esteja novamente vazio antes de ingerir a ioimbina, do contrário será dinheiro desperdiçado. Efeitos colaterais da ioimbina: A ioimbina pode causar uma série de efeitos colaterais caso seja utilizado por pessoas que não são totalmente saudáveis. Pessoas com problemas nos rins, coração e fígado só devem fazer o uso daioimbina após consultar um médico e fazer exames. De uma maneira geral a ioimbina pode causar alguns efeitos colaterais: pressão alta, aceleração dos batimentos cardíacos, ansiedade e etc…"
  5. Pessoal, boa noite. Preciso da ajuda de vcs, com o aumento de produtos falsificados no mercado, onde consigo comprar o ioimbina de qualidade, na minha cidade ja fiz uma pesquisa e não o encontrei, se alguém souber de um site por favor me avise.
  6. Boa tarde! Estou treinando sem interrupção desde outubro/2018 com personal, falho muito nos treinos de superiores, mas pretendo me dedicar totalmente a partir deste mês de março que é quando vou começar este protocolo de alimentação e suplementos. Pretendo daqui uns 3 meses fazer meu primeiro ciclo com oxandrolona, vocês acham que a suplementação e a dieta estão ok para preparação para o ciclo?
  7. A pressa por resultados nos leva a busca de atalhos para os objetivos. Apesar da importância de um planejamento alimentar adequado, parece um padrão sempre as mesmas perguntas: - Qual sua visão sobre o clembuterol? - O que acha de ioimbina? - O que você pensa sobre efedrina com T3? Existem muitas drogas para emagrecimento, desde os fármacos adrenérgicos (o maldito clembuterol e efedrina por exemplo) como também psicofármacos, geralmente supressores de apetite, como sibutramina e os fármacos que interferem na absorção de nutrientes (aqueles que fazem você cagar tudo que comeu) e também os hormônios T3 e T4. Os mais buscados no meio fitness geralmente são os tireoidianos e fármacos adrenérgicos. Entenda por que você deve fugir deles. Estes medicamentos que influenciam diretamente no seu metabolismo utilizam mais a sua gordura como fonte de energia. Seria ótimo se você não precisasse pagar o preço pelo uso: 1. A frequência cardíaca aumentada pode gerar ansiedade, aumento da PA e riscos cardíacos; 2. Estagnação: seu organismo vai se ajustar a vai estagnar a perda de gordura; 3. Rebote violento e com requintes de crueldade: ao usar um medicamento que afeta o funcionamento do seu metabolismo, na interrupção da utilização você será vítima da "termogênese adaptativa" onde o corpo irá reduzir a sua maldita metabólica, gerando um ambiente de recuperação de peso num desesperado sinal de tentativa de armazenamento de energia. Tornando seu metabolismo ineficiente, você sofrerá para recuperar seu bom funcionamento e perder gordura novamente. Busque a SUSTENTABILIDADE ao atingir um resultado, ou seja, sustentar o resultado atingido. O que adianta emagrecer pra engordar de novo? Use a cabeça. No final, o tempo que você quis cortar usando estes medicamentos vai dobrar, então é mais fácil ter paciência pois esperar você vai do mesmo jeito. - Todo termogênico "corrompe" seu metabolismo; - todos tem risco à saúde; - com a utilização destes, você negligencia o mais importante aspecto - uma mudança de hábito saudável. Esqueça os atalhos. por Vinicuis Tonioli
  8. (Controlando a resistência à insulina e o ganho de gordura pós-ciclo. Metformina e Ioimbina). Sua gordura corporal tende a reduzir durante um ciclo de esteroides por três razões básicas: androgênios aumentam a taxa metabólica, possuem efeito lipolítico no tecido adiposo, e também porque durante o ciclo é comum aumentar a razão androgênio/estrogênio (A/E). Por outro lado, inversão desse ambiente hormonal pós-ciclo tende a aumentar sua gordura, assim como reduzir sua massa magra [1]. Homens mais velhos e/ou obesos apresentam reduções nos níveis de testosterona (T), e maiores níveis de estradiol (E2). Essa redução na relação T/E2 potencializa o ganho de gordura (principalmente abdominal), além de possível perda de massa magra com a idade. Os níveis de estradiol (o estrogênio com maior potência biológica) são altamente significativamente positivamente relacionados com a massa de gordura corporal e, mais especificamente, a gordura abdominal subcutânea, mas não a gordura visceral (omental). De fato, a