Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Rosca bíceps no banco inclinado com halteres


Como fazer rosca bíceps no banco inclinado com halteres do jeito certo. Orientação do personal trainer Luan Viana. Conheça os erros mais comuns. Obtenha mais benefícios para os seguintes músculos: bíceps.



Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição inicial Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição intermediária Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição final Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição intermediária Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição inicial
Baixar animação

Passo a passo para execução correta:

  1. Posicionar o banco a 60º;
  2. Deixar o cotovelo atrás;
  3. Girar um pouco o braço para deixar o úmero para fora;
  4. Alongar bem o braço;
  5. Flexionar o cotovelo com amplitude máxima.

Músculos trabalhados:

  • Bíceps.

Erros comuns:

  • Fazer a flexão dos ombros;
  • Tirar o tronco do banco.

Imagens do movimento:

  • Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição inicial
  • Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição intermediária
  • Rosca bíceps no banco inclinado com halteres: posição final

Vídeo explicativo:

Participaram da produção deste exercício:

Publique seu conteúdo como colaborador


Comentários

Comentários Destacados

  • Administrador

Existe um vídeo no youtube com o gigante fisiculturista Kai Greene que deixa bem claro que fisiculturistas não são powerlifters ou levantadores de peso ou halterofilistas. O objetivo do fisiculturismo é modelar o corpo e não preparar o corpo para levantar grandes cargas. Assista ao vídeo:

Esse vídeo segue justamente a linha adotada na explicação da execução correta da rosca bíceps dada por @Luan Viana com o suporte de @Talles Sucesso. Deve-se concentrar na musculatura a ser trabalha, fazendo a melhor execução possível para trabalhar a musculatura alvo, no caso, o bíceps.

Balançar os braços, o tronco, e encurtar a amplitude do movimento prejudicam o trabalho do bíceps. Experimente fazer o exercício da maneira mais perfeita possível, ainda que para isso tenha que reduzir drasticamente a carga.

Afinal, qual é a sua prioridade: ser um carregador de peso ou ter um shape denso, volumoso e torneado?

ou para curtir

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo similar

    • Por Vinicius Idelfonso Tonioli
      Acredito que os braços são o cartão de visita de qualquer homem que treina. É o grande foco de 99% dos iniciantes, e muitas vezes a ânsia de se atingir braços gigantes ocasionam alguns erros que podem ser prejudiciais no resultado final. Seguem algumas dicas incomuns para aumentar o volume dos seus braços:
      Antebraços:
      Além da simetria, que é importante para a aparência, um treinamento intenso e bem elaborado de antebraços irão consequentemente apoiar seus ganhos significativamente. A maioria das pessoas deixa o antebraço para fim do treino e apenas, "treina por treinar". Mal sabem que o treinamento de antebraços te proporcionará melhor pegada, e muito mais força para exercicios de biceps. Mais força = mais carga = mais dano = mais músculos!
      Barra fixa:
      A barra fixa é um exercicio chave para ganho de massa muscular. Um dos principais movimentos para as costas, recruta intensamente seu bíceps, e deve ser incluído em qualquer rotina de treino, principalmente para quem quer mais massa nos braços.
      Bíceps + Tríceps:
      Treinar os dois musculos no mesmo dia é uma tática antiga e eficaz para gerar mais ganhos nos braços. Aumenta-se o tempo de recuperação dos músculos, fator essencial para a hipertrofia.
      Bons treinos!!
    • Por Luan Viana
      Posicionar as mãos na barra na largura dos ombros; Subir o corpo com a coluna reta; Manter os joelhos com uma pequena flexão; Trazer a barra próximo ao queixo, levantando bem os cotovelos e contraindo voluntariamente os ombros e bíceps; Descer a barra alongando a musculatura até embaixo, sem relaxar os ombros, que devem permanecer contraídos.
    • Por Luan Viana
      Ajustar o suporte do banco para firmar as penas e dar estabilidade ao movimento; Pegar a barra com os polegares voltados para fora (supinada) e na abertura correspondente ao prolongamento do ombro; Manter o tronco bem ereto; Flexionar ao máximo os cotovelos; Alongar o máximo que puder.
    • Por Luan Viana
      Posicionar-se em frente da barra e fazer a pegada ligeiramente mais aberta do que a largura dos ombros; Manter a coluna ereta; Deixar o tronco paralelo ou quase paralelo com o solo e bem estabilizado, assim como o pescoço; Trazer a barra próxima ao peito com os cotovelos bem abertos, unindo as escápulas ao final; Voltar a barra com o máximo de amplitude possível, alongando bem lá embaixo.
    • Por Luan Viana
      Posicionar os pés na largura dos ombros; Pegar a barra na largura do ombro, com o polegares voltados para dentro; Manter os joelhos semiflexionados; Com os braços completamente estendidos, levantar a barra abduzindo o ombro e flexionando os cotovelos (levar os cotovelos bem acima, no máximo de amplitude possível, e não para trás).
Tudo sobre esteroides

Curso sobre esteroides anabolizantes!

Domine o uso de esteroides neste curso de 8 módulos do médico Dr. Luiz Tintore

Clique aqui para conhecer



×
×
  • Criar novo...