Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Xfire

CRESCER ALTURA - SOMATROPINA

Avalie este tópico:

31 posts neste tópico

ae galera! tenho 16 anos recém completados, 1.69m e minha idade óssea é de 16 ou 17 anos.. Gostaria de saber algum medicamento que me ajudasse a crescer mais alguns centímetros. Ouvi falar em SOMATROPINA (que pelo que eu vi é o próprio hormônio do crescimento injetável), mas queria relatos de pessoas que já tomaram (se deu resultado, efeitos colaterais...)

valeu a ajuda aí pessoal!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ae galera! tenho 16 anos recém completados, 1.69m e minha idade óssea é de 16 ou 17 anos.. Gostaria de saber algum medicamento que me ajudasse a crescer mais alguns centímetros. Ouvi falar em SOMATROPINA (que pelo que eu vi é o próprio hormônio do crescimento injetável), mas queria relatos de pessoas que já tomaram (se deu resultado, efeitos colaterais...)

valeu a ajuda aí pessoal!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo, vc tem apenas 16 anos. O homem pode crescer até os 21. E de qualquer forma, um tratamento pra crescimento deve ser acompanhado por um médico especialista, e não feito do jeito que vc quiser.

Procure um médico.

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ae cara valeu a dica! mas é que eu acho q já to parando de crescer.. ano passado fui a um endocrinologista e eu tinha 1.67,5 (com 15 anos) agora 1 ano depois estou com 1.68,5 ou 1.69m nunca dá a mesma coisa..

ele me passou ano passado comprimidos de ARGININA (tomo toda noite 2mg) pois isso podia estimular a produção de hormônio do crescimento mas acho q n fez mto efeito..

sei que não é saudável utilizar esses medicamentos apenas por "vaidade" mas vcs acham que vai ter resultado se eu tomar alguma coisa (somatropina em especial)? lembrando que minha idade óssea é de 16/17 anos..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ja ouvi falar isso no forum

responderam pro rapaz que ele deveria procurar um medico e fazer raio X e ver se os ossos tem capacidade ainda de aumentar com este hormonio....

que vc tera que fazer tb

nao quer dizer que se tomar vai cresce

sakou?

t+

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é precisa msm da radiografia, no caso eu já fiz e a idade óssea deu 16 anos.. significa que minhas epífises n estão completamente fechadas mas se eu deixar passar mais algum tempo elas vão fechar e aí não adianta pq não vou crescer mais..

e aí alguém pode me dar mais alguma informação sobre o uso de somatropina p crescer? alguém que já tomou? :lol:

vlw aí!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bom, já que nao sou sua mae pra falar "ai menino, nao tome nada vc tá bom de altura"... se quiser crescer mesmo, injete GH. É caro, mas é garantido

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
bom, já que nao sou sua mae pra falar "ai menino, nao tome nada vc tá bom de altura"... se quiser crescer mesmo, injete GH. É caro, mas é garantido

Essa não é a melhor maneira de ajudar o cara. Somente um médico pode chegar e dizer o que ele deve injetar, ainda mais num garoto de 16 anos. No caso do GH, não é garantido não visto que muitas pessoas fazem o ciclo somente para ganho de massa muscular e não altura.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa não é a melhor maneira de ajudar o cara. Somente um médico pode chegar e dizer o que ele deve injetar, ainda mais num garoto de 16 anos. No caso do GH, não é garantido não visto que muitas pessoas fazem o ciclo somente para ganho de massa muscular e não altura.

Nao sou a melhor pessoa para dizer isto, ate mesmo porque nao prescisei tomar GH, tenho 1,79 de altura que me satisfazem...Mas ouvi relatos, que se aplicada incorretamente. O hormonio GH pode acarretar problemas serissimos, tais como crescimento mais acelerado de algumas partes do corpo. EX: uma orelha crescendo mais rapida que a outra O.o

Axo que voce nao vai ficar muito bonito nao :lol:

toma cuidado, vai no medico primeiro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa não é a melhor maneira de ajudar o cara. Somente um médico pode chegar e dizer o que ele deve injetar, ainda mais num garoto de 16 anos. No caso do GH, não é garantido não visto que muitas pessoas fazem o ciclo somente para ganho de massa muscular e não altura.

