Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'TPC'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Suplementos Alimentares
    • Tópicos sobre suplementação
    • Relatos de uso de suplementos alimentares
  • Anabolizantes Esteroides
    • Tópicos sobre esteroides
    • Relatos de ciclos
  • Treinamento de Musculação
    • Tópicos sobre treinamento
    • Lesões musculares
    • Diário de treino
  • Nutrição Esportiva
    • Tópicos sobre nutrição
    • Relatos sobre dietas
  • Gente
    • Tópicos de evolução do shape
  • Assuntos Diversos
    • Tópicos diversos

Calendars

  • Campeonatos de Musculação
  • Cursos, Palestras e Feiras

Categories

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categories

  • Esteroides
  • Suplementos
  • Treinamento
  • Nutrição
  • Gente
  • Diversos

Categories

  • Aves
  • Bebidas
  • Carnes
  • Lanches
  • Legumes
  • Ovos
  • Massas
  • Peixes e Frutos do Mar
  • Saladas
  • Sobremesas

Categories

  • Abdominal
  • Antebraço
  • Bíceps
  • Costas
  • Coxa
  • Glúteo
  • Lombar
  • Ombro
  • Panturrilha
  • Peito
  • Pescoço
  • Romboide
  • Trapézio
  • Tríceps

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Telefone Celular (WhatsApp)


