Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Tríceps francês com halter bilateral (rosca francesa)

Como fazer o exercício tríceps francês com halter bilateral (rosca francesa) do jeito certo


Talles Sucesso
 Compartilhar

Tríceps francês com halter bilateral: posição inicial Tríceps francês com halter bilateral: posição intermediária Tríceps francês com halter bilateral: posição final Tríceps francês com halter bilateral: posição intermediária Tríceps francês com halter bilateral: posição inicial
Baixar animação

Passo a passo para execução correta:

  1. Posicionar o halter ligeiramente atrás da cabeça, apoiado nas duas mãos;
  2. Estabilizar o ombro e os cotovelos;
  3. Flexionar o cotovelo com o máximo amplitude possível;
  4. Estender o braço com o máximo de amplitude, sem realizar o encaixe articular.

Músculos trabalhados:

  • Tríceps.

Erros comuns:

  • Jogar o halter para frente, entrando em vantagem mecânica;
  • Abrir os cotovelos.

Imagens do movimento:

  • Tríceps francês com halter bilateral: posição inicial
  • Tríceps francês com halter bilateral: posição intermediária
  • Tríceps francês com halter bilateral: posição final

Vídeo explicativo:

Participaram da produção deste exercício:

 Compartilhar

Publique seu conteúdo como colaborador

Comentários

Comentários Destacados

Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma conta 100% gratuita!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

  • Conteúdo similar

    • Por Talles Sucesso
      Posicionar o halter ligeiramente atrás da cabeça; Estabilizar o ombro; Usar o outro braço como apoio pela parte da frente da cabeça; Flexionar o cotovelo com o máximo amplitude possível; Estender o braço com o máximo de amplitude, sem realizar o encaixe articular.
    • Por Talles Sucesso
      Posicionar a polia no ajuste que possibilite o máximo de amplitude possível; Posicionar os pés paralelos com ligeira flexão dos joelhos ou em posição ântero-posterior (um pé à frente e outro atrás); Manter o tronco ereto e estabilizado com ligeira inclinação à frente; Manter os ombros e cotovelos estabilizados; Estender os cotovelos com o máximo de amplitude possível, sem realizar o encaixe articular e sem abrir os cotovelos; Flexionar os cotovelos com o máximo de amplitude.
Tudo sobre esteroides

Curso sobre esteroides anabolizantes!

Domine o uso de esteroides neste curso de 8 módulos do médico Dr. Luiz Tintore

Clique aqui para conhecer



×
×
  • Criar novo...