Qual a melhor maneira de ajudar o cara então? Como eu disse, não sou a mãe dele pra dizer o que é certo e o que é errado. Quanto ao GH... o crescimento é garantido (foi pra isso que o GH sintético foi projetado) se suas epífises ósseas não estiverem "fechadas", ou seja, seu crescimento não tenha cessado ainda. Fisiculturistas utilizam pra ganho de musculatura porque já possuem o desenvolvimento ósseo completo e não vão crescer mais (pra cima hehehe). Mas mesmo assim as áreas cartilaginosas como orelha, mandíbula, pé, mão... sempre crescem um pouco com os ciclos de GH.

Ps.: Concordo com o kra acima... se voce realmente quiser utilizar o GH, consulte um endocrinologista, explique seus anseios e sua insatisfação com a sua altura, que ele irá lhe auxiliar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

olha amigo O GH só é usado com prescrição médica com relação ao crecimento de altura quando a pesso tem alguma patologia...ou seja algum problema de ordem que dificulte o seu desenvolvimento osseo...porém isto geralmente em casos que o pasciente esta bem abaixo de sua altura que seria a normal...

E como saber se sua altura está normal ou não?

Essa não é uma resposta simples porém a média seria vc somar a altura de seus pais tirar a média e acrecentar 10cm...claro não é um tiro na mosca porém é uma base...

Porém so de vc dizer que tem 1,69m posso te dizer que vc está quase na altura média da maioria dos brasileiros e que crecerá no máximo uns 5cm até completar 21 anos...

Se vc não tiver nenhum problema patologico em seu esqueleto que dificulte o seu crecimento ou altura normal...o tratamento com GH é um risco visto que ele é usado em tratamentos para completar ou corrigir problemas e tornar o pasciente normal...portanto se vc é normal vc estaria sobrecarregando o seu corpo e isso acarretaria sérios riscos a saude...

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faça uma avaliação com um médico especializado em RPG.

Você pode ganhar alguns centímetros melhorando a postura!

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Qual a melhor maneira de ajudar o cara então? Como eu disse, não sou a mãe dele pra dizer o que é certo e o que é errado. Quanto ao GH... o crescimento é garantido (foi pra isso que o GH sintético foi projetado) se suas epífises ósseas não estiverem "fechadas", ou seja, seu crescimento não tenha cessado ainda. Fisiculturistas utilizam pra ganho de musculatura porque já possuem o desenvolvimento ósseo completo e não vão crescer mais (pra cima hehehe). Mas mesmo assim as áreas cartilaginosas como orelha, mandíbula, pé, mão... sempre crescem um pouco com os ciclos de GH.

Ps.: Concordo com o kra acima... se voce realmente quiser utilizar o GH, consulte um endocrinologista, explique seus anseios e sua insatisfação com a sua altura, que ele irá lhe auxiliar.

A melhor forma é exatamente o que vc fez agora. Sugerir que ele consulte um endocrinologista para que ele tenha uma avaliação do que pode e o que não pode ser feito, e não falar pra ele injetar GH pq o cara pode interpretar de qualquer forma.

Fique na paz.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A melhor forma é exatamente o que vc fez agora. Sugerir que ele consulte um endocrinologista para que ele tenha uma avaliação do que pode e o que não pode ser feito, e não falar pra ele injetar GH pq o cara pode interpretar de qualquer forma.

Fique na paz.

Tem uma grande diferença em dizer ao endocrinologista que vc quer tomar gH, pq se sente mal com a sua altura, e chegar lá no endocrino todo "hesitante" e dizer q talvez, quem sabe, algum dia se sentiu baixinho. Na 1a hipotese ele sabe que você sabe oq quer... ja na 2a hipótese ele vai te convencer que é normal você ser baixinho e que não precisa dessas coisas pra tomar.

É aquela história... tomar hormônio sempre traz vários efeitos colaterais... será que ele está disposto a isso? 1,69 não é uma altura ruim... mas se ele está totalmente insatisfeito, essa é a hora de fazer alguma coisa, porque como eu disse ali em cima, não adianta tentar crescer depois que as epífises fecharem.

[]s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, após todos estes concelhos, voce ja deve saber o que é melhor para voce fazer.

Se voce realmente quizer "crescer", faça como nosso amigo ali em cima disse: melhore sua postura.

Uma outra boa opção é a pratica da Natação, eu pratiquei natação durante um bom tempo quando eu era mais novo(11-13 anos), creio que tenha sido um dos fatores que me ajudou a crescer um pouco.