atividade da aromatase em gordura visceral é apenas um décimo da atividade em gordura glútea [2]. O ambiente hormonal pós-ciclo também apresenta essa redução na razão T/E2, o que potencializa o ganho de gordura e perda de massa magra depois de um ciclo de esteroides. Também foi observado aumento da resistência à insulina em homens com baixa testosterona(hipogonadismo) e maiores níveis de estrogênio (estradiol). A terapia de reposição de testosterona reduz a resistência à insulina e melhora o controle glicêmico em homens com hipogonadismo com diabetes tipo 2 [3]. Isso significa que homens mais resistentes à insulina vão acumular gordura mais facilmente se deixarem seus níveis de estrogênio elevados. Esse aumento da resistência à insulina devido à baixos níveis de testosterona em homens, é um fator importante que leva ao aumento de gordura pós-ciclo de esteroides, principalmente se os níveis de estrogênio estão elevados, o que é bem comum. Por isso a importância do uso de inibidores de aromatase (exemestano, anastrozol, letrozol) após um ciclo de esteroides, assim como também a recuperação o mais rápido possível dos níveis de testosterona, utilizando para isso o HCG. Os inibidores de aromatase bloqueiam a ação da enzima aromatase, que converte testosterona em estradiol, o que faz com que os níveis de estradiol reduzam com o tempo, mas é preciso cuidar para que os níveis de E2 não fiquem tão baixos à ponto de afetarem negativamente a libido e a função erétil, por isso o anastrozol é menos agressivo nesse sentido, embora muita gente defenda o uso do exemestano por não provocar um efeito rebote e também não perder parte da eficácia ao ser combinado com os SERMs (tamoxifeno, clomifeno). Outra grande droga de auxílio no pós-ciclo seria a metformina, visando a melhora da sensibilidade à insulina, já que o aumento da resistência à insulina potencializa o ganho de gordura. Em homens com síndrome metabólica, com níveis de testosterona normais ou baixos, constatou-se que a administração de metformina (850 mg/dia, 2 vezes ao dia), associada a modificação no estilo de vida, resultou em melhora da sensibilidade insulínica e elevação da testosterona total e livre [4]. A forma que a testosterona o estradiol influenciam no tecido adiposo parece ser através da regulação dos receptores alfa e beta-adrenérgicos. A testosterona inibe a captação de lipídeos e a atividade da lipoproteína lipase nos adipócitos (células de gordura), estimula a lipólise (quebra de triglicerídeos em ácidos graxos e glicerol), aumentando o número de “receptores beta-adrenérgicos” lipolíticos, e inibe a diferenciação das células precursoras dos adipócitos. Os androgênios estimulam o metabolismo em repouso e a oxidação dos lipídeos e intensificam o processamento da glicose, aumentando a expressão dos transportadores de glicose na membrana plasmática dos adipócitos [5]. Já o estrogênio aumenta diretamente o número de “receptores alfa2-adrenérgicos” anti-lipolíticos em adipócitos subcutâneos, principalmente na região glúteo-femural, dando aspecto de corpo em formato de pera nas mulheres [6]. Lyle McDonald fala que em membros inferiores de mulheres foram encontrados para ter cerca de nove vezes mais receptores alfa-2 em relação a receptores beta-2 [7]. Essas informações mostram que a Ioimbina, um fármaco antagonista seletivo dos receptores alfa-2 adrenérgicos, pode ter uma dupla utilidade na TPC, seja como estimulante sexual, como também evitando o acúmulo de gordura devido a uma possível suprarregulação dos receptores alfa2-adrenérgicos pós- ciclo de esteroides. Na performance sexual masculina a ereção está ligada à atividade colinérgica e ao bloqueio alfa-2 adrenérgico, os quais podem teoricamente resultar em aumento do tonus peniano, diminuindo o esvaziamento do fluxo no pênis ou ambos, provocando a estimulação eréctil sem aumentar o desejo sexual. A Ioimbina produz vasodilatação do corpo cavernoso pelo efeito alfa-antagonista [8]. Além do protocolo tradicional de uma TPC, com base em HCG, SERMs e IAs, adicionamos o uso de metformina, visando melhora da sensibilidade à insulina, e o uso da ioimbina, visando menor acúmulo de gordura e estimulação erétil. As doses padrão que considero mais eficientes para todos esses fármacos