Telefone Fixo


Interesses


Facebook


Instagram


YouTube


Twitter


Website


Tumblr


Série de Treinamento


Suplementação


Dieta Nutricional


Ciclos de Esteroides Anabolizantes & Drogas Afins


Academia


Altura


Peso


Percentual de Gordura

Found 17 results

  1. Boa tarde a todos. Bom sou novato quanto a ciclos de AE´s e por isso gostaria muito da ajuda de vocês quanto a forma mais eficaz de prevenir possíveis efeitos colateriais. Estou fazendo um ciclo de DURA + STANO, conforme abaixo: 1ª semana: 500 mg de Dura (segunda e quinta) 2ª semana: 500 mg de Dura (terça e quinta) + 3 ML de STANO (50 Mg) segunda - quarta e sexta 3ª semana: 500 mg de Dura (terça e quinta) + 3 ML de STANO (50 Mg) segunda - quarta e sexta 4ª semana: 500 mg de Dura (terça e quinta) + 4 ML de STANO (50 Mg) segunda - quarta - sexta e domingo Total: 8 Dura e 10 Ml de Stano Bom, sei que o pessoal diz que deve utilizar dura por 6 a 8 semana. Contudo só posso realizar esse ciclo agora em novembro, pois em dezembro vou me mudar... Gostaria que vocês me ajudassem com o cenário descrito acima, quanto ao que tomar para o fígado durante o ciclo e após e como fazer a TPC. Informo que tenho 27 anos e pelo menos 7 anos de musculação e minha dieta é bem controlada, com mais ênfase a ingstão de proteínas.
  2. E ae galera do FISI! Bom, andei pesquisando muito sobre Pró-hormonais. Decidi por este tipo de anabólico pois não queria ganhar muito peso. Tenho 27 anos, 1,66 cm e peso, atualmente, 68 Kg. Bom, li bastante sobre os pró-hormonais e sobre as TPC e por fim decidi tomar o Halovar junto do Organ shield, e como TCP o Recycle. Não vou entrar nos prós e contras de todos os anabolizantes e pró-hormonais, o intuito deste tópico é relatar a minha experiência com o Halovar nesses 30 dias de ciclo. Li um montão de posts sobre o halovar mas nenhum me ajudou muito. Então, para ajudar a galera que está na dúvida como eu, vou relatando aqui durante as semanas o meu desenvolvimento. Hoje é o quinto dia do ciclo (comecei a tomar no dia 26 NOV) e os resultados já me surpreenderam. Dia 26 NOV: Objetivo: ganhar 5 kg. Peso inicial: 65,6kg. Suplementos: Manhã: 1 cp. Halovar + Whey + 1 colher de Dextrose; Almoço: 1 cp. Organ Shield; Tarde: (45 min antes do treino): 2 cp. de BCAA; Tarde: (30 min antes do treino): 1/2 scoop de ASSAULT (pré-treino); Após o treino: 1 cp. Halovar + 1 cp. de BCAA + Whey + 4 colheres de Dextrose; Noite: 1 cp. ZMA + 1 cp. de Organ Shield; DIETA: Não vou especificar a dieta aqui para ir direto ao assunto. Mas estou fazendo uma dieta com carboidratos bons (arroz integral, pão integral, etc.) e proteína (clara de ovo, atum, frango) aquela ruim pacas que a galera já sabe. IMPORTANTE: o HALOVAR exige que você tenho uma refeição MATINAL com muito carboidrato, e, no pós treino, um Shake com índice glicêmico bem alto (isto explica as 4 colheres de Dextrose no whey). Hoje já são 30 de NOV. meu peso já está em 68 Kg e minha força e disposição aumentaram bastante. Sinto que nem preciso mais do pré-treino. É óbvio que pode ser meio que um efeito placebo mas vou continuar acompanhando. Mais algumas gramas e quebro o meu recorde de peso. rs Espero que isso não seja retenção hídrica e espero que a TPC do Recycle segure pelo menos 60 % do peso que irei ganhar. Tô feliz aqui com o treino. vou mandar fotos. Abs e espero ter ajudado.
  3. Idade:19 Tempo de Treino: 1 ano e meio Medida do braço: 38 Altura: 1,86 Peso: 83,5 Estrutura do Ciclo: 1 à 7 Semanas - Durateston 500mg (2 ampolas por semana) 3 à 10 Semanas - Stanozolol(winstrol) 50mg 1ml Dia Sim Dia Não ( mesmo quando cair nos final de semana deve ser mantida a regra) Quantidade de ciclos já feitos : nenhum. Fala galera boa tarde, bom sou novo no fórum, mas já acompanho algumas portagens aqui a algum tempo. Treino há 1 ano e meio sem parar, e se contar a parada faz 2 anos. To com 19 anos, tenho 1,86 metros, peso 83,5 quilos e faço dieta regularmente. Tava esperando completar 19 anos pra fazer o uso de AES, e não precisam falar de idade, ja li bastante sobre isso, to planejando fazer um Ciclo de Dura + Stano. Pra primeiro ciclo, pro tempo que treino , esse ciclo ta bom ? precisa acrescentar ou tirar alguma coisa ? Pra TPC o clomid e o tamox, já é suficiente ou precisa de mais alguma coisa? E em quais quantidades ? Bom galera sei que são muitas dúvidas mas espero ser ajudado, agradeço desde já. Quando eu tirar as duvidas vou fazer um relato aqui, ai posto minhas medidas, dieta e treino. Ps.1: Há 1 ano fiz uso de PH, h-stane, mas não tive colaterais, não sei se isso faz alguma diferença...
  4. Eae galera, resolvi postar meu relato, com o intuito de ajudar aquela galera que (como eu), resolve embarcar no bonde dos AE's (Anabolizantes). São milhões de dúvidas, de como comprar até como usar. Não sou expert no assunto, mas na última semana li bastante e para materializar e sintetizar o conhecimento, além de poder discutir o tema com os feras no assunto e ajudar a galera novata, vou tentar fazer esse relato aqui bem elucidativo. Enfim... Lá vai: Treino há 5 anos e nunca tomei nenhum AE. Na verdade utilizei um PH, para quem conhece, usei o HALOVAR, existe muita discussão sobre o assunto PH, e não será o tema do relato. Para quem quiser saber um pouco de como foi o mês qdo usei esse é o link: Meu peso estabilizou nos 68kg. Dei uma parada por dois meses e agora voltei com toda força. Reiniciei o treino na primeira semana de setembro, estou sendo acompanhado por um profissional, meu brother e treinador.
OBJETIVO: Ganho de 8/10kg
 Tempo: 3 meses
 Peso Atual:68 Kg
 Altura: 1,67cm
 Idade: 27a As dúvidas que surgiram:
 1) Qual AE utilizar? Pow confesso que até agora ainda tenho dúvida, são tantos e tantos efeitos (positivos e negativos) que vc fica doido. Optei por um ciclo iniciante bem básico, acho que em qualquer site vc vê um ciclo igual, altera-se basicamente os AE's mas a base é a mesma: Deca-Drobol ou Deca-Durabolin e Testogar ou Durateston Esta foi a minha opção 2) Como comprar? Essa foi simples. Existem duas opções: 1-Ou você arruma um brother que trabalha com o mercado negro (ahuahuauh) sempre tem aquele conhecido da academia, que conhece um fulaninho que vende. 2-OU então você busca na farmácia. Devido a quantidade de falsificações, optei por buscar na farmácia (CONFESSO: opção que meu deu muuuuitas dores de cabeça, mas pelo menos, posso assinar em baixo que os produtos são originais e certinhos). E como fazer? 2.a) aí vc precisa ter um brother que é médico e tenha um CRM e um bloco de receitas especiais, e mesmo assim ainda vai ser fod*! 2. de posse da receita, vá na farmácia mais perto, ligue antes, pergunte! No caso do meu ciclo deca + dura eu conseguia comprar apenas de 5 em 5 unidades de cada produto. As farmácias não vendiam uma quantidade maior. ***Se for comprar na farmácia - POSOLOGIA CORRETA para as receitas: 1 unidade de produto a cada semana (Se não estiver assim, não vai rolar!!!), isso significa que para um ciclo completo vc vai precisar de mais do que uma receita. 3) Como usar? A dose que estou usando, está dentro daquela idéia de iniciante, o ciclo é básico, com apenas duas drogas com doses constantes, são elas: Semana de 1 a 8 - Durateston (segunda/250 ml e quinta/250ml) Semana de 1 a 8 - Deca-Durabolin (segunda/200ml e quinta/200ml) 4) Preciso tomar algo antes/durante/depois do ciclo além dos AE's? Antes: Resolvi preparar o fígado para a porrada, sei que muita gente não faz isso, mas depois de ler alguns relatos, resolvi usar a 1 comprimido de Similarina (foto) durante 2 semanas, antes de começar o ciclo. Similarina é um protetor/regenerador hepático. Muita gente diz que a Similarina afeta o próprio ciclo. Faz sentido! e para não arriscar e levando em consideração a meia-vida do remédio, resolvi para 2 dias antes de começar o ciclo. Durante: Bem muita gente usa o HCG no pós ciclo, não vou discutir o assunto, não sou médico, muito menos expert no assunto, mas esse post é MUITO esclarecedor, vou botar o link, acho que vale muito a pena ler, quem nunca leu. Além disso fui no endócrino antes de iniciar o ciclo, abri o jogo. É óbvio que ele recomendou que eu não tomasse nada, que não precisava, lá lá lá. Mas concordou em acompanhar meus exames, e muito me esclareceu sobre o HCG. Enfim: Vou tentar administrar 250ui de HCG de 4 em 4 dias. Mas tá difícil de arrumar nas farmácias por aqui. Nem sei se isso vende mais na farmácia. Li sobre a venda em lojas veterinárias, mas ainda não sei onde encontrar. Após (TPC): A minha TPC (Terapia Pós Ciclo) é básica, e se inicia 15 dias após a última aplicação dos AE's 1º - 14º dia 100mg de CLOMID + 40mg de tamoxifeno
 15º - 28º dia 50mg de CLOMID + 20mg de tamoxifeno 1
º ao 28º dia Recycle: 4 cápsulas por dia 5) Suplementação: Essa é a suplementação que estou fazendo
 a)Whey Gold Standard: em jejum pela manhã e no pós treino.
 b)Albumina: Manhã e Noite.
 c)BCCA: 8 cápsulas de 0.7g ao dia que são complementados pelas 5.5g de BCAA do Whey (Acho que o cálculo tá razoável)
 d)Polivitamínico 6) Dieta: Galera prometo que posto a dieta em breve. 7) Medidas: Idem ao anterior. Fotos: To colocando umas fotos pra galera acompanhar. SERÁ QUE ALGUÉM PODE DAR UMA AJUDA AÊ? PRINCIPALMENTE NA PARTE DO HCG, TÁ DIFÍCIL PRA C@#$!! DE ACHAR! VLW!
  5. OLA, UM AMIGO ME INDICOU FAZER UM CICLO DE 10 SEMANAS PARA GANHO DE FORÇA MUSCULAR COM DURATESTON E DEPOSTERON. SENDO QUE ELE ME INDICOU A FAZER A TPC. COM CLOMID,TAMOXIFENO,VITAMINA E, ESSE CICLO VALE A PENA? A TPC ESTAR CORRETA?COMO DEVO FAZER ESSA TPC? ​ALGUÉM ME AJUDAR POR FAVOR.
  6. Idade: 19 anos Altura: 180 cm Peso: 68 kg Bom dia galera. Esse vai ser meu primeiro ciclo, e como sou leigo no assunto gostaria que me orientassem. Comprei Stanozolol 50 mg/ml e Testenat 250mg/ml. Fui orientado a injetar 1 ml de Stano um dia sim e um dia não durante 6 semanas, e 1 ml de testenat 2x por semana durante 8 semanas. A dosagem está correta? O ciclo precisa de mais alguma coisa? Também tenho dúvidas acerca da TPC, me orientaram tamoxifeno e Recycle, está correto? Como tomar? Obrigado! E desculpem pelas dúvidas.
  7. Bom queria que todo brasileiro olhasse esse texto , tudo seria mas facil , mas infelizmente o pais que vivemos ... Hoje em dia eu estou vendo muita gente "descobrindo" uma doença (geralmente no fígado.) e aliando ao uso de hormônios esteroides anabolizantes. Primeiros temos que definir o que é esteroide, e o que é anabolizante. Porque o que eu vejo são professores pós graduados falando besteira. Esteroide é um grupo de medicamentos compostos solúveis em gordura. Que usam basicamente o colesterol como formador dentro do organismo. Anticoncepcional feminino, é esteroide, entre outros milhares de fármacos. Anabolizante é TUDO e qualquer coisa que promove o crescimento de massa muscular magra. Desde o arroz e feijão, até mesmo a agua. Tudo que faz parte no processo de hipertrofia, síntese proteica e etc. Ou seja uma pessoa falar que você toma anabolizante, lógico que você toma, tomamos desde a mamadeira quando éramos bebês. Dentro da classificação de esteroides anabolizantes, possuímos outras classificações. Existem mais de 30 tipos, cada um com seu funcionamento específico e seus efeitos fisiológicos específicos, mas isso é assunto pra outra hora. Pois bem, vamos aos fatos. Atletas fazem uso de tais substâncias desde pelo menos 1960 (Isso com certeza, pois eu arrisco dizer que desde a segunda guerra já faziam.) Alguns desses atletas, principalmente os mais antigos, estão vivos, e a maioria morreu em idades avançadas. Até hoje os que abusam mais, não morrem cedo, tem uma vida normal, tem filhos, família. Isso falando da maioria. Isso a parte, a vida de atleta de alto rendimento nunca foi saudável, mas o fato é: ELA AINDA É MAIS SAUDÁVEL DO QUE A MAIORIA DAS PESSOAS SEDENTÁRIAS. A verdade dói não é? É muito mais fácil culpar uma área que tem conhecimentos limitados para dar a desculpa do seu abuso de álcool, narcóticos, calmantes e analgésicos durante anos. Sabe qual a diferença de 1960 e hoje? Antes as pessoas não usavam tais fármacos, e nem tinham a alimentação e o estilo de vida que as pessoas tem hoje. Dai me vem normalmente um famoso, como o caso da Ex-BBB Maria, com câncer no fígado atribuindo o fato ao uso de Esteroides Anabolizantes. Afinal é muito mais bonito falar que usou pro carnaval e se arrependeu, do que admitir que é um drogado e alcoólatra. Primeiro, tumor no fígado, cirrose hepática, ou câncer, não se cria de um dia pro outro. Isso provém de um histórico longo de agressão hepática, então todo mundo que da essas entrevistas falando que usou apenas por "2 meses." e adquiriu uma doença, é balela! Segundo, esteroides anabolizantes em sua vasta maioria não tem alto grau de hepatoxicidade, isso é propriedade apenas dos esteroides orais, os injetáveis são menos tóxicos ao seu fígado do que um comprimido de 500mg de Paracetamol. E você ai, usando Dorflex 2x por dia falando mal da "Maria do BBB." Terceiro, sim, atletas (atletas que tem conhecimento