Se ainda assim voce se sentir insatisfeito, o mais sensato a se fazer, seria procurar a ajuda de um medico, de preferencia um bom medico.

Eu tenho a mesma idade que voce, fiz 16 aninhos em fevereiro. E eu sei que se sentir bem com o nosso corpo nessa idade e uma coisa importante D+... Mas, o uso de hormonios é perigoso, voce sabe disto...Procure um medico de confiança e se voce estiver realmente afim de tomar o GH, tome-o. So fique ciente dos riscos que voce corre.

Depois dê uma olhada no Google, procure relatos sobre o uso do GH, e veja se realmente é algo que se aplica a você.

Abraços :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

olá tenho 16 anos irei fazer 17 anos no dia 16 de maio , tenho 1,85 gostaria de crescer mais um pouco , acho que estou acima da media dos brasileiros , mas para um jogado de vôlei sou um pouco baixo , gostaria di ter pelo menos 1,90 estou pensando seria mente em toma gh , mas estou com um pouco de medo de ñ fazer o efeito esperado ou pior causar algum problema de saúde :lol:

o que vcs me dizem ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu digo que tu eh um viadin...

tenho 1,81 e pra mim ta bom demais.

agora cara vc tem que fazer exames ver sua genética, pode ser problema na tireoide e tals se tua familia é grande, mas se for genética se conforme, 1,69 ainda está bom pra sua idade algumas pessoas tendem a desenvolver mais tardio que outras

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
eu digo que tu eh um viadin...

tenho 1,81 e pra mim ta bom demais.

agora cara vc tem que fazer exames ver sua genética, pode ser problema na tireoide e tals se tua familia é grande, mas se for genética se conforme, 1,69 ainda está bom pra sua idade algumas pessoas tendem a desenvolver mais tardio que outras

Não sei se vc percebeu, mas é topico coveirado

Eu tb demorei pra perceber, o tópico é de 207.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu digo que tu eh um viadin...

tenho 1,81 e pra mim ta bom demais.

agora cara vc tem que fazer exames ver sua genética, pode ser problema na tireoide e tals se tua familia é grande, mas se for genética se conforme, 1,69 ainda está bom pra sua idade algumas pessoas tendem a desenvolver mais tardio que outras

cara eu ñ sou viadin... só ñ estou contente com a minha altura :evil:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Velho, se vc já tem essa altura com essa idade eu boto fé que tu vai chegar perto de 1,90.

E é recomendado a utilização de algum tipo de tratamento para crescimento, quando o cara tem alguma disfunção hormonal que não possibilite o crescimento normal. O que não é o seu caso né. Portanto contente-se com a sua altura, que por sinal já está bem acima da média brasileira.

Eu tenho 1,77 e estou satisfeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Velho, se vc já tem essa altura com essa idade eu boto fé que tu vai chegar perto de 1,90.

E é recomendado a utilização de algum tipo de tratamento para crescimento, quando o cara tem alguma disfunção hormonal que não possibilite o crescimento normal. O que não é o seu caso né. Portanto contente-se com a sua altura, que por sinal já está bem acima da média brasileira.

Eu tenho 1,77 e estou satisfeito.

No último censo realizado pelo IBGE, ficou comprovado que a média da estatura brasileira é de 1,71 m . é com 1.85 estou acima da media dos brasileiros , com uma altura boa , mas para um jogador de vôlei sou baixo , ae algumas pessoas dizem que o ser humano cresce até 21 outros até 18 outros até 17 ae eu fico confuso sem saber si irei crescer mais um pouco ou ñ :-? ae me falaram dos resultados do gh só que tenho medo de causa um feito colateral :lol:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

kkk povo renasce tópico de mais

tava soh zuando allan

se tu for muito alto , no fisiculturismo vc vai ter q pesar muito pra destacar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta em nossa comunidade! É rápido, fácil e grátis!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