são [9]: TPC HALUCH – HCG – 2000-5000UI semana, geralmente nas primeiras 3-4 semanas de TPC – Tamoxifeno ~20-40mg por dia por todo tempo da TPC (~6-8 semanas) – Inibidores de aromatase – seria necessário avaliar os níveis de estradiol com exames para uma dose mais segura, mas com anastrozol, uma dose inicial pode variar entre 1mg por dia ou 1mg dsdn, fazendo o desmame gradativamente para evitar rebote. – Metformina ~1000mg ao dia, 500mg 2x por dia. – Ioimbina ~15-20mg por dia, dividindo em 2-4 doses durante o dia. Uma TPC pode ser mais eficaz com o uso de GH e proviron (sem supressão do eixo HPT), além do uso de algum fitoterápicos que podem ajudar na libido, disposição, como tribulus, maca peruana, mucuna pruriens. Nas mulheres, não é necessária uma recuperação do eixo hormonal, porque não ocorre supressão, então o uso de HCG, SERMs (podem ser usados para acelerar a volta da menstruação), IAs, não se faz necessário. No entanto, podemos ter uma grande utilidade no uso de metformina e ioimbina, visando controlar o ganho de gordura e a resistência à insulina pós-ciclo, que faz com que algumas mulheres sofram com acne depois de um ciclo de esteroides. Continuo achando a ideia de ciclo e TPC estúpida visando uma melhora do shape gradativamente, ainda mais com altas doses e drogas de meia-vida longa, devido a todos os problemas de recuperação do eixo e manutenção dos ganhos, baixo custo-benefício [10]. Então esse artigo é só para esclarecer como se potencializa uma melhor recuperação do eixo HPT para usuários de esteroides que desejam interromper o uso. Os ganhos com ciclo não são sólidos, e quanto maior você é, mais difícil será manter esses ganhos, então não se iluda. Após um ciclo você só pode manter no máximo aquilo que seria seu limite natural, o que na verdade quase ninguém consegue alcançar. abraços, dudu haluch REFERÊNCIAS: [1] ESTEROIDES e TECIDO ADIPOSO (DUDU) [2] Estradiol in elderly men. Vermeulen A1, Kaufman JM, Goemaere S, van Pottelberg I. Aging Male. 2002 Jun;5(2):98-102. TESTOSTERONA, ESTRADIOL E GORDURA ABDOMINAL (DUDU) [3] Effect of testosterone on insulin sensitivity in men with idiopathic hypogonadotropic hypogonadism. Naharci MI1, Pinar M, Bolu E, Olgun A. Testosterone replacement therapy improves insulin resistance, glycaemic control, visceral adiposity and hypercholesterolaemia in hypogonadal men with type 2 diabetes. Kapoor D1, Goodwin E, Channer KS, Jones TH. [4] Endocrinologia Clínica, Lucio Villar, 5ª edição. Effects of metformin and short-term lifestyle modification on the improvement of male hypogonadism associated with metabolic syndrome. Casulari LA, Caldas AD, Domingues Casulari Motta L, Lofrano-Porto A. [5] Fisiologia Endócrina, Patrícia E. Molina, 4ª edição [6] Estrogen controls lipolysis by up-regulating alpha2A-adrenergic receptors directly in human adipose tissue through the estrogen receptor alpha. Implications for the female fat distribution. Pedersen SB, Kristensen K, Hermann PA, Katzenellenbogen JA, Richelsen B. [7] Why is Stubborn Fat Stubborn? Lyle McDonald [8] Bula Yomax. [9] TERAPIA PÓS-CICLO (PROTOCOLOS) Pq NÃO fazer TPC SERMS (DUDU) [10] A ilusão do CICLO (DUDU) http://www.duduhaluch.com.br/terapia-pos-ciclo-2-protocolo-haluch/
  9. O que é ioimbina? É uma substância extraída da casca da Corynanthe yohimbe, uma árvore africana. Para que serve a ioimbina? Ela tem muitas propriedades, mas as que mais nos interessam são as que favorecem a perda de gordura. Alguns indivíduos dizem que a suplementação com ioimbina em conjunção com exercícios aeróbicos leva a um aceleramento na queima de gordura. Mulheres a utilizaram com êxito a fim de reduzir a gordura na parte inferior do corpo (que é notória por sua resistência a exercícios e dietas). Há casos de homens que a julgaram bastante útil para eliminar os resquícios de gordura na região abdominal. Alguns outros, entretanto, não perceberam qualquer resultado. Como a ioimbina funciona? Primeiramente precisamos falar sobre os adrenoreceptores e células gordurosas. Há dois tipos primários (e vários grupos) de receptores: beta e alfa. Os beta-receptores estimulam muitos processos no corpo que encorajam a quebra da gordura, a queima de calorias, e também o aumento dos batimentos cardíacos e pressão