e sabem o que estão fazendo, conhecem as causas e os colaterais, ou os que tem assessoria de quem conhece.) Não tem esses problemas todos que a mídia fala que existem, ou que acontecem com gente leiga, pois sabemos exatamente a consequência fisiológica de cada miligrama de fármacos que colocamos no nosso corpo. - Não vai hipertrofiar teu coração até explodir. - Você não vai ficar broxa (testosterona deixar broxa? Chega a ser risível um argumento desses.). - Não vai te causar peitinhos/ginecomastia (existe anti estrogênio, citrato de tamoxifeno e outras drogas criadas pra isso, evitar aromatização.). - Não vai te deixar infértil. A grande maioria dos atletas tem filhos, porém isso pode acontecer com a mulher dependendo do caso. - Sozinho, não vai destruir seu fígado. - Sozinho, não vai destruir órgão nenhum. O que vai fazer isso, é querer fazer uso de tais substâncias que já irão, (como qualquer outro fármaco) sobrecarregar a função dos seus órgãos, aliado a um estilo de vida inconsequente, com álcool, narcóticos e alimentação errada. Isso vai te levar a falência de órgãos um dia, use hormônios ou não. Cada corpo é um corpo, mas, na maioria das vezes, o que os hormônios irão fazer contigo de verdade é: - Alterarão suas taxas hormonais e você tem que ter o conhecimento de saber manipula-las a favor do seu corpo, para que tenha uma vida funcional. - Te deixarão com libido mais alta. Dependendo da pessoa isso pode ser um problema. - Mais agressivo. (Mas não muda personalidade, se você já era um psicopata antes, vai ser 10x mais psicopata. Se já era calmo, continuará calmo.) - Te deixará autoconfiante, até para questões do trabalho e dia a dia. - Poderá sim, te dar acne medicamentosa. E é por isso que a maioria dos atletas precisa tratar da pele constantemente. (Isso também pode ser controlado através das taxas de estrogênio.) - Farão com que tenha uma velhice mais saudável do que a maioria das pessoas. (O maior motivo das doenças senis é a falta de hormônios. Tanto que vários países já fazem terapia de reposição hormonal, só que no Brasil ainda é tabu, pois a indústria farmacêutica precisa vender.) - Vai te deixar viciado nesse estilo de vida. Uma vez dentro dos hormônios durante alguns anos, você não sai mais. Isso é fato, e é por isso que eu sempre falo pra pensar bem no que você quer da vida antes de entrar nesse mundo. - Se você ja possui um tumor ou uma célula cancerígena, vai acelerar o crescimento do mesmo. Isso não quer dizer que vá ter problemas. Como se não usar, não quer dizer que também não vá ter problemas. Os esteroides não estão ligados diretamente a nenhum tipo de câncer. Isso eu estou falando por alto, muito por alto, pois são TANTOS fatores que devemos cuidar dia a dia, que muitos "especialistas" não tem nem ideia. Sabe quantas taxas EU preciso tirar no meu sangue a cada 2-3 meses? Da ultima vez contabilizei 25 taxas. E todas elas são relevantes. Isso eu estou citando apenas a parte de drogas hormonais. Não cito alimentação, nem treino. Porque isso também vai influenciar diretamente no efeito que essas drogas tem no seu corpo. E sabe porque eu digo isso? Porque eu não apenas passo horas por dia estudando isso, a 10 anos. Mas porque eu vivo isso, e estou no meio de outras pessoas que também vivem isso. Outras pessoas que são estudiosas e atletas também. Atletas trocam informação a décadas, e hoje em dia com a internet, é muito mais rápido e fácil. Eu nunca vi, ninguém ter problemas relacionados ao uso direto de hormônios, se você já viu, mostre-me os corpos, a autópsia, e o certificado de óbito dizendo: Morte devido ao excesso de testosterona. Isso não existe! Mas vejo sim, morte derivada ao uso de fármacos aliados. Anti depressivos, drogas recreativas, calmantes, soníferos, diuréticos, álcool. Então tirem essa imagem da sua cabeça que fisiculturistas não são saudáveis, eles provavelmente viverão mais que você. Pois os componentes que colocamos no corpo, controlamos para que não atinja nossa saúde. Já a maioria das pessoas colocam MCdonalds, Coca Cola, Pizza, Cachorro Quente, Salgado, Biscoito, diariamente e acha que aquilo ali é "normal." E pros mais céticos. Um estudo científico foi concluído na Suécia, onde seguiram a vida de vários atletas de várias modalidades durante 30 anos. Desde quando se aposentaram até a terceira idade. Sabe qual foi a maior causa mortis? - Suicídio. A depressão pós vida de atleta é muito mais perigosa. Nossa mente precisa ser saudável para o corpo acompanhar. E eu até vejo o pessoal falando de saúde, mas quem cuida da mente? Mente também é corpo. Agora pega isso que eu falei, que é a realidade de um atleta amador como eu, que nem aparece no cenário estadual direito, e compara com um Profissional que ganha milhões de dólares por ano (e gasta também.) com o esporte. Um cara com 120kgs e percentual de gordura que muitos aqui nem se quer já viram. Esses caras tão ai, vivos, com filhos, com seus 50-60 anos. Alguns morreram precocemente. Alguns morrerão ano após ano, mas hey, como eu disse, eu falo da maioria! Então antes de falar simplesmente que a pessoa é fisiologicamente doente, que "por dentro tá podre." "que vai morrer cedo.", procura pesquisar um pouco, e compara seu estilo de vida, e sua saúde com a dela. Todo fisiculturista, competitivo ou não, é um cientista! Os problemas acontecem quando leigos querem brincar com ciência. Com o próprio corpo, sem conhecimento algum! E pra finalizar vou colocar um trecho de um artigo do meu amigo PHD em Física, atleta, e preparador, Eduardo Haluch: "o FISICULTURISMO não é só um esporte, mas uma ciência esquecida, uma ciência além da compreensão do senso comum e mesmo da maioria de seus praticantes. O BODYBUILDING não é só o esporte q explora os limites humanos de força, massa muscular e percentual de gordura, é muito mais que isso, é uma ciência que explora os limites fisiológicos e metabólicos do corpo humano, é onde muitos, dos principais hormônios do corpo humano (GH, INSULINA, IGF-1, TESTOSTERONA, ANDROGÊNIOS, ESTROGÊNIO, HORMÔNIOS DA TIREOIDE) são testados em doses nunca antes estudadas pela ciência. Mas mesmo sendo ignorado por muitos anos pela ciência acadêmica, os bodybuilders, seus treinadores, gurus e muitos profissionais heterodoxos fizeram sua própria ciência durante décadas, uma ciência a frente do seu tempo, e o sucesso e fracasso do resultado dessas experiências está no corpo de cada bodybuilder e nos quase 60 anos de uso de hormônios no esporte." via : (Ugo Oliveira, Dudu Haluch)