  • Conteúdo Similar

    • Emagrecimento 20 quilos em dois meses
      Por Charasman
      Olá pessoal, sempre uso esse fórum para referências, mas nunca havia cadastrado ou relatado nada. Então resolvi mostrar minha experiência incrível de perda de peso. Vai ser bom tambem saber a opinião de vocês.
      Um pouco sobre meu perfil:
      Eu tenho 32 anos, atualmente com 105 quilos.
      Sei que jamais vou ter um corpo todo definido porque já quase entrei em obesidade mórbida, fiz cirurgia barátrica com 17 anos (na época não era muito conhecida a cirurgia). Emagreci 90 quilos, isso mesmo 90 quilos! e fui para faculdade de lá pra cá não fui um bom malhador. voltei a engordar e depois fiz outra cirurgia bariatrica (redução do tamanho intestino), quase morri tendo que ficar no hospital por dois meses tomando parenteral, depois disso comecei a tomar vergonha na cara e malhar. A dai uns 5 anos atras comecei a correr e já estava fazendo incríveis (pelo menos pra mim) 5km em 25 minutos, parei de correr desvirtuei na balada  e cheguei novamente aos 150 quilos. Loucura! Tive que emagrecer, sem cirurgia, é claro e os trinta primeiros quilos perdidos foi academia, academia e academia e algumas coisas..  
      Cirurgias que eu fiz relacionado a estética:
      2002 / Cirurgia bariatria (pesando 200 quilos) 2003 / Cirurgia para remoção de pele da barriga 2008 / Refeita cirurgia bariatrica   (pesando 150 quilos) 2010 / Desfeita cirurgia bariatrica estilo bypass  (pesando 70 quilos) 2010 / Hernia umbilical 2016 / Hernia umbilical  Então vamos lá:
      Dos 150 quilos aos 125 quilos, perdi em 8 meses. 
      Malhação Academia segundas, terças e quartas Natação Terças e quinta Pre-Treino Jack 3D antes da academia ou de corrida Termogênicos Lipo 6  todos os dias( trouxe de quando fui aos EUA) Ou Oxyelite pro (dos EUA Ansiolitico  Assert  Vitaminas Farmaton Centrum Vale falar sobre o Assert, esse remedio é foda, sou muito ansioso e ele literalmente salvou minha vida da obesidade ou do alcool. Quem me passou ele foi o psiquiatra, é um remedio forte, comecei tomando 25mg dia e fui aumentando gradualmente hoje tomo 100mg de manha e 50mg a tarde, o dia que esqueço de tomar parece que estou bebado, pior sensação do mundo. Ele tira a fome, me acalma melhora minha concentração e tudo mais. 
      A mistura do assert com o pre-treino ou termogênicos não tem problema foi tudo explicado ao medico. 
      Dos 125 quilos aos 105 quilos
      Agora que estava levemente mais magro eu pude ir mais alem na academia, sou muito facil de criar massa muscular estava fazendo agachamento, stiff e tudo mais com bastante peso, mas eu gosto de correr essa é minha alegria, hoje estou fazendo 30 minutos 4.5 km, ainda vou voltar aos  5km em 25 min... No começo desse ano minha hernia umbilical voltou com quase 7 cm de abertura(inorme!) tive que fazer uma cirurgia e  estou parado, dia 18 de fevereiro vai fazer 30 dias de cirurgia, só depois disso que vou voltar a academia. 
      Eu tenho uma balança  da runtastic chama libra: aqui estão meu peso e minhas taxas:

       

       
      O que eu tomei nesses dois meses:
      Manha (em jejum com um copo de suco de limão sem açucar é claro) Malhação Academia segundas, terças e quartas Pre-Treino Jack 3D antes da academia ou de corrida Termogênicos Oxyelite Pro  Ansiolitico  Assert (100mg) Vitaminas e outros Farmaton Centrum Omega 3 (duas capsulas) Outros T-Sek Tarde Ansiolitico  Assert (100mg) Termogênicos Oxyelite Pro  Outros Finasterida Furusemida SlowK (potassium) Noite GH 0.1 (descanso no setimo dia) Uma vez por semana HCG Devido ao HCG minha dieta foi restritiva de 500 kcal dia, mas eu só comecei a tomar o HCG um pouco antes do natal, no começo minha dieta se baseava em frutas e proteinas, zero carboidrato. Sim! Passei as festas sem comer carboidrato, tirando que no natal bateu com o dia do Lixo( liberado para comer).. no dia 26 tomei laxante para ajudar a liberar toda a toxina do corpo..
      Dieta do HCG
      Vegetais ou uma fruta pequena nos lanches e almoço e janta 100 gramas de salada com 100 gramas de carne, café sem açucar a vontade, No dia 18 de janeiro, fiz uma cirurgia de remoção da hernia, desde então eu estou sem fazer academia, isso por um lado foi bom porque 500kcal/dia não dá para fazer. 
      Essa vai ser minha ultima semana(hoje são 07/02/2016) com o HCG, o GH eu tenho até final de março.
       