sangüínea. Estimular os beta-receptores, em relação aos nossos objetivos, é algo positivo. Os alfa-receptores, em contrapartida, tendem a inibir a queima de gordura e induzir sua armazenagem. Logo, “desativar” os alfa- receptores, para nós, é algo positivo. A ioimbina funciona inibindo os alfa-receptores. Pesquisas mostraram que a gordura “teimosa” (como a dos quadris e coxas das mulheres) chega a possuir nove vezes mais alfa-receptores que beta-receptores. Inibir os alfa-receptores teoricamente permitiria uma perda de gordura mais eficiente nessas regiões. Um outro problema é a baixa circulação de sangue nos depósitos de gordura; o método para aumentar essa circulação é o exercício aeróbico. Utilizar a ioimbina oralmente afeta os alfa-receptores do corpo inteiro, e não apenas os que estão nos tecidos adiposos. Indivíduos tentaram solucionar isso utilizando cremes tópicos, ou mesmo injetando ioimbina pura diretamente nos tecidos gordurosos. Ainda não se sabe muito sobre o nível de eficácia dos cremes tópicos e injeções. De modo geral, algumas pessoas alegam que usar ioimbina oralmente em conjunto com exercícios aeróbicos é um método eficiente para reduzir a gordura corporal, especialmente nos locais onde ela é mais “persistente”. Quais são as doses recomendadas de ioimbina? A primeira coisa a ser determinada é quantidade da substância ativa presente em seu suplemento (ioimbina HCl). A informação deve constar na embalagem. Muitos utilizam o “Yohimbe Fuel” da Twinlab, que possui 8mg de ioimbina por cápsula. A dose, entretanto, é algo extremamente individual. Uma dose ótima é algo em torno de 0.2mg/kg. Por exemplo, se você pesa 60kg, terá de usar (60 x 0.2) 12mg, ou seja, uma cápsula de meia. Entretanto, não é aconselhável começar já utilizando a dose ótima, pois algumas pessoas manifestam reações adversas, como taquicardia e pressão sangüínea elevada. Logo, é uma boa idéia começar com uma dose modesta (4-8mg/dia) e elevá-la gradualmente. Monitorar os batimentos cardíacos também é algo aconselhável. Apesar de que alguns toleram bem a ioimbina, muitos relatam que ela causa um aumento na freqüência cardíaca para uma mesma intensidade de atividade aeróbica. Monitore seus batimentos e ajuste a intensidade de acordo. Quando devo utilizar a ioimbina? Deve ser ingerida (com cafeína ou café) de manhã e com o estômago vazio, aproximadamente 30 minutos antes da atividade aeróbica. Administrar a ioimbina em conjunção com alimentos ou logo após uma refeição anula totalmente seus efeitos na queima de gordura. Caso não seja possível fazer o exercício aeróbico de manha, então espere tempo suficiente após sua última refeição para que o seu estômago esteja novamente vazio antes de ingerir a ioimbina, do contrário será dinheiro desperdiçado. Pode-se combinar ioimbina com ECA? Novamente, isso varia de indivíduo para indivíduo. Alguns as combinam sem qualquer problema, outros apresentam severas reações adversas. Utilizar ECA e ioimbina tem um efeito tanto beta-estimulante quanto alfa-inibitório, ou seja, resulta numa queima de gordura altamente potencializada. Entretanto, a freqüência cardíaca e a pressão sangüínea também são controladas pelos receptores alfa e beta. Tal combinação pode causar grandes aumentos de pressão e batimentos cardíacos em algumas pessoas. Cautela é altamente recomendada. Alguns utilizam a ioimbina de manhã e então esperam 4 horas para usar a ECA. Outros alternam, num dia ioimbina, noutro ECA. Caso haja qualquer dúvida, consulte um medico para esclarecimentos. A ioimbina é segura? Quais são os efeitos colaterais? Se você estiver grávida não utilize ioimbina. Ela também pode aumentar o efeito de certos remédios e inibir o de outros. Indivíduos que usam antidepressivos ou drogas que possuam efeitos psicológicos não devem usar iombina. De fato, essa substância não é recomendável para quaisquer indivíduos com problemas psiquiátricos. Também não é recomendável para aqueles que sofrem de úlcera duodenal, de problemas renais ou gástricos. A ioimbina não é aconselhada para indivíduos hipertensivos ou que fazem uso de medicamentos para hipotensão. Os efeitos colaterais mais comuns são taquicardia, tontura, transpiração, tremores, salivação excessiva e rubor cutâneo.
×
×
  • Criar novo...