  8. Boa noite galera aqui quem escreve é um estudante de medicina, admirador do fisiculturismo. Treino há 6 anos, estudo sobre esteroides e medicamentos usados no fisiculturismo há mais de 3 anos, e pelo conhecimento adquirido na faculdade, pelo suporte que recebo dos professores da medicina, venho aqui esclarecer essa questão do uso de medicamentos para "proteger" o fígado durante o ciclo. Primeiro passo, vou citar aqui os 2 remédios mais usados que são a Silimarina e o Xantinon. 1°) Silimarina = A silimarina é o nome genérico de um grupo de compostos naturais (silibina, silidianina e silicristina) extraída do fruto da planta medicinal Carduus marianus, reconhecida por sua atividade anti-hepatotóxica. A silimarina impede a peroxidação dos lipídeos da membrana celular e das organelas dos hepatócitos, protegendo, desta forma, a integridade e a função hepática de eventuais substâncias tóxicas, tanto de origem endógenas como exógenas. Age aumentando a síntese de RNA mensageiro, o que acelera a síntese protéica. 2°) Xantinon = O Xantinon é composto por dois aminoácidos - metionina e colina - importantes para o metabolismo lipídico e protéico que ocorre no fígado. Os seus componentes ativos atuam na mobilização e remoção do excesso de gorduras do hepatócito, além de fornecerem grupos metila para a síntese de colina no organismo. A formação dos componentes lipídicos das lipoproteínas plasmáticas torna-se, portanto, possível, o que facilita o transporte de gorduras pelo fígado. Os aminoácidos presentes em Xantinon são, ainda, importantes para o metabolismo lipídico e para a síntese e manutenção das membranas celulares e participam de forma relevante na defesa antioxidante intracelular hepática, uma vez que estudos comprovaram que a repleção destes aminoácidos se opõe ao estresse oxidativo responsável pelo aumento nos produtos de perioxidação celular e de radicais livres e danos nas membranas celulares, restaurando as funções hepáticas. Você que está lendo deve estar pensando: "poxa essas drogas realmente são boas, protegem o fígado, melhoram a metabolização das gorduras, etc, vou usar durante meu próximo ciclo". Agora vem a realidade: VOCÊ ESTÁ SENDO ENGANADO!!!! BELAS PALAVRAS, NÃO DEVEM INFLUENCIAR TÃO FACILMENTE SUA CONDUTA. A indústria farmaceutica não vai jogar limpo com você, ela nao vai fazer a bula de uma forma que todos possam ter discernimento sobre os remédios, quanto mais informação, menos alienação, e isso seria péssimo para eles. E é sobre isso que eu venho falar! NADA, repito, NADA, vai proteger seu fígado durante o ciclo. Primeiro, dependendo do perfil das drogas que forem utilizadas pouca coisa ira mudar na sua função hepática. Segundo, quando o ciclo envolver sobrecarga de drogas orais, o fígado pode ate ser mais penalizado, mas você NÃO vai desenvolver uma hepatite medicamentosa, a menos é claro, que tenha alguma pre-disposição genética para isso, ou ja esteja com problema metabólico, ou na pior das hipóteses, você programou o ciclo de bulk e acha que pode chutar o balde e ingerir qualquer tipo de gordura, seja saturada, insaturada, na quantidade que quiser, nesse caso vc é um forte candidato a desenvolver uma hepatite denominada gordurosa. Os remédios ja citados e usados por muitos marombeiros, tem alguma utilidade ? Claro que tem, ambos PODEM ser usados, mas nao são prioridade, no tratamento de base de certos tipos de hepatites. Mas o que é hepatite ? Tudo que termina com "ITE" representa processo inflamatório, por exemplo, rinite, gastrite, pneumonite, e por ai vai. E hepato se refere ao fígado, mais precisamente ao hepatocito, que é a unidade funcional que compõe o fígado. Logo, hepatite é a inflamação hepática, com acometimento dos hepatócitos. A hepatite pode ter várias origens, por exemplo, por excesso de ingesta de alcool, por dieta rica em gordura, por vírus( tipos A,B e C) e por medicamentos. Os medicamentos para os quais a Silimarina e o Xantinon são uteis, NÃO INCLUEM OS ESTEROIDES e até mesmo as indicações das bulas não têm evidencias tão fortes e duradouras. O perigo por tras da utilização dessas drogas é que elas têm o poder de MASCARAR o resultado das principais enzimas hepáticas (TGO e TGP) no exame de sangue. Sabe porque isso ocorre ? Qdo é usado silimarina ou xantinon, eles criam uma verdadeira barreira em volta dos hepatócitos e impedem que eles liberem na corrente sanguinea suas enzimas, TGO e TGP, mas isso NÃO quer dizer que seu fígado vai bem, que estas drogas fizeram seu ciclo não maltratar o fígado. Na medicina um dos princípios soberanos é: TRATAR O PACIENTE, NÃO O EXAME DELE. Isso quer dizer que se voce usou esteroides pesados no ciclo, usou silimarina ou xantinon dai fez exame no fim e deu tudo certo, NÃO significa que vc esta bem. Os sinais clínicos como, ICTERÍCIA(pigmentação amarelada na esclera do olho, na pele das mãos), URINA COR DE CHÁ MATE, FEZES CLARAS( com aspecto de massa de vidraceiro) SERÃO SEMPRE MAIS IMPORTANTES DO QUE O RESULTADO DOS SEUS EXAMES. SEMPRE!!!!!!! Então vc pode perceber, que é possivel vc estar com seu exame de sangue super bonito após o ciclo e mesmo assim estar doente de alguma forma que só o profissional devidamente habilitado vai saber reconhecer. Nao use remédios que mascaram sintomas sem a devida indicação de um MÉDICO. Até mesmo os antiinflamatórios não devem ser usados de rotina, independentemente de ser esteroidal ou não, mas isso é assunto para um outro texto. Outra coisa importante e bem simples: durante o ciclo, a coisa que vc menos precisa é de mais droga para metabolizar. Resumindo, NÃO se deixe influenciar pelas experiencias das pessoas que usaram esses remedios durante o ciclo e viram que o exame fico bom, agora vcs ja sabem que essas drogas nao resolvem o problema da sobrecarga por esteroides, elas apenas MASCARAM os exames. E se você leu o texto e ficou se perguntando " Ta, mas não existe nada que ajude a proteger o fígado no ciclo ?" A resposta é: existe sim. Equilibre a distribuição dos nutrientes da dieta, não se sobrecarregue de gordura saturada, evites carnes vermelhas, leite integral, não abuse de drogas orais, até porque elas podem prejudicar não so o figado mas tbm o estomago, causando gastrite em pessoas mais sensíveis. Abraço a todos e divulguem esse texto, vamos fazer a verdade chegar ao maior numero de pessoas possíveis, vamos intelectualizar o nosso esporte. Luiz Paulo https://www.facebook.com/luiz.paulo.750983 Luiz Paulo Ver amizade