      Agora meu oxyelite só tem para essa semana, o que vocês me sugerem para tomar? De modo geral é loucura o que estou fazendo?   
       
       
       
       
       
    • Anabolismo x Catabolismo: Construção e Destruição!
      Por Samuel Moura Rosa
      O duelo constante entre anabolismo e catabolismo que define quem você será!
      O treinamento com pesos está sempre sujeito a novas avaliações, mudanças e modificações de conceitos, advindas de pesquisas científicas, e principalmente pelo antigo sistema de tentativa e erro, que consiste principalmente nos experimentos práticos de praticantes experientes, como os fisiculturistas.
      Neste sistema, uma das questões mais relevantes diz respeito à hipertrofia muscular, estratégias e sistemas de conquistar a hipertrofia desejada, métodos mais eficientes e potentes de aumentar o peso corporal advindo de massa muscular. Sendo assim, o Anabolismo Muscular ganha imensa importância, à medida que para promover o aumento de massa muscular, é preciso dominar as questões referentes a este fenômeno fisiológico. Do lado oposto, mas de igual ou maior importância, está o Catabolismo Muscular, responsável pela dificuldade em promover o anabolismo e a hipertrofia muscular.
      Anabolismo é a denominação relacionada à função metabólica de armazenamento, síntese, produção, construção e ganhos, tanto no que refere-se ao tecido muscular, quanto de qualquer outra estrutura tecidual. Catabolismo é exatamente o oposto, ou seja, é a função metabólica orgânica de degradação, desaminação, destruição, gastos e perdas, de qualquer dos tecido estruturais do corpo humano. O mais interessante é que ambos podem relacionar-se paralelamente, ou seja, ao mesmo tempo que uma estrutura pode estar sofrendo uma degradação, outra poderá estar sendo construída. Afinal, são liberações hormonais que modulam estes fenômenos, e temos a capacidade de possuir hormônios anabólicos e catabólicos, que garantem a perfeita sinergia metabólica de cada indivíduo, em situações específicas.
      Sendo assim, vale salientar que o Anabolismo e o Catabolismo se enfrentam continuamente, de maneira que sempre em alguma situação, em menor ou maior proporção, hormônios catabólicos estarão em atividade, promovendo a degradação protéica muscular ou lipídica, mesmo quando preconizamos a síntese e a construção.
      Entre estes hormônios, os mais relacionados com a hipertrofia muscular são o Hormônio do Crescimento Humano (hGH), o IGF-1, a Testosterona, a Insulina e o Cortisol. Alguns deles atuam especificamente de forma anabólica protéica, enquanto outros podem trabalhar a favor do anabolismo muscular e também no catabolismo lipídico.
      Em nossa análise, estamos comparando-os apenas de forma metabólica voltada para a estética corporal, mas nenhum deles está ai para deixar o corpo humano mais belo, musculoso ou definido. Se assim fosse, só teríamos glândulas capazes de produzir GH, Testosterona e Insulina.
      Então, nem sempre poderemos rotular um deles como vilão ou mocinho, pois ao mesmo tempo que poderá ser catabólico muscular, também poderá contribuir na oxidação de ácidos graxos livres, e até mesmo na digestão de macronutrientes à nível digestivo, ou promover a síntese muscular, paralelamente ao armazenamento de gordura.
      Mas o que interessa desta teoria fisiológica, para nós “leitores marombeiros”, é a parte relacionada à manipulação destes hormônios anabólicos e catabólicos, no que diz respeito à hipertrofia muscular, dificuldade construtiva, perdas de peso, força e massa magra, o sobretreinamento, o overtraining, o perfil antropométrico de cada praticante, os objetivos quando comparados a cada fase e tipo de treinamento, a escolha da dieta e suplementação, a modulação hormonal, entre outros fatores, relacionados intimamente com estes fenômenos metabólicos, mas que de maneira sucinta, não competem a este artigo.
      Como não possuímos a fórmula mágica necessária para promovermos apenas o anabolismo, cabe a cada bodybuiding ou profissional desta área, manipular o balanço metabólico, de maneira que possamos promover os fatores anabólicos, predominando sobre os fatores catabólicos. Esta manipulação compreende o Balanço Metabólico Positivo, resultando no ganho de peso corporal e na hipertrofia muscular.