  9. Eae pessoal, Primeiramente vou mostrar meu ciclo 1-5 dura 1ml seg+ 1 ml quinta 6-10 stano DSDN + 1 ml dura por semana durateston e stano rwr 89kg 1,82cm 16% bf 19 anos 3 anos de academia 2 anos de treino serio porem com falhas na dieta que ja arrumei com a ida a um nutricionista esportivo Objetivo de definicao Nas 5 primeiras semanas vou fazer um bulking limpo e nas outras 5 um cutting Ja tenho gineco de nascencia, entao vou tomar anastrol ou letrozol....qual voces me indicam? Questao de figado, ja estou 1 mes sem beber e suplementacao tava somente com efedrina( dosagem baixa de 15mg) + whey isolado Alem da similarina, oq eu posso usar? Vitamina E serve pra que? Dieta do meu ciclo vai ser visando a perca de gordura com pouca perda de massa. (dieta montada por um profissional que esta ciente do ciclo) Duvidas... Como eu ja tenho gineco e um pouco de espinha, o AI iria me proteger totalmente em relacao a gineco? assim que terminar o ciclo e o AI vou fazer a TPC SERMS Caso voces possam me ajudar em relacao a isso e sobre meu ciclo se esta bom ou nao, ficarei feliz. Grato
  10. Entenda melhor o que é uma terapia pós ciclo, mais conhecida como TPC A terapia pós-ciclo (TPC) é um regime dietético e de medicamentos feito por usuários de esteróides anabolizantes para compensar, evitar e minimizar os efeitos colaterais decorrente do uso do esteróides anabolizantes. O objetivo é restaurar a produção endógena normal de hormônio sexual (tipicamente testosterona) depois do uso destes ergogênicos hormonais, dessa forma preservando a musculatura e força adquiridas e, minimizando efeitos colaterais como diminuição da libido, atrofia testicular, ginecomastia ou impotência sexual. Devido à ação severa de alguns esteróides anabolizantes no fígado (particularmente os orais – 17-AA), a TPC é utilizada também para ajudar a retirar algumas das toxinas do fígado e por fim prepará-lo para suportar um novo ciclo de esteróides anabolizantes. Como fazer uma TPC? Veja Exemplos: Exemplo 1: SERMS (Uma das mais conhecidas hoje) Semana 1: 1)Clomifeno: 100mg/dia 2)Tamoxifeno: 40mg/dia 3)Vitamina E: 1.000UI/dia Semana 2: 1)Clomifeno: 50mg/dia 2)Tamoxifeno: 40mg/dia 3)Vitamina E: 1.000UI/dia Semana 3: 1)Clomifeno: 50mg/dia 2)Tamoxifeno: 40mg/dia 3)Vitamina E: 1.000UI/dia Semana 4: 1)Tamoxifeno: 40mg/dia 2)Vitamina E: 1.000UI/dia Semana 5: 1)Tamoxifeno: 20mg/dia Semana 6: 1)Tamoxifeno: 20mg/dia Total: 28 cps clomifeno 70 cps tamoxifeno Exemplo 2: Semana 1: 1)Clomifeno: 100mg/dia 2)Tamoxifeno: 40mg/dia Semana 2: 1)Clomifeno: 100mg/dia 2)Tamoxifeno: 40mg/dia Semana 3: 1)Clomifeno: 50mg/dia 2)Tamoxifeno: 20mg/dia Semana 4: 1)Clomifeno: 50mg/dia 2)Tamoxifeno: 20mg/dia Total cápsulas: 42 cápsulas Clomifeno 42 cápsulas Tamoxifeno Exemplo 3: 1º Dia: 300mg Clomifeno (6 cápsulas) 2º ao 11º Dia: 100mg Clomifeno (2 cápsulas) 12º ao 21º Dia: 50mg Clomifeno (1 cápsula) Total: 36 cápsulas Clomifeno Drogas Utilizadas: -O clomifeno é um agonista parcial do receptor dos estrogênios. Contudo a sua ação é menos eficaz que a dos estrogênios normais (agonistas totais) da mulher, e portanto a sua administração inibe os efeitos dos estrogênios na hipófise. A redução desses efeitos diminui o efeito de feedback negativo sobre a glândula, que produz quantidades maiores de FSH e LH hormonioss que estimulam o desenvolvimento dos fóliculos e a ovulação. Encontrado em comprimido, geralmente como Citrato. -O Tamoxifeno é um Modulador Seletivo do Receptor de Estrógeno oral que é utilizado no tratamento do câncer de mama, e é atualmente o tratamento mais vendido para este tipo de câncer. Ele é utilizado para o tratamento de câncer de mama em estágios iniciais ou avançados em mulheres pré ou pós-menopáusicas. Também é aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) para a redução da incidência de câncer de mama em mulheres com alto risco de desenvolvimento da doença. Também foi aprovado pela redução da incidência de câncer de mama contralateral (do seio do lado oposto). Encontrado em comprimido na forma de citrato. POR QUE PRECISO FAZER A TPC? Ela é necessária não somente para manter os ganhos musculares em questões estéticas, mas por uma questão de prevenção contra transtornos metabólicos devido ao uso de EAs. Um bom ataque é primeiramente uma boa defesa! Pense nisso. OBS: Existem defensores fieis da TPC com TRIBULUS, porém, nada comprova que tal substância de fato aumente os níveis de testosterona mais do que o corpo já produz em seu limite. Logo, ele provavelmente ajudará apenas para pessoas que possuem baixa taxa de produção endógena. O HCG também é um importante aliado da TPC, principalmente em ciclos com mais de 8 semanas e também em ciclos com substancias muito supressivas como a nandrolona. Basicamente existem dois metodos de uso: 1. Aplicar 500iu duas vezes por semana durante todo o ciclo 2. aplicar doses mais altas no final do ciclo e semi-vida da droga: > na segunda semana antes do fim do ciclo: 3000ui 3 vezes por semana > na primeira semana antes do fim do ciclo: 1500ui 3 vezes por semana > na semana anterior ao inicio da TPC: 1500ui 2 vezes por semana OBS: É ESSENCIAL USAR TAMOXIFENO (entre 10 a 20mg/dia) JUNTO COM O HCG, PARA NÃO OCORRER DESSENSIBILIZAÇÃO DA PRODUÇÃO DE LH, SOB O RISCO DE ATRASAR OU IMPEDIR POR COMPLETO A RECUPERAÇÃO.
  11. E ae galera do FISI! Bom, andei pesquisando muito sobre Pró-hormonais. Decidi por este tipo de anabólico pois não queria ganhar muito peso. Tenho 27 anos, 1,66 cm e peso, atualmente, 68 Kg. Bom, li bastante sobre os pró-hormonais e sobre as TPC e por fim decidi tomar o Halovar junto do Organ shield, e como TCP o Recycle. Não vou entrar nos prós e contras de todos os anabolizantes e pró-hormonais, o intuito deste tópico é relatar a minha experiência com o Halovar nesses 30 dias de ciclo. Li um montão de posts sobre o halovar mas nenhum me ajudou muito. Então, para ajudar a galera que está na dúvida como eu, vou relatando aqui durante as semanas o meu desenvolvimento. Hoje é o quinto dia do ciclo (comecei a tomar no dia 26 NOV) e os resultados já me surpreenderam. Dia 26 NOV: Objetivo: ganhar 5 kg. Peso inicial: 65,6kg. Suplementos: Manhã: 1 cp. Halovar + Whey + 1 colher de Dextrose; Almoço: 1 cp. Organ Shield; Tarde: (45 min antes do treino): 2 cp. de BCAA; Tarde: (30 min antes do treino): 1/2 scoop de ASSAULT (pré-treino); Após o treino: 1 cp. Halovar + 1 cp. de BCAA + Whey + 4 colheres de Dextrose; Noite: 1 cp. ZMA + 1 cp. de Organ Shield; DIETA: Não vou especificar a dieta aqui para ir direto ao assunto. Mas estou fazendo uma dieta com carboidratos bons (arroz integral, pão integral, etc.) e proteína (clara de ovo, atum, frango) aquela ruim pacas que a galera já sabe. IMPORTANTE: o HALOVAR exige que você tenho uma refeição MATINAL com muito carboidrato, e, no pós treino, um Shake com índice glicêmico bem alto (isto explica as 4 colheres de Dextrose no whey). Hoje já são 30 de NOV. meu peso já está em 68 Kg e minha força e disposição aumentaram bastante. Sinto que nem preciso mais do pré-treino. É óbvio que pode ser meio que um efeito placebo mas vou continuar acompanhando. Mais algumas gramas e quebro o meu recorde de peso. rs Espero que isso não seja retenção hídrica e espero que a TPC do Recycle segure pelo menos 60 % do peso que irei ganhar. Tô feliz aqui com o treino. vou mandar fotos. Abs e espero ter ajudado.
  12. Oi galera sou chileno e vou tentar escriver corretamente. a primeira duvida que eu tenho é com uso de TPC que voces fazem. só utilizam SERMS e alguns das veces Tribulus (¿?) porque nao usan HCG?
  13. Este é ainda um dos assuntos mais discutidos na comunidade dos fisiculturistas e, por esta razão óbvia, tem sido abordado tantas e tantas vezes, sempre no sentido de se estabelecer uma pronta recuperação dos níveis normais de testosterona/estrógeno após um ciclo de esteróides. De qualquer maneira, se já está esclarecido ou não, sempre vale a pena fazer uma nova abordagem a fim de se dissiparem dúvidas que ainda possam persistir. Em relação à utilização de recursos ergogênicos para aumento da performance, os EAAs ainda são a classe mais utilizada. Como sabemos, estes compostos são, de um modo geral, originados da molécula de testosterona e desempenham em nosso organismo grandes influências no quadro metabólico geral. Destas influências, notadamente importante é aquela que culmina na conseqüente diminuição da própria produção do hormônio, a denominada produção endógena. Vamos começar pela regulação tida como “normal” – que aqui prefiro chamar de fisiológica – dos níveis de testosterona e estrógenos. Observe que estamos nos referindo aos casos de hipogonadismo referentes à administração exógena de testosterona em sujeitos do sexo masculino, provocada por administração indevida de EAAs, cuja supressão se reflete muito mais prejudicial que os desequilíbrios hormonais observados nos indivíduos do sexo feminino. Este assunto abordaremos em uma outra ocasião. A regulação da produção de testosterona no organismo masculino se dá por mecanismo de retroalimentação (feedback) negativo, ou seja, qualquer aumento nos níveis basais de testosterona é captado pelos receptores de andrógenos no Hipotálamo que, por sua vez, inibe a secreção do Hormônio Liberador de Gonadotrofina (GnRh). O GnRh exerce a função de estimular a produção dos hormônios luteinizante (LH) e folículo estimulante (FSH) na hipófise. Estes hormônios, por sua vez, estimulam as células de Leydig e de Sertoli (respectivamente) à produção de testosterona e à espermatogênese. Uma vez que se estabelece o feedback negativo, a adeno-hipófise passa a não liberar LH e FSH como deveria, e a conseqüência disto se reflete na diminuição dos níveis de testosterona. Ao contrário do que alguns podem pensar, a diminuição da testosterona endógena ocorre não somente no final do assim chamado “ciclo” de EAAs, mas já nos primeiros dias da administração exógena. Ocorre que, quando há um aumento expressivo na quantidade circulante de testosterona, o excesso não somente causa o feedback negativo, bem como é também responsável pela conversão enzimática da testosterona em outros metabólitos como a dihidrotestosterona (DHT) e estradiol. DHT, infelizmente possui mais efeitos virilizantes que anabólicos, devendo portanto, ser evitada, especialmente por sua afinidade com o tecido prostático. Já o estradiol, por ser um estrógeno, causa a formação e deposição de ginecomastia, gordura de padrão ginóide e retenção hídrica. Evidentemente, alguns sujeitos tem uma tendência em apresentar maior probabilidade de conversão de metabólitos, seja para DHT ou estradiol, dependendo de sua carga enzimática. As enzimas responsáveis pela conversão são, respectivamente, 5 alfa redutase e Aromatase. Curiosamente, a conversão mediada pela Aromatase tende a formar estrógenos que irão se afinar pelos receptores de estrógeno (REs) presentes no Hipotálamo – na verdade, o esta glândula possui mais Receptores de estrógenos que de andrógenos, sendo então o estrógeno mais influente que a testosterona nesta mediação – o que provoca, a exemplo do que ocorre com a testosterona, supressão de LH e FSH. Estudos demonstram que o estrogênio também pode resultar em dessensibilização nos receptores presentes na adeno-hipófise. Na tentativa de minimizar os efeitos resultantes da produção de estrógenos durante a utilização de EAAs, usuários lançam mão de drogas Anti-estrogênicas e Moduladoras Seletivas do Receptor de Estrógeno como Clomifeno (Clomid, Indux) e Tamoxifeno (Nolvadex). Mas o que estas drogas fazem? Como são estrógenos fracos, se afinam com o RE e ocupam o sítio que deveria ser ocupado pelo estradiol. Desta forma, é enviada ao hipotálamo a falsa informação de que há níveis diminuídos de estrógenos na corrente sanguínea. Como a produção de estrógenos no organismo masculino se dá principalmente pela conversão via Aromatase, ocorre então, de forma indireta, aumento na produção da testosterona endógena. Porém, o mais curioso é que, quando há a ligação do MSRE ou AE com o RE, a produção de estrógenos continua a acontecer, uma vez que a enzima responsável pela conversão (Aromatase) continua a exercer sua função, especialmente porque na corrente sanguínea continuam elevados os níveis de estrógenos, estes porém, apenas não estão mais se afinando com o RE. Em adição, o aumento de testosterona obtido com a utilização do MSRE também pode ser substrato para conversão em estrógenos, conforme a Aromatase continua a cumprir sua função de conversão. Nessa perspectiva, muitos tentam induzir a inibição da própria enzima, que seria feita através da ação de uma outra droga, desta vez não um antagonista como os MSREs, mas um composto da classe dos inibidores enzimáticos como o Exemestano (Aromasin) ou Letrozol (Femara). Estas substâncias inibem quase que completamente a biossíntese de estrógenos, levando também a um estado de feedback negativo. Neste caso, esta situação tende a ser prejudicial, levando em conta as funções benéficas provenientes dos níveis normais de estrógenos. Denominada