      Uma maneira simples e inteligente de ter o anabolismo sempre favorável está no fato de manter um nível de glicemia normal, evitando quedas glicêmicas relacionadas à falta de ingesta regular, e liberações extremas e imediatas de insulina relacionadas à ingesta de carboidratos de alto índice glicêmico, que podem acarretar uma hipoglicemia ou choque insulínico.
      A insulina é um hormônio que deve sempre trabalhar a favor do anabolismo muscular, desde que seja liberada para transportar os nutrientes certos para os locais certos, como no momento pós treino. Ingestas freqüentes, em intervalos de no máximo três horas, com a presença de carboidratos complexos e de baixo índice glicêmico, favorecem a liberação gradual de insulina, mantendo regular a glicemia sanguínea e o nível de glicogênio muscular, além de evitar o armazenamento de carboidratos na forma de gordura.
      Ainda em relação a este hormônio anabólico, a estimulação de liberação no momento pós exercício, e o aproveitamento deste fato, são questões já bem conhecidas, garantindo por vezes a venda das suplementações usadas neste período.
      Em relação ao GH, vale ressaltar que não estamos discutindo suplementos pré-hormonais nem hormônios exógenos, e sim a liberação endógena natural deste hormônio. A ação do GH é em partes antagonista a ação da insulina, ou seja, em situações como hipoglicemia, a presença do GH na corrente sanguínea esta mais elevada, ao contrário da insulina.
      Estimular a hipoglicemia para colher os benefícios deste hormônio não é recomendado, mas em situações como a do sono profundo, a liberação deste já se apresenta mais elevada, favorecendo ao anabolismo proteico. Além do lado anabólico muscular, o GH também é um potente mobilizador de ácidos graxos livres, além de intervir positivamente no metabolismo dos carboidratos e lipídico, duas situações favoráveis à perda de gordura corporal.
      Quando relacionamos ação hormonal com treinamento com pesos, o mais tradicional dos hormônios é a Testosterona. Ele é o pai dos hormônios, sendo responsável pelas características sexuais masculinas, potencializando a síntese protéica e o gasto lipídico, apresentando como resultado a hipertrofia muscular e sua definição.
      Possuindo capacidades anabólicas e androgênicas diferenciadas dos demais hormônios, a testosterona é responsável pelo aumento de massa magra, formação óssea, aumento de libido e de energia, e função imunológica. As situações que mais prejudicam a liberação hormonal de testosterona são aquelas relacionadas ao treinamento, como o overtraining, falta de descanso, stress, dieta pobre em gorduras monoinsaturadas e ômega 3.
      A utilização de exercícios básicos e multiarticulares na rotina de treino, a aplicação de sobrecargas tensionais de alta intensidade, e a suplementação com tribulus terrestris, zinco, magnésio, vitamina B6 e vitamina C, são estratégias utilizadas com o propósito de aumentar o nível de testosterona livre total.
      O Cortisol é o hormônio mais odiado pelos bodybuiding e competidores do fisiculturismo. É conhecido como o vilão do anabolismo muscular, por tratar-se de um hormônio com características catabólicas. Ele é liberado em quantidades significativas em situações de stress físico e mental, em altas temperaturas, e em situações de desgaste extremo.
      Além de promover a degradação protéica, também é responsável pela oxidação de ácidos graxos livres, além de manter a glicemia sanguínea, fazendo neoglicogênese hepática, mesmo que às custas de tecido muscular. Como em muitas situações não podemos evitar a liberação hormonal deste, cabe a nós controlar ou precaver-se de seus efeitos, minimizando as proporções de seus malefícios relacionados à parte estética.
      Em relação ao treinamento, uma maneira simples de evitar os estragos do cortisol, está no fato de evitar treinos extensivos, ou seja, longos, com duração maior que uma hora. Estudo relacionados a esta variável mostram que o ideal seriam sessões com duração inferior a quarenta minutos, pois a partir deste momento, o ambiente interno é favorável ao catabolismo, pela maior liberação de cortisol. É claro que esta regra só vale para treinamentos intensos!