de Terapia Pós-ciclo, a intervenção adotada para se restaurar a produção endógena de testosterona é, muitas vezes, uma “receita de bolo” onde se seguem orientações comuns a quase todos, desprezando assim, a situação metabólica individual de cada um. O ideal, nesta situação, seria traçar um perfil bioquímico – através de dosagens colhidas antes, durante e após a utilização – a fim de se adotar a intervenção adequada. Isto, infelizmente, não é o que se vê na prática. A maioria dos usuários não tem acesso ao monitoramento adequado, o que leva a condutas inapropriadas. Entretanto, em se tratando do uso de recursos como EAAs, deveriam ser consideradas terapias pré-ciclo, durante e pós. Um exemplo de confusão em relação à TPC é utilizar drogas como a Gonadotrofina Coriônica Humana (HCG) após a utilização de esteróides. Esta substância mimetiza a ação do LH, porém nesta situação isto não é interessante, uma vez que a maior preocupação seria estimular o próprio LH endógeno. Desta forma, a utilização de HCG poderia, em tese, aumentar a secreção de testosterona, mas não seria a solução definitiva, sendo HCG passiva de causar dessensibilização das células de Leydig. Somente seria admissível utilizar uma droga como esta em situações de severo hipogonadismo e, ainda assim, como coadjuvante para restabelecer o HPTA durante ciclos pesados, não descartando a utilização “pós” de Clomifeno ou Tamoxifeno. O que de fato ocorre, é que se cria uma espécie de “cultura” alternativa onde muitos usuários, inconsequentemente, acabam por confiar em informações contidas em fóruns de internet, muitas vezes apenas relatos de outros usuários. Tais informações, na maioria das vezes, não tem embasamento cientifico e levam a equívocos que podem ser bastante arriscados para a saúde. Vale a pena lembrar Dan Duchaine, Steroid Guru da década de 80 que influenciou vários pessoas quanto a automanipulação de substâncias proibidas. Se você observou com atenção os fenômenos descritos até aqui, perceberá o quanto o organismo se empenha em manter o estado de homeostase. Nesse sentido, o aumento nos níveis de uma substância no organismo sempre provoca uma reação em cadeia, promovendo sucessivos desequilíbrios metabólicos. Significa dizer que, em maior ou menor grau, sempre ocorrerão alterações que exigirão uma intervenção adequada para se restaurar o equilíbrio. Entendendo que até mesmo uma pequena elevação nos níveis hormonais pode gerar desequilíbrio, é interessante especular como proporcionar aumentos que sejam condizentes com a demanda metabólica, resultando numa maneira de estimular naturalmente a produção destes hormônios e, desta forma, manter a maior situação de homeostase possível. No mês que vem abordaremos substâncias e alimentos funcionais que supostamente cumprem este papel. BONS TREINOS E ATÉ A PRÓXIMA! Referências: 1. GUYTON & HALL, Tratado de Fisiologia Médica, ed. 10., Guanabara Koogan, pags. 865-866 2. Tan RS, Vasudevan D. Use of clomiphene citrate to reverse premature andropause secondary to steroid abuse. Fertil Steril 2003;79:203–5. 3. Adashi EY, Hsueh AJ, Bambino TH, Yen SS. Disparate effect of clomiphene and tamoxifen on pituitary gonadotropin release in vitro. Am J Physiol. 1981;240:E125-E130. 4. Gill GV. Anabolic steroid induced hypogonadism treated with human chorionic gonadotropin. Postgrad Med J 1998; 74: 45-6 5. Goodman & Gilman. las bases farmacologicas de la terapéutica. Interamericana, 1996. 2 v. 28 cm. Edición ; 8. ed pags. 1456-1465
  14. Fala pessoal beleza? Atualmente estou ciclando 1,6 g (Enan, Bold e Npp). To começando a 7ª semana, vou levar até a 10ª. Eu tava pensando em fazer uma TPC de 45 dias utilizando Tamox 40 mg+vit E 15 dias após a última aplicação da testo. Estou treinando 6x por semana, pretendo diminuir para 3x nas 3 primeiras semanas da TPC e nas outras 3 semanas da TPC parar com os treinos e aliviar a dieta. Após a TPC treinarei 3 semanas 3x por semana e dps pretendo ciclar de novo... Sei que ficou meio confuso, mas gostaria de saber se ficou legal. Não é B&C, é ciclo, tpc e descanso! Aguardo opniões. Abraços
  15. Eu sei que a maioria das pessoas vao logo de cara dizer pra nao fazer um ciclo somente com Diana, para colocar testosterona, mas o fato eh que estou decidido, um amigo fez esse mesmo ciclo e ganhou 10kg, mantendo 8,5kg depois da TPC (devido a retencao de agua do dianabol). O meu problema eh que tenho os comprimidos todos: Diana, Nolvadex e Clomid, LIV52 pro figado, tudo e tal. Mas segundo minhas contas lah pela setima semana quando termina o Dianabol e comeco o TPC tenho uma viagem de 1 semana marcada, portanto nao poderei treinar. Isso interferiria muito nos meus resultados? Nunca fiz ciclo nenhum, mantenho os 30mg dianabol todas as semanas ateh o final? DIANABOL 10mg semana 1-2 30mg/dia semana 3-5 40mg/dia semana 6 30mg/dia NOLVADEX 10mg semana 3 10mg/dia semana 5-6 10mg/dia CLOMID 50mg semana 7-8 50mg/dia Obs: nolvadex na terceira semana eh facultativo, depende se surgir algum sinal de gineco. Qualquer ajuda eh bem vinda.
  16. Boa tarde, E ae pessoal?! Bom, sou novo aki! Já fiz uso do Halovar (Pró-hormonal) e tive um ganho razoável. Diminui a intensidade dos treinos nos 2 últimos meses devido a provas e etc. Sou um concurseiro, além de marombeiro. E reiniciei o treino semana passada. Depois de pensar um pouco resolvi fazer um ciclo com anabolizantes, já li muitas materias aqui nos tópicos do forum e conversei com um galerinha sobre o assunto. Mas ainda tenho dúvida quanto ao ciclo mais indicado para primeira vez. minha ficha: Peso: 68 kg Altura: 1,66cm Objetivo: Ganho de 8/10 kg Treino há 3 anos e estou tendo acompanhamento de profissional de Educ. Física. Acho que não vem o caso colocar a Dieta nem o treinamento aki. Mas assim que iniciar o ciclo, posto lá para o pessoal. Ciclo: Boldenona: 300 a 600mg/por semana (quantidade a ser definida) Stano: 150mg por semana ( administrados dia sim dia não em doses de 50 mg) Deca: 400 a 600mg/ por semana (quantidade a ser definida) Minhas dúvidas: 1) Li que não é ideal fazer um ciclo sem testosterona, isso é verdade? 2) Eu deveria incluir alguma testo no ciclo, tipo: testogar, durateston, etc.? 3) Qual é a dosagem mais indicada pro meu peso? 4) Tinha pensado na Trembolona ao invés da Boldenona, mas li em alguns foruns muita gente falando que é loucura tomar a trembo em primeiro ciclo, e ainda mais sem testo, Alguém poderia dar um help? Se alguém puder dar uma idéia ae! forte abraço!
×
×
  • Create New...