      Séries submáximas intervaladas com conversas, passeios e descanso de cinco minutos, nem com duração total de três horas estimulará a secreção de cortisol, até porque também não estará promovendo ganhos, ou seja, quem nada ganha, nada terá a perder. Outro fato comum são rotinas de treinamento que não privilegiam a total recuperação muscular entre estímulos, como treinar o mesmo grupo muscular freqüentemente, sem que este esteja totalmente recuperado e supercompensado.
      Esta é a situação estimulante para a instalação de um quadro de overtraining. E esta síndrome favorece a liberação constante de cortisol, que além de impedir os ganhos, promove as perdas indesejadas. Já em relação à alimentação, o fato de realizar uma refeição rica em proteínas e carboidratos ao acordar, assim como antes de dormir e pós treinamento, podem reduzir drasticamente as chances da presença catabólica de cortisol nestes horários críticos. A suplementação com aminoácidos isolados, de cadeia ramificada, glutamina e vitamina C são estratégias utilizadas para prevenir, evitar e minimizar o catabolismo.
      Sendo assim, o fato crucial está em promover o anabolismo e minimizar o catabolismo. As variáveis intervenientes mais comuns utilizadas, como a dieta e o treinamento, são em grande parte responsáveis pelo anabolismo muscular, mas que por vezes podem promover o armazenamento lipídico.
      Assim como situações que tem por finalidade o gasto calórico e lipídico, acabam por promover o catabolismo muscular como conseqüência. Por vezes, estratégias escolhidas para promover o anabolismo acabam mais por minimizar as perdas do que promover os ganhos, o que já é de certa forma muito vantajoso. Então torna-se cada vez mais importante dominar os fatores anabólicos e catabólicos que envolvem o treinamento, pois se situações catabólicas estiverem predominado sobre as anabólicas, todo e qualquer esforço de treinamento intensivo será prejudicial.
    • Hgh - como tomar? 1 ui por dia?
      Por Bullcg
      Amigos, tenho 144 ui de GH, a endócrino mandou eu tomar 1 ui por dia até acabar, um amigo personal me recomendou tomar 1 ui por 30 dias e depois 2 ui até acabar. Nunca tomei GH, sendo está a primeira vez. Será que irá valer a pena tomar só 144 ui? Obrigado
    • Protocolo de endocrino - quero mudar, vale a pena?
      Por flavera
      Salve, marombada! Tudo beleza?!
      Acompanho o fórum a um bom tempo mas criei minha conta agora. Fiz isso principalmente pois gostaria muito de ouvir a opinião de alguns estudiosos e veteranos no assunto sobre essa questão.
      Meu caso é o seguinte, sou faixa preta de jiu-jitsu, treino a mais de 12 anos, faço musculação e funcional a 4 anos (os dois últimos anos em sequencia). Vinha de um acompanhamento nutricional bem legal e treinos disciplinados mas meados do ano passado fiz uma cirurgia e precisei ficar 3 meses parados. Como esperado, perdi peso nesse período. Pra correr atrás do preju e dar um UP na carcacinha procurei um endocrino e ele me passou um ciclo que achei um pouco estranho, mas depois achei mais de boa (Li o artigo sobre Low Doses do Dudu Haluch e achei que a proposta do médico fazia algum sentido) . O ciclo basicamente era o seguinte: 60 dias de stano + oxandrolona, 15MG diárias durante 60 dias + 30MG de nandrolona 40 dias. Tudo manipulado. Além desses AEs tinha mais uma pancada de protetor hepático e vitaminas. Achei bem prático pois vinha tudo em comprimido. O resultado foi bacaninha, dentro do esperado. Ganhei 8kg mas perdi 4kg depois do ciclo. Não senti nenhum efeito colateral, isso foi massa! Rodei isso a 4 meses atrás e falei até aqui para contextualiza-los.
      Hoje minhas medidas são:
      30 anos.
      1,80 de altura
      83-84kg (meu peso fica variando nisso. Depois de um treino pesado chego em casa com 82kg)
      11.9% de BF na Biopedância e ~9% no Poluck (7 dobras)
      Treino:
      Jiu-Jitsu 3x por semana 
      Musculação de 3 a 4x por semana - Procuro fazer um treino AB em circuito, tipo um HIT. 

      Dieta:
      Já tive acompanhamento nutricional então tenho certa noção. Hoje procuro seguir a dieta que meu nutricionista passou com algumas variações. Tomo BCAA antes dos treinos (JJ e musculação) e Whey depois da musculação.
      Objetivos:
      Hoje luto na categoria de meio-pesado (84kg a 88kg), ou seja, entro na base da categoria. Isso não é legal porque luto contra caras mais pesados e muitas vezes acabo levando preju por conta do peso e força. Meu objetivo é chegar aos ~7% de BF (poluck) e/ou 10% na biopedância e bater 87~88kg. Para isso eu teria que ganhar mais uns 4 a 5kg de massa magra e perder uns 2kg de gordura.

      Cenário e opções:
      Procurei novamente o mesmo endocrino e ele me passou um ciclo com GH (Omniotrope 15MG - 21dias com 0,6UI + 21 0,9UI) + Durateston (1-0-1-0-1-0-1) + Chriomon 5000 (2 amp - 0,25ML seg e sex), além de um bocado de vitaminas e paradas para o figueredo. Fui orçar a bagaça e achei caríssimo, mais de 2 mil. Também pesquisei um bocado e me parece que ele pulou algumas etapas. Tá certo que GH pode ser massa (já vi resultados em amigos) mas, IMHO, acho que consigo atingir meu objetivo com um ciclo mais simples e mais barato.
      Depois de pesquisar um bocado (Blog do Dudu Haluch, Canal do Jason, vários artigos e dicas aqui no fórum e a experiência com meu primeiro ciclo pensei na seguinte strategy:

      Manipular:
      Tribullus terrestris 500MG; Crisina 250MG; Piperina 5MG; Anastrozol 0,15MG; Zinco Quelato 100MG; Silimarina 200MG; Complexo B 10MG; Oxandrolona 30MG; Estanazolol 30MG -  120 caps - Tomar tsd - 8h e 17h Durateston 250MG/amp nas semanas (1-1-0-1-0-1-0-1-0) - Veja que a idéia seria começar com testo uma semana antes do item 1. Omega 3 - 33/22 - 180 caps - Tomar 3 após a janta Vit C 1000MG - 60 caps - Tomar 1 caps a noite Dúvidas:
      O que vcs acham desse protocolo, faz sentido? Procurei me basear em uma estratégia low-doses para ganhos de qualidade. Não sei se poderia chamar isso de "cutting" pq quero ganhar 4kg, talvez um bulking limpo, né?! Veja que a testo não é a peça chave nessa modulação, ela entra mais como coadjuvante. Minha dúvida é se a oscilação dos esteres de meia vida menor poderia impactar negativamente no meu eixo.  Vale a pena tomar um choriomon no TPC? Durante o ciclo ou depois? Acho que o Figueredo vai conseguir aguentar bem uma vez que já tem uma boa proteção no manipulado com Stan + Oxandrolona, minha dúvida é a questão do eixo. Vale a pena tomar outra coisa para um TPC? Stano pode ter efeitos negativos nas articulações, vale a pena entrar com alguma nandrolona/deca em algum momento? Desculpa o post giga, galera!!! Agradeço pela atenção desde já.
      Abraço e bons treinos!!!
       
    • Ciclo intermitente de GH
      Por thibarao
      Bom dia galera, eu faço uso de EAs há cerca de 4 anos, tempo este em que já fiz 5 ciclos. Nunca usei GH e particularmente não gosto dos efeitos colaterais das testosterona: o cabelo para de crescer, alterações muito grandes no humor, sintomas de depressão e necessidade de pós-ciclo (onde também tenho efeitos colaterais). Minha ideia pra me manter bem e continuar crescendo é fazer um ciclo "Infinito" de GH. As minhas dúvidas são:
      -qual a dosagem recomendada (estou pensando em 4 UI por dia)
      -devo aplicar quantas vezes ao dia? 1, 2 ou 3?
      -posso aplicar o GH "pra sempre"? Ou devo fazer um descanso? No caso de necessitar descanso, de quanto em quanto tempo?
      Minha ideia inicial é tomar 4 UI de GH por dia pelos próximos 6 meses. Depois talvez descansar por 3 (no descanso tomo só 2 ui) e depois volto a tomar 4 UI por dia. E nunca mais injetar NENHUMA testosterona.
      P.S. meu "ciclo" é pra me manter bem e ter ganhos a longo prazo, não quero crescer igual a um monstro em 2, 3 meses (como fiz outras vezes).
      